segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Montando o time de 2019




Alguns amigos sempre me perguntam quais jogadores do atual elenco seriam titulares e quais seriam as posições que eu buscaria reforços para 2019?

Bom, nem vou falar da formação do grupo como um todo, ok? Desse elenco - e já considerando a saída do Matheus Fernandes e a difícil, mas ainda possível permanência do Rabello -, eu iria mais ou menos assim:

1- Gatito 
2- Marcinho
3- Carli
4- Rabello
5- Jean (precisa renovar o empréstimo)
6- 
7- Luiz Fernando
8- João Paulo
9- 
10- Valência
11- 

Ou seja, para o time titular, pelo menos três reforços. Mas não basta contratar qualquer jogador. Precisam ser bons jogadores. Um lateral esquerdo, um centroavante e pelo menos mais um jogador de frente e que também saiba compor o meio de campo. Dependendo, pode até ser um segundo volante (adiantando mais o João Paulo). 

E outra coisa: Alguns dos citados não seriam/são titulares absolutos. Se garimparem nomes mais interessantes, mudaria sem problemas. Casos do Marcinho, Luiz Fernando e Valência.

E para vocês, quais continuariam entre os 11 titulares na próxima temporada?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 9 de dezembro de 2018

De saída?




Será muito difícil para o Botafogo manter o Igor Rabello em 2019.

Pelas palavras do seu agente, Anselmo Paiva, o destino do zagueiro botafoguense pode, inclusive, ser aqui mesmo pelo próprio Brasil:

"- Precisa mudar de ares. Na fase dele dentro do Botafogo, conquistou tudo o que poderia dentro do clube. Teve um aprendizado fantástico desde que voltou ao Botafogo nesses dois últimos anos. Precisa de novos desafios, tanto para resolver alguns problemas financeiros do clube quanto em relação à questão pessoal. Todo o nosso trabalho foi focado em clubes do meio para cima de Itália, Espanha, França, Alemanha e Portugal. A própria Suíça, com o interesse do Basel e tivemos o principal 'scout' do Borussia aqui. Tudo que tinha ser feito para os principais mercados, nós mandamos".

"- Eu não contava era com o interesse de grandes clubes do Brasil, mas não posso abrir quais são os clubes para não prejudicar as negociações. O que está surpreendendo a gente é o interesse de grandes clubes com poderio econômico do Brasil e envolvidos na disputa da Libertadores. Vamos avaliar isso ainda".

Conquistou tudo o que poderia no Botafogo? 

Isso apenas atesta o que tanto falamos por aqui: O Botafogo, hoje em dia, é considerado um clube médio para pequeno. Os caras consideram um estadual como o máximo alcançável dentro de General Severiano.

Para mim, se tiver sem vontade, que saia. Seja para fora do país ou para algum rival direto do GLORIOSO...
...mas que a diretoria não seja pamonha (como de costume) e saiba endurecer/negociar com vontade e inteligência!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sábado, 8 de dezembro de 2018

Só com time bom

















Notícia retirada do site Globoesporte:

"Botafogo lança pacote de sócio-torcedor para a temporada 2019 com até 40% de desconto.

Uma vez adquirido, o sócio detentor do Pacote Temporada garante o seu lugar jogo a jogo, sem custos, mediante a realização de ´check-in".

Ok, legal dar descontos e tal, mas não adianta: A torcida precisa estar empolgada. E isso só se consegue com time bom e chances reais de brigar por títulos importantes. Tirando isso, pode colocar o preço que for que não vai vingar.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Credenciais apresentadas

















A comunicação do Botafogo até tenta "vender" o nome Alessandro, mas duvido que cole na torcida. Para os adeptos botafoguenses, não tem jeito, é Zé Gatinha mesmo.

E a respeito do atleta, o técnico Zé Ricardo falou pela primeira vez de maneira mais individualizada:

"-  É um jogador que pode jogar em mais de uma posição. Num 4-2-3-1, ele pode jogar na linha de três tanto pela esquerda quanto pela direita ou centralizado. Tem bons recursos, dá boas soluções no 1 contra 1".

"- Não tem medo do confronto, parece que tem o estilo que o botafoguense gosta. Tem muita combatividade, briga bastante pela bola. Na fase sem a bola, se dedica bastante. É com ele agora. Se ele apresentar rendimento, vai ser aproveitado".

Bom, tomara que o glorioso Zé Gatinha queime milhões de línguas (a minha, inclusive) e seja 50% disso tudo que o Zé Ricardo passou. Pelas impressões do treinador, o clube adquiriu um excelente meio campista.

