domingo, 24 de agosto de 2014

Análises distintas




















Geralmente não gosto dos discursos padronizados e sem personalidade que o Jefferson costuma dar antes e depois das palavras.

No gol, ele é uma sumidade. Mas com a boca, na maioria das vezes deixa a desejar.

Mas ontem, após a vitória sobre a Chapecoense, concordei plenamente com o que o camisa 1 falou:

"- Era um jogo chato, mas deixamos um pouco a desejar. Valeu pelos três pontos, mas era para a gente imprimir um ritmo maior".

Com certeza! Foi exatamente o que escrevi logo após a vitória.

Bem diferente do que o Bolívar achou:

"- O Botafogo merecia a vitória, pressinou a Chapecoense do início ao fim, faltaram apenas esses detalhes nos contra-ataques para conseguirmos um melhor resultado".

Aí eu pergunto: Como pode, dois jogadores que atuam tão próximos em uma faixa do campo verem duas partidas tão distintas em uma só?

Bom, nessa, repito, fico com o Jeff!

E você?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

23 comentários:

Anônimo disse...

Atuações do jogo de ontem, no meu conceito é claro.

Jeferson nota 10; Edilson nota 3; Bolivar e André Bahia nota 8; Júnior César nota 5; Airton nota 7; Gabriel nota 6; Ramirez Cachito nota 10; Daniel nota 6; Zebalos nota 7; Ferreira nota 3 e Mancini nota 8
Importante era vencer.
Quanto ao que Jeferson falou, concordo em parte, já que o time vem de uma maratona de 02 jogos em 4 dias, estamos em uma zona nada confortável e problemas extra campo.
Salários,Diretoria perdida e outras coisas mais e os jogadores estão buscando motivação no além.

Ubirajara

Rodrigo Federman disse...

Ubirajara, essa "maratona" afeta todos os times. E no caso do Botafogo, esses jogadores ficaram quase um semestre inteiro sem jogar direto (poupados no estadual).
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,já que você perguntou,,eu respondo.Acho apenas graça,muita graça.É preciso entender que a maioria dos jogadores,por diversos motivos,tem um nível educacional baixíssimo.Portanto,muitas vezes, inconscientemente,falam N bobagens.Repetem os vários chavões ou o que os seus empresários mandam dizer.
Prefiro o nosso goleiro sempre de boca fechada,embora,às vezes,acerte no que fala.
Nunca pensei que fosse achar que a saída de Ayrton seria prejudicial ao time...O que é o nivelamento por baixo.
Hoje sou Criciúma e Sport desde criancinha.
Um bom domingo.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, de pleno acordo, amigo.
Abs e SA!!!

Jacaré disse...

Rodrigo, são os blá-blá-blás de sempre.

Jogador tem que jogar bola e parar de falar!

Eles, calados, são poetas!

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Jacaré!
Abs e SA!!!

Botafoguense disse...

Jefferson pode falar o que quiser porque tudo que se conquistou até agora dependeu de suas atuações.

Então, botem a viola no saco, já que no atual BOTAFOGO é ele e mais dez.

SB

Rodrigo Federman disse...

Botafoguense, não é por isso que eu acho que ele pode falar o que quiser não.
Abs e SA!!!

Lorismario disse...

Caro Rodrigo. Primeiramente um grande abraço. "Segundamente" o Botafogo tem um craque que é o Jefferson e um jogador que se dedica ao que faz como os demais não fazem. É o Airton. Loris

Rodrigo Federman disse...

Fala, Loris. Sim, amigo. Concordo!
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Talvez eles tenham visões diferentes sobre futebol, o que é compreensível.
Ano passado, o próprio Bolívar divergia do Seedorf sobre como deveria ser a marcação do time.
SA!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, o Jefferson também.
Abs e SA!!!

ARI DIAS disse...

