quarta-feira, 13 de setembro de 2017

"Vantagem" mínima em Porto Alegre




Botafogo e Grêmio empataram em 0 a 0 na primeira partida das quartas da Libertadores, no Estádio Nilton Santos.

Agora a decisão por uma vaga na semifinal será decidida na próxima quarta-feira, na Arena Grêmio.

Um outro 0 a 0 leva para os pênaltis. Qualquer empate com gols, vaga para o GLORIOSO.

Será difícil. Tudo leva a crer que passaremos por uma pressão em Porto Alegre. Seja pelo adversário, como também pela torcida tricolor.

E se quisermos classificar, terá que ser na base da superação. Até porque, falando do futebol apresentado na noite de hoje, confesso que não gostei do que vi. Foram quase 90 minutos de chutões para frente. Em momento algum conseguíamos colocar a bola no chão, parar um pouco, pensar, triangular. Aliás, tudo que o meio de campo gremista fez. Do lado deles, um time com bastante movimentação e toque de bola. Do nosso, passes errados, posicionamentos pré-determinados e fixos e lançamentos para frente. Muitos deles, dando a impressão de terem sido com olhos fechados.

Resumindo: No pior dos cenários, o 0 a 0 ficou bom. Não que tenhamos sido dominados (até porque não fomos também), mas com o apoio da torcida em peso, o time vindo da vitória empolgada do último final de semana, acredito que todo mundo esperava mais. E soma-se a isso, o fato do Grêmio ter jogado sem seus dois principais jogadores. 

Nada definido. Continuamos vivos e assim como foi na Copa do Brasil (empate - em casa - no primeiro jogo), decidiremos por um gol no campo do oponente.

Vamos torcer para que a postura e resultado final sejam diferentes.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 0 Grêmio

1- Gatito: Sem muito trabalho - 5,5

2- Arnaldo: Sério, foi um dos mais vibrantes - 6,0

3- Carli: Ganhou todas jogadas e ainda nos salvou de um gol - 6,5

4- Rabello: Apenas uma falha. De resto, boa partida - 6,0

5- Matheus Fernandes: Errou muitos passes, mas pelo menos não se esconde - 5,0

6- Gilson: Fraco na marcação e meio desengonçado na frente - 5,5

7- Valencia: Pouco para a expectativa criada - 5,0

8- Bruno Silva: Uma das piores partidas com a camisa do Botafogo - 4,5

9- Roger: Duas conclusões e poucos toques na bola - 5,0

10- João Paulo: Mais contido e recuado. Pouco chegou na frente - 5,0

11- Rodrigo Pimpão: Muitas bobeiras em bolas fáceis. Jogou mal - 5,0

12- Guilherme: Nada criou de produtivo - 5,0

13- Marcos Vinicius: Quase nem foi notado. Pesado e lento - 4,5

14- Rodrigo Lindoso: Não acrescentou em nada - 5,0

Jair Ventura: Até concordei com a sua escalação inicial. Tentou, dentro do possível. Precisa criar mais alternativas para os chutões. Nem que seja chamar a atenção dos caras durante os jogos - 5,5

26 comentários:

Marcio disse...

Ressalvando a penalidade máxima não marcada, o BOTAFOGO não fez por onde vencer o jogo, pois pouco criou e não deu um único chute que obrigasse o goleiro adversário a fazer a defesa.
O empate sem gols, pelo menos, deixa boas possibilidades para o segundo jogo, maqs não será fácil.
Primeiro tempo de muita intensidade e também erros de passes na zona de criação das jogadas; velocidade não é pressa ou precipitação. Além disso, João Paulo e M. Fernandes ficam juntos à defesa e não se aproximam da zona adiantada do campo para ajudar, quando de posse da bola.
E esse espaço permitiu uma certa tranquilidade ao Grêmio para trabalhar.
No segundo tempo o BOTAFOGO tentou, sem sucesso algum, umas modificações nos posicionamentos do Pimpão e do Valencia… O Jair ainda fez as suas substituições e não obteve resultado.
O problema é que o meio campo teve uma produção muito baixa, errou muitos passes e ainda, como no primeiro tempo, pecou pela pouca movimentação; jamais foram opções de passe para jogador que estava com a bola. Sem criatividade, ultrapassagens e infiltrações, fica dificil vencer.


