quinta-feira, 19 de abril de 2018

"Pequena" diferença




Notícia retirada do site Globoesporte (clique aqui para a íntegra):

"Sem vendas desde Ribamar, Botafogo vê orçamento apertar após janelas fecharem.

Estimativa de receita com negociações de direitos econômicos entre janeiro e abril não se concretiza, e clube terá que conseguir R$ 20 milhões no meio do ano para manter a previsão de caixa de 2018".

Preocupante...

Acho que a diretoria do Botafogo já contava com pelo menos uma venda certa (Rabello ou Matheus Fernandes) agora no início de 2018.  

Até acabou de passar pela minha cabeça que a surpreendente escalação do Bochecha no time titular contra o Palmeiras tem um pouco a ver com isso, afinal, precisamos mostrar/valorizar "produtos" para rápida exportação. Caso contrário, o planejamento do orçamento pode ter uma "diferença" e tanto. 


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

53 comentários:

Celso Ricardo disse...

Soma os salários de um monte de medíocres contratados por essa diretoria e veremos que soma mais de 20 milhões em um ano.
CANALHAS!

Celso Ricardo disse...

Mais um detalhe: porque essa notícia quando percebemos que AV começa a dar uma cara ao time? Qual a intenção?

Rodrigo Federman disse...

Celso, pois é (para as suas duas colocações). ehhehe
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Antes de pensar em fazer previsões com vendas de jogadores, deveriam ter preparado a Equipe para a participação na Copa do Brasil.
Hoje "precisam" de 20 milhões de reais, mas se tivéssemos chegado até as oitavas da Copa do Brasil, o cofre ALVINEGRO já teria recebido 7,8 milhões de reais.
A chegada às quartas de finais vale 3 milhões de reais, semifinal vale 6,5 milhões de reais, o vice-campeonato vale 20 milhões e o título 50 milhões de reais.
Faltou planejamento, visão futura, senso de urgência ao "permitir" eliminação tão patética como a frente ao Aparecidense e ainda jogando com a vantagem do empate.
E de nada adiantará vender um jogador (dependendo de quem seja) para pagar as contas imediatas e enfraquecer a Equipe para a disputa do Brasileiro e Sul-Americana; estas também tem premiação e classificam para a Libertadores, quanto mais alta a classificação final, melhor em todos os aspectos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Então, Marcio...também não consigo imaginar como (e porque) chegaram a esse número. E aí, vale acrescentar o que você lembrou: Dentro desse planejamento, duvido que estavam contando com a eliminação na CB. Ou seja, leigo que sou, me arrisco a dizer que precisarão arrumar muito mais do que esse valor citado para chegarem ao 0 a 0 no tal "planejamento".
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Acho que o Rabelo não faria falta.Mas quem se interessar vai querer pagar um jantar pra diretoria.....