Será? 

Veremos no campeonato carioca.

Zé Gatinha neles!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

O melhor e o pior
























Rápida avaliação (minha opinião) de quem foi o grande destaque e a maior decepção do Botafogo em 2019...

O melhor: Igor Rabello - Por ter ficado ausente em apenas um jogo durante toda a temporada (para um zagueiro, é quase milagre) e pela média aceitável no seu futebol apresentado. Disparado, um dos melhores defensores do último campeonato brasileiro.

O pior: Renatinho - Confesso que pensei em vários nomes, mas considerei o fato do rapaz ter chegado como o "astro" do Paraná e pelas duas primeiras partidas com a camisa botafoguense. Foi fogo de palha. A partir de então, trocou a chuteira pelo "chinelhinho" e quando esteve em campo, sequer fingia se esforçar.  Mascarado demais.

E os amigos, sugerem novos nomes para os dois postos?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

O drama sem fim da "9"


















Os jornalistas Thiago Franklin e Renan Moura informaram que o Botafogo tem interesse no atacante Leandro Pereira, o "Banana", da Chapecoense, para 2019.

A média de gols dele em Santa Catarina foi de aproximadamente um gol a cada três partidas. 

Independente dos números, não vejo diferença alguma entre Leandro "Banana", Kieza, Brenner, Aguirre, etc. Ou seja, passamos o ano inteiro falando que não temos um camisa 9 de respeito...
...e pelo visto, a tendência é continuar assim.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Ninguém é bobo

















Notícia retirada do site FogãoNet:

"Ceará devolve Arnaldo ao Botafogo, mas quer manter Leandro Carvalho".

Meu comentário: Diferente de muitos torcedores, estou longe (bem longe mesmo!) de me encantar com o possível retorno do Leandro Carvalho (vi três partidas dele no Ceará e achei normal), mas independente disso, não ficarei nada surpreso se o Botafogo aceitar o colosso Arnaldo e deixar o LC lá em Fortaleza.

Em certas negociações, o Botafogo é mestre.

Marcos Vinicius e tantos outros não me deixam mentir...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

A maior alegria seria...




No dia 30/01/18 o Botafogo anunciou a contratação daquele que seria o seu "super atacante" para a temporada.

Kieza, cujo último ano minimamente decente havia sido em 2015. Depois disso, foram anos medíocres de um atacante medíocre com um currículo medíocre. Tanto que, quando teve oportunidade de mostrar algo em clubes do "grande centro" do futebol brasileiro, fracassou e não deixou saudade alguma nas torcidas do São Paulo, Cruzeiro e ECTD.

Mas o Botafogo...
...insistiu no Kieza, que com salário de 3 dígitos, falou na sua chegada em General Severiano:

"- Estou muito feliz de poder voltar ao Rio de Janeiro e jogar em um grande clube, como o Botafogo, realizando o sonho do meu pai, que é botafoguense doente. Toda minha família está em festa. Estou muito contente de poder representar uma grande camisa, como a do Glorioso. Espero ser muito feliz, poder fazer o que mais sei, gols e ajudar a equipe da melhor forma possível. Chego muito motivado em fazer um ótimo ano e dar alegrias a essa torcida maravilhosa".

Bom, não tem mais jeito, né? O Botafogo já queimou muito dinheiro com esse jogador. Não tem como voltar atrás, até porque, o contrato do K9 (!!!) vai até dezembro de 2019. Ou seja, se não aparecer um interessado, jogaremos mais alguns milhões no lixo. Mas como sonhar ainda não custa nada, Deus queira que apareça algum clube de qualquer parte do mundo e leve esse rapaz para bem longe.

Já realizou o sonho do pai dele. Agora o Kieza precisa cumprir a sua palavra na chegada: "Dar alegrias a maravilhosa torcida do Botafogo".

Basta pedir para sair! Simples assim!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 2 de dezembro de 2018

Jogo bonito (?)





Palavras do técnico Zé Ricardo, após a derrota de ontem:

"- O que eu posso fazer é valorizar a nossa reta final. Os problemas foram sanados pela direção, quero enaltecer cada um dos nossos atletas, um grupo maravilhoso. As férias deles são merecidas, mas certamente já estou com saudade de trabalhar com eles e dar continuidade em uma ideia corajosa e bonita de jogo. Hoje fizemos um jogo senão perfeito, mesmo com tantas trocas, mudanças, alterações, o desfalque do Luiz Fernando de última hora... A gente fez frente. Por pouco, no mínimo, não empatamos a partida aqui".

