quarta-feira, 23 de outubro de 2019

O azar nos persegue


















Notícia retirada do site Globoesporte:

"Exame aponta lesão na coxa direita, e Marcelo pode desfalcar Botafogo por até 3 semanas. 

Zagueiro teve problema na cabeça longa do bíceps femoral, músculo posterior da coxa".

O Marcelo foi um dos destaques do time nos últimos jogos. Já merecia a titularidade absoluta ao lado do Gabriel e/ou na lateral direita e, quem sabe, até como primeiro volante.

De repente, vem essa notícia, que se levarmos em conta o histórico do departamento médico botafoguense, as possíveis 3 semanas podem se transformar em 5, 6,7...

Não existe clube mais azarado do que o Botafogo.

Todo dia é uma provação.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

terça-feira, 22 de outubro de 2019

Melhor, pior ou igual?















O Botafogo venceu o CSA, mas tirando os bons primeiros 20 ou 25 minutos do primeiro tempo, o restante da partida não empolgou tanto, nem passou segurança e tranquilidade aos torcedores. 

Isso é fato.

Ainda assim, vencemos. Era o que precisávamos e não vínhamos conseguindo.

Aí, pergunto: No meio dessa inconstância, insegurança e limitação técnica/física, você prefere o estilo "kamikaze" meio maluco do time (e forma de atuar) do Alberto Valentim ou aquela pasmaceira inofensiva pregada pelo Barroca?

Como eu comentava jogo após jogo, não tinha como ficar pior. 


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

10.000!





Começou como uma brincadeira despretensiosa...

Eis que o Cantinho Botafoguense chega - neste texto - a sua postagem de número 10.000.

Não é pouca coisa!

Haja assunto.

Valeu a todos os amigos que compartilham ideias, opiniões, informações e histórias do Botafogo por aqui.

O espaço é nosso!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Gosto de goleada





Na atual situação, qualquer vitória simples deve ser considerada goleada pelo Botafogo, afinal, precisamos somar pontos e nos livrar do rebaixamento.

E na noite desta segunda-feira foi o que aconteceu. 

O 2 a 1 sobre o fraco CSA deu uma sobrevida ao GLORIOSO, que estreou (?) o uniforme de 2019 em pleno final de outubro. Ao menos deu sorte, né? Nessas horas, é o que vale e o que queremos: Somar pontos.

Quanto ao jogo, os primeiros 20 minutos deixaram a impressão de que seria uma noite legal do Botafogo. Um time ofensivo, agressivo e buscando o gol. Tanto que não demorou e ele saiu. O problema é que, para variar, o preparo físico do time é horrível. Aí, perde-se o pique e começa a chamar o adversário.

Entre uns ataques lá e cá, terminamos o primeiro tempo em vantagem.

Na segunda etapa, o desenho era o mesmo. Até que o Yuri cometeu o pênalti que deu o empate para o CSA.

Na hora, bateu aquela tensão e sentimento de que a noite não mais terminaria boa. Pelo contrário, seria daquelas que temos vivido constantemente no ano. Ou seja, raivosa. Mas poucos minutos depois, um lançamento primoroso do Gabriel e um golaço do Igor Cássio.

Vantagem novamente no placar. A partir de então, segurar com todas as forças até o apito final.

E foi o que aconteceu. Mesmo com um jogador a menos, O CSA partiu com tudo e só conseguimos respirar quando o relógio marcou 50 minutos e o árbitro pediu a bola.

Repito: O time é muito ruim, mas até o final será assim, no sofrimento.

O problema é imaginar o jogo contra adversários mais qualificados. Caramba, se bem que, vou deixar para curtir essa difícil vitória e deixar para sofrer no próximo final de semana só.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 1 CSA

1- Gatito: Quase defendeu o pênalti - 5,0

2- Marcinho: Regular - 5,0

3- Marcelo: Vinha bem até se machucar - 5,0

4- Gabriel: Ganhou todas por cima - 6,0

5- Cícero: Demora demais para dar velocidade e não passa segurança na frente da zaga - 5,0

6- Yuri: Meio nervoso - 4,5

7- Valencia: Mesmo maluquinho, não pode ser reserva nesse time - 5,5

8- João Paulo: De novo, o dono do jogo. Onipresente e participativo - 6,5

9- Victor Rangel: Até se esforça, mas inegavelmente é muito ruim - 4,0

10- Diego Souza: Esteve bem enquanto o time correu. Depois cansou antes dos demais e sumiu - 4,5

11- Luiz Fernando: Outra partida bem fraquinha - 4,5

12- Kanu: Não comprometeu - 5,0

13- Igor Cássio: Um golaço - 5,5

14- Rickson: Não conseguiu fechar a entrada da área - 4,5

Alberto Valentim: Na base da maluquice, mandou o time para frente. Ao menos não fica na zona da pasmaceira e tenta algo diferente - 5,0

Abrir vantagem














A rodada até agora não foi das melhores para o Botafogo: Fortaleza, Cruzeiro, Atlético/MG, Vasco...todos venceram e diminuíram a distância na tabela de classificação.

