segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Não quer mexer





O Botafogo precisa de alguma alma criativa no meio de campo. Também precisa de alguém que seja mais incisivo e agressivo do meio para frente. Até agora, foram cinco tentativas com o trio Pimpão, Valencia e Luiz Fernando. Por enquanto, não está dando certo. Os três não mostraram nada que justifique suas respectivas titularidades.

Aí, olhamos para o banco e vemos o Renatinho. Uma aposta, precisa ficar bem claro. Mas nos poucos minutos que atuou (principalmente contra o Macaé), parece ter mostrado muito mais do que os três citados, seja pelos lados ou centralizado.

No sábado, diante do Madureira, o rapaz foi colocado em campo aos 39 minutos do segundo tempo, depois do trio RP, LV e LF atuar junto durante praticamente 85 minutos do jogo sem qualquer empolgação para os torcedores. 

O ex-Paraná estava sendo pedido pela torcida na arquibancada. E sobre a entrada tardia do meia, o técnico Felipe Conceição falou:

"- Questão de entrosamento e o aprendizado com o jogo. Se eu tiro, fica muito fácil. Queria que eles tivessem consistência no segundo tempo, rodar a bola, mas não querer resolver com troca. Queria resolver com a equipe que estava jogando. Renatinho também chegou depois, precisa de paciência para que ele alcance o mesmo nível de entrosamento dos demais. Conversamos de manter padrão. Toda vez em que estivemos organizados e com a bola, conseguimos chegar na área adversária e dominar o jogo. Não é tirando ou trocando que vai resolver".

Porra, entendi errado ou o Felipe indiretamente quis dizer que prefere não deixar o jogo fácil? Cacete, ele prefere insistir com peças (aí eu incluo os dois laterais também) que não têm jogado nada ao invés de tentar novas opções? E no caso específico do Renatinho, só eu que acho que um atleta ganha ritmo e entrosamento entrando gradativamente nas partidas? O Felipe tem pensado diferente: Usa a metodologia das entradas regressivas.

Vai entender...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

48 comentários:

Anônimo disse...

RODRIGO,simples assim como o amigo gosta de dizer.
Pegue uma empresa de grande porte e coloca um estagiário para comandá-la.Caso ele não seja um gênio,se julgue o tal e não procure dialogar com os mais experientes na área,a tendência é dar com os burros n'água.
O nosso Botafogo não pode ser tratado como uma grande empresa? Parece-me que só tem estagiários que se acham.É duro de aguentar.....JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, está cansando cada vez mais. Depois eles reclamarão da torcida, da queda do número de ST's (que fiquei sabendo, já são quase 6 mil), etc...
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

JOTA, acho até que você promoveu o cara. Estagiário é um cargo muito elevado pra ele. Mas tirando a brincadeira, parece mesmo que o amadorismo se instalou no Botafogo e não sai de jeito nenhum. Se fosse uma empresa séria, esse Felipe, seja pelas declarações toscas, ou pela expressão de banana, já estaria na rua faz tempo.
E Rodrigo, agora não dá mais para colocar a conta dos problemas na torcida. A Libertadores calou a boca desses caras porque apoiamos até o último minuto. Se nos derem um time decente a torcida enche o Nilton Santos! Vejam o Palmeiras quer andava no maior limbo: é ousado e monta times excelentes, seu estádio vive cheio e o círculo virtuoso faz a roda girar. Mas escrever isso é uma utopia. Esses caras preferem viver de pequenas negociatas com jogadores medíocres do que fazer um clube próspero. Na prosperidade do clube eles não ganham sua comissões, não fazem suas falcatruas, etc....

Rodrigo Federman disse...

Paulo, o problema maior é de quem comanda o clube, que permite que essa mentalidade tacanha continue firme e forte no clube. Impressionante como o Botafogo cada vez mais se aproxima de um América do que do verdadeiro Botafogo que tanto amamos.
Abs e SA!!!

Leonardo Valadao disse...

Rodrigo,com esse futebol ridículo apresentado até agora,podemos ter uma surpresa desagradável amanhã contra o poderoso Aparecidense,não conheço esse time mas o Botafogo que estamos vendo jogar dá pena,tudo pode acontecer.
Manter um estagiário do Guardiola tudo bem,manter do JV ai é outra história...FC esta perdido ,manter o Arnaldo e insistir com Gilson fica muito difícil .

Abel Santos disse...