Fernández- Uma boa defesa e sempre firme quando chamado. Nota 6,0;
Arrnaldo- Teve muito trabalho na marcação, ganhou e perdeu combates. Não comprometeu. Nota 5,0;
Carli- A tranquilidade e a excelência no jogo aéreo, partida firme. Nota 6,0;
Rabello- Uma vacilada somente, no restante da partida foi bem. Nota 5,5;
Gilson- Partida razoável apenas. Nota 5,0;
B. Silva- Correu e quase fez um gol. Só que com a bola nos pés errou uma quantidade absurda de passes. Nota 4,5;
M. Fernandes- Precisa trabalhar fundamentos, pois é jovem e pode melhorar. Partida fraca. Nota 4,5;
João Paulo- Partida ruim. Pouco se apresentou para jogar. Nota 4,5;
Valencia- Não repetiu a sua melhor atuação, mas não deixou de se movimentar e tentar criar ofensivamente, Falttou alguém que o ajudasse na tarefa. Nota 5,0;
Pimpão- Só está servindo para marcar o lateral adversário, no ataque é uma completa nulidade. Errou praticamente tudo o que tentou. Nota 3,5;
Roger- Hoje goi prejudicado pela baixa produção do meio campo, mas, a meu ver, continua pecando por sair demasiadamente da área. Nota 5,0.

Lindoso- Entrou no lugar do João Paulo e não apareceu.
M. Vinicius- Entrou no lugar do Valencia e não apareceu.
Guilherme- Entrou no lugar do Pimpão e fez uma jogada perigosa para o adversário.

Jair Ventura- Mandou bem na escalação e trabalhou bem nas substituições (a única interrogação, talvez, na substituição do Valencia).
Embora precise trabalhar e criar alguma coisa diferente nesse Time, não teve culpa pela completa baixa produção do meio campo. Nota 5,5.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Marcio. O espaço ali no grande círculo estava assustador. Sem contar o time todo estático, sem movimentação. Acho que o JV deveria pegar o tape dessa partida e mostrar para os jogadores alvinegros o que fez o tal do Arthur hoje. Uma aula de meio campista.
Abs e SA!!!

Ivan disse...

Falta ao time um camisa 10, alguém que ponha a bola no chão, que pense, que jogue de cabeça erguida. Também dois bons atacantes, porque com Roger e Pimpão não dá. Pior é ter a impressão que não vai mudar nada pro ano que vem...
Mas estamos vivos na competição

Sergio disse...

O grande problema é que não temos nenhum jogador que pense o jogo, principalmente no meio, e para piorar há pouca movimentação na saída da defesa para o ataque, sem contar que o time do Grêmio jogou muito bem, marcou bem, mas também não ameaçou muito. Tiveram chances, o Botafogo também teve, mas nós sabemos que o nosso time é muita transpiração e pouca inspiração e, quando algumas peças não vão bem a engrenagem trava. Há de se levar em conta que o time do Grêmio é superior ao do Botafogo, nem acho que o Botafogo foi tão mal, mas o Grêmio é que marcou muito bem.
Um caso a parte foi a arbitragem: péssima. Uma falta no Artur no 1 tempo ignorada pelo juiz, um pênalti escandaloso no Gilson não marcado. O Grêmio abusou de parar contra ataques, pelo menos uns 3 e nenhum cartão, o Edilson bateu a vontade, uma inclusive no LV nem vai na bola e nenhum cartão. Muito ruim esse soprador.
Vai ser difícil na Arena do Grêmio, claro que vai, dá para classificar, dá, mas será um jogo muito difícil. Acho sinceramente que o que esse time do Botafogo fez até aqui louvável, pois é um time taticamente bem montado, mas falta aquele algo mais, algum jogador que faça a diferença, e hoje não tivemos. O LV não esteve bem, inclusive porque jogou de forma diferente de domingo. O BS mal e errando passes médios e longos e matando a saída de bola para o ataque, MF razoável, mas carece de experiência e melhoria em alguns fundamentos. Na defesa Carli e IR muito bem, os laterais não comprometeram e no ataque Roger o de sempre e Pimpão mal. Enfim, o grande problema também foi a pouca movimentação das peças ofensivas. Bom, vamos em frente. Pelo que o time fez até aqui, o que vier é lucro. ABS e SB!

higor disse...

Rodrigo, acho que chegamos no limite. Se o Grêmio respeitar o Botafogo, tocar a bola e fazer o arroz com feijão passa com certa tranquilidade.

Péssima partida do meio campo, ninguém jogou bem no setor. Eu daria zero para o Pimpão. Que jogador escroto, com o perdão da palavra.

Que conversa fiada essa de que deveria entrar com Lindoso. O resultado seria exatamente o mesmo, pois sabemos que trata-se de um jogador bem mediano.

Sempre crítico o Jair, mas hj acho que ele tentou algo diferente pra tentar matar na primeira partida. Não deu.

Enfim, bem frustrado com esse resultado.

Joao Paulo SP disse...

Fala Rodrigo, tudo bem?
Cara, a unica sensaçao que tenho é a de que as semi-finais da Copa do Brasil aparentemente nao serviram de liçao pois foram muito poucas chances criadas.
Minha percepçao, ta? Em jogos extremamente decisivos nunca vi Bruno Silva aparecer. Logo ele que quando atua bem dá uma baita ajuda. Outra: o volume de passes errados esta chamando atencao. Absurdo como isso vem acontecendo com frequencia. No jogo de volta teremos que tirar algo a mais para trazermos a classificacao. Ainda confio! Abs!

