sábado, 30 de setembro de 2017

Fez por merecer















Notícia retirada do site FogãoNet:

"Fogão exerce direito de compra e contrata Arnaldo em definitivo".

Parece que o GLORIOSO pagou R$300 mil por 50% dos direitos do jogador á Penapolense. Assim, é mais um do elenco atual a continuar na próxima temporada.

Vamos lá, sobre o Arnaldo...

Quando foi contratado, critiquei. Primeiramente, por pré-conceito mesmo, confesso. Não é um garoto, não tem currículo que mereça destaque e precisávamos de um substituto para o Luis Ricardo com urgência. Mas um que chegasse sem ser aposta e que ao menos empolgasse um pouco.

Depois das  primeiras partidas do lateral, mantive a opinião. Aliás, até hoje considero o  Arnaldo uma espécie de peladeiro. É tecnicamente limitado, com algumas dificuldades e em condições normais de temperatura, jamais poderia vestir a camisa de um Botafogo. 

Mas inegavelmente é um cara simples, voluntarioso e que parece ser bastante humilde.

Vontade não falta ao Arnaldo. Na maioria das vezes, compensa a falta de técnica com suor além da conta. E na mediocridade do futebol brasileiro atual, isso vale e tem um peso. Se considerarmos o valor envolvido então, "melhor ainda". 

Resumo da ópera: Hoje, parabenizo o Arnaldo pela "volta por cima" e acho que essa permanência dele em General Severiano é justa. 

Não deve ser antecipadamente considerado titular em 2018 (até porque, bola por bola o Luis Ricardo tem mais), mas por justiça e merecimento ele já se colocou na disputa.

SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

21 comentários:

Unknown disse...

Eu não sei não Rodrigo, pra mim tanto o Arnaldo como o Luís Ricardo estão devendo, mas como tivemos muita dificuldade pra contratar lateral esse ano, é melhor que ele fique, pelo preço, tá de bom tamanho.

Anônimo disse...

RODRIGO,concordo plenamente com as suas considerações.Desde que o ARNALDO chegou e iniciou a jogar,eu o considerei na média que existe nos demais times brasileiros.
Tirando uns 3 ou 4 melhores,os outros se equivalem,são farinha do mesmo saco.
Procuro separar simpatia pessoal,do valor profissional e pessoal do indivíduo.Sei que é difícil,mas eu tento.
Tivemos jogadores razoáveis que a torcida,por algum motivo,não gostava e execrava o pobre coitado até tirá-lo do time.
Somos movidos por paixão,influências diversas,etc,e aí a maioria é a favor ou contra de forma generalizada,sem separar o joio do trigo,rsrsrsrs.
Para encerrar,darei um exemplo pessoal do que acho ser mais correto,separar as coisas.Exemplifico no caso de alguns jogadores famosos,como o ROMÁRIO e os dois RONALDOS,o gaúcho e o fenômeno.Foram excelentes jogadores em campo,mas pelo comportamento fora dele deram péssimos exemplos de falta de "MUITA COISA".JOTA.

Juliana F. disse...

Ele vem melhorando a cada jogo, acho que fez por merecer a renovação..

Aah e mais uma coisa se o ataque não era bom agora piorou infelizmente o Roger, não joga mais essa temporada.
Talvez seja hora de Jair tentar algo novo já que os atacantes que estão no banco não empolgam nem um pouco..
https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/drama-alvinegro-tumor-renal-tira-roger-de-campo-e-comove-o-botafogo.ght

Agora é desejar força para o Roger e que ele se recupere plenamente..

Sergio disse...

É peladeiro mas luta e acho que vai evoluir, principalmente porque tem na velocidade uma arma interessante. Já vi vários jogadores ditos peladeiros que se tornaram úteis e parece que esse é o caminho do Arnaldo.
Acabei de ler que o Roger está fora do brasileiro devido a um tumor no rim e terá que ser operado. Que tudo corra bem para o Roger, e cá prá nós: ruim com ele, péssimo sem ele, pois aturar o Brenner e o possante VT não vai ser dose. Clube sortudo o Botafogo. Sempre que as coisas parecem caminhar bem aparecem problemas sérios de contusões e suspensões. ABS e SB!

Pedro disse...

E a situação do Roger Rodrigo? Fico triste pelo homem, mas acho que é uma oportunidade do Botafogo tentar jogar com dois atacantes de velocidade ou pelo menos se mexer e contratar um atacante de área para ser titular.

Se o Roger estivesse bem acredito que não haveriam contratações razoáveis para o ataque só apostas como Brenner ou aquele André Rios que o Vasco levou.

De toda forma muita força pra família dele é pra ele, apesar de limitado ele é um cara que se entrega pelo time.

Anônimo disse...

Rodrigo , você viu a notícia que o atacante Roger está com um tumor e não joga mais esse ano ? Que doideira irmão ! Écio Henrique

Jonas disse...

Fala Rodrigo.

Do mesmo jeito que você escreveu, foi também meu pensamento quando da contratação do Arnaldo. Tomara, ele continue essa evolução, dentro de suas possibilidades.

Eu, diferente da maioria, não consigo, separar o profissional do pessoal. Quando o cara é hulmide e dedicado, em minha concepção, deverá ter mais oportunidades. Casos emblemáticos, são, Roger e o Arnaldo.

Acho que estou sozinho nessa.

Abraço e SA.

Rodrigo Federman disse...