A regra na armação do time é um dos efeitos da lei de Murphy: "Quando um trabalho é mal feito, qualquer tentativa de melhorá-lo piora". O time é fraco, mal treinado e mal alterado. Tudo está errado.
E agora está sendo noticiado uma redução de patrocínios da Caixa no futebol, não foi mencionado o percentual, mas parece que será uma dura redução.
Ou seja, podemos perder o patrocínio ou ser forçado a aceitar uma redução drástica do valor por falta de opção.
Será que isto vai acontecer? Aí vale outro efeito da lei de Murphy: "Toda vez que se menciona alguma coisa: se é bom, acaba; se é ruim,acontece". E isto tem sido válido para o Botafogo ultimamente.

Rodrigo Federman disse...

Leonardo, ainda bem que amanhã não conseguirei assistir ao jogo, cara. A que ponto chegamos, né? Agradecer por não "precisar" acompanhar o time. rs

Pois é, Abel. Disse tudo.

Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Rodrigo a carreira de FC será decidida amanhã. Se o Botafogo perde com certeza ele será demitido se ganhar talvez ele tenha uma sobre vida ate sábado contra os mulambos. De uma coisa tenho certeza se o time não melhorar nesta terça no sábado será um inferno pro time. É esperar pra ver...

VinnyMarques disse...

Já podemos cornetar o Felipe Conceição, né? PelamordeDeus...
Muita gente diz que esse time é mais fraco que o de 17... Sinceramente, não acho. Perdemos o Bruno e o VL... Mas na frente, temos mais opções. Agora.. Se não temos tecnico pra usar isso bem... Já era.

Rodrigo Federman disse...

Eziel, acho que sábado que vai decidir muita coisa, independente de amanhã.

Verdade, Vinny.

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Caro Paulo, não dá para comparar a lavagem de dinheiro que dá grana ao Palmeiras com a pindaíba do Botafogo. O Palmeiras investe porque tem grana e ão há no Botafogo a grana que há no Palmeiras. Porém, o caso do Botafogo é muito grave, pois a pouca grana que tem é gasto em renovações de jogadores que não tem mais nada a acrescentar e as contratações parecem ser apostas de ouvi falar que aquele cara é bola, ou pior, o maldito DVD editado. Acho que o Botafogo não tem olheiros para observar jogadores, pois isso seria muito profissional e os caras são amadores.
Quanto ao Felipe Conceição, fico triste com a performance dele, pois gosto do cara, mas está sendo fritado pela sua falta de experiência e por um elenco prá lá de fraco. Se no time titular ainda tivesse dois ou três jogadores de talento talvez desse para segurar o Felipe, mas com esse time e essa falta absoluta de comando fica difícil.
Ou a diretoria toma vergonha na cara e se movimenta para melhorar o time e o comando técnico, ou então a vaca vai pro fundo do brejo, pois no brejo ela já está só com a cabeça de fora. Abs e SB!

Pix disse...

Palmeiras no PAULISTÃO já tem quase 3 milhões de renda de bilheteria..
Com um time decente a torcida vai ao estádio, se associa ao programa ST, mas com esse timeco atual é só prejuízo, técnico e financeiro...

Eziel Junior disse...

Parece que FC tem medo de arriscar. E pior ta achando o time bom. Algo tem que ser feito senão já era...

Gilmar disse...

Tá difícil de aturar o time do FC. Sem vontade, desorganizado e totalmente displicente no setor ofensivo.
Empatamos em casa com o pior time da Taça Guanabara. Raríssimos os lances em que finalizamos. É inicio de trabalho mas fica difícil não criticar, pois com o futebol atual, a briga contra o rebaixamento no Brasileirão já é uma realidade.
Enquanto isso, vemos FC dar entrevistas elogiando o time, cutucando o cachorro morto Fluminense – que ficou apenas um pontinho atrás de nós. FC deveria se preocupar mais com o futebol vistoso que, até agora, só existe em suas declarações. Gostaria de ver as mesmas qualidades que ele conseguiu ver nessas cinco partidas que aturamos até aqui.

Rauph disse...

Lindoso e Bochecha precisam estar no minimo entre os relacionados. Matheus nao tá jogando nada desde que pintou o cabelo de amarelo e disseram pra ele q ele vale 130 milhões.

Testar novos nomes nas laterais é uma obrigação. Num 3-5-2 Luis Ricardo e Pimpão poderiam ser os alas.

Kieza se mostrou em forma e já deve começar jogando.

Com LV e LF jogando essa bolinha atual, Renatinho também deveria começar jogando.

Marcelo não pode ser reserva. Com a volta de Carli ele poderia ser usado como lateral. Mostrou isso ontem numa arrancada fantástica.

Abel Santos disse...