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Ivan. E não precisa ser craque. Mas alguém que ao menos pare a bola ali e evite um pouco esse excesso de chutões a rodo.

Sérgio, mas então que alguém pelo menos pare a bola ali. Nem que seja para tocar para o lado, mas que ao menos crie raízes naquele pedaço do campo. Hehehe

Higor, eu penso parecido. Acho que se não melhorarmos muito (mas muito mesmo) e o Grêmio jogar o simples (ainda terão o Luan) lá, ficará complicado.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Fala, João Paulo. Até acho que tivemos coragem e entramos com espírito, mas realmente, a qualidade técnica do time já é limitada e hoje foi sofrível.
Abs e SA!!!

Sergio disse...

Antes do jogo li alguns comentários dando conta que o Botafogo faria 2 e até 3 gols. Caramba, o time do Grêmio não é nenhuma babá, é um time melhor que o Botafogo, por isso não estou chateado, pois em futebol o melhor normalmente vence, mas como futebol é um esporte fascinante, às vezes o pior ganha, e até campeonatos. Chateado ficaria se o Botafogo tivesse um timaço e perdesse, como já vi acontecer.
Quem sabe se na Arena do Grêmio não bate a sorte de 93? Só nos resta torcer. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Também acho, Sérgio. Eles só têm um acima da média, mas os demais sabem jogar. E parece ser um time muito bem treinado. A diferença de jogo apresentada hoje pelos dois setores do meio de campo foi assustadora.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Se o Guilherme fosse menos fominha e com maior inteligência futebolistica, já seria o titular no ataque; ele é o único em condições de enfrentar e driblar o seu marcador.
O Roger e o Pimpão, se preocupam mais com a defesa adversária do que preocupam as mesmas.
Esse é o futebol moderno...

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, e que fique escrito: Pimpão de marcador é por conta do JV, que abriu mão do Pimpão atacante de ofício. Maldito futebol moderno.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Concordo com sua avaliação da atuação do Bruno Silva o pior em campo e errou tudo. O time sentiu a saída do João Paulo que ao menos comandava a saída de bola. O Matheus parecia estar fora do tempo da bola o jogo todo. Defesa firme mas ataque mal. O Valencia parece ter sentido fisicamente e o Roger foi bem, mas os lados do campo não ajudaram muito. Ainda acho que estamos dentro e o Gremio não me parece isso tudo que a imprensa anda dizendo.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, eu acho que o Botafogo é limitado, mas também mal treinado na parte ofensiva. Atacantes fixos, isolados e com funções prioritárias de marcar adversários.
Abs e SA!!!

Douglas disse...

Pera ai gente pelo amor dos meus filhinhos, que inclusive nasceu ha algumas samanas hehe, pocha acho que pela expectativa criada pelo jogo passado contra o Flamengo falar que foi uma partida abaixo, ai sim concordo, mas o que eu vi hoje foi um time médio jogando bem contra um time melhor jogando também bem... ambos os times poderiam sair com a vitoria hj, mas confesso que gritei bem mais o "uuuuuhhhh quase" do que o "caraca véio", ou seja senti o botafogo mais próximo de marcar o gol de que o grêmio, enfim achei um jogo bem movimentado e acredito que jogaremos de igual para igual lá, e podemos passar sim. Enfim respeito o que todos dizem aqui, mas dizer que esse gremio é o limite do Botafogo, nunca, jamais.
SAN !!!!

Anônimo disse...

Rodrigo e turma.
Desta vez, discordei de notas, e de apresentações. Não curto o Gilson, mas foi bem. Nota maior do que Arnaldo, com certeza. Quando o Botafogo organizou algo do meio pra frente, foi pelo Gilson. E outro o Roger. Marcou, recuou, fez parede, ganhou bolas atrás, tentou alguma tabela, quase não errou passe idiota (pro lado). Perdemos chance de ouro. O Grêmio sem Geromel, Michel (o Jailson que jogou ali não fardava há muito) e Luan. O Grohe, a rigor, não fez defesa.
Minhas notas.
Gatito - 7 (não exigido, mas pegou uma bola que só quem tá muito ligado pega, do Arthur, no meio de umas 8 pernas)
Arnaldo - 5,5 (não comprometeu)
Carli - 7 (ganhou tudo e salvou um gol)
Igor - 6 (falhou num lance que o Gatito pegou, do Arthur)
Matheus Fernandes 5 (gosto muito, mas tava confuso e errando passes fáceis , e no seu campo de defesa).
Bruno Silva - 3 (pior partida da vida no Botafogo, não acertou nada e nem conseguiu marcar direito).
João Paulo - 5,5 (um pouco mais lúcido que o MF)
Leo Valencia 5,5 (pelo esforço, sem produção, faltas e escanteios mal batidos)
Pimpão - 4 (pelo esforço, não conseguiu nada)
Roger - 6 (já comentei acima).
Guilherme 5,5 (pra ele é bom)
MVinicius - sem nota (pouco tempo)
Lindoso - 5 (não fedeu, nem cheirou).