Fico imaginando o que pode ser ideia corajosa e bonita de jogo com as permanências (e continuando titulares) de Kieza, Lindoso, Gilson, Marcos Vinicius e alguns outros. Isso, é claro, sem contar a chegada do possante Zé Gatinha, né?

Já imaginaram mais uma temporada com essa galera vestindo a camisa do GLORIOSO?

Mal acabou o 2018 do Botafogo, já estou preocupado com o 2019!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sábado, 1 de dezembro de 2018

Fecha a conta e passa a régua
















O Botafogo fecha a temporada 2018 com uma derrota de 0 a 1 para o Atlético/MG, em Belo Horizonte.

Considerando o time todo mesclado (com vários jovens da base e outros atletas já de férias), o estádio lotado e o adversário precisando garantir a vaga na próxima Libertadores, nem foi a pior partida do GLORIOSO no ano.

Agora, também não foi boa.

Na verdade, foi exatamente como esse elenco é capaz de render. Ou seja, apenas medíocres. Mas claro, alguns conseguem ser ainda piores.

Fechamos o campeonato sem sustos (graças a arrancada na reta final) e garantidos na próxima Sul-Americana. Fora isso, é preciso arrumar muita coisa em General Severiano. Aliás, me arrisco a dizer que quase tudo. Desde a diretoria até o último atleta do elenco profissional. Caso contrário, 2019 tende a ser igual a esse ano. E se não for pior, hein?

Agora, mais do que nunca, é com a diretoria.

Aí mora o perigo e preocupação.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 1 Atlético/MG

1- Gatito: Sem culpa no gol - 5,5

2- Marcinho: Partida apenas normal, sem destaque - 5,0

3- Marcelo: Seguro - 6,0

4- Rabello: No mesmo nível do companheiro - 6,0

5- Bochecha: É o Rodrigo Lindoso mais jovem. E isso não é elogio - 4,0

6- Moisés: Continua cruzando muito mal - 5,0

7- Yuri: Surpresa na escalação. E não esteve mal, mesmo improvisado - 5,5

8- Matheus Fernandes: De longe, o mais lúcido e único que sabe jogar bola do meio para frente - 6,0 

9- Kieza: Lento, irritante, mascarado, fraco... um dos piores que já vi. E com contrato até o final do ano que vem - 3,0

10- Marcos Vinicius: Outra múmia que está desde o ano passado e não joga nada. Chupa-sangue - 3,0

11- Rodrigo Pimpão: Errou a beça - 4,5

12- Leandrinho: Falta ritmo de jogo (e eu nem acho que valha muita coisa) - 4,5

13- João Paulo: Inegavelmente será fundamental no ano que vem - 5,0

14- Ezequiel: Só ciscou e nada fez - 4,5

Zé Ricardo: Jogou sem pressão, fazendo testes. Precisa exigir um elenco melhor em 2019, pois caso contrário, não durará muito tempo - 5,5

Financeiramente importante














Hoje acaba a temporada do Botafogo.

Última rodada do Brasileirão e, em disputa, a possibilidade de terminar em 8º lugar. 

Pouco? Sim, mas financeiramente, importante. Quanto melhor colocado, mais dinheiro em caixa. E na condição do Botafogo, é necessário.

Ah, sim...vamos enfrentar o Atlético, em Belo Horizonte.

Em jogo? Eu diria que a oportunidade de terminar o ano de 2018 com um resultado positivo e devolver a derrota acachapante que sofremos no primeiro turno, no Niltão.

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Testes tardios


















O técnico Zé Ricardo pretende dar oportunidades (?) a alguns jogadores que pouco jogaram nesta temporada no último jogo do ano, sábado, contra o Atlético/MG:

"- Também tem os garotos da base, que levaremos e tentaremos observar melhor, algo que não foi possível pela sequência de jogos decisivos. Tem o Rickson, o Leandrinho, que volta de lesão muito grave, tem o Marcos Vinícius também (este não é da base)... estamos pensando com carinho, mas tudo dentro de um critério e merecimento. Ainda decidiremos. A base vai e iremos fazer de tudo para vencer a partida lá".
Agora na última rodada? De que vai adiantar? Sério mesmo que ainda vale a pena observar Marcos Vinicius, por exemplo? 

Acabou o ano, tinha que deixar o time titular correndo até o último minuto do último jogo. E ao iniciar a pré-temporada de 2019, aí sim, testar e mexer no time/elenco.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!