domingo, 19 de maio de 2019

Falta de ambição custa caro
















O Botafogo acaba de ser derrotado pelo Goiás por 0 a 1 no Serra Dourada.

Disparado, o pior jogo do GLORIOSO no Campeonato Brasileiro.

E revés justíssimo. Em momento algum, nos fizemos presentes em campo. Pelo contrário: O Botafogo foi um time pesado, omisso, preguiçoso, presunçoso e sem qualquer ambição, sendo dominado desde o primeiro minuto até o apito final.

Que sirva de alerta, pois é legal ver que o time hoje tenta apresentar um novo padrão, mas precisa entender que nem sempre deve atuar assim. Existem situações que pedem mudanças. Inclusive de postura e atitude.

E hoje não vimos postura ou atitude. 

Erros de escalação e substituições. Parece que ninguém queria jogar ou se importava em tentar somar mais três pontos.

Derrota justa. E digo mais: Daquelas que dá raiva.

Hoje o Botafogo voltou a ser o Botafogo de quase toda a temporada: Insosso e revoltante.

Pior é pensar que no próximo sábado teremos o Palmeiras pela frente...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 1 Goiás

1- Gatito: Ainda nos salvou em outros três lances - 5,5

2- Fernando: Apenas regular - 5,0

3- Carli: Falhou no gol - 5,0

4- Gabriel: Seguro em quase todos lances - 5,5

5- Bochecha: A preguiça em forma de pessoa. Só toques para trás - 4,5

6- Jonathan: Sem aparecer muito - 5,0

7- Erik: Só correu sozinho, sem qualquer ajuda - 5,0

8- Cícero: Outra vez, omisso - 4,0

9- Diego Souza: Completamente perdido e isolado - 4,0

10- João Paulo: Mal demais - 4,0

11- Alex Santana: Aos trancos e barrancos, era o único a buscar a bola - 5,5

12- Pimpão: Entrou e nada fez - 4,5

13- Igor Cássio: Ao menos se esforçou - 5,0

14- Luiz Fernando: Poucos minutos em campo - Sem nota

Eduardo Barroca: Insiste com algumas peças nulas no meio. E demorou para mexer - 4,0

Vamos que vamos















Goiás e Botafogo no Serra Dourada.

Quinta rodada e o GLORIOSO brigando para continuar entre os primeiros.

Longe de ser um jogo fácil, mas temos uma torcida bastante numerosa em Goiânia e arredores. Se entrarmos com coragem e fazendo prevalecer o peso da camisa, podemos terminar mais um final de semana com três pontos na bagagem.

Sem medo! 

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!! 

sábado, 18 de maio de 2019

Emprego dos sonhos
















No clássico contra o ECTD, o Rickson entrou no final do jogo e recebeu a sua primeira oportunidade com o técnico Eduardo Barroca no time profissional.

Questionado sobre a briga pela titularidade no meio de campo, falou:

"- Foi pouco tempo atuando, mas o importante foi que o Barroca confiou em mim naquele momento e acreditou que eu seria a melhor opção para o jogo. Fiquei feliz e valorizo a escolha dele por mim".

"-  São muitos jogadores que até pouco tempo estavam na base e hoje estão tendo oportunidades de jogar no profissional, eu sou um deles. Mas quem entrar, se quiser continuar no time, tem que ir bem, porque o elenco é grande e temos jogadores qualificados. Na minha posição tem Alan Santos, Bochecha, Wenderson, Cícero".

Aí, pergunto: O que faz Alan Santos em General Severiano? Por que foi contratado? Para satisfazer a quem? Tem coisa melhor do que morar bem no Rio de Janeiro e sem a obrigação de precisar trabalhar forte para buscar o seu espaço no time titular?

Afinal, não temos dinheiro, né?



SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 17 de maio de 2019

8 anos de botafoguismo






















Hoje o CB faz uma pausa do Botafogo.

Quer dizer, em partes, afinal, o tema da postagem também tem sua relação com o GLORIOSO.

Hoje é aniversário do alvinegro mais incrível do mundo. Daquele que me proporcionou o prazer máximo de repassar o amor pela Estrela Solitária.

8 anos do meu filho Daniel!

Te amo, filho!

Uma ótima sexta-feira em preto e branco para todos! 


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Aproveitá-lo melhor














O Diego Souza falou um pouco sobre o seu desempenho e funções até o momento:

"- Jogamos com dois pontas. Quando a bola está de um lado, cobro para o outro ponta entrar na área comigo. Eu já entro na área marcado, quem vem de trás é a surpresa. Arrumando esses detalhes as coisas vão acontecendo".

"- Faço o trabalho de meia às vezes para o Pimpão e para o Erik. Não dei assistências, mas fiz jogadas importantes. Ele me dá liberdade total para jogar. Não gosto de ficar isolado como centroavante. Barroca me dá a liberdade para fazer esse papel de meia".

