domingo, 25 de março de 2018

Ruim é elogio




Não bastasse perder, o Botafogo fez questão de irritar a sua torcida. Ou seja, levou uma surra de 0 a 3, viu o rival ECTD levantar a Taça Rio e evidenciou toda a sua limitação técnica e de elenco (já pensando no Brasileirão).

Para piorar, com a derrota, ficou definido que enfrentaremos o Flamengo na semifinal do campeonato estadual. Ah, eles com a vantagem do empate.

Alguém acredita?

Depois do que vi hoje (e somando a tudo que foi apresentado até agora em 2018), desculpem o pessimismo, mas eu não.

Óbvio, não faltará torcida... mas a a análise racional prevalece perante a passional.

Voltando ao péssimo clássico deste domingo, um Botafogo mal escalado, arrumado, sem apresentar gana, fibra, raça... 

E olha que o adversário também não é grandes coisas. Tanto que no primeiro tempo, conseguimos perder três gols feitos por pura incompetência. Aí, quem não faz leva, né? Não adianta passar 67% do jogo com a posse de bola se é improdutivo e quando consegue milagrosamente criar algo, desperdiçar de maneira tão patética.

Diante desse quadro, o ECTD só administrou, foi inteligente, bem armado, posicionado e sabendo aproveitar a fragilidade de marcação do péssimo meio de campo e da inexperiência da zaga.

Surra justa! E levar de três em clássico, para mim, é vergonhoso! Ainda mais em decisão, por mais que agora que perdemos, tentemos minimizar um pouco a conquista do tricolor.

O pior mesmo é já pensar no que pode acontecer na quarta-feira...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 0 x 3 ECTD

1- Jefferson: Sem culpa nos gols, mas ficou o jogo todo calado, sem se mostrar presente - 4,5

2- Marcinho: Horrível - 2,5

3- Marcelo: Quem mais parecia incomodado. Aos trancos e barrancos, foi o único que correu e lutou. Tanto que nos salvou em dois contragolpes do ECTD - 5,0

4- Rabello: É uma falha crucial por jogo. Manteve a média... - 4,0

5- Rodrigo Lindoso: O festival de passes laterais e o rotineiro "esconde-esconde" - 3,5

6- Moisés: Nervoso e pouco produtivo - 4,5

7- Luiz Fernando: Uma nulidade em campo - 3,0

8- Marcelo Baiano: Volante que não marca e não tem intimidade alguma com a bola - 2,5

9- Brenner: Ao menos lutou, mesmo que a bola não tenha chegado - 4,5

10- Valencia: Perdeu dois gols, mas foi quem mais arriscou chutes - 4,5

11- Marcos Vinicius: Um morto-vivo em campo - 3,0

12- Luis Ricardo: Não melhorou em nada o lado direito - 3,5

13- Renatinho: Só ciscou sem empolgar - 4,5

14- Rodrigo Pimpão: Um único chute que parecia ter endereço certo - 3,5

Alberto Valentim: Precisa repensar a maneira de montar o time taticamente. E também em mudanças de peças. Está começando a se complicar bastante - 4,0

54 comentários:

Abel Santos disse...

Eu não tenho dúvidas que levaremos um sarrafo do Flamengo e de que a segunda divisão é nosso destino em 2019. Não adianta culpar o técnico. Não temos time, é o triste fato.

Rodrigo Federman disse...

Abel, o técnico faz parte do coletivo também. Ele também escala e treina. Enfim, pode não entrar em campo, mas geralmente os treinadores não fazem diferença positiva....e quando erram, comprometem negativamente.
Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Esse time esta fadado ao fracasso... Olha essa dupla de volantes Marcelo e Lindoso são os piores que já jogar no Botafogo. Esse marcelo consegue ser pior que Dudu Cearense. AV esta perdido com esse time... Se ele não montar uma equipe melhor com o que tem no elenco será difícil.

Rodrigo na minha humilde opinião tiraria a dupla de volante, voltaria com carli e colocava marcelo e mais da base pra jogar no meio, pois pelo menos teremos marcação ne meio campo.

Sergio Di Sabbato disse...

