quinta-feira, 12 de abril de 2018

Valeu "apenas" pela vitória




No futebol, o que importa é vencer.

Certo?

Sim. E foi o que o Botafogo fez na estreia da Sul Americana, derrotando o Audax Italiano, no Chile, por 2 a 1 (Brenner e Rodrigo Pimpão).

Sobre o jogo, o resultado final é tudo o que tenho para comentar. 

Da apresentação, escalação, substituições, disposição, etc...
...um terror.

Talvez, um dos piores 90 minutos que vi do Botafogo.

É, amigos...assim é o Botafogo!

E no final das contas, temos a vantagem para o jogo da volta, no Niltão.

A segunda fase da competição é quase certa. Principalmente quando lembramos que o adversário é fraco demais. Não a toa, o lanterna do campeonato chileno.

Ok, comemoremos o resultado.

Mas confesso já estar preocupado para a estreia no Brasileirão, contra o Palmeiras...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 1 Audax Italiano

1- Gatito: Sem culpa no gol. Nada mais teve de trabalho - 5,0

2- Marcinho: Médio - 5,0

3- Carli: Foi obrigado a exagerar no chutões, pois era o único jeito de fazer a bola chegar na frente. Na defesa, não teve maiores problemas - 5,0

4- Rabello: Mesmo nível do Carli - 5,0

5- Rodrigo Lindoso: Líder que não lidera. Volante que não marca e nem apoia. Insosso ao extremo - 4,5

6- Gilson: Quem renovou o contrato desse cara deveria ser expulso de GS - 3,0

7- Leandro Carvalho: Peladeiro de marca maior - 4,0

8- Marcelo Baiano: Sequer deveria ter sido contratado, tamanha ruindade. E não sai do time titular - 3,5

9- Brenner: Limitadíssimo, mas aos trancos e barrancos, deixa um gol a cada três jogos - 5,0

10- Valencia: Uma completa nulidade - 3,5

11- Renatinho: Saiu machucado com menos de 3 minutos - Sem nota

12- Matheus Fernandes: Errou alguns passes, mas atuou em uma posição que não é muito acostumado - 4,5

13- Rodrigo Pimpão: Teve estrela ao fazer o gol da virada - 5,0

14- Marcos Vinicius: Poucos minutos em campo e, cansado, pouco fez também - 4,5

Alberto Valentim: Inventou na escalação inicial e foi meio maluco nas mexidas. Não esteve em boa noite - 4,0

31 comentários:

Eduardo Samico disse...

Em meio a um festival de horrores destaco o Marcelo Baiano. O cidadão é pavoroso ! Marca mal, sem habilidade, não chuta, se coloca mal, incrível ! Regularidade nos cartões amarelos. Deve ser 1 a cada 2 jogos.
Inadmissível terem contratado esse traste. Pior é que tira espaço de gente como Gustavo, Wenderson e até do Matheus F.
Vencemos e convencemos.
Convencemos que temos um time que nos dará sustos até dezembro.
Abs.

Fatos disse...

Discordo em relação ao Valentim. A torcida reclama que alguns jogadores vem sempre jogando mal e nunca saem, enquanto outros nunca tem oportunidade. Pois bem, com LF machucado e Pimpão mal tecnicamente, ele lançou o Leandro Carvalho. Achei boa tentativa. Talvez pudesse ter entrado com MV no lugar do Renatinho na primeira substituição, caracteristicas mais parecidas, mas MV é um jogador para no máximo 30 minutos, e ele optou pelo MF, que tbm vinha com mais ritmo de jogo depois de 90 minutos contra o Vasco na final do Estadual.
Na segunda substituição lançou o ex cruzeirense no lugar de um volante, e em minha sincera opinião, o que pior jogava entre os 3.
E na última não tinha muita escolha, era Pimpão ou Kieza, e ele teve estrela ao optar pelo autor do gol da vitória.
O Valentim não é um super técnico, mas tenho achado ele bastante coerente e sem essa de jogador ter "cadeira cativa". Tá mal testa outro!


SA!

