terça-feira, 23 de outubro de 2018

Culpa da torcida




Palavras do técnico Zé Ricardo, após a derrota do último sábado:

"- Momento de dificuldade, pressão, a torcida contra, isso vai fazendo que uns atletas mais que outros sintam um pouquinho mais. A pressão acaba interferindo no raciocínio, na técnica. Temos que trabalhar a parte mental dos nossos atletas para as próximas partidas".

Ah sim, agora a culpa, mesmo que indiretamente, é da torcida? Não podemos pressionar, amigos. Os guerreiros sentem e acabam não desempenhando todo o seu futebol de excelência. 

Ao invés de colocar essas sem vergonhas para correr debaixo do sol de meio dia e ficar treinando fundamentos básicos, vamos "trabalhar a parte mental", pois eles estão injustamente acuados, sem conseguir raciocinar e caprichar na parte técnica.

Mimados do cacete!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Cadê o VP?













Sempre falamos: A zona e fraqueza do Botafogo dentro de campo nada mais é do que o reflexo do extracampo. Ou seja, a bagunça e omissão do time refletem precisamente o que fazem os dirigentes do clube.

Ex-presidente - e atual vice -, o Carlos Eduardo Pereira falou sobre o seu "sumiço" no meio do caos botafoguense:

"- Prezados(as) Amigos(as) Botafoguenses. Meu silêncio sobre o momento atual do Clube, nada tem de omissão, muito pelo contrário, pois internamente tenho tido repetidas divergências sobre questões gerenciais, financeiras e do futebol. Expô-las agora não vai ajudar. O grave momento vivido pelo Botafogo, pede prioridade na luta pela permanência na Série A. Terminado o Campeonato, será a hora do nosso grande debate. Agora, temos que apoiar a equipe e torcer para que tenham sucesso nesta luta fundamental. Que os Deuses do Futebol, Carlito Rocha e o Biriba, olhem pelo nosso Botafogo".

CEP tem toda a responsabilidade do mundo nesse momento. Foi ele quem adiantou milhões e milhões de receitas futuras, indicou o Mufarrej, etc. Agora, simplesmente some? E pior: Joga a responsabilidade nas costas até do "Biriba"?

Se bem que, comparado ao CEP (em minha opinião, uma grande decepção) e/ou Mufarrej, eu aposto que o Biriba seria muito mais útil ao Botafogo.

SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 21 de outubro de 2018

O símbolo da mediocridade





O Botafogo perdendo em casa para o Bahia, precisando pressionar e transpirar sangue para arrumar um gol espírita, a torcida puta da vida...
...e o possante Rodrigo Lindoso, titular absoluto (?) - e muitas vezes capitão do time -, chuta uma bola para a lateral para poder calçar a chuteira que havia saído dos pés.

Foi vaiado, justamente. E ainda teve marra para falar das críticas da torcida:

"- Vou evitar falar de polêmica, mas quando começaram a vaiar fiz até o gesto pra continuar".

"- Tem que ser compreensivel, como é que vou jogar sem chuteira? Não tinha como jogar sem chuteira. Ou deixar o time com um a menos".

Caro Lindoso, com você entre os titulares, começamos sempre com um a menos. Do lado de fora ou não, dá no mesmo. 

Esse sangue de barata é dos mais antigos e um dos líderes do elenco. 

Essa morosidade, falta de garra e ambição resume tudo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sábado, 20 de outubro de 2018

Canalhas!!!





O rebaixamento vai ficando cada vez mais provável.

Principalmente após mais uma derrota vergonhosa do Botafogo.

Desta vez, em casa, por 0 a 1 para o Bahia.

Graças a Deus não assisti esse vexame.

Espaço aberto aos amigos...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Úlitmas chances





O Botafogo já desperdiçou muitos pontos importantes contra rivais diretos na briga contra o rebaixamento.

Só nas duas últimas rodadas, empates contra Vasco e Ceará. Não apenas mantemos os adversários vivos, como também continuamos muito próximos do Z4.

Hoje, nova oportunidade: Bahia, no Nilton Santos.

Recentemente os baianos estiveram no Niltão e nos eliminaram na Sul-Americana. 

Hora da forra? 

Tomara que o Botafogo não entre com esse pensamento, pois a vergonha lá já foi concretizada. Agora a história é outra. E a vergonha do Brasileirão não tem relação alguma com a da SA.

Só precisamos de 1 a 0. 

"Só isso".

Pra cima deles, Fogão!

Obs: Hoje eu não conseguirei assistir o jogo. Volto aqui rapidamente, logo após o apito final.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

"Tatiquês"

















O atacante Erik falou sobre a formação tática do Botafogo e o seu papel como "ex-ponteiro", agora, "marcador de laterais adversários":

"- O professor sempre usa essa formação. Às vezes modifica no meio do jogo, mas no dia a dia a gente treina outras opções para ajudarmos quem joga por dentro, e eles ajudam a gente, que joga por fora".