A expressão de Felipe Conceição nas fotos é de um sujeito acuado. Ele tem um elenco fraco nas mãos e não tem experiência, talento e nem tempo para tentar, ao menos, formar uma equipe. Tá difícil!
E o pior... temo o Aparecidense... a que ponto cheguei... Se o time perder este jogo, temo um vexame no sábado.
Vamos torcer... é o que nos resta... se ganharmos, vamos ter a classificação e, quem sabe, ganhar alguma moral para sábado.
O técnico do time da plim-plim disse que é favorito e que ganhar do Botafogo é uma obrigação... seria muito bom vê-lo falar depois de ser derrotado... sonhar não é proibido.

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Pix...
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, o nosso problema é justamente esse: temos pouco dinheiro...mas gastamos mal esse recurso restrito.

Sim, Eziel.

Gilmar, e mesmo nas vitórias, foram ruins e difíceis. Ou seja, está ruim.

Rauph, só discordo do Lindoso. Para mim, ele está no lugar certo: O de não relacionado.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Abel, sonhar ainda não custa nada. Rs
Abs e SA!!!

Fatos disse...

Onde assino?

Rodrigo Federman disse...

Beleza, Fatos.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo.

Só tem um problema. Quando esses "professores" começam a explicar o que não tem explicação, eu choro.
As vezes é melhor ficar calado, do que tentar remendar pano velho. Esse "Tigrão" tem a cara da derrota na beira do campo. Não passa de um gatinho manso, no sentido bem pejorativo.
Pelo andar da carruagem, logo estaremos com saudades do Guardiola. rsrsrsr.

Patinhas.

Rodrigo Federman disse...

Patinhas, nem tanto. Hahaha. Alguns conhecidos de Santos já estão passando raiva também. Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Os discursos do F. Conceição já estão cansando...
O cara diz que preferiu manter a mesma Equipe, como se em campo estivesse algum jogador com capacidade alta de desequilibrar e decidir o jogo.
Será que é preciso lembrá-lo que entre várias situações, os jogadores do banco também estão para modificar o panorama de um jogo?
E sobre comemorar a classificação, pois outros não conseguiram, é a exata dimensão do pensamento reinante no BOTAFOGO.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, ele já está cansando mesmo. E essa declaração em especial, além de tudo é contraditória (pelo motivo que você também colocou).
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, vou ser repetitivo; o problema do BOTAFOGO não é de dinheiro e o passado explica.
A divida que as muitas diretorias construiu é inversamente proporcional à qualidade dos Times montados e a conquista de títulos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exato, Marcio.
Abs e SA!!!

Fatos disse...

Perfeito. Pensei a mesma coisa: eu manteria também, se tivesse um fora de série que por alguma razão (preparo físico, falta de entrosamento, etc) não estivesse rendendo.
Mas não é o caso. São jogadores que se equivalem, não tem nenhum craque absoluto, um jogador indiscutível, pra ser mantido mesmo se estiver mal das pernas. E manter que entrosamento, se estamos no começo da temporada?! Luís Fernando chegou agora, Leo Valência tá jogando em posição diferente que jogava ano passado. Renatinho está com o mesmo nível de entrosamento dos concorrentes citados, ou seja, nenhum!!
Então, se quem tá tendo chance não está correspondendo, que saia para outro ser testado.

Fatos disse...

E comemorar classificação terminando atrás do Boavista, sinceramente, ele deveria já na próxima entrevista se retratar, dizer que se enganou, que tava drogado, que não era ele era um sósia, sei la, porque sua declaração foi de uma infelicidade ímpar.

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Fatos.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Na primeira rodada do Campeonato Brasileiro o BOTAFOGO receberá o Palmeiras.
Na sequência, sairá para enfrentar o Sport, depois receberá o Grêmio e sairá para enfrentar o Cruzeiro. Na quinta rodada fará o clássico contra o fluminense.
Já podem iniciar o estudo da tabela e projetar; claro que quando o campeonato começar, adaptações deverão ser feitas, considerando o desempenho dos adversários.
De todo o modo, essa sequência inicial é pesada.
SA!!!

Tiago Almeida disse...

Rodrigo o Jorginho hj fez uma visita ao time sub 20 pq a diretoria não aproveita e contrata ele pra ser o técnico .

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Marcio.

Possa crer, Tiago.

Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Clube que contrata Kieza como solução tem que cair mesmo.

Rodrigo Federman disse...

Celso, tomara que não chegue a esse ponto, mas de fato é impressionante que Kieza tenha sido a "grande contratação" do time na temporada.
Abs e SA!!!