A análise do Jeff ficou parecida com a do Mancini depois do jogo. Nosso treinero disse coisa parecida, ou seja, fomos bem na primeira etapa e perdemos o meio de campo com a saída do Daniel no segundo tempo. Aliás ele já havia dito que o grande problema do Botafogo é essa variação dentro do mesmo jogo.
Eu destaco o Bahia(vem jogando com seriedade) , Airton(também nunca pensei que destacaria o nome dele), Ramirez(vem atuando bem e tem bola pra melhora mais)e o Ferreira(que como sempre tem que brigar sozinho com a zaga adversária e com a bola).
SALVEM MEU BOTAFOGO!!!!
FALTAM SÓ 31 PONTOS!!!

Levi disse...

Foi por essas bobagens (e por razões técnicas também, claro)que falei outro dia que demitiria todos os que falam espanhol e português (ou brasileiro) tacanha. No Botafogo atual, ninguém tem que falar nada, ou, se instados para tanto, que se manifestem com parcimônia, com economia de palavras, já que nem ostentam um vocabulário por assim dizer apreciável. Virem-se e garantam os 46 pontos, meta muito mais importante do que, por exemplo, tentar ganhar a Copa do Brasil e deixar de lado o alvo dos pontos necessários à permanência na série A. Por mim, não falariam mais nada até 2015, desde, que, óbvio, livrem o Botafogo do rebaixamento. E , para não perder a viagem, Fora dentista!!

Rodrigo Federman disse...

Ari, discordo apenas em dois pontos: Não achei o 1 tempo bom também. Foi melhor que o 2, claro, mas não gostei. O mesmo serve para o Ramirez. Não me agradou até agora.

Levi, ao menos o Jeff falou algo que preste agora! rs

Abs e SA!!!

Levi disse...

Um pouco de alento em meio ao caos reinante. O MAIOR DE TODOS!! SIMPLESMENTE O MAIOR DE TODOS!! http://globoesporte.globo.com/platb/meiodecampo/2014/08/24/o-maior-driblador-da-historia/

Rodrigo Federman disse...

Levi, essa deu uma animada boa! Valeu!
Abs e SA!!!

alex disse...

Rodrigo, é tudo questão de Q I.....

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Alex.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Fui conferir a indicação que o Levi deixou aqui. Tudo o que nós já sabíamos desde sempre, "o maior driblador de todos os tempos" e, talvez, até muito mais do que isso.
A nossa imprensa coloca determinados jogadores acima do MANÉ, falseando uma verdade histórica, inclusive citando seus problemas extracampo.
Só que se essa cbf coloca cinco estrelas acima do escudo, duas passam pelo MANÉ, coisa que os "craques" escolhidos por eles nunca fizeram.
Uma coisa é certa, nem o BOTAFOGO nem todos os CRAQUES que sua camisa vestiram, precisam disso. O Mundo sabe, o Mundo conhece e reconhece.
Que diga o Robin Van Persie: "Aquilo me inspirou Ele sempre driblava para o mesmo lado, fazia muitos gols e grandes cruzamentos", sobre o filme que viu do MANÉ GARRINCHA.
Precisa mais?
SA!

Rodrigo Federman disse...

Márcio, imagina se o Mané fosse ex-jogador do Lixo? A imprensa falaria todos os dias. rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, dessa geração endeusada de 80, te digo dois caras excepcionais. Um é o Falcão que jogou barbaridade no Inter, foi para a Itália jogar na Roma, que estava há 41 anos na seca, e todos sabemos o resultado; não à toa o Rei de Roma.
O outro o Reinaldo do Atlético, que em minha modesta opinião, não fosse as graves contusões, estaria em patamar elevadíssimo. Esses gols de Messi, cansou de fazê-los.
O craque preferido da mídia Carioca, principalmente, foi "explodir" no futebol com 25 anos para mais.
Falcão já estava na Itália, com um tri brasileiro na bagagem.
Em resumo, a imprensa conta o que é mais conveniente e acredita quem quer ou não quer ter trabalho de pesquisar.
Se procurar, a lista poderá conter mais uma infinidade de nomes.
SA!

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Márcio.
Abs e SA!!!