sábado, 6 de janeiro de 2018

Que não sejam tão parecidos




O zagueiro Carli falou sobre a mudança de treinador do Botafogo, na troca Jair Ventura por Felipe Conceição: 

"- Personalidade parecida. Foi muito franco e sincero com a gente. Cada técnico tem uma ideia, e ele está incorporando as suas para o Botafogo de 2018".

Deus queira que o Felipe não tenha nada da vaidade e arrogância do seu antecessor. E que suas ideias sejam bem diferentes no que diz respeito à adequar o melhor esquema tático de acordo com as características de seus atletas...
...e não o contrário.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

24 comentários:

Marcio disse...

Até porque há a necessidade de evolução, pois o que foi feito em 2017 não servirá agora em 2018.
Uma Equipe que se defende bem consegue se manter viva quando as coisas não vão bem, mas se não fizer gols, em algum momento será severamente "castigada" por isso.
Espero que o Felipe não confunda teimosia com convicção e que encontre o equilíbrio entre defender e atacar com competência.
Para terminar, é hora de esquecer o Jair; ele se foi como outros e o BOTAFOGO continuou, e não será diferente dessa vez.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, espero que ele dê o mínimo de qualidade técnica e/ou treinamento de lances isolados, fundamentos básicos, e não apenas chutões para frente e atacantes tendo que marcar laterais adversários o tempo todo e só atacando se sobrar tempo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Uma informação:
Neste exato momento o Sportv está transmitindo o jogo do BOTAFOGO, frente ao River-PI, na Copa SP.
A peleja, como diriam os antigos, iniciou há pouco.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Marcio. Assistindo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, dizem que isso é o futebol moderno... Eu prefiro o antiquado.
SA!!!

MARCOS OLIVEIRA disse...

Bom dia Rodrigo e demais componentes do CB, concordo com o Márcio, Jair é passado e embora tenha obtido alguns bons momentos, ele nunca nos servirá como referência, até porque mal saiu das "fraudas". Não conheço o trabalho do F Conceição, então aguardarei para qualquer julgamento. Mas, creio que não terá missão fácil, pois além de ter que superar a desconfiança de todos, pega um elenco meio que renovado e pelo jeito, aquele setor que mais esteve ajustado em 2017, o setor de marcação do meio, perdeu duas importantes peças, o Airton e o Bruno Silva. Agora terá como primeiro volante, O "ASSOMBROSO", LINDOSO...Você acha que ele terá tarefa fácil? Eu tenho convicção que não.
Abs e SAN!

MARCOS OLIVEIRA disse...

No sportTV, o Botafogo do técnico Barroca, já guardou 4 "ovinhos de chocolates" na rede do River-PI.

MARCOS OLIVEIRA disse...

Terminou na copinha, o Botafogo atropelou o River: 7 x 0
Time do Barroca joga bonito.
Atacante Luan fez 4 gols.
Abs e SAN!

Rodrigo Federman disse...

Eu também, Marcio. Rs

Exato, Marcos. E ele também não conquistou nada aqui. Mais uma razão para nunca ser referência.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Como o Marcos informou, o BOTAFOGO goleou o River.
Algumas observações:
Antes da bola rolar, o técnico do River falou que iria "prá cima" do BOTAFOGO e outras coisas mais, como se fossemos um Clube qualquer; é um direito dele e a resposta foi dada em campo.
Entretanto, essa postura dos adversários é também culpa do BOTAFOGO, que dá muita amplitude as suas dificuldades; dar publicidade a uma situação difícil não significa comportar-se como se tudo estivesse perdido. O BOTAFOGO tem uma História e deve se comportar com altivez.