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, no elenco enxuto que temos, até acho que faz falta. E espero que se venderem, que seja pelo preço certo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, sobre o planejamento, será que hpuve algum para a Copa do Brasil?
E mais estranho é sair uma matéria sobre a necessidade de fazer dinheiro e o CLUBE permitir o parcelamento do envolvido na transação Bruno Silva.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, não acredito. E sobre o dinheiro do Bruno, concordo plenamente. Pensei nisso. Se está precisando com urgência, como aceitar o parcelamento de 1 milhão? Não faz sentido.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,o amigo sabe que conheço um pouco dessas "mumunhas" empresariais,sei como esses caras funcionam.
Portanto,não leve essa "conversinha" de dirigentes a sério,nem a favor,nem contra,pois na atualidade a maioria,com raríssimas e honrosas exceções,não é confiável.E o pior,os que querem ver tudo funcionando bem e a contento,são colocados de lado e desconstruídos.A realidade dos fatos fica restrita aos "grupelhos".
Querem mais é faturar algum e o clube que dizem amar é só um detalhe.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Jota. Mas enfim, acredito que por ser um planejamento anual, deve constar no balancete, né? Vamos aguardar o desfecho de 2018, torcendo para que terminemos a temporada no azul. Por menor que seja.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Pois é, Rodrigo.
Veja o caso do Éverton, 50% do valor referente à transação de 15 milhões de rais são do Flamengo.
Segundo algumas notícias, mesmo sendo importante para o Time, o jogador manifestou o desejo de sair, é um direito e está tudo dentro da legalidade, mas não li em lugar algum que o Flamengo iria abrir mão de parte do valor.
Não temos nada com os negócios dos adversários, mas somente no BOTAFOGO é que se acha normal aceitar redução de valor porque determinado jogador deseja a transferência e "não pode ficar chateado" e, pior, aceita como parte do pagamento jogador enrolado em contrato com terceiros.
Um completo absurdo... Negociar não é para qualquer um.
SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Rodrigo, discordo quanto ao azul.
Os outros três grandes cariocas viveram ou vivem no vermelho.Só o Botafogo coloca a culpa nisso por não ganhar nada.então se acostumaram, a diretoria e jogadores, a se contentarem com pouco.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, é aquilo que sempre falamos: Só poderemos exigir respeito dos outros, quando passarmos a nos dar respeito dentro de casa mesmo. E isso inclui também boa parte da torcida,que concorda que deve-se liberar jogador (mesmo que por um valor aquém do que está em contrato) porque o mesmo não está satisfeito ou manifestou desejo de sair. Sou sempre favorável - nesses casos - a deixar o cara treinando em separado, mesmo que continuemos pagando os salários. Só assim verão que o Botafogo não é casa da mãe Joana ou Instituição de Caridade.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, não estou entrando na questão de colocar desculpas. Apenas falando no sentido administrativo/financeiro mesmo. Sem entrar no mérito esportivo ou técnico. Qualquer empresa precisa buscar sempre aumentar seus negócios, mas terminando o ano no azul.
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Em relação a deixar o jogador treinando em separado, infelizmente, a justiça nestes casos tem dado razão ao jogador, possibilitando o direito de recisão do contrato, alegando que o clube estaria impedindo do mesmo exercer livremente sua profissão além de outros argumentos juridicos . Assim, o clube acaba perdendo tudo. Infelizmente, o clube nada pode fazer.

Saudações Gloriosas

Rodrigo Federman disse...

Gernaldo, então deixa o cara no banco. Conversa com o treinador (tudo no futebol infelizmente é acordado) e coloca o cara de reserva. Ou então deixa treinando com o grupo mas não relaciona para jogos. Aí, acredito, não tem como alegar essa situação, afinal, pode ser tratada como opção do comandante.
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Quando o cara é reconhecidamente um dos melhores do elenco e até então, titular indiscutível fica bem dificil fazer esse tipo de "manobra". Como torcedor, penso igual ao amigo. PoreP, como advogado e de acordo com oque tenho visto, o clube quase sempre sairá perdendo em situações assim.

Saudações Gloriosas.

Rodrigo Federman disse...

Entendo, Gernaldo. Mas convenhamos que o Botafogo não tem esse tipo de jogador incontestável há bastante tempo. E sempre facilitou para todo e qualquer um.
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

O BS era titular no ano passado, nao vi ninguém discutindo a titularidade do mesmo, JP, Gatito atualmente, enfim, Não precisa ser incontestável, basta alegar que está sofrendo assédio moral, sendo preterido pelo clube ao ser posto para treinar em separado e nao ter a chance de concorrer em igualdade com os demais. É lei, se esta certo ou errado, teria que modificar a lei. O jurídico de um clube não pode ser amador ao ponto de não orientar o clube plem relação a isso. jogadores já alegaram isso e ganham o direito de se disvincularem do clube. Por isso, juridicamente falando, o clube não pode tomar esse caminho, pois, perderia um ativo seu, que em alguns casos, faz muita falta financeiramente.

Saudações Gloriosas

Rodrigo Federman disse...