Primeiro tempo eu gostei, com organização, mas sem muita contundência.
No segundo tempo, uns 5 ou 10 minutos intensos e depois muito balão pra defesa adversária. Parece que o JV pediu pra se desfazerem da bola pro Grêmio jogar pra cima e o time jogar reativamente. Mas errou muito passe na armação. Time cansado, visivelmente. O Grêmio jogará com reservas contra a Chape. Eu faria o mesmo, contra o Santos, que também virá com time reserva e desfalcado por suspensões.
Resultado só foi melhor do que perder.
Mas, não joguei a toalha.
Tem a arrogância que pode derrotá-los.
Paulo, de POA

VinnyMarques disse...

Nem sei o que pensar, sinceramente.
Acho que o Jair tentou bem. Viu a boa partida do Valência contra os fedidos, e o escalou. Ok, mas não se poderia imaginar que o mesmo não acertaria 1 passe sequer.
Aliás, nosso meio campo foi sofrível, beirando o ridículo. Todos péssimos! Erros de passes se 2 metros! E dá-lhe chutões! E nem a segunda bola era nossa.
O Arthur engoliu nosso meio campo. Vivemos de duas arrancadas do Arnaldo e bolas aéreas. No mais, algumas coisas criadas mais no erro adversário, do que por mérito nosso.
Todas as jogadas morriam nos pés do Valência, do Bruno e do Pimpinho... Aí fica difícil. Ah, João Paulo inexistem no jogo... Mais uma vez.
Bem, dos males, o menor. Antes 0x0 do que algum empate com gols. Agora é reverem o tape do jogo, e corrigir os erros, que fora muitos. Pelo menos uns 350 passes errados...

Rodrigo Federman disse...

Cloud, parabéns pelo filhos. Eu não vi uma boa partida do Botafogo, cara.

Paulo, a graça do futebol é justamente essa: opiniões e visões diferentes. Não existe verdade absoluta. Rs

Fecho total contigo, Vinny.

Abs e SA!!!

WAYNE disse...

Saudações Alvinegras.
Temos que ter um melhor do que Matheus Fernandes, como disse um comentário acima demonstra está fora de sintonia- nervoso- fraco, sei que tem quem gosta dele e de seu futebol, eu não. Triste a sua atuação. Um detalhe importante- ESCOBAR da Globo apresentou uma matéria sobre o Bruno Silva classificando-o como SUPER HÉROI. Ao ver a matéria senti alisou o EGO, ele não vai jogar nada, aconteceu...Leo Valência está devendo, apesar do bom jogo contra o Flamengo. Que falta faz Victor Luis. Esse MV é um bonde sem freio. Falta alguma coisa com Jair Ventura, pois toda as vezes que sai do feijão com arroz, o Botafogo não apresenta a performance aceitável, Não esquece do apático Matheus Matheus. Também faço coro, não gostei do jogo.

Abs SA

Rodrigo Federman disse...

Wayne, eu vejo o Matheus o menor dos problemas. E digo mais: O único com muito potencial para melhorar bastante.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Minhas avaliações da partida de ontem melhor jogador em campo pelo lado Botafogo Gilson marcou bem e apoiou melhor seria responsável diretamente pela nossa vitória e pela interferência direta pelo soprador de apito da Venezuela juiz muito fraco.
Além do Gilson que no meu conceito tá mais do que na hora de ser titular gostei do Gatito,Carli,Arnaldo,Igor Rabelo e Roger.
Bruno Silva e todo meio campo muito mal.

Marcos

Rodrigo Federman disse...

Marcos, eu não consigo ver o Gilson barrando o VL em hipótese alguma.
Abs e SA!!!

WAYNE disse...

Saudações Alvinegras.
Bem, sobre o Raquítico Matheus, minha opinião ele tem que ganhar mais massa muscular
e fazer cama elástica para ter mais equilíbrio, pois erra sempre o tempo da bola e seu passe é telegrafado. Ah ah ah.
Abs SA













Abs SA

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Wayne. Eu respeito, mas não concordo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Eu acredito que o julgamento da maioria por aqui é pelo conjunto da obra; Gilson foi o melhor jogador do Botafogo ontem.


Marcos

Rodrigo Federman disse...

Marcos, eu não achei que ele foi mal, mas preferi a partida do Carli.
Abs e SA!!!