segunda-feira, 23 de abril de 2018

Empate horroroso




Nada mais Botafogo do que fazer uma partida boa contra um aspirante ao título e, nada rodada seguinte, decepcionar diante de um adversário que certamente não brigará pelas primeiras posições.

Depois do 1 a 1 contra o Palmeiras, outro 1 a 1 na noite desta segunda-feira. Hoje, diante do fraco Sport.

Tudo bem, dos males o menor. Afinal, levamos o gol aos 41 minutos do segundo tempo e conseguimos o empate aos 47. Melhor empatar do que perder...
...mas da maneira que o Botafogo se apresentou em Recife, confesso que sequer consegui comemorar o gol salvador do Lindoso.

Isso porque a atuação dos comandados do Alberto Valentim foi sofrível. Exceto pela partida de gala do Gatito. Caso contrário, conseguiríamos a proeza de perder para a equipe pernambucana e toda a sua limitação. E olha que até o apoio da torcida foi pequeno, ou seja, nem pressão da arquibancada tinha. O que só me desanima mais com o resultado final.

A equipe foi exatamente a mesma que enfrentou o Palmeiras (exceto o Pimpão na vaga do Leandro), mas o nível do futebol foi incrivelmente diferente. Inclusive no que diz respeito a vontade. Hoje o GLORIOSO viu o adversário correr e tentar e em momento algum quis igualar em raça, aplicação e disposição. Só trotes para não chegar na bola. 

Absurdo, vergonhoso e inadmissível.

Empate sofrível.

E pior é saber que na próxima rodada enfrentaremos o Grêmio. Mas será que o Botafogo que endurece partidas estará em campo no sábado? 

É bom que esteja para igualar um pouco as condições, pois caso contrário, se repetirmos o jogo de hoje, tende a sofrermos a primeira derrota em casa no Brasileirão.

Muita coisa precisa mudar.

Muita coisa!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 1 x 1 Sport

1- Gatito: Partida de gala. Sem culpa no gol, ainda nos livrou de goleada - 8,5

2- Marcinho: Irritante - 4,0

3- Carli: Da linha, foi o que menos comprometeu - 5,5

4- Rabello: Uma falha. De resto, normal - 5,0

5- Rodrigo Lindoso: Mesmo com o gol, ficou devendo - 5,0

6- Gilson: É um deboche com a torcida... - 3,0

7- Rodrigo Pimpão: A incrível façanha de perder um gol feito por jogo - 3,0

8- Matheus Fernandes: Falta alguém dar um choque para deixá-lo ligado - 4,0

9- Brenner: Briga com os adversários e com a bola - 4,5

10- Valencia: Erra praticamente tudo que tenta. Mas de todos, é o único que tenta algo - 4,5

11- Bochecha: Estava desligado - 4,0

12- Pachu: Não tem a menor condição de ser profissional do Botafogo - 4,0

13- Ezequiel: Entre as maluquices e erros, pelo menos deu velocidade e não se escondeu - 4,5

14- Kieza: Consegue piorar o que está ruim com o Brenner - 4,0

Alberto Valentim: Errou nas mudanças e não identificando que o problema maior era no meio de campo e não no ataque - 4,5

43 comentários:

Christiano da Silva Guimaraes disse...

Falou tudo....meio-campo jogou errado desde o início da partida e os atacantes que pagaram o pato.
Esse Bochecha, vocês me desculpem, mas até hoje não sei o que faz com que a torcida tenha essa expectativa toda pelo rendimento dele.
Fraquíssimo!

Rodrigo Federman disse...