Vou repetir: o meio campo do Botafogo não marca, não cria e deixa a defesa fraquíssima no mano a mano com os atacantes. Esse esquema que o querem impor a esse time do Botafogo é inapropriado, não por ser ofensivo, mas por não saber se postar em campo. Com esses volantes de merda que o Botafogo tem os laterais não podem avançar, inclusive porque não marcam bem, o Moisés nem tanto, mas o Marcinho é uma calamidade.
Mais grave ainda é a frouxidão do time, que não ganha uma dividida, não tem força e é uma cai cai principalmente esse MV que é uma preguiça, e ainda por cima uma preguiça lenta.
O elenco é muito fraco, mas por que não tentar o Bochecha que todo mundo elogia, e cade o Leandrinho? tá desde outubro no DM! Cadê o MF, não é pior que esse Marcelo. E prá terminar: o Carli pode não ser um zaguieraço, mas nessa defesa escolhe camisa. Vou repetir pela enésima vez: ou essa diretoria ridícula reforça o time com jogadores descentes ou vai para a segundona sem dó nem piedade. Os reforços desses caras são apostas, apostas ruins.
Perder faz parte, mas jogar dessa forma sem um mínimo de fibra é flórida. Só mais uma coisinha: será que o AV e o anterior FC epnsam que estão dirigindo o Real Madri ou o Barcelona? Esse elenco do Botafogo não pode jogar de forma tão aberta contra ninguém. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Eziel, a dupla Marcelo Baiano e Lindoso é para ficarmos com saudade de Fahel e Leo Silva.

De pleno acordo, Sergio. Total.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo e turma.
Ano passado, o que segurou o time do Botafogo foi a organização defensiva. Todo time de futebol começa por fechar a casinha. Depois, se estrutura o resto. Não existia ataque. Tanto que não fizemos nenhum gol em dois mata-matas decisivos (Flamengo e Gremio). Ainda assim, fomos longe. Continuamos sem ataque, perdemos o JP no meio e a defesa se desmanchou. O futuro é negro. Entraremos no Brasileiro para não cair, integrando o grupo dos piores do campeonato. Sem esperança. Precisamos 8 a 9 jogadores...
Paulo de POA

Rodrigo Federman disse...

Sim, Paulo. Principalmente por não termos peças ofensivas que façam diferença também.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Difícil opinar. O placar não demonstrou a partida, talvez um 3 x 2.
A defesa está muito aberta, e a linha de impedimento não está sendo efetiva.
Marcos Vinicius bom jogador, mas não é atleta e é disperso. Valencia e Luiz Fernando estão melhorando. Pimpão é titular. Luiz Ricardo é um ex-jogador. Sem condições.
Infelizmente o Jefferson não transmite mais confiança. Um reserva, mas ganhando um salário irreal.
Carli é um bom zagueiro, mas é lento. Para jogar com ele, tem que ter três volantes.
Situação complicada, pois o brasileiro está chegando e não temos um time entrosado e forte para as primeiras rodadas.
SA
Lincoln

Anônimo disse...

Fala Rodrigo! Sem muito pra acrescentar. Mas o que falta ao Botafogo é homem. Não estes moleques que hj vestem a camisa. O time não ganha nada pelo alto. Esse Marcelo no meio campo, nao há o que dizer. Tem muita coisa pra melhorar, MUITA! Não é possível que ninguém lá de dentro acompanhe seu blog. A muitasua idéias boas, todas para o bem do botafogo.

SA...André

Eziel Junior disse...

Rodrigo ao menos Fahel marcava... Cara como pode Lindoso ser titular absoluto não dá pra entender.

E outra por que o técnico demorou demais pra mexer no time?? Cara se o jogador tá tomando um baile na lateral direita por que vou manter a ele ate tomar o segundo gol??? Não tem lógica isso.

Algo tem que mudar... Temos que voltar a jogar como no ano passado com o meio campo recheado de volantes que marcam, porque do jeito que tá a serie B é logo ali...

Rodrigo Federman disse...