Fato: Ele ainda está devendo. E afirmamos isso justamente porque sabemos do seu potencial. Agora, o próprio DS deixou claro que também pode ser melhor aproveitado, principalmente no que diz respeito a mais participação ofensiva dos companheiros de time.

É um detalhe que o Barroca precisa acertar. E eu já comentei: Para mim, o problema do Botafogo não é o Diego Souza (repito, ainda devendo), mas outras peças que poderiam facilitar bastante o desempenho coletivo.

Cícero e Pimpão, por exemplo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Mesmo fora de casa














Depois de três jogos no Rio de Janeiro (Bahia, Fortaleza e ECTD), o Botafogo voltará a atuar fora de casa. E também serão três compromissos em sequência, já que "vendemos"o mando de campo contra o Palmeiras lá para Brasília. Assim, além do alviverde paulista, teremos também o Goiás pelo BR e o Sol de América na Sul-Americana).

E foi sobre a necessidade de também pontuar fora de casa que o zagueiro Gabriel falou na coletiva de ontem:

"- Tivemos uma sequência boa, importante para o crescimento da equipe, para a restauração da confiança, para dar tranquilidade para o Barroca. Feliz pelas vitórias, mas temos um adversário difícil no domingo. Quem quer pensar grande, tem que pontuar fora. Com respeito ao Goiás, vamos buscar os três pontos".

Não tem jeito. Tirando o Palmeiras (adversário tecnicamente mais forte e em campo neutro), se o GLORIOSO almeja surpreender positivamente ao final da temporada, precisa somar esses pontos contra adversários mais limitados, seja no RJ ou longe dele. É o caso do Goiás, domingo, no Serra Dourada.

Já sobre o time paraguaio, bom, mesmo lá na terra do Gatito, temos a obrigação de voltar com um resultado tranquilo para confirmar a classificação no Niltão lotado.

Duas vitórias (pelo menos) nos dois próximos duelos. Não pode ser diferente!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

terça-feira, 14 de maio de 2019

Sem dor de cabeça
















Notícia do site Globoesporte

"De novo titular, Alex Santana reafirma fase artilheira e dá 'dor de cabeça' a Barroca no Botafogo. 

Vice-artilheiro do Alvinegro no ano, volante vive melhor fase da carreira, e técnico terá problema bom para escalar time diante do Goiás; dos sete gols marcados, cinco foram fora de casa".

Não existe dor de cabeça e/ou problema neste caso: O Alex Santana é (ou deveria ser) titular absoluto do time. O cara tem bom controle de bola, chuta bem e tem estrela marcando gols decisivos e importantes.

Sem pensar muito, já digo: Na vaga do lento Cícero.

SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Se fazendo respeitar





"- Não trabalhei com meta de pontos. O compromisso é se exigir ao máximo, se cobrar ao máximo e trabalhar na plenitude pensando em ganhar todos os jogos. Vamos assim até a nona rodada, até a parada para a Copa América. Temos que arrumar soluções para ter a maior pontuação até essa parada. E em um segundo momento poder planejar a médio e longo prazo".

As palavras acima são do técnico Eduardo Barroca, logo após a vitória do último sábado.

Está certíssimo. No íntimo, ele sabe das dificuldades e que dificilmente terá condição de brigar pelo título, mas ele não precisa transparecer isso publicamente. E mais: Deve manter os jogadores empolgados, acreditando e dispostos a correr sempre em dobro. E como ele chegou para apagar fogo, também mandou muito bem com essas primeiras rodadas para somar pontos e só depois, com mais calma e tempo, poder fazer um planejamento mais "realista". 

O fato é que faz bem para o nosso ego (como torcedores) ler ou escutar o treinador posicionando o clube de maneira forte, positiva e do jeito que o Botafogo deve ser visto pelos adversários e imprensa em geral.

Chega de "Everests" e/ou discursos medíocres.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 12 de maio de 2019

Os donos dos pedaços





Palavras do lateral Fernando, após a vitória de ontem:

"- Meu segundo jogo como profissional do Botafogo, primeiro clássico. Sair do primeiro clássico com uma vitória  importantíssima, ainda mais num jogo dificílimo desse, pontuando fora de casa. Estamos colhendo os frutos do que o Barroca vem implantando".

"- Sempre nos preparamos, mas no jogo tudo pode acontecer. Tem coisas que a gente espera, tem coisas que não, isso é normal. Fluminense tem uma equipe qualificada, deu trabalho, mas acho que consegui interceptar bastante bolas".

Meu comentário: Podem até não ser brilhantes, mas diante da mediocridade do/no futebol brasileiro e o fato de que ao menos não comprometem, não há dúvidas de que Fernando e Jonathan devem ser os dois laterais titulares do Botafogo.

Alguém discorda?

Eu só espero que no próximo final de semana, o Barroca não reinvente o Gilson.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!