Christiano, discordo do Bochecha apenas. Quem já o viu na base, sabe que tem talento. E contra o Palmeiras foi bem. Hoje, tirando o Gatito e pouco do Carli, quem jogou bem? Ninguém!
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Péssima partida e ainda bem que o futebol não é feito de justiça, além, claro, da excepcional partida feita pelo Fernández; sem isso a derrota seria “certa”.
Primeiro tempo onde o BOTAFOGO teve apenas uma oportunidade de gol, quando se aproveitou de um erro na saída de bola do adversário; só que o Pimpão, não sabia se chutava para o gol ou passava para um companheiro, demorou tanto que quando resolveu fazer o passe, o zagueiro bloqueou a jogada.
Falando de jogo coletivo, nada foi apresentado, pois não houve articulação no meio campo, passes improdutivos, rebotes ofensivos e defensivos caindo nos pés dos adversários e inoperância no ataque onde Pimpão em péssima fase e Valencia não sabem o que é a linha de fundo; além disso, ainda tem a completa inoperância do Gilson que marca e apoia mal.
Não fosse a partida excepcional do Fernández, o placar já seria favorável ao adversário.
Jogo coletivo ruim e alguns jogadores em péssima fase.
O BOTAFOGO voltou para o segundo tempo com Pachú no lugar do inoperante Pimpão, aos 15 do segundo tempo sacou o Brenner e colocou o Kieza e aos 23 colocou Ezequiel no Lugar do Valencia.
Trocou toda a linha de ataque, mas esqueceu-se de pensar no setor onde se pensa o jogo, o meio campo.
E nesse período entre o apito inicial para o segundo tempo e a última substituição, o Time continuou sem perspectiva alguma, apresentando um futebol ridículo e em alguns momentos indolente.
E como o futebol não premia a incompetência, por volta dos 40 minutos o Sport chegou ao seu merecido gol; quando tudo apontava para uma derrota, o juiz acrescentou 8 minutos e o BOTAFOGO chegou ao empate, Lindoso, na praticamente única jogada mais próxima da linha de fundo e também na entrada dos jogadores de meio campo dentro da área.
Destaco também o que vi como ruim o trabalho do Valentim, pois jogar com tantos desfalques, poderia mandar a campo uma formação mais conservadora, com quatro homens no meio campo e dois atacantes, por exemplo; em alguns casos a razão deve prevalecer sobre a preferência individual. Jogou com Pimpão, Brenner e Valencia e um meio campo rigorosamente nulo, não teve resultado e fez as modificações somente no ataque e continuou ignorando a baixa produtividade do meio campo.
Citei acima a péssima partida do Pimpão, a muito ruim do Gilsom e a ruim do Valencia. Assustadora também foi a participação do Pachu… Emprestaram o Gorne para ganhar rodagem e utilizam o Pachu? A lógica indica que nesse caso o Gorne é ou pode ser pior do que o Pachu, mas as credenciais são as piores possíveis.
Repito, péssima partida e resultado para agradecer… Que alguém fale para esse elenco que futebol também é disposição. Era um adversário para ser vencido, mas parece que no BOTAFOGO não se analisa os adversários a serem enfrentados.
SA!!!

Lucas Bahia disse...

Olha depois desse jogo vi que aquele pontos que nós perdemos contra o palmeiras ganhamos contra Sport,Que partida horrível (Tirando claro o Paredão do Gatito e de certa forma a zaga),Se não fosse pelo Gatito seria que nem Vasco x Racing um chocolate.Bom vimos aqui que sem o nossos jogadores titulares Botafogo fica muito inconstante a diretoria precisa de reforça algumas áreas (Principalmente um 10 minimamente bom) e o Valentim as vezes tem quem pensar melhor nas substituições as vezes é muito bom e as vezes é bem mal.

Anônimo disse...

Campeão estadual!! ÊÊÊÊÊ!...
Gol do Carli, aos 49! Campeão!, nos pênaltis!!
Viva Gatito!
Oops! Começou o brasileiro?
Ahã! Faltam 45 pontos...
Vamos ver...
Vamos esperar o Moisés, o uruguaio Aguirre e os dois centrocampistas Renatinho e o outro lá cujo nome esqueço por ora.
Saudações alvinegras!
Levi.

Anônimo disse...

Rodrigo e turma.
Era pra ser 5x0 pro Sport (que vai cair).
Só que o Gatito transformou água em vinho, caminhou sobre as ondas, multiplicou os pães e ainda ressuscitou o Lázaro de novo. Só faltou ressuscitar ele mesmo. Faltou esse milagre final.
Contra o Gremio, com esse time, leva de 3 pra mais em casa. Sinto dizer, mas é a pura verdade.
Só temos goleiro e dois zagueiros. Os outros quatro melhores estão fora.
Entonces...
Amigos, um dos piores planteis dos últimos 20 ou 30 anos.
Nada mais a comentar.
Saudações
Paulo de Poa

Christiano da Silva Guimaraes disse...

Eu tenho a impressão que o tal do Jean, que jogou no Vasco ano passado, quando entrar no time não sairá mais....apesar de não ser nenhum jogador diferenciado.
Mas vai tirar o bochecha desse time.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, o mais triste de tudo (e concordo contigo) é que temos que agradecer pelo empate contra o Sport. Pois era para termos perdido. Isso mostra o quão ruim foi o Botafogo.