Lincoln, eu acho que demonstrou sim. Um time sabendo o que fazer em campo e um que teve posse de bola e uma incompetência gritante para criar. E quando conseguiu, também foi incompetente para finalizar. Fora a incompetência (desculpe a repetição do termo) defensiva. Esse de Carli ser lento para justificar a sua ausência não me convence. Ué, descobriram agora? E as duas últimas temporadas em que ele foi dos destaques? Era veloz? E outra: Lento o Rabello também é...e não cansa de falhar em momentos e lances capitais.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

A diferença do jogo, foi de um time montado e o outro bagunçado.
Joel Carli e Igor Rabelo, uma das melhores zagas do futebol brasileiro é mexida inexplicavelmente, coisas dos treineiros do Botafogo(Felipe Conceição e Alberto Valetim).
Marcelo tem que ser o lateral direito, nunca um zagueiro, sem impôr respeito, sem experiência e para zagueiro de área muito baixo.
O Pimpão, não pode ser reserva do Marcus Vinicius, um cara que só tem preparo para 20 minutos.
Rodrigo Lindoso, jogador com boa vontade para participar do elenco, nunca titular.
Vejo o Botafogo ainda com condições de se recuperar, mais precisamos urgente o seu técnico saber montar uma equipe e o Alberto Valentim tá bem parecido com o Felipe Conceição até na barração do nosso capitão e xerife Joel Carli.
Essa mentalidade do Alberto Valentim, ainda podemos tomar uma goleada histórica.
RECADO AO VALENTIM, JOGO NÃO É RESOLVIDO, ENCHENDO DE ATACANTES, PRECISA ORGANIZAR.

Marcos Antonio

Celso Ricardo disse...

Jefferson, Marcinho, Marcelo Baiano, MV e Brenner. Com esses de titulares ,o Botafogo cai. A inoperância,o descaso de Jefferson mostram o atual Botafogo. Não vivo o dia-a-dia do Clube mas fica evidente que tem uma panelinha sim , que entrega jogos quando não são paparicados pelo treinador.

Mauro Tavares disse...

Jeferson está esperando o ano acabar, sem vibração e até com certa apatia, Gatito é titular, e fez falta hoje. Do meio para frente Marcinho é útil, mas defensivamente é nulo, qualquer um passa por ele. Gustavo Buchecha não pode ser reserva do Marcelo Santos, nunca. Carli ficar fora desse time é uma afronta a torcida, tem que voltar já, muda o esquema, mas traz o argentino de volta. E por último, Valentim precisa primeiro evitar gols, e inadmissível o time tomar 8 gols em 3 jogos, precisa reconhecer isso.
Abraços

Rodrigo Federman disse...

André, também acho que falta muita vergonha na cara lá em GS. Valeu pelas palavras, cara.

Eziel, titular absoluto e, agora, capitão! É o fim do mundo! Isso mostra o poço que o Botafogo está. Lindoso absoluto e líder.

Marcos Antonio, eu só não fico assim tão pessimista quanto ao ver condições do time melhorar muita coisa ou dar a volta por cima. A limitação do elenco é muito grande.

Celso, e olha que mesmo sem ser fã do Brenner, nos últimos jogos eu ao menos vejo luta nele. Nem o coloco no balaio com outros ainda piores do atual time.

Mauro, só não sei se o Gatito faria algo diferente hoje, pois os três gols sofridos não tiveram culpa do Jefferson.

Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Rodrigo o elenco é limitado sim. Mais sabendo montar com as peças adequadas dá pra melhorar pelos menos uns 50%... Não dá pra ter um meio campo com dois volantes que não marcam isso não pode acontecer. Airton machucado é infinitamente melhor que esse marcelo e essa diretoria não renovou com ele. Repito adiantar o Marcelo Beneveluto pro meio campo me parece a melhor solução. Se formos assim na quarta vamos tomar um sapatada histórica.

Rodrigo Federman disse...

Eziel, eu já acho que a coisa mais importante a ser feita, é repensar/remontar o esquema tático da equipe, pois do meio para frente as peças são medíocres para termos um modo de jogar que seja ofensivo. Falta-nos muita qualidade para isso.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

NÃO há um jogador que jogue nesse time. TODOS são muito ruins. Exceção do Jefferson (que, estranho, passivo). O treinador parece que não sabe armar um time com jogadores ruins. Se é ruim, fecha, tranca do meio de campo pra trás.
Jacob

Celso Ricardo disse...