A segunda observação, é que há muito os Times sub-20 e Sub-17, têm mostrado uma louvável preocupação em ter a bola em seu domínio, pois, afinal, se você tem a bola, em tese, o adversário terá poucas oportunidades de incomodá-lo.
Além da posse de bola, observa-se claramente a tentativa de marcação mais adiantada, triangulações e sem que atacantes se sacrifiquem excessivamente na marcação.
Dito isto, creio que essa forma de atuação é um dos motivos para que vêm da base, principalmente os atacantes, terem dificuldades no Time principal; o cara passa temporadas jogando de uma forma e quando chega ao Time de cima, o dito "professor" quer que eles acompanhem o zagueiro, volante, lateral, massagista e roupeiro adversários até o limite de sua própria defesa. Não há quem consiga executar tal tarefa, sem a paciência e o tempo necessários para tal.
Isso pode explicar as informações dando conta de que o Gorne, artilheiro na base, não estava performando nos treinamentos entre os profissionais.
Para terminar, pelo que tenho visto, a base joga um futebol muito melhor do que o Time principal; está na hora de permitir a esses jovens poderem jogar da mesma forma quando subirem.

(Deixo claro, também, que no meu modo de ver, a base não deve priorizar os títulos e sim fornecer recusrsos humanos para a Equipe principal; nesse caso, se puder atrelar isso às conquistas, obviamente melhor será.)
SA!!!

Marcio disse...

E a novela Bruno Silva continua.

O Roni recusou a primeira proposta salarial do BOTAFOGO; segundo as informações, o BOTAFOGO enviará ainda neste sábado uma nova proposta.
Por causa disso, o BOTAFOGO ainda não enviou a documentação do B. Silva, que já treina no clube mineiro, e o Cruzeiro pediu ao empresário do Roni, que o jogador não viesse ao Rio.

Palavras do empresário do Roni:
"A ordem que eu tenho do Cruzeiro é que o jogador não se apresenta até o Botafogo fazer a transferência. O Cruzeiro pagou, o Bruno Silva está treinando, mas o Botafogo não transferiu. O Itair Machado (vice de futebol do Cruzeiro) pediu para segurar. Eu fiz uma proposta (salarial), teve uma contraproposta e eu refiz outra oferta. Agora eles voltaram com outra proposta para eu analisar. Se não tiver acordo, ele não vai".

http://www.esporteinterativo.com.br/posts/18560-negociacao-se-arrasta-e-botafogo-ainda-busca-acordo-salarial-com-o-atacante-roni

Não é porque o Cruzeiro pagou que o BOTAFOGO deve aceitar a proposta do Roni ou enviar antecipadamente a documentação; o Roni é parte do negócio e caso não haja acordo salaria, o negócio estará desfeito, cabendo ao botafogo devolver a quantia recebida.
Que negócio é esse do Cruzeiro querer exigir sem que todo o processo previsto na negociação esteja terminada?
Espero que o BOTAFOGO mantenha-se firme.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, que absurdo essa negociação. Caraca, estou espantado como todo mundo tenta crescer sobre o Botafogo. Agora, até um tal de Roni, que nunca ninguém viu sequer na vida. Como você disse, tomara que o Botafogo se imponha e faça prevalecer seus direitos.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o comportamento do Cruzeiro é de quem fez um favor ao BOTAFOGO; o Roni não vai porque o BOTAFOGO ainda não mandou a documentação do Bruno Silva. Como assim?
O Roni não está vindo (se vier) como um bônus da negociação Bruno Silva, ele é parte integrante ao valor total da negociação.
Se dependesse de minha vontade e ainda bem que não depende, o Cruzeiro iria esperar até junho para assinar um pré contrato e contar com o Bruno Silva em janeiro de 2019... Esses 4 milhões não resolverão os problemas do BOTAFOGO e o Roni não é o Messi. Devolveria os 4 milhões e mandava o B. Silva retornar.
Fosse um João Saldanha, provavelmente já teria dado um bico na mesa.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o comentário do MÁRCIO sobre o futebol dos Sub.Até pouco tempo,éramos um lixo nas categorias de base,nem sequer disputávamos títulos.Depois do RENHA,muita coisa mudou para o bem do clube.
Tenho assistido alguns jogos da garotada,temos bons valores e um esquema de jogo bem interessante.
Sobre as partidas que assisti da Copinha,independente da qualidade dos adversários,vejo pontos muito positivos,diferente do que o TLP usava,e destaco o seguinte:
1.quase não há chutões para se livrarem da bola,só em último caso.
2.os jogadores mudam constantemente de posição para facilitarem as jogadas de ataque e defesa.
3.um destaque especial para o número 5,o WELLERSON,e para o goleiro DIEGO,pela frieza e categoria com a bola nos pés,além da precisão em passar a bola para um companheiro.Raramente se livra da bola.
Aliás,sobre goleiros,o filho de um amigo,que frequenta até treinos,me disse que o TENIUS está montando uma escola de goleiros no Botafogo.Quando chegou,fez uma peneira,avaliou bem,liberou alguns,que inclusive eram tidos como boas promessas e o clube emprestou outros.Ontem,pude ver ao vivo o que ele me havia dito:"tio,o DIEGO é muito melhor que o GATITO e o JEFFERSON no quesito reposição de bola com os pés e as mãos".
Na hora,achei que era entusiamo de um jovem empolgado,mas ontem,vendo a atuação do jovem goleiro com os pés,fiquei realmente surpreso com a sua habilidade,tranquilidade e segurança.E parece que na escala do FT ele é o quinto goleiro.Bom para o clube,pois é uma posição que não nos preocupa.
É isso aí RODRIGO,vamos aguardar para ver o que o FC vai fazer.Soube que os treinos têm sido bem diferentes do que eram.Apenas especulações e opiniões de pessoas que simpatizam com A ou B.Prefiro esperar o desempenho nas quatro linhas.
Um bom final de semana a todos.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Fecho total contigo, Marcio.