Lucas, mais ou menos. É inaceitável empatar contra essa equipe tão ruim como do Sport. Com todo respeito a eles, mas nem lá na Ilha. Com um pouco mais de vontade e raça, ganharíamos sem sofrimento. Mas não, eles entraram com salto alto e achando que a qualquer momento conseguiriam a vitória. E quase saíram com um resultado pior ainda.

Levi, e sábado teremos só o Grêmio pela frente. hehehe

Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

O problema foi no meio de campo... mas... olhando para o banco... é trocar seis por meia dúzia... Não vejo como melhorar essa time ridículo.
Vamos agora encarar a pedreira que é o Grêmio e depois o Cruzeiro no Mineirão... eu já começo a ver o time com 4 jogos e somando apenas 2 ou 3 pontos... na ZR...
Espero ser surpreendido...

Marcio disse...

E há um detalhe importantíssimo, um pouco antes do gol o Fernández teve uma contusão, após chocar-se com um jogador do Sport; não fosse isso, pela partida que fazia até aquele momento, talvez tivesse feito a defesa.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Paulo, é bem por aí mesmo.

Christiano, que ele seja tudo que muitos falam. E que tenha bola suficiente para tirar o Bochecha, MF ou Lindoso.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Tenho certeza que virão com a desculpa do campo molhado..
Empatar com os grandes e perder para os pequenos nos levará pra segunda divisão.

Eziel Junior disse...

Na minha opinião as mexidas do Valentim foram corretas... O cara tentou deixar o time mais ofensivo trocando pimpão que errou tudo hoje pelo pachu. As entradas de Ezequiel e kieza deixou time rápido. Faltou um cara pra criar. Seria bom se ele promovesse essas mudanças antes dr começar partida que daria pra colocar Marcos Vinícius pro meio campo criar mais, pois foi o que faltou hoje. Mais no geral gostei.... Ao final do jogo a metade do time era da base isso me deu esperanças de que o Valentim não tem medo de arriscar.

Mauro Tavares disse...

Pimpão, Gilson, Lindoso com esses não dá mais. Falta neles: compreensão do que é o Botafogo, talento e inteligência. Eles são mediocres, o Botafogo é grandioso, mas eles não entendem isso. Saudações.

Rodrigo Federman disse...

Abel, o técnico tem que pensar além do que tem nas mãos. Ali, com a intolerância do meio, que tentasse o MV nos últimos 15 minutos. Ou, sei lá, sacasse algum dos dois extremos, colocasse o Jean para proteger o meio e adiantasse o Lindoso para armar, afinal, o JV não passou 2017 inteiro dizendo que ele era "o cara da camisa 10 do Madureira". Na apatia de ontem, já teria feito uma boa diferença! rs

Marcio, poderia ter pegado sim. Mas acho que o desvio mataria de qualquer forma.

Ricardo, já vieram.

Eziel, nunca poderei considerar correta a entrada do Pachu no time. E na boa? Kieza consegue ser mais inútil do que Brenner. Ao menos o Brenner se esforça. O tal K9 é jogador de time pequeno. E o currículo dele sempre acusou isso.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Mauro, pior é que para a diretoria, o elenco é bom! Tanto que ao invés de buscar novas opções, renovaram com muitos desses.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Meu caro RODRIGO,hoje não gostei da escalação e substituições do AV.
Começar uma partida com o "falecido PIMPÃO" e o GILSON,que consegue levar um passeio do horroroso ROGÉRIO é dose para mamute,deu muito mole para o adversário.
PACHU é horroroso,não entendi a sua entrada.
Não fosse o GATITO,levaríamos uma surra vergonhosa do fraco time do SPORT.
Entendo que temos desfalques importantes,mas esses três facilitam a vida de qualquer time que enfrentarmos.Muitos jogaram abaixo da critica,parecia que estavam treinando em retorno de férias.JOTA.

Eziel Junior disse...

Rodrigo imagina na posição de Valentim... O cara olha no campo pimpão depois ele olha pro banco ver pachu e kieza... O cara tinha que arriscar. O campo tava pesado o cara pensou vou dar velocidade ao time e de certa forma deu... Mais infelizmente o treinador não entra no campo. Eu entendi as mexidas dele.

Rodrigo Federman disse...

Jota, quanto a escalação inicial, eu nem critico. Eu também preferia qualquer um no lugar do Gilson, mas tinha certeza de que não aconteceria. E a entrada do Pimpão era meio que natural sem o fraco Leandro também. Agora, as mexidas, em minha opinião, foram ruins.