Apenas o desprezível ECTD perdeu.

Em compensação, a mesma rodada pode terminar razoavelmente boa na noite desta segunda-feira. O Bahia precisa vencer o Ceará...
...e o Botafogo triunfar sobre o CSA.

Se esses dois resultados acontecerem, abriremos 7 pontos para o primeiro time da Z4.

Ou seja, jogo de suma importância e que só podemos considerar a vitória. Nada diferente disso!

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 20 de outubro de 2019

Não dá mais...



















...para aguentar esse maldito esquema tático;

...para aguentar esse meio de campo lento, burocrático e ineficiente;

...para aguentar um ataque com Luiz Fernando, Tanque...

...para aguentar os intocáveis Gilson, Cícero, Bochecha...

Enfim, não dá mais para muita coisa.

Até entendo que as opções são poucas. Na verdade, pouquíssimas, mas já faz muito tempo que as insistências táticas e técnicas não estão dando resultado. Logo, sou favorável a uma mudança completa e radical, mesmo sabendo que os outros jogadores são tão ou até mais fracos que alguns que hoje são titulares. 

É aquela máxima de "o que é um peido para quem já está todo cagado"?

Amigos, para o próximo jogo - considerando todo elenco disponível - eu proporia um time diferente: Gatito, Marcinho, Marcelo, Gabriel e Yuri; Jean, João Paulo, Alex Santana, Valencia, Diego Souza; Victor Rangel.

Qual seria o seu Botafogo "ideal" atualmente?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sábado, 19 de outubro de 2019

Vencer ou cair















Palavras do zagueiro Gabriel, sobre o próximo jogo do Botafogo:

"- É dentro da nossa casa, do lado do torcedor e teremos mais dias para nos preparar e descansar. Segunda não tem outro resultado que não seja a vitória, com todo respeito ao CSA".

Esse é dos poucos que tem moral e crédito! E está certíssimo: Se não derrotar o CSA no Niltão, é série B com toda certeza.

Apesar de eu acreditar na vitória, fico preocupadíssimo quando lembro que, por exemplo, fomos incompetentes e apenas empatamos contra a Chapecoense no primeiro turno. O confronto diante dos alagoanos será do mesmo nível...

Que a história seja bem diferente na segunda-feira.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Saída pela porta da frente



















Notícia retirada do FogãoNet:

"Com lesão no joelho direito, Pimpão deve desfalcar Botafogo por 2 meses e não jogar mais este ano".

Bom, a respeito dessa notícia, faço duas considerações:

1- Independente da contusão, o contrato dele não deveria ser renovado. 

2- Diferente de muitos jogadores - e justiça seja feita -  o Pimpão sempre foi um jogador voluntarioso, brigador e que demonstra respeito e carinho pelo Botafogo. Tecnicamente limitado? Sim, com certeza. Mas é daqueles poucos que tenta compensar a limitação com empenho. Disso, nunca poderá ser criticado.

Por essas e outras, que torço bastante pela pronta recuperação do RP e sucesso na sequência da sua carreira.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Duas exceções





Análise do técnico Alberto Valentim, após a derrota de ontem:

"- Acredito que eles foram felizes no começo do jogo, no primeiro gol, lógico que depois se analisar com calma o início da jogada, como ela se construiu, erros nossos, claro. De finalização, acho que demos muito azar, a bola é desviada e entra. No segundo gol o Ribamar foi muito feliz, a ideia era de não baixarmos a guarda, procurarmos empatar. Diminuímos, tivemos chance até depois de empatar o jogo em uma bola do Luiz Fernando. No segundo tempo, eles tiveram algumas chances também. Mas gostei do empenho, de algumas coisas que tínhamos proposto fazer mesmo com muito pouco tempo de treino. Fiquei feliz com a entrega deles, tentaram fazer o máximo. Infelizmente tive de fazer três substituições obrigadas, duas por lesões e uma por cansaço físico".

Eu quero acreditar que quando o AV falou que gostou do empenho e entrega dos jogadores, se referiu apenas ao Marcelo e João Paulo, pois o resto todo não fez nada. Sequer fingiram se esforçar.

Aliás, alguém mais ficou com a impressão de que tanto o Marcelo quanto o JP estavam visivelmente putos e a ponto de estourar dentro de campo com a mesmice e apatia dos outros atletas? 

Confesso, torci muito para que isso tivesse acontecido. Teriam toda razão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!