quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Vão acordar quando?




Palavras do volante Rodrigo Lindoso, após o empate no domingo, contra o São Paulo:

"- Erramos bem menos hoje e se tivéssemos caprichado mais na frente, poderíamos ter vencido. Resultado justo. Brasileiro é assim, não terá jogo fácil. Palmeiras fora, agora. Fase difícil, mas vamos superar".

Alguém só falta lembrar ao Lindoso que depois do Palmeiras, só teremos o Cruzeiro. Em seguida, o campeonato - aliás, a temporada - acaba.

Vão superar essa fase quando?

De repente, ele ainda não se tocou disso.

* Curta e compartilhe nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/cantinhobotafoguense/


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

32 comentários:

Sergio disse...

Faltou capricho em diversos jogos, mas só capricha quem sabe. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, é um grande detalhe que faz muita diferença. Rs
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Com a imprensa dizendo que Jair Ventura é o novo Guardiola e que a Diretoria tirou leite de pedra, essa turma acha que foi longe.

Eles estão convictos que fizeram 200%.

SA

Rodrigo Federman disse...

Enéias, muitos torcedores batem palmas e concordam. Aí, a tendência é pouca coisa mudar.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Todos sabemos do discurso no final :
- Vamos levantar a cabeça e trabalhar para o próximo ano...

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, espero ao menos que não deixem a Libertadores escapar para o próximo ano.
Abs e SA!!!

Yasser Almeida disse...

Numa boa, ontem acompanhei os caras do basquete, considerando que estamos voltando para uma grande competição neste esporte, aí sim, muita briga, muita raça e compreensão. Mas é brincadeira isso que está acontecendo com o BFR. O cara vem do Madureira, participa de resenhas entre colegas de trabalho, viram amiguinhos, ganham proteção e logo ficam INTOCÁVEIS.
Quero ver levantar de madrugada, enfrentar um trânsito horrível, trabalhar 10h por dia, e ainda assim fazer corpo mole pra ganhar o sustento. Falta de respeito, falta de gratidão, ganância, falta de honra!
SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Pois é Rodrigo.Será que o treineiro espera no final a mesma façanha do ano passado ?
E falar que tira leite de pedra ?
Rsssss

Rodrigo Federman disse...

Yasser, vida de jogador de clube grande é uma baba. E não é exclusividade do Botafogo.

Ricardo, aposto que sim. Rs

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Em 2036, quem sabe?
Levi.

Rodrigo Federman disse...

Levi, e vai ter torcedor esperando e elogiando até lá. Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Esse discurso simplesmente é o reflexo do pensamento entranhado no comando do BOTAFOGO.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exato, Marcio.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Fora do Poste; nem tanto

1- Messi está sendo poupado e fica no banco nesse confronto frente à Juventus.
2- A última vez que Messi iniciou uma partida no banco de reservas foi em outubro de 2016.

E se fosse no BOTAFOGO?
Estaria fora do banco, de folga, sem contar que o mesmo já teria ocorrido umas 458 vezes.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, e se fosse escalado, teria como função principal, marcar o lateral adversário. Hahaha
Abs e SA!!!

Marcio disse...

parece que o BOTAFOGO renovou o contrato com a CEF e com aumento; pulará 10 para 12,5 milhões de reais.
Se de fato confirmarem a noticia, será mais um belo gol marcado por essa gestão.
SA!!!

Ricardo Rocha disse...

Marcio Padilha, do marketing do Botafogo, após eu responder no Twitter ao seu comentário do lançamento de uma camisa que eu queria títulos, me bloqueou.
Diálogo zero...

Ricardo Rocha disse...

Márcio, meu nobre, sou contra qualquer estatal ou similar financiar clube de futebol. É o nosso dinheiro indo para o ralo.

Rodrigo Federman disse...

Excelente notícia, Marcio.

Celso, dizem que ele não gosta muito de ser questionado ou contrariado.

Abs e SA!!!

Ricardo Rocha disse...

Rodrigo, se ele usa o Twitter como diretor de marketing do Botafogo, não tinha esse direito.

Marcio disse...

Pedir títulos aos "donos" do BOTAFOGO, Celso Ricardo? Não pode!
Só pode pedir ou elogiar boa campanha.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Celso, também acho. Mas já ouvi vários relatos de conhecidos reclamando justamente disso vindo dele.

Marcio, no máximo, um título de turno. Hehehe

Abs e SA!!!

Marcio disse...

E o Lanús vai fazendo o seu bom jogo frente ao Grêmio; toque de bola paciente, chegou de forma incisiva no ataque quando teve chance e ainda apresentou três jogadas ensaiadas.
SA!!!

Ricardo Rocha disse...

Vou pesquisar e saber se o Twitter é funcional. Caso seja,farei uma reclamação formal ao Clube.

Marcio disse...

Celso, também não sou favorável a patrocínio estatal ou semelhante; só que analisando a noticia do patrocínio e somente ela, é boa.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, estou achando que o Grêmio vai levar a vaga pelo BR mesmo.

Celso, o lance que ele usa a conta particular e não a oficial do clube.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o número 30 do Lanus, o volante Iván Marcone, pelo que está mostrando hoje, parece ser muito bom jogador.
Fiz uma pesquisa rápida e descobri que tem 27 anos e que antes de chegar ao Lanús, passou pelo Arsenal de Sarandí.
Quanto ao time argentino, muito bem organizado em campo.
SA!!!

Ricardo Rocha disse...

Mas , se fala em nome do Clube, ou assuntos SOMENTE do Botafogo...

Rodrigo Federman disse...

Entendi, Celso. Aí eu realmente não sei, pois não presto muita atenção no que ele publica.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, uma equipe simples e, realmente, muito bem treinada.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Fora do assunto, colo o link de interessante matéria da Folha SP de ontem a respeito do Lanús.

http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2017/11/1937122-maior-clube-de-bairro-do-mundo-lanus-coleciona-tacas-no-seculo.shtml

Seguem uns trechinhos abaixo:

"A folha salarial dos jogadores e membros da comissão técnica ronda na casa dos 70 milhões de pesos mensais (R$ 1,3 milhão). O valor é menos da metade do investido pelos gigantes do país, como o Boca Juniors e o River Plate, vítima do Lanús na semifinal."

"Há 40 anos, o clube foi rebaixado para a terceira divisão nacional (Primera C) e esteve bem perto de ir à falência, com dívidas de dois milhões de dólares e mais de 200 processos na Justiça. Foi então que os 2 mil sócios resolveram se unir e iniciar o processo de reestruturação.

Ano a ano a partir de 1978 conseguiu melhorar a sua situação e reverter o quadro. Entre idas e vindas para a segunda divisão, conseguiu se firmar na primeira na temporada de 1992/1993 e desde então jamais foi rebaixado."

Caso não consigam acessar através do link, posso colar a matéria na íntegra.

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Maneiro, Eduardo. Darei uma lida. Mas é isso: Falta de dinheiro realmente dificulta, mas não pode ser usado de muleta para tudo.
Abs e SA!!!