Gernaldo, então fizesse ele entrar em campo e jogar. Se estivesse com evidência clara de corpo mole, invertia o lado da moeda. Sou contra facilitar a vida de jogador mimado e abrir as pernas sem sequer brigar.
Abs e SA!!!

Gernaldo Silva disse...

Concordo, Rodrigo. alias, defendi que o Emerson Santos permanecesse integrado e disputando vaga no elenco ano passado, mesmo com pré-contrato assinado com outro clube ou até mesmo quando não quis renovar o vínculo.

Existem outras formas de prevenir esse tipo de situação que um clube minimamente organizado, através de uma gestão séria e um jurídico competente poderia facilmente proceder. O que se tem visto é que na maioria dos casos os jogares são melhores orientados que o próprio clube.

Particularmente, sou favorável que o clube se torne uma empresa da maneira que ocorre com grandes clubes da Europa. desde que adequem o estatuto a essa condição, todos ganhariam, inclusive que gosta de futebol.

Saudações Gloriosas

Rodrigo Federman disse...

Boa, Gernaldo. Fecho contigo.
Abs e SA!!!

Yasser Carmo disse...

Em novembro de 2017, Matheus Fernando era apontado como o 16º melhor Sub-20 do mundo, com multa rescisória de US40 milhões. Acabou a magia? Acabou o interesse do Barça que o monitorava?
Sempre tem algo inexplicável que atravessa as possíveis negociações do BRF. Enquanto nossos maiores rivais sempre fazem ótimos negócios, nós fazemos caridade. Porque será que temos essa dificuldade em fazer caixa com nossas consideradas "jóias", que basta saírem daqui para receberem propostas 3 a 4 vezes maiores que a gente...
Se fizéssemos um negócio como esse, garantiríamos até mesmo o primeiro semestre de 2019 com antecedência.

Por fim, tudo não passa de especulação, e o clube sempre fica queimado.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Yasser, será que essa história de Barcelona foi verdade mesmo?
Abs e SA!!!

Fatos disse...

A janela principal dos europeus é no meio do ano, e jogadores que já foram sondados como Rabello, dificilmente não serão vendidos se mantiverem a titularidade e a regularidade. Só lembrando que sua multa é de 30 milhões e já foi oferecido (extra-oficialmente) 11,5 milhões

Rodrigo Federman disse...

Fatos, não existe garantia alguma, mesmo sendo titulares. Até porque, duvido que algum clube pague o valor da multa. E se não pagarem, espero que o Botafogo não aceite dar desconto.
Abs e SA!!!

Fatos disse...

Everton saiu porque recebia 200 mil mensais num clube que paga 1 milhão pro Guerrero, 700 mil pro Diego e 500 mil pro recém chegado Dourado. Ele sendo um dos melhores (na minha opinião o melhor) jogador de frente dos mulambos, não pensou duas vezes na hora de receber mais que o dobro do salário e ainda morder uma porcentagem desse montante de 15 milhões.
Não custa lembrar também que alem de destaque ofensivo, ele tinha contrato até 2021, ao contrário de BS por exemplo, que mês que vem já poderia assinar pré contrato pra sair de graça em Dezembro.
Só pra ficar claro, não defendo diretoria acatar o que o atleta quer, se o negócio não é bom ou por qualquer outra razão o clube não quer negociar, que os interessados paguem a multa integral ou que o jogador fique treinando em separado até acabar o contrato. Porém o caso dele é um exemplo que não se compara com o do agora são paulino. Impossível algum clube pagar multa integral de um atleta que pode em pouquíssimo ter de graça. Nem os europeus fazem isso.

Fatos disse...

Impossível nada. Jogadores oscilam boas e más fases o tempo todo. Ainda mais os que atuam no futebol brasileiro, que são de terceira linha.
Ou agora um juiz vai adivinhar o que passa na cabeça do treinador?
Direito não julga subjetividade.

Marcio disse...