Meu comentário 1: Juro que não percebo modificação (inteligente) alguma. No máximo, na base do desespero, saída de volante para entrada de atacante. Só que aí, mata por completo o já fraco meio de campo. 

"- Na minha visão como atacante, o futebol modernizou. Como ponta, você praticamente jogava dentro da área ajudando. O número de gols caiu com o tempo, mas espero que o nosso número de gols aumente no fim de semana".

Meu comentário 2: Se é para ter um cara habilidoso jogando longe da área adversária, vamos encher o time de laterais e/ou volantes logo. Ao menos ganhamos na marcação, pois esperar que um cara tenha fôlego para ir e voltar o jogo todo é humanamente impossível. 

Maldito seja esse futebol moderno, recheado de "professores" e "jogadores táticos".  Principalmente em um elenco mequetrefe (para ser generoso) como o do Botafogo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Balela

















Sai Gilson, entra Moisés. Sai Moisés, volta Gilson.

Assim segue a lateral esquerda do Botafogo. Ou seja, dois jogadores fracos e que tiveram milhares de oportunidades, enquanto o Yuri realizou apenas uma partida (bem aceitável, diga-se de passagem) e nada mais.

E sobre essa dança das cadeiras entre apenas dois concorrentes no setor, o Gilson falou:

"- Viajei para o Ceará sabendo que poderia iniciar a partida. Mas o Zé definiu isso na véspera. O Zé é muito franco, treinador que dá importância a todos os atletas, não só os considerados titulares. Durante a semana fiz um treino com a equipe titular e sabia que havia possibilidade. Não só eu, mas todos estão preparados para iniciar e dar o seu melhor".

Alguém realmente acredita?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

A situação só piora




E o Botafogo segue afundando no mar de lama...

Agora, adiantamentos de parte das receitas do campeonato carioca de 2020 e 2021. 

Segundo a diretoria, para honrar os compromissos dos jogadores e funcionários e fechar 2018 no "zero a zero".

Depois? Bom, depois, a outra diretoria que se ferre e tente compensar o buraco que será deixado por causa da completa incompetência administrativa da atual gestão. 

Um bando que se vangloria do amadorismo. Um departamento de marketing ridículo, incapaz de trazer novas receitas durante todo o tempo. Sim, porque não me venham dizer que essas parcerias mequetrefes com Spotify, Pega Carga e outras baboseiras dão retorno. 

Zero. Zero de retorno financeiro.

Até porque, o pouco que esses patrocinadores pagam (e nunca saberemos os reais valores), serve para quitar vencimentos (altíssimos, diga-se de passagem) de Dudu Cearense, Luis Ricardo e outros que vivem mamando (e dividindo rendimentos) nas tetas do clube. Tudo, lógico, com aval da diretoria.

Resumo da ópera: O último apaga a luz, porque pelo visto, o CEP (principalmente) enganou muita gente. A mim, inclusive.

Já o tal do Mufarrej, bom, sequer consigo levar a sério um presidente que mal consegue terminar frases e raciocínios com o mínimo de lógica e coerência.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Conformados




Palavras do técnico Zé Ricardo, sobre a patética apresentação de ontem:

"- Dentro da estratégia era ter um bloco mais baixo. A entrada do Pimpão foi mais para segurar aquele setor de ataque deles. Pimpão joga muito taticamente. A entrada o Erik seria para aproveitar os espaço".

O volante Rodrigo Lindoso também "agradeceu" pelo empate diante do Real Ma..., ops, Ceará:

"- Em relação ao ponto, posso dizer que conquistamos, saímos no lucro. Felizmente para nós, o Arthur perdeu um pênalti. A nossa noite foi ruim, a equipe não foi tão bem. Sabíamos da dificuldade aqui, as equipes estão em uma crescente, mas o nosso desempenho não foi dos melhores".

Pois é, amigos...
...entramos em campo com atacante (?) incumbido de marcar atacantes adversários, afinal, o nosso homem de frente não precisa ter preocupação em fazer gols, basta ser tático e ajudar a defesa. Principalmente contra potencias futebolísticas como o Ceará, que mesmo com uma sensível melhora no segundo turno, não consegue se desgrudar da zona de rebaixamento também.

Por fim, ainda somos obrigados a ouvir um dos "líderes" do elenco falar que saímos no lucro.

É para desanimar de vez, pois não bastasse a apatia em campo, nos brindam com declarações medíocres após os 90 minutos de desespero. 

Não há sinal de revolta, indignação ou raiva.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Um ponto pela covardia




Ceará e Botafogo ficaram no 0 a 0 na noite desta segunda-feira.