Ivo, minha opinião é basicamente pelo custo benefício também. Longe de ser um lateral que me agrada.

Jota, eu já acho ele tecnicamente bem fraquinho. Mas ao menos joga sério e simples.

Juliana, só não entendi o que tem a ver o JV buscar uma saída do clube. Rs

Sérgio, não creio que ele evolua. É fraco, mas voluntarioso. Sobre o Roger, força ao homem!

Pedro, nessas horas nem penso em como escalar. Só torcer pelo cara! Resto é resto nessas horas.

Ecio, triste notícia.

Concordo em partes, Clóvis.

Abs e SA!!!

Ricardo Rocha disse...

Creio que a Juliana quis se referir que o JV deva tentar algo novo no ataque.

Rodrigo Federman disse...

Ah tá, Celso. Aí sim. Até porque, agora não tem mais outro jeito. Rs
Abs e SA!!!

J. Daniel disse...

FORÇA ROGER, SUA FILHA PRECISA DE VOCÊ. SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, J.Daniel.
Abs e SA!!!

Unknown disse...

FORÇA ROGER você sempre foi um Guerreiro, venceu o alcoolismo, venceu a desconfiança, quando ninguém mais acreditava em você, nós fez amar a Júlia é conhecer o grande Pai que você é, você venceu várias batalhas, vai vencer mais essa.

Unknown disse...

Parabéns pela matéria postada e pelo reconhecimento do mérito do jogador.

Rodrigo Federman disse...

Boa, Ivo.

Valeu, Vitor.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Continuo acreditando que o Arnaldo não é ou não devria ser lateral para o BOTAFOGO. Entretanto, da mesma forma que as suas limitações técnicas são visíveis, a sua dedicação é um capítulo à parte em todos os jogos.
Analisando o que o mercado oferece, o que ele apresentou e o seu custo, creio ter sido acertada essa aquisição.
O que não pode é resolverem colocá-lo com titular absoluto ou o reserva a ser utilizado em toda e qualquer circunstância.

Quanto ao jogador Roger, continuo com as mesmas impressões ao futebol que tem apresentado; quanto ao homem, que tenha toda a força necessária para ultrapassar mais este obstáculo. E ultrapassará!
Em resumo, tudo se torna secundário quando o assunto é a saúde de uma pessoa.
SA!!!

Anônimo disse...

Não tenho a mais mínima pretensão de que os comentários que aqui faço vez em quando tenham o poder de transformar os destinos do Botafogo. Não passo de um incógnito torcedor e me aproveito do blog para manifestar o que penso sobre o futebol e, acima de tudo, sobre o Glorioso Botafogo, minha maior paixão imaterial.
Não perco meu tempo precioso para conversar sobre futebol com quem não seja botafoguense, e mesmo assim, com dois ou três irmãos de camisa com quem tenho contato pessoal por força do cenário da minha existência. Os demais botafoguenses com quem mantenho um diálogo, conquanto, virtual, estão aqui no blog, saudável espaço no qual manifesto o que penso.
Neste contexto do Botafogo, falo muito bem de um ou outro jogador e meto a ripa em outros tantos, mesmo a despeito das opiniões contrárias dos amigos que neste espaço se fazem presentes com suas opiniões.
Já falei muito mal de alguns atletas que envergam ou trajaram a camisa mais bonita do mundo (as outras duas, são a da Fiorentina e a da Celeste Olímpica), como também já teci elogios ao Loco Abreu, por exemplo, mesmo indo contra opiniões respeitáveis de amigos que não gostavam do uruguaio quando este jogava em nosso time.
Falo tudo isso para, mais uma vez, meter a ripa no Roger enquanto centro avante do Glorioso. Tudo, bem, fez lá os gols que nos deram vitórias importantes, mas deixou muito a desejar no tocante a atuações outras que poderiam ter levado o Botafogo a patamares nunca antes alcançados. Enfim..., coisas da realidade que norteiam a nossa existência (até mesmo no aspecto de gostarmos de futebol e termos sido eleitos para torcer para o Glorioso) e da realidade do Alvinegro.
Não gosto do Roger como integrante do ataque do Botafogo, mas impossível não demonstrar um sentimento de EXTREMADA SOLIDARIEDADE em relação ao homem ROGER, sujeito detentor de um caráter ilibado, vencedor em vários aspectos da vida (as mídias dão conta da realidade do atleta).
Assim, sirvo-me deste espaço criado e tão bem conduzido pelo dono do blog, meu amigo à distância, o Rodrigo Federman, para expressar meu mais profundo sentimento e torcida na direção de que o ROGER vença mais essa batalha, e que tudo possa ter o melhor dos resultados para ele e para a família da qual ele se faz um integrante da mais elevada importância.
Desculpe-me, Rodrigo, por fugir do tema proposto, mas reputo necessário falar o que acima expresso.
FORÇA ROGER!!
Levi

Rodrigo Federman disse...

Penso igualzinho, Marcio. Sobre os dois jogadores e suas devidas situações.

É isso aí, Levi. Estamos todos juntos na corrente para uma pronta recuperação do homem Roger.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

LEVI,normalmente não comento sobre o que escrevem.
Hoje,quando comecei a ler a sua mensagem,identifiquei-me totalmente com o que você postou.
Permita-me cumprimentá-lo pela lucidez e saber distinguir os fatos,sem "mimimis". Concordo integralmente com a sua opinião.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Boa, Jota!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Obrigado, JOTA! Bom domingo.