Tenho defendido Valentim, mas assistindo à coletiva percebi seu olhar perdido, desanimado e um pouco nervoso. Vai pedir o boné...

J. Daniel disse...

Hoje eu tive certeza de um fato: o time do Botafogo é horrível. Com esse plantel, em 2019, estaremos disputando a serie B. Levou um passeio do Fluminense. Nada mais a declarar sobre esse time de frouxos. Saudações Alvinegras!!!

Rodrigo Federman disse...

É o mínimo que ele deveria fazer ou ter percebido, Pai.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Celso, e amanhã eu falarei um pouco sobre um trecho da coletiva dele. Me deu raiva, já adianto.

J.Daniel, é bem fraco mesmo. Sequer temos um time titular confiável.

Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Rodrigo, talvez Gatito tomasse também os 3 gols... mas é claro que Jefferson perdeu a vibração... não lidera nada ali atrás.., ele está a poucos meses da aposentadoria... perdeu a mitivação.
Conheci colegas de profissão que estavam a 1 ano de se aponsentar, com a vida bem arrumada... a maioria não queria enfiar um prego no mamão maduro.

Rodrigo Federman disse...

Abel, mas liderança em campo nunca foi característica dele também. Isso precisa ser lembrado.
Abs e SA!!!

Leonardo Valadao disse...

Rodrigo está na hora do AV fechar a porteira,tomar 9 gols em três jogos nao dá...se o Carli entrar ,deslocar o Marcelo para lateral e pedir para não subir...MV nao pode começar jogando, não marca ninguém e sobrecarrega os volantes..se entrar com esse estilo ofensivo com esses jogadores contra os mulambos é perigoso.

Rodrigo Federman disse...

Leonardo, o pior é saber que ele manterá tudo para quarta-feira. Se mudar algo, será do meio para frente.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

O time é horroroso, e o que nos deixa mais preocupado é que perdemos para um time igualmente fraco, que lembrando, foi eliminado pelo poderoso Avaí. E nós, dentro da infinita mediocridade dessa diretoria incompetente e que não sobe nem sai de cima, fomos eliminados pelo poderoso Aparecidense. Abs e SB!

Guga Vide disse...

Apesar de estar ultra decepcionado com o resultado, achei que o Glorioso não jogou tão mal assim. Dominou amplamente a posse de bola, perdeu vários gols que com um pouco de sorte deveriam ter entrado, e o Grande Jefferson, patrimônio da nossa história não importa o momento, falhou nos 3 gole (ou pelo menos teria tido uma chance se melhor preparado e com menos medo de outra lesão complicada). O placar não fez jus ao jogo. Com umas 3 ou 4 peças de reposição na lateral direita, ataque e ligação, teremos um grupo competitivo. A galera vai discordar mas é a minha opinião.

Rodrigo Federman disse...

Sergio, mais uma vez, concordo total contigo.

Guga, eu achei muito mal. Dominou a posse de bola sem qualquer perigo, com passes laterais, para trás...fora os errados.

Abs e SA!!!

Christiano da Silva Guimaraes disse...

Precisa rever o esquema defensivo...aliás do jeito que tem se apresentado fica difícil enxergar algum resquício de sistema defensivo.
E amigos, todos nós já sabemos....time que leva gol todo jogo, é rebaixado no final do ano.

Eduardo Samico disse...

Rapaz, e você ainda assistiu entrevistas pós-jogo ? Rodrigo, você é heróico.
Eu quero mais é distância desse Botafogo. Nada posso fazer para mudar o curso, desastroso, em que nos encontramos.
O Botafogo atualmente me faz mal.
Triste isso.

Rodrigo Federman disse...

É, Christiano. A defesa está horrível. Seja a dupla de área como também os dois péssimos volantes que atuaram nos dois últimos jogos.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

hahaha. Eduardo, confesso que fui burro demais para isso! rs
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Nessa eu estou com o Samico, você Rodrigo é um herói assistindo entrevistas pós jogo. Eu por exemplo, não assisto nem quando ganha, imagina quando perde. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, era não ter mesmo o que fazer. Seria melhor ter ficado no escuro olhando para o teto! Pqp! rs
Abs e SA!!!