Muito bom o comentário do Gernaldo.
E para exemplificar, lembro o caso do Felipe Melo/Palmeiras em 2017, quando o atleta estava treinando separadamente do grupo.
Segundo as noticias da época, o jogador chegou a comunicar extraoficialmente o clube paulista, pedindo a reintegração e alegando que sofria assédio moral.

Além disso, um trecho escrito pelo Gernaldo traduz de forma absoluta o que penso:

"Existem outras formas de prevenir esse tipo de situação que um clube minimamente organizado, através de uma gestão séria e um jurídico competente poderia facilmente proceder. O que se tem visto é que na maioria dos casos os jogares são melhores orientados que o próprio clube."


http://www.espn.com.br/noticia/717749_felipe-melo-alega-assedio-moral-e-pede-para-ser-reintegrado-ao-palmeiras

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Marcio. É isso aí.
Abs e SA!!!

Fatos disse...

O Rabello, especificamente, eu só venderia pelo valor integral da multa. Tem características físicas pra jogar na Europa, disciplina pra aprender, faz seus gols, jovem com contrato longo, indo pra mais uma temporada como titular.
Joga fácil num campeonato russo, ucraniano, francês, talvez até no italiano. Mas quando digo "dificilmente não serão vendidos" me refiro a vontade da diretoria em fazer em caixa. Se IR tem trinta de multa e eles dizem que precisam de 20, no início da próxima temporada na Europa se chegarem propostas próximas a isso você imagina que os dirigentes farão oq?

Marcio disse...

O fato do jogador ter contrato a cumprir por mais dois anos, três, não impede que force uma situação para sair.
Não faltam exemplos por aí.
SA!!!

Pedro Lima disse...

Eu penso o seguinte.Basta nenhum dirigente dar entrevista falando que o jogador x foi afastado.Simples. Imagina o precedente que abriria, qualquer jogador barrado porém já consagrado no clube poderia alegar assédio moral.

SAN!

Rodrigo Federman disse...

Fatos, eu acho que se chegar qualquer proposta de verdade de 10 eles vendem. O Botafogo é péssimo vendedor/negociador.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Isso mesmo, Marcio.

Verdade, Pedro.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o Walace, que saiu do Grêmio para o Hamburgo, tem contrato até 2021 e arrumou uma série de situações no clube alemão.

Em 12/01/2018.

"...Na mira de times como Flamengo e Atlético Mineiro, o jogador foi barrado pelo técnico Markus Gisdol e não vai encarar o Augsburg neste sábado fora de casa.
Walace já teria manifestado à diretoria do Hamburgo o desejo de retornar ao Brasil e inclusive se reapresentou ao clube com atraso de três dias após a folga de final de ano..."

http://correiodopovo.com.br/Esportes/Futebol/2018/1/639497/Walace-nao-tem-condicao-fisica-e-mental,-diz-tecnico-do-Hamburgo

Em 20/03/2018.

"...O Hamburgo anunciou nesta terça-feira (20), que o volante Walace foi afastado do elenco principal e passará a treinar com o time sub-21. A decisão foi comunicada pelo diretor de esportes da equipe, Bernhard Peters...Contratado pelo Hamburgo, em janeiro do ano passado, por 10 milhões de euros, Walace fez 30 jogos e marcou dois gols pelo clube alemão. No começo deste ano, o jogador de 22 anos chegou a negociar uma volta ao Brasil, para atuar no Flamengo."

https://gauchazh.clicrbs.com.br/esportes/gremio/noticia/2018/03/ex-volante-do-gremio-walace-e-afastado-do-elenco-do-hamburgo-cjezpq2s904ll01p42n630il2.html

SA!!!

Fatos disse...