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, esse realmente assusta. Será tema de post próprio amanhã! hahahah

Fatos, até ontem ele contava com o Ezequiel. Se não deu para titular. Deixa no banco para ver como vai reagir. Essa droga de Leandro sequer ficava no banco. E em 45 minutos de futebol sofrível, deveria ter sido sacado mais cedo. O mesmo serve com a manutenção de Marcelo, o retorno de Lindoso (ainda por cima, capitão novamente)....

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Um jogo onde o BOTAFOGO teve a posse de bola e não soube muito o que fazer com ela, mesmo sendo muito fraco o adversário enfrentado.
Com a saída do Renatinho, o A. Valentim optou pela entrada do M. fernandes e o meio campo passou a ter o próprio Matheus, Lindoso e Marcelo (baiano); na frente contava com o Valencia, Brenner e L. Carvalho.
Deste modo, o BOTAFOGO não teve força na criação das jogadas de meio campo e, pior, não conseguiu exercer uma forte marcação no setor, além disso, havia um espaço grande entre o meio e ataque, já que não havia aproximação do meio ao ataque e Valencia e L. Carvalho não desciam para colaborar na criação.
E assim o Audax se assanhou, principalmente pelo setor do Gilson que errou muito quando se aventurou no ataque e na marcação é simplesmente uma lástima. E assim foi o primeiro tempo, onde o BOTAFOGO não ameaçou a equipe chilena e ainda saiu em desvantagem.
O segundo tempo começou sem mudanças significativas no panorama, nem de nomes e nem de jogo, até que aos 24 o A. Valentim sacou o M. Fernandes para a entrada do M. Vinicius e sem tempo de se observar uma mudança, o BOTAFOGO empatou o jogo através do Brenner em falta cobrada por Valencia. Aliás o centroavante errou o cabeceio e depois conseguiu, na mesma jogada, finalizar para o gol.
A entrada do M. Vinicius pouco acrescentou em termos de jogo no meio campo e quando a partida dava sinais de que terminaria no empate, uma bola sazonal do Lindoso em profundidade na esquerda para o Gilson, proporcionou que este acertasse um bom passe, também sazonal, para a conclusão do Pimpão, entrou aos 38 minutos no lugar do L. Carvalho, que deu a vitória ao BOTAFOGO.
Jogo ruim e vitória que permite a chance de trabalhar com mais tranquilidade em busca de um melhor jogo.
É preciso que os setores não joguem tão espaçados, que se aproximem e que sem a bola exerçam uma marcação mais contundente.
Para terminar, nada de futebol moderno para o Brenner, se não tocar na bola e fizer um gol por jogo, estará exercendo muitíssimo bem a sua função; a outra situação é que o Marcelo baiano não pode ser titular do BOTAFOGO, muito ruim; por último, façam um DVD e arrumem um clube para o Gilson.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, o problema é a gente esperar algumas coisas que, sabemos, o elenco é incapaz de dar, devido a limitação técnica. Aliás, se serviu de alerta, este foi de que talvez consigamos formar um time titular competitivo, mas quando é preciso usar peças de reposição, Deus nos acuda.
Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Eu nem sei o qie pensar... vou dar um desconto pelo fato do time ter conquistado um título e viajado em.seguida.
Mas, as limitações do elenco são gritantes e assustadoras. Tudo pode acontecer este ano.

Anônimo disse...

Se o Gilson e jogador, eu sou o batman! Esse cara é uma piada. Outra coisa, depois vcs olhem a cara dele depois do gol do Carli?! Olhando com cara de quem fez muito. E outra, ele até acertou o cruzamento. Mas um cara que chega caindo pra cruzar, já dizia meu avô "não presta".

André

Marcio disse...

Sim, Rodrigo, mas eu acho que tem como o Time ser menos estático, não dá para tocar a bola e torcer.
Como dizia o Gentil Cardoso, "Quem se desloca recebe, quem pede tem preferência"; é mais ou menos por aí.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Abel, sim, mesmo com o titulo, não podemos nos iludir.

Ahhaha. André, o cara é muito ruim. E um clube da grandeza do Botafogo vai e ainda renova o seu contrato. Alguém consegue explicar?

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Marcio. Mas além de limitação técnica, coloco inteligência tática de vários deles em cheque também.
Abs e SA!!!

Leonardo Valadao disse...

Rodrigo, discordo do Ezequiel