LEVI PEREIRA disse...

Assisti a partir dos 25 do primeiro tempo, quando o Botafogo, a despeito do elenco medíocre que ostenta, jogava melhor do que o time que me causa mais raiva no futebol mundial. A diferença, até terminar a primeira etapa, residia na posição de guarda metas. Sim, naquele atleta que tem por função precípua evitar o gol do adversário. O clube devedor da segunda divisão tinha um goleiro atuando com desenvoltura (esse desgraçado era um inútil quando vestia a nossa camisa), ao passo que na nossa meta estava um ex goleiro em atividade. Tirou visivelmente a mão no primeiro gol dos desprezíveis que devem a segunda divisão. Atua com medo e sem a menor motivação e com um salário injustificável. Nada do que sustento afasta o meu julgamento de que o time/elenco alvinegro não passa de um amontoado de inúteis. A zaga é um lixo;o meio de campo não marca e não cria; o ataque não incomoda sequer o Aparecidense, aquela potência que eliminou o Botafogo da Copa do Brasil, num jogo que terminou com o ex-goleiro em atividade rindo a bandeiras despregadas (sabe-se lá por qual razão). Vitória justa do clube da segunda divisão? Depende do panorama a partir do qual o julgamento é feito. Considero ilegítimos todos os jogos daquele clube desprezível a partir do momento em que armou aquele conluio com a Portuguesa de Desportos, igualmente desprezível, para permanecer na primeira divisão nacional.Essa gentalha não deveria sequer existir no cenário do futebol. O Rangers, da Escócia, é que deu o melhor exemplo do mundo (mas estou mencionando outra realidade, outra cultura, outro patamar de valores civilizacionais ). Neste sentido muito geral, qualquer vitória dessa choldra nojenta deveria ser considerada injusta, independentemente do prisma a partir do qual a realidade das coisas é observada e apreendida. No entanto, a se considerar o jogo de hoje por si só, a nossa derrota foi muito mais do que justa. Afinal, jogamos sem goleiro e não tivemos a mais mínima capacidade de incomodar o...Aparecidense! Oops!, o ECTD... Mais ainda, jogamos sem time, a começar na posição de goleiro. Perdemos um sem número de gols no primeiro tempo? Os assim denominados atacantes do Botafogo foram infelizes, mas não dá para deixar de reconhecer que no gol dos desprezíveis atuava um goleiro ainda em atividade.
É com esse exército de Brancaleone que disputaremos o Brasileirão?
Ok! Quem quiser que se iluda.

Lorismario disse...

Rodrigo. Só entrei aqui por dois motivos:1° Li que além de sofrer com o jogo você assistiu as entrevistas. És realmente um herói.2° Sem ovos não se faz omelete. Tem que jogar com três volantes e depois ver se sobra uma bola e ganhar de um a zero. Lá no Uruguai foi assim com o gol do João Paulo. Será que teremos que aturar o Ruindoso até quando? Jamais vi ele voltar rápido para recompor e tomar uma única bola em toda minha vida de torcedor. Loris

Eziel Junior disse...

O time tem um problema grave de marcação defensivo parece que a defesa nunca foi treinada esse é um ponto. Outro ponto que temos que falar é sobre a movimentação do meio pro ataque... Nosso meio campo não se apresenta os caras não se movimentam não aparece para o jogo... Temos posse de bola mais não marcamos gols por que não há movimentação dos meias. Por varias vezes vi Luis Fernando se movimentando errado e se embolando com o Marcinho no lado direito. O único que na minha opinião consegue marca e sair jogando é o lateral Moisés de resto ninguém chega junto.

Na quarta já testaria renatinho no lugar de MV e trocaria os dois volantes... Mais isso pedir muito pro nosso intelectual AV.

Zabumbeiro de Zona disse...

Um time com Ruindoso de capitão está fatalmente condenado ao fracasso. :(
Jefferson: a torcida botafoguense agradece os bons serviços prestados, mas chega de enganação e aposentadoria JÁ.

Marcio disse...