Valeu, Jota. Isso aí.

Abs e SA!!!

Silas Simas disse...

Rodrigo, o Botafogo não teria que ter antes de ter sacramentado o negócio com o Cruzeiro e permitido a ida de Bruno Silva para a Toca da Raposa, ter acertado antes a questão salarial do Rony? Como podemos classificar "ISSO" que a diretoria do Botafogo fez?

Rodrigo Federman disse...

Silas, também acho. Amadorismo? Ingenuidade?
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Ansiedade pelos 4 milhões. O Botafogo NADA significa para esses que há anos estão no dia a dia do Clube.

Sergio Di Sabbato disse...

Eu espero que o Tigrão seja apenas o Tigrão, nada de Everest.
E a garotada, que exibição. Quer dizer que o River vinha prá cima, legal, tomou sete. Belo trabalho do Renha e do Barroca. Vamos ver quando pegar times de mais tradição, muito embora o sub 20 do Botafogo tenha sido campeão em cima dos gambás e lá no itaquefedidão. Abs e SB!

Silas Simas disse...

Rodrigo, as suas duas definições são coerentes ao meu ver. Lamentavelmente não creio que essa diretoria tenha pulso para fazer o Bruno voltar (nem que seja para treinar separadamente), caso o Rony e seu empresário peçam um valor alto demais. É capaz da diretoria ceder à vontade do Rony e seu empresário ou aceitar qualquer refugo do Cruzeiro, já que o Bruno já está treinando na Toca. Seria lamentável, frustrante e irritante.

Rodrigo Federman disse...

Celso, pior é saber que esses 4 milhões serão usados com salários renovados de Gilson, Lindoso, Dudu...
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, não acredito que o Felipe seja tão vaidoso, mascarado e arrogante. Se for, teremos um fenômeno de dois raios seguidos no mesmo local. Rs

Silas, está mais com cara de o Botafogo aceitar um salário alto para garantir o tal Rony e dizer que foi bom negócio. Já está saindo caro a beça essa história.

Abs e SA!!!

MARCOS OLIVEIRA disse...

Desde o início achei um absurdo o valor dado ao desconhecido Rony: R$ 4 Milhões, já que a parte que o Botafogo detinha do B Silva era de 8 milhões. Agora esse jogador, rejeitado duas vezes pelo Cruzeiro, já que foi emprestado primeiro ao Náutico, depois a um time do Japão, chega querendo salário de jogador de seleção. Tem coisa muito errada nisso!
Que o Cruzeiro mande mais 4 milhões ou não tem negócio! Que este novo presidente seja macho e peite a raposa.
Abs e SAN!

Rodrigo Federman disse...

É, Marcos. Também falei isso. R$ 4 milhões em uma aposta que o Cruzeiro nunca quis de fato...muito estranho.
Abs e SA!!!