segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Um freio na empolgação

















Apesar da vitória sobre o Santos, o atacante Emerson conteve a euforia na análise pós-partida:

"- Não adianta se empolgar com a vitória, porque a situação ainda não é boa. O time ainda não encontrou uma maneira de jogar. Quando se fala de Botafogo, há hoje sempre um ponto de interrogação em relação á cara do time. No fim do turno, a equipe ainda não tem uma cara. Estamos frisando no dia a dia a individualidade de cada atleta, e quando se pensa na parte coletiva as coisas tendem a acontecer. Provou-se que quando a parte coletiva aparece e cada atleta sai do marasmo, sai da preguiça mesmo, essa é a palavra, e consegue pôr na cabeça que hoje no futebol não tem time de segunda divisão, visto o chocolate que o Ceará deu na gente aqui dentro, as vitórias aparecem. É bom conscientizar que para ganhar partidas tem que ter a entrega de cada atleta".

E mais uma vez eu concordo integralmente com o que foi dito pelo Sheik. O time ainda é uma grande interrogação, sem cara ou esquema definido e cheio de altos e baixos individuais.

Comemoramos a vitória, claro, mas conscientes de que o futebol apresentado continua ruim e aquém do que um time profissional pode apresentar.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

19 comentários:

Jacaré disse...

Certíssimo, o Sheik! São palavras que servem, inclusive, para ele mesmo!

No mais, já vem esse FDP desse Dunga, anão de jardim da porra da CBF, tirar nosso melhor jogador, para esses joguinhos amistosos de merda dessa seleçãozinha escrota e maldita!

VTC CBFLA do caralho!!!!!!!

Thalison disse...

Também concordo com tudo que foi dito, o bom do Sheik é fala o q realmente está acontecendo. Mas eu nao vi o jogo ontem, mas fiquei sabendo q tomou outro cartão, vc sabe Rodrigo como foi esse cartão dessa vez ?

Rodrigo Federman disse...

Jacaré, mas ontem ele lutou a beça. Várias vezes veio ajudar na marcação. Ele estava mordido mesmo.

Thalison, uma falta que realmente mereceu amarelo.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

O que Sheik precisa é fazer gols e calar a boca. Além dos cartões amarelos em todos os jogos.

Rodrigo Federman disse...

Celso, o lance é que ele precisa voltar pra armar as jogadas e ainda concluir, pois depender de Ramirez na criação é tenso. E convenhamos também, ele não falou nenhuma mentira.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Rodrigo, então você concorda que, se o Sheik , que é um jogador experiente, rodado, tem dificuldades com esse esquema do treineiro, imagina garotos como Mamute, Yguinho entre outros. Não podemos crucificar esses garotos, o que falta é esquema. Além disso, todo mundo quer tirar uma casquinha e aparecer com declarações. Esse flamenguista enrustido tem que fazer gols. Pra que uma declaração dessa na imprensa? Pra aparecer?
Um grande abraço!

Rodrigo Federman disse...

Celso, achei sincero. E a realidade.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Esse Emerson queimou minha língua. Esperava dele o que o Carlos Alberto tem feito: usar chinelinho e ser expulso jogo sim, jogo sim.
Desde sempre soube que o Emerson não é cara pra convidar pra almoçar com a família. O cara é encrenqueiro e enrolado. O que o cara faz fora de campo não me interessa. Se o cara torce pro FLAVELA também não.
O que importa é que com a idade que tem, com a grana que tem corre o jogo inteiro, dá carrinho e muitas das vezes faz falta idiota e grossa (acho) pra mostrar pros garotinhos e pros experientes que tem que usar a camisa e jogar com raiva pra vencer sempre.
Acho que o cara nunca foi goleador, artilheiro por onde passou (nunca acompanhei a carreira dele). De vez em quando faz os seus. Mas acho que não é a dele ser artilheiro.
Se todos (inclusive os garotos de 20 anos) egressos da base e Botafoguenses fizessem em campo 10% do que ele faz (passes, correr, desarmes, faltas, voltar pra defesa, armar jogadas, fazer gols, chutar de onde der, se indignar com participações bisonhas, reclamar dos colegas que ficam morsegando etc etc), talvez tivéssemos uns 4 pontinhos a mais na tabela.
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Penso o mesmo, Pai.
Abs e SA!!!

Jacaré disse...

Framenguista por framenguista, prefiro o Sheik, do jeito que está, ao bostinha do Juan, do Vitória!

Aquele sim, ama o menguinho!

Quanta ajuda, ontem, para o seu timeco do coração, hein? KKKKKKKK!!!!

Já tem "nego" falando que o timinho da grobo vai brigar por título!!!

alex disse...

Queimei minha lingua em relação ao sheik...ele tá dando uma aula de profissional....mesmo com os salários em dia , ele briga pelos companheiros....

Rodrigo Federman disse...

Deixemos eles pra lá, Jacaré!

Exato, Alex!

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Reconhecer as deficiências, poderá ser o início de uma sequência mais amena de jogos.
Nivelado por baixo, como é o futebol verde e amarelo, dedicação, seriedade e solidariedade faz qualquer time ser mais forte do que é verdadeiramente.
Quanto a postura do Émerson, concordo com o Jacob, pode pecar pelo excesso e junto com o Aírton, fizeram-me mudar de opinião.
o GÉRSON CANHOTINHA DE OURO fica revoltado quando jogador não comemora gol contra seu ex Clube, em sinal de respeito. Ele diz que o jogador tem de ter respeito com o seu Clube atual e sua torcida e que fosse ele dirigente, mandava o jogador receber seu salário no caixa do ex.
Hoje, tem de haver profissionalismo, de dirigentes a jogadores; não são os primeiros nem os últimos a vestirem nossa camisa sendo, digamos, torcedores de outros times.
É só organizar o Clube e entrar em uma fase super vitoriosa, que veremos muitos dizendo que sempre sonharam em jogar no BOTAFOGO.
SA!

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Marcio!
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Marcio!
Abs e SA!!!

Gerson disse...

Rodrigo e Celso, Ramirez sempre foi volante. Tipo um "Paulinho genérico". Nunca vai ser esse meia que vcs esperam. O tecnico do Peru que começou com isso, na sua medíocre Seleção.
Quanto ao Sheik, ser o último homem, o "camisa 9", nunca foi a dele. Joga melhor caindo pelos lados, ainda queria ver com o Ferreyra, é o melhor encaixe, naquele jogo que tiveram juntos talvez tenha faltado o Daniel.
Em tempo: Sem o Zeballos jogamos com 11.

Rodrigo Federman disse...

Gerson, se ele sempre foi volante, desculpe também, mas deve ter sido um péssimo volante, pois é sem sangue e lento ao extremo.
Abs e SA!!!

Gerson disse...

Pois é, jogou bem no Libertad a uns 3 anos atrás, na época estava na moda os "volantes modernos", que saem pro jogo, e ele conseguiu um bom contrato com o Corinthians. Sempre foi fraco.

Rodrigo Federman disse...

Gerson, e tem outra coisa: Será que jogou bem mesmo? Duvido que alguém tenha acompanhado 3 jogos sequer dele nesse ano. A mesma coisa que falaram do Zeballos no inicio de 2014. Falaram que era craque, mas muitos só tinham visto uma partida.
Abs e SA!!!