A conquista da Taça Rio somente vale a vantagem de jogar pelo empata na semifinal geral do carioca.
Só que os três a zero contra não podem ser deixados de lado...
Em clássicos contra o flamengo, duas derrotas;
Contra o Vasco, uma derrota e uma vitória;
Contra o flu, um empate e uma derrota.
São seis clássicos disputados e somente quatro pontos ganhos. Iaso pelo que a memória trouxe à tona.
Mas o departamento de futebol, marketing, está preocupado em fazer do Aguirre um ídolo.
O errado deve ser eu, enquanto Torcedor.

Rodrigo Federman disse...

Grande, Levi. Nessa eu vou discordar do nobre amigo. Também acho que o Jefferson desmotivou de vez e não pode mais ser o titular, mas não vi essas falhas nos gols do clube mais patético do mundo.

Loris, o difícil será achar esses três volantes, sendo que de cara podemos/devemos eliminar dois nomes (os que jogaram hoje). Hehehe

Eziel, uma coisa é certa: Ruindoso nunca sairá do time. Infelizmente.

Zabumbeiro, pois é.

Marcio, o erro é nosso que só criticamos e não vemos o lado positivo das coisas. Hehehe

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,ainda bem que eu que estava assistindo o meu neto jogar na GOL CUP e não vi a partida.Assisti aos melhores momentos,o que não serve para fazer uma avaliação boa da partida,mas duas situações me chamaram a atenção.
O JÚLIO CHESTER,tão xingado pela nossa torcida,fez grandes defesas nos dois tempos.
Enquanto isso,JEFFERSON nos mostra a cada partida que não tem mais condições físicas de jogar futebol em bom nível,e esse fato poderá afetar a bela carreira feita no clube.
Não o culpo pela derrota,mas os que o têm como ídolo não querem entender e admitir que a grave contusão sofrida atrapalha o seu desempenho.
Já disse isso N vezes,mas alguns insistem até que ele tem que ser titular.
No primeiro e terceiro gols,que revi algumas vezes,ele chega a tocar na bola,mas sem a força necessária para espalma-la,fruto repito,da grave contusão sofrida.A continuar assim,em breve,até os simpatizantes não o reconhecerão mais como o bom goleiro que foi um dia.Só não enxerga quem não quer,e seria bom que ele repensasse bem a sua situação e parasse enquanto tem um nome a zelar.Os mesmos que o aplaudiam,com as falhas sucessivas,passarão a vaiá-lo,o que seria uma baita injustiça.
Sobre quem jogou bem ou mal não tenho como opinar,mas deixo bem claro que não achei o nosso goleiro responsável pela derrota,mas é nítido e notório que ele não passa mais confiança como antes.As vezes,a vaidade não nos deixa pensar e avaliar com clareza a hora de parar.JOTA.

Marcio disse...

Na coletiva de apresentação, o presidente deu mostras de que não sabia quem era o Valentim.
Um clube como o BOTAFOGO não pode contratar um trinador sem saber de quem se trata, uma coisa é desejar contratar e procurar opiniões, outra é contratar porque outro indicou.
Estamos a deriva, A DERIVA!
E me coloco no caminho das pedras porque várias vezes escrevi que era melhor continuar com o grupo do CEP...
Errei!
HELENO DE FREITAS mais uma vez diria:
"O BOTAFOGO não é lugar para covardes"
Escrevi no Post anterior e reafirmo, tenho de me conter para não chutar o balde... Está muito complicado, amigos, os caras são especialistas em arrebentar com a Torcida e independente do que ocorreu, espero que o Mufarrej assuma o comando e coloque as coisas em seu devido lugar. Não sou favorável à intromissão no trabalho de quem quer que seja, mas quando o trabalho individual "agride" a Instituição, o líder máximo tem a obrigação de intervir.
Mufarrej, quais providências o Senhor irá tomar?
SA!!!

Kal disse...