Eziel, ok...mas arriscou mal. Repito: Nada justifica Pachu. Tem que pensar fora da caixa também. Entra com o Jean, adianta o Lindoso. Entra com o Luis Ricardo para fazer o meio pela direita, o MV...o Brenner com Kieza...enfim, para mim o AV foi muito mal hoje.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo.

Ás vezes eu me pego indignado ao ver Brenner, Kieza, Pimpão e Léo Sofrencia desfilando com a camisa do Botafogo. Isso chega ser um escárnio com a torcida.

Mas quando o treinador lança ao mesmo tempo. Bochecha, Ezequiel e Pachú a minha vontade é de sentar num canto e chorar convulsivamente.

Como pode esses moleques de 19/20 anos querer ser profissional, se nem pra correr essas merdas prestam ? Não correm, não marcam, não chutam a gol, enfim....Não fazem nada, e ainda ficam com a língua de fora após meia hora de jogo.

O ano promete grades emoções.

Patinhas.

Rodrigo Federman disse...

Patinhas, essa é uma verdade, por mais que eu não coloque todos no mesmo calvário técnico. Mas é fato: Diferente dos jovens de outros clubes que quando sobem para os profissionais parecem e jogam como homens, os nossos sobem como eternas crianças franzinas. Tirando o Rabello, todos parecem jovens fracos e medrosos. Mesmo aqueles que sabem jogar bola. Nenhum faz cara feia, entra para rasgar,etc.
Abs e SA!!!

Lucas Bahia disse...

Vi agora as declarações do AV,decepcionante,falar que equipe da de parabéns acho um absurdo e culpar o campo molhado,bom tomará que esse pensamento não continue para o jogo do Grêmio porque se não tamo fud... .

Rodrigo Federman disse...

Lucas, hoje o AV não foi bem mesmo.
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

O nivelamento por baixo nos deixa quase igual com a maioria. Viram os outros times? Quantos estão acima? Grêmio, Palmeiras e Corinthians.

Por isso não temo a série B.

Anônimo disse...

Leandro Carvalho tem apenas 4 jogos como jogador do Botafogo, 2 como titular e 2 entrando nos últimos 10 minutos. Não mostrou muita coisa. Mas sem dúvida alguma é muito melhor que Pimpão é esse dito jogador: Pachu. Nunca vi Pachu fazer uma única jogada que justifique ser chamado de jogador Renato

J. Daniel disse...

Time irritante. O nosso meio não pode ser esse, deve melhorar com a entrada do Jean e Renatinho. Quanto a Bochecha, Pachu, Gilson, Marcinho, Pimpão, Brenner , não podem ser titulares. Gatito garantiu o empate. Com esse plantel,a segundona fica logo ali. Saudações Alvinegras!!!

Rodrigo Federman disse...

Enéias, justamente pelo nivelamento, eu temo.

Renato, o LC é tão ruim quanto. Ou ainda pior.

J.Daniel, concordo em partes.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sempre bom esclarecer que dizer que a derrota não veio por causa da grande atuação do Fernández não significa tratar o fato como se o goleiro paraguaio tivesse feito um grande favor. Ele está lá para isso, evitar gols é a sua função.
O futebol é resultado de ações coletivas e individuais; tivesse o Pimpão cumprido com a sua obrigação de atacante, poderíamos estar com mais dois pontos na bagagem.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Marcio.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Pois é, Rodrigo.
Muitos pensam no lucro que uma possível venda de um jogador pode trazer e não nego que traga; só que há o lucro indireto, aquele que é mais difícil de mensurar.
Como escrevi aqui outro dia, o Fernández colocou muito dinheiro nos cofres do BOTAFOGO, com as defesas na Libertadores/2017 e no carioca/2018, sem contar alguns resultados que ele tem "garantido".
Além da premiação pela classificação na Libertadores/17, há também o dinheiro da renda nas fases que se seguiram, até as quartas de final.
Por mais dificuldades financeiras que o BOTAFOGO atravessa e não há como não reconhecer, manter um jogador que desequilibra favoravelmente não é caro; manter o Fernández não é despesa e sim investimento.
E mais uma vez lembro que inicialmente, por causa dos jogos que tinha assistido do Fernández, fiquei desconfiado quando contratado, mas não posso negar o que vejo e hoje é titular absoluto e inquestionável e um jogador a ser mantido.
Clube que tem pretensão grandes em qualquer campeonato não pode abrir mão dos seus melhores valores.
SA!!!