J. Daniel disse...

O Brasileirão está chegando e nós ainda não temos um time para brigar de igual para igual com os GRANDES. O Botafogo apequenou-se, está sem ambição. O nosso querido fogão assumiu o "seu" complexo de inferioridade. Teremos um jogo hoje pela CB, com o adversário jogando em seu reduto e no final de semana, com o nosso eterno adversário. Essas serão as oportunidades que o time terá para mostrar à sua torcida, que está apto para grandes desafios e tudo que eu disse acima, não tem credibilidade alguma. Vejamos. Saudações Alvinegras!!!

Rodrigo Federman disse...

J.Daniel, até sabíamos que não teríamos um time para brigar pelo BR, mas a surpresa maior é ver que os dois laterais horríveis são titulares absolutos, Kieza é a "grande contratação", etc.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

O pior é que se começar mal no brasileiro, "esquecerão" a conversa de pés no chão, seguir orçamento e contratarão na base do desespero.
No BOTAFOGO a falta de planejamento é crônica; foi assim em 2016, embora encham o peito para falar que conseguiram a classificação para a Libertadores.
SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Sergio, entendo muito bem que a realidade do Botafogo é outra bem diferente do Palmeiras. A citação dessa fato foi para exemplificar como a mentalidade no futebol do Botafogo é tacanha, é pequena, limitada, retrograda, de caranguejo. Os caras erram tanto que ajudam a maré baixa, cospem pra cima e cai na cara deles. Não existe no clube imaginação, criatividade, ousadia. Em geral essa ousadia quando vêm sempre trás junto a desonestidade. Se gastássemos o pouco com mais habilidade já passaríamos a outro patamar. Como alguém pode querer aumentar sua verba de publicidade da CEF com Arnaldo e Gilson em um time profissional?!? Como alguém pode pensar grande com técnicos tão humildes e de pensamentos tão pequenos. Aí agente acaba constatando que o problema do Botafogo é que a mentalidade está cada dia mais humilde. Tem hora que dá um desânimo! Quando agente pensa que o clube agora vai melhorar, que a nova direção vai mudar as coisas passadas, que a mentalidade é outra, vêm essa sequência de marcha-ré, de antigas práticas, de incapacidades. Esse técnico só não pensa mais pequeno porque não existe espaço menor na cabeça dele! Tá difícil de aturar.....

PAULO FERNANDO disse...

Eu escrevi bem no começo do ano: ANDERSON BARROS é amigo de empresários e de jogadores. Olha a bosta que está fazendo no clube.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, como sempre, né?

Paulo, mas ainda assim, é muito melhor do que o Lopes inerte no comando do futebol. Rs

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Ultimamente, nem espaço para beliscar uma Copa do Brasil na base do acaso, como ocorreu com Juventude, Santo André, Paulista e Criciúma, o BOTAFOGO se permite.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sim, Marcio. Verdade.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Rodrigo não acho o Anderson Barros em nada melhor que o Lopes, nem pelas "relações", nem pelos resultados, em ponto algum, muito pelo contrário, se há alguém que faz muito mais mal do que bem ao clube esse é o cara. Mas respeito se vc pensa diferente.

PAULO FERNANDO disse...

Márcio, esse clubes ganharam a Copa do Brasil na época em que a disputa era em um modelo antigo. Hoje os times que disputam a Libertadores entram nas oitavas e nunca mais vamos ver um time desses ganha essa copa, além do mais o prêmio subiu de R$ 5M para R$ 50M....

Rodrigo Federman disse...

Paulo, o Lopes não tinha tato com grupo, jogadores, era péssimo em conversas e negociações de contratos, etc. Nisso o Barros já deu uma leve arrumada. Mas claro, questão de opinião apenas.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Rodrigo, sem estender muito essa divergência, o Lopes de fato é um cara mais turrão, delegado é assim mesmo, mas quem é muito amigo de jogador é porque atende às suas vontades e de seus empresários. Ademais eu acho que essa função é tão ou mais importante, na minha opinião, do que a do técnico, porque eles é que decidem quem vão comprar ou vender, que fazem a análise de desempenho técnico, ranking, performance, etc...para isso o cara tem que conhecer o campo, tem que ter vivência de bola, coisa que o Lopes tem e o Anderson jamais teve. Vale ver o filme O HOMEM QUE MUDOU O JOGO.

Rodrigo Federman disse...

Aí está, Paulo. O futebol mudou muito. Não basta conhecer apenas o campo. Tem que ser gestor, político, contemporizador, ter contatos...coisas que o AL não tem. E repito: longe de mim considerar o AB um exemplar dirigente. Apenas acho ele (bem) menos pior.
Abs e SA!!!