Ter contrato a cumprir não impede que o jogador force uma situação pra sair. Mas o que leva um clube a negociar o jogador por um valor inferior ao total da multa, pelo menos num clube sério, não é o jogador forçar a saída, e sim a proximidade do fim do contrato(e a iminente perda de milhões de reais).
Num clube sério, jogador com má vontade, fazendo corpo mole, ou criando qualquer situação pra tentar forçar uma saida, treina treina treina treina e não joga. Paga-se salário mas ele só completa o time reserva no coletivo. Até, obviamente, ele cair em si e voltar a ser útil pra quem lhe paga, até mesmo pra não ficar mal com os companheiros e tbm não ficar fora de evidência.


SA!

Fatos disse...

Perfeito.

Rodrigo Federman disse...

É isso, Fatos.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Eu tô ligado, Marcio. E faz muito bem o time alemão em dificultar a vida desse muleque.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Só sei que o Scarpa não está podendo jogar. Já o Arão...

PAULO FERNANDO disse...

Qualquer construção é feita pensando nos alicerces. Eles são a base de qualquer atividade. Se a base não é bem construída existe o risco de queda. Essa regra vale para qualquer atividade humana e não poderia ser diferente da gestão de um clube de futebol. No Botafogo, desde o inicio da gestão do Carlos Eduardo Pereira até hoje, cabe ao Manoel Renha todo o comando e direção do futebol de base do clube. Os resultados aí estão entre titulares e reservas: Saulo, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabelo, Bochecha, Matheus Fernandes, Leandrinho (que está em recuperação), Kanu, Helerson, Jonathan, Yuri (também se recuperando), Ezequiel, Lucas Campos e Pachú, ou seja, 14 jogadores de base no elenco. Claro que alguns terão melhores rendimentos e outros menos, mas em uma equipe profissional você possuir tantos jovens da base promovidos é uma realização competente e que mostra estarmos em um caminho correto. Vale lembrar que o time sub20 já está nas quartas de final da Copa do Brasil na tentativa do Bicampeonato. Em tempo: tem um lateral direito da base chamado FERNANDO que joga muito! Ou seja, vêm mais jovens bons de bola por aí!!!!! PARABÉNS RENHA!!!

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Celso. Mas acho que a situação desses dois era um pouco diferente. Envolvia também salários e premiações atrasadas.

Boa, Paulo. Isso aí.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Não tem relação com o BOTAFOGO, mas não deixa de ser uma noticia de impacto.
Arsène Wenger deixará o Arsenal ao final da temporada. Acredito que não mais teremos técnicos com tamanha longevidade no comando técnico de algum clube, como nos casos do Wenger e do Ferguson.
SA!!!

Marcio disse...

Só um ajuste ao comentário do Paulo Fernando, o que não muda em rigorosamente nada o seu conteúdo.
Na Copa do Brasil sub-20 o BOTAFOGO tentará o seu primeiro título e não o bicampeonato, já que a conquista nacional obtida, foi no Campeonato brasileiro sub-20/2016.

E sobre o Leandrinho, segundo li, já participa normalmente de todas as atividades com o grupo, claro que fatalmente ainda lhe falta o ritmo de jogo, mas não há restrições.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, espero que o Leandrinho receba oportunidades e consiga uma sequência mínima para provar se merece ou não estar no grupo!
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Ainda mais que certa vez ele, Leandrinho, disse que gostou de jogar mais recuado, nesta posição ele fez o gol da vitória sobre o Grêmio.
Penso que a base agora "precisa" revelar atacantes com uma melhor qualidade.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Marcio.
Abs e SA!!!

Pedro Lima disse...

Pachu é ruim demais. Ou senão se acha uma estrela, pq não vejo nem sujar o uniforme. Ou as duas coisas.

Fatos disse...

Leandrinho treinou normalmente hoje, assim como Luís Fernando. Serão relacionado pra segunda rodada.
Renatinho, Moisés e Marcelo israelense continuam em recuperação e estão fora.

Fatos disse...

Em minha opinião Leandrinho é o jogador mais habilidoso entre os garotos revelados pelo clube desde 2010, excessão óbvia o Vitinho. Pena aparentemente ser de vidro.

Rodrigo Federman disse...

Fatos, concordo contigo.
Abs e SA!!!