Sergio disse...

Eu gostaria de entender a razão do time do Botafogo se portar de uma maneira positiva quando joga contra equipes fortes e contra equipes inferiores se comporta de maneira pavorosa, como foi o jogo contra o Sport, time fraco nas que se impôs o jogo todo, sendo o resultado final uma grande mentira.
A verdade é que a raiz de todos os problemas é sem dúvida o meio campo: não marca, não cria, não dá opções de deslocamento e, aliado a isso não consegue ganhar um rebote sequer, seja defensivo, seja ofensivo. O espaçamento do time com os setores distantes dificulta ainda mais, somado a isso a falta de deslocamentos. O Botafogo não pode jogar com apenas 3 jogadores no meio, pelo menos foi o que me pareceu ontem, pois o LV não arma e não marca, às vezes atrapalha. Posso estar enganado, mas a maneira como o time jogou ontem parecia um 4 3 3 de péssima qualidade. O Botafogo não tem qualidade técnica para sequer atacar dessa forma. Não entendo esses dois atacantes inoperantes abertos. Some-se a isso a completa falta de qualidade do Gilson.
Tirando o Gatito o resto não jogou absolutamente nada, e perdeu quase todas as dividas. É não dá para culpar o campo encharcado.
Ou o Botafogo faz voltar o Renatinho o mais rápido possível e o Moisés ou vamos continuar com esse suplício.
Não me lembro desse Jean, mas se é bom marcador que entre logo, no lugar de qualquer um do meio. Eu formaria o meio com MF, Jean, Bochecha ou Lindoso e Renatinho. Na frente LF e Aguirre. Atras tem que arrumar logo alguém para o lugar do horroroso Gilson. Se na base não tem alguém melhor que o Gilson, então é melhor procurar outra profissão. Falando nisso, o que significa dar tantas chances ao Pachu!!!!!!
Uma coisa não podemos esquecer: grande parte do que aconteceu contra o Sport se deve a imensa falta de talento do time, mas que a maneira como o time estava disposto em campo e as inócuas e erradas substituições, isso põe na conta do AV. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Fecho total contigo, Marcio. O futebol tem que ser pensado dessa maneira.
Abs e SA!!!

Sergio disse...

Um detalhe que não pode passar em branco: o gol perdido pelo Pimpão, que já tá enchendo o saco. Só invés de chutar quis dar um drible sei lá prá que. O lance foi um repeteco daquele contra o Santos ano passado. Vai ser burro assim na CDC. O Pimpão sempre escolhe a opção errada na maioria das jogadas. É esse Brenner, não tem o menor domínio, a bola bate e volta e raramente acerta um passe. Que sina ter que aturar tanta porcaria. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, pior ainda é quando os três ali no meio não são armadores e sequer conseguem ficar e pensar com a bola nos pés por alguns segundos. É um time acéfalo. E mesmo com os reforços que estão no DM, esse setor continua carente demais.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Conforme escrevi acima, o tempo do Pimpão no BOTAFOGO terminou...
São 21 jogos e 3 gols marcados; 1102 minutos em campo e média de 0,14 gol/jogo. O Pimpão não está em má fase e sim teve uma fase fora da normalidade, quando decidiu alguns jogos importantes em 2017, mas a sua média neste ano foi de 0,12 gol/jogo (57 jogos e 7 gols marcados).
Sinceramente, esse negócio de atacante que ajuda a marcar de forma excessiva é muito boa para valorizar jogadores medianos ou mascarar a deficiência do jogador em sua obrigação primeira, atacar.
Não digo que o cara deve ficar sem participar do jogo e sem colaborar, mas entre um atacante que marca muito, prefiro um que me entregue uns 20 gols no campeonato brasileiro e marque muito pouco.
Um Time razoável com um goleiro acima da média e um goleador faz estrago em qualquer competição.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

100% de acordo, Marcio. Já deu mesmo!
Abs e SA!!!

Fatos disse...