Resultado que é ruim para os dois clubes, que continuam entre os candidatos ao rebaixamento.

Pelo que vimos do Botafogo, parece que o objetivo da noite foi alcançado: Não voltar para o Rio de Janeiro com uma derrota nas costas.

Sim, amigos! É isso mesmo! O Botafogo de hoje, quem diria, entra em campo para não perder do Ceará, até então, na zona do rebaixamento.

Há quem goste, concorde e/ou ache aceitável.

De minha parte, afirmo categoricamente: Inaceitável, inadmissível, vergonhoso! Como aliás, foi a partida do GLORIOSO. Principalmente no primeiro tempo, após completo domínio dos cearenses. 

No lado botafoguense, um bando de medrosos, indolentes, canalhas e indiferentes em campo. Um time que não ganhava dividida, não passava da linha de meio de campo e era incapaz de segurar a bola em uma sequência mínima de três passes. 

Parecia Botafogo x Real Madrid. Ou então, Ceará x Tupy/ES. 

De um lado, um grupo limitado, mas disposto e trocando bons passes. Do outro, covardes vestindo uma das mais tradicionais camisas do futebol mundial.

E só descemos para o intervalo com o empate, porque o adversário ainda desperdiçou um pênalti.

No segundo tempo, pouca mudança. Continuamos frouxos, ineficientes e indolentes. Melhorou um pouco a pegada no meio de campo, mas ainda assim, o Botafogo era covarde e dava sinais evidentes de que estava satisfeito com o 0 a 0.

Só faltou comemorar após o apito final.

Eu, sinceramente, lamento. Aliás, me envergonho. Empata assim, desculpe quem consegue ver algo de positivo, mas pela covardia do time, me dá muita vergonha.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 0 Ceará

1- Saulo: Duas defesas que salvaram o time. Uma delas, de cinema - 6,0

2- Luis Ricardo: Ex-jogador em atividade - 2,0

3- Carli: Mal e inseguro - 4,0

4- Rabello: Mais seguro que o companheiro - 5,5

5- Rodrigo Lindoso: Sofrível (como de hábito) - 3,5

6- Gilson: Uma nulidade - 3,5

7- Rodrigo Pimpão: Atacante com incumbência única de marcar lateral adversário - 4,5

8- Matheus Fernandes: Horroroso - 3,5

9- Kieza: Só irrita. Incapaz de dominar bola ou criar algo. Péssimo - 2,5

10- Luiz Fernando: Excesso de individualidade, mas é o único capaz de criar algo - 5,5

11- Bochecha: Lento e com alto índice de passes errados - 3,5

12- Moisés: Conseguiu errar dois cruzamentos em poucos minutos - 4,0

13- Marcelo: Ao menos deu pegada ao meio de campo moribundo - 5,5

14- Erik: Nada acrescentou - 4,0

Zé Ricardo: Armou e mexeu o time apenas para não perder. Lamentável - 4,0

Osso duro de roer













Deixamos escapar dois pontos preciosos contra o Vasco no Rio de Janeiro.

Agora, não tem outro jeito: Precisamos recuperá-los hoje a noite, diante do Ceará, em Fortaleza.

Apesar da posição na tabela ser bastante parecida, a equipe cearense - em seus domínios - é muito mais competitiva que o Vasco. 

Em teoria, partida bem mais complicada para o GLORIOSO.

Se na terça-feira passada não havia favorito, hoje, me arrisco a dizer,o Ceará leva vantagem.

Daí a se transformar em vitória certa são outros quinhentos...

É nessas horas que o Botafogo surpreende.

Tomara que mais tarde não seja diferente.

Pra cima deles, Fogão!

SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 14 de outubro de 2018

Mochila vazia

















Provável substituto do Marcinho para o jogo de amanhã, o Luis Ricardo falou sobre o que é preciso para o Botafogo sair da situação perigosa no Brasileirão:

"- Esse momento tem que ser levado com tranquilidade. Renê Simões falava que é preciso pôr na mochila aquilo que for usar. Se colocar como uma responsabilidade grande, vamos nos pressionar para entrar no Z4, que é um perigo real. O Ceará terá a torcida e a fase boa do seu lado, mas temos que ir lá com os pés no chão. O Botafogo é time grande e temos que ter jogadores assumindo a responsabilidade".

Tranquilidade? Jogadores que assumam responsabilidade dentro de campo? O Luis Ricardo que me desculpe, mas aproveitando o exemplo dado pelo Renê Simões, hoje em dia eu vejo o Botafogo saindo sem levar qualquer mochila. No máximo - e com boa vontade -, uma pequena pochete. E quase sempre, vazia.

Será que alguém levará algo para o compromisso diante do Ceará?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!