domingo, 10 de agosto de 2014

Sem pressão na arquibancada















O Botafogo encara o Atlético, em Curitiba, hoje a tarde.

E ainda penalizado pelos incidentes na última rodada do ano passado, o Furacão segue jogando com os portões fechados no atual Brasileirão.

Na teoria, um problema a menos para o GLORIOSO, afinal, nunca é bom encarar um estádio com torcedores adversários.

O problema é que atualmente tudo tem sido difícil para o Botafogo.

Só que as coisas precisam mudar...logo!

A começar por este domingo.

Que os Papais Botafoguenses terminem o dia com três pontos garantidos.

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

4 comentários:

Anônimo disse...

Feliz dias dos pais Rodrigo!!! Primeiro tempo sofrível, time sem ataque, sem tática, sem vontade de fugir dessa situação... vamos vê agora no segundo.

Marcelo Lopes

Levi disse...

E lá vai o Botafogo, rumo às regiões infernais da tal de Lua, para onde um FDP incompetente e despreparado prometeu levar a instituição que tanto amamos! Vai conseguir, esse traste inútil! Já penso que não tem de renunciar porra nenhuma! Tem de ficar até o final e colher o que plantou. Que o nome desse maldito levantador de tacinha de turno de estadualzinho caia no limbo eterno!

Marcio disse...

Ví apenas os 20 minutos finais.
O suficiente para ver o Mancini substituir o Júnior pelo Julio César,
o Gabriel no segundo gol levantar a mão para pedir impedimento,
o Ferreyra ser merecedor de mais oportunidades.
E que a segundona está mais próxima do que nunca.
Não temos força, equilíbrio e, principalmente, time.
Não há como perdoar esse "presidente"; ele conseguiu o que queria, destruiu o pouco que havíamos conquistado.
Estou com vergonha; não de ser BOTAFOGO, mas sim de ver meu time tão mal administrado.
Fora!!! Fora!!!
SA! Apesar de tudo!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Marcelo. 90 minutos sofríveis, eu corrigiria! rs

Levi, segundona à vista!

Marcio, uma lástima. Os caras já ligaram o F de vez.

Abs e SA!!!