Gostei da partida do MF, acertando os passes e roubando bolas. Ainda bem longe da expectativa criada pela torcida, eu mesmo sempre o critico pois não admito um meio campista que não finaliza e entra pouquíssimo na área, mesmo que seja volante, mas ontem achei ele relativamente bem.
Achei partida correta também do Gilson e do Marcinho.
Creio que o estado do gramado prejudicou um pouco o jogo do nosso time, mas ainda sim alguns poderiam ter dado mais, principalmente os da linha de frente.
Valentim em minha opinião errou ontem ao tirar o Valencia, não que o chileno estivesse "comendo a bola", mas era muito cedo pra queimar a última substituição, ainda mais no campo pesado. E também o impediu de mudar o esquema. Poderia sacar o volante Bochecha (amarelado e com cãimbra) para a entrada do Marcos Vinicius, por exemplo.

Mas no fim, valeu apenas pelo ponto conquistado e atuação do Gatito. Sábado teremos a estreia de Aguirre e possivelmente os retornos de Renatinho e Luís Fernando. Já aumenta o leque de opções ofensivas.


SA!

Rui disse...

Idem

Rodrigo Federman disse...

Fatos, o MF é bom jogador. Só precisa ter mais sangue quente correndo nas veias. Sobre os laterais, achei correta a partida do Marcinho, mas o Gilson...é um deboche termos esse cara no clube.
Abs e SA!!!

Lorismario disse...

Botafoguenses. para vocês que são mais jovens vou recordar a estreia do Vitinho no Botafogo. Agora quando vejo Bochecha, Pachu, Marcinho - na posição que está jogando-, sinto vergonha.Para os medianos vou citar a estreia do Mendonça. Para os mais velhos um pouquinho- alô Patinhas, aquele abraço- cito o PC Caju. Para os velhões cito o Garrincha. Entraram e não saíram mais. Livrei a cara do Mateus Fernandes- que jogou muto com o Jair Ventura e do Ezequiel que é bom jogador. Alberto Valentim: o Marcinho não é ala. Coloque ele na posição que o Bruno Silva jogava e vamos assistir à melhora de rendimento dele. Como ala vai ser queimado logo, logo. Patinhas, você sente saudades de Carlos Roberto e Gerson. Rogério (Zequinha) Jairzinho, Roberto e PC Lima? Eu que sou mais velho, devo ser o mais velho(70) do Cantinho e por isto sinto saudades de Garrincha, Didi, Quarentinha, Amarildo e Zagallo. Hoje tenho que torcer para Gilson, Ruindoso, Bochecha-inventaram que este cara era bom no sub 20-, Pachu, Kieza, Pimpão, Leo Falência. "E atenção porque vai haver substituição no Botafogo. Sai Brenner e entra Kieza, sai Mateus Fernandes e entra o ex jogador Dudu Cearense." PS. Da base do atual do sub 20 só servem o Fernando (ala), o Wenderson (Volante), um central novato que acho ter um nome duplo e um dos nomes é Lucas, o Jordan e o Amilcar. O resto, bem o resto é o resto. Loris

Rodrigo Federman disse...

Loris, o Jordan nós já perdemos. Foi para Portugal. No caso dos jovens, vejo potencial no Bochecha. No todo, concordo com alguns nomes que você citou, mas discordo de outros.
Abs e SA!!!

Lorismario disse...

Rodrigo. O Bochecha foi a minha grande decepção. Esperava muito dele pois no sub 20 ele destacava. Jogador bom de fato, quando entra, não sai mais. Por isto citei os casos do Vitinho, do Mendonça, do PC Lima e do Garrincha. Entraram e não saíram mais. Dos novatos, acho que o Ezequiel é o que está aproveitando mais as oportunidades. Os outros são todos jogadores comuns e com um agravante abordado pelo Patinhas. São jovens de 19, 20, 21, anos e não aguentam jogar 50 minutos. Ontem, o Mateus Fernandes com 10 min. do segundo tempo estava morto em campo. Sobre jogadores, sempre existem discordâncias. Sei que você deposita esperanças no Bochecha. Ontem no segundo tempo ele dividiu uma bola no segundo tempo e teve câimbras. Deu vários passes errados, só usa o pé esquerdo, e estava jogando pela direita. Tem algo errado com este rapaz. Ele é habilidoso mas, só habilidade não resolve. Futebol de hoje é força e habilidade. Veja o caso do Vinicius Junior do Flamengo. Tem habilidade mas é frágil. Se não desenvolver força, vai fracassar. Mesmo porque na Europa, a força conta muito. Loris. PS. Discorde a vontade, pois ninguém é dono da verdade, ainda mais em futebol.

Rodrigo Federman disse...

Loris, mas foi praticamente o segundo jogo dele. E contra o Palmeiras foi bem. O Ezequiel já acho que está desperdiçando oportunidades.
Abs e SA!!!