TODOS ja viram que o problema número 1 que precisa ser corrigido é a MARCAÇÃO frouxíssima no meio e na intermediária defensiva. Todo jogo leva dois ou três.
Da onde veio esse Marcelo Santos, que praga ruim de bola, quem contratou esse devia pagar os salários desse fracasso. Não me conformo com Marcos Vinicius no time, isso é uma maldição, só pode, estão acabando com o Botafogo.
Vejo duas opções pra tentar estancar a EVIDENTE a sangria defensiva:
Sacar Marcelo Santos e MV e entrar com Bochecha e Matheus, junto ao Lindoso. Esquema com 3 volantes, aproveitando que os garotos se conhecem da base.
Ou se Valentim quiser manter apenas dois volantes, tirar o Marcelo Santos e colocar o Bochecha, voltando com Lindoso pra primeiro volante, e no lugar do MV, iniciar com Renatinho. Mas nesse caso eu entraria com Carli no lugar do Marcinho, deslocando Marcelo para lateral, que atualmente é uma avenida.

Jefferson
Marcinho
Carli
Rabello
Moisés
Matheus Fernandes
Gustavo Buchecha
Lindoso
Valência
Luís Fernando (Ezequiel)
Kieza

OU

Jefferson
Marcelo
Carli
Rabello
Moisés
Lindoso
Gustavo Buchecha
Renatinho
Valência
Luís Fernando (Ezequiel)
Kieza


Rodrigo Federman disse...

Jota, mas no caso dele, o próprio já avaliou e decidiu jogar apenas até o final da temporada. Rs

Marcio, esquece. Esse presidente é muito bundão. Para ele está tudo ótimo.

Kal, nosso setor de inteligência (?) foi encontrar o possante Marcelo Baiano encostado no fortíssimo futebol israelense. Nem precisa falar mais nada, né?

Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

Ainda nem consigo pensar no que comentar. Sensação de impotência... Nojo... Náuseas...

Abel Santos disse...

Vejo os amigos desesperados tentando sugerir alterações na escalação e posicionamentos.
Concordo com vocês. Mas nada vai alterar a mediocridade do elenco.
Uma embarcação com rombo no casco vai afundar, talvez algumas estratégias possam apenas adiar um pouco o desastre em curso, mas sem alterar o destino final.

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Vinny.

Possa crer, Abel.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Pelos comentários que lí sobre o Jefferson e a sua atuação, talvez a afirmativa que estamos tranquilos em relação aos goleiros não seja lá tão verdadeira.
E nem relaciono essa possibilidade ao fato da liderança do Jéfferson, já que particularmente jamais notei nele essa característica.
SA!!!

Marcio disse...

A. Valentim.

"Gostei do primeiro tempo do time, começamos a criar chances boas de gols e não fizemos. O time jogou bem, procurou tocar a bola, apesar do gramado não ajudar as duas equipes. Alternamos bons e maus momentos no jogo. Gostei das chances criadas. Do que não gostei foram as chances desperdiçadas. Vamos procurar corrigir"

https://odia.ig.com.br/esporte/botafogo/2018/03/5525603-apesar-da-derrota-alberto-valentim-ve-alguns-pontos-positivos-no-botafogo.html

A Equipe treinada pelo A. Valentim sofreu 11 gols em 8 jogos, média de 1,37 gol/jogo; se considerarmos somente os clássicos, foram 9 gols sofridos em 4 jogos, média de 2,25 gol/jogo.
Valentim, o problema do BOTAFOGO não está somente nas chances desperdiçadas; não vamos vencer jogos por 3 a 2, 4 a 3, como em peladas de fim de semana.
Essa conversa de que perdeu mas fez um bom jogo é bom para teóricos, pois no ano 3000, quando alguém for ver o resultado do jogo, estará marcado um 3 a zero contra e sem maiores explicações sobre o desempenho. Ou seja, se puder vencer e jogar bem, melhor; se não puder, que apenas vença. Menos filosofia e mais vitórias!
SA!!!

Marcio disse...

E toda aquela conversa de que jogaram pelo João Paulo, na vitória contra o Vasco, não foi repetida ontem. Por quê?
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, esses guerreiros só jogam pelos companheiros ou torcida em um único jogo e se dão por satisfeitos pelo restante da temporada. São uns ridículos mesmo.
Abs e SA!!!

Santos disse...

E eis que depois de toda turbulência, aparece Márcio, para levantar novos temas para que você geralmente concorde e nem é preciso que ponha o Abs, porque não há freio.

Rodrigo Federman disse...

Nossa, Santos...que comentário maduro, inteligente.... e patético.
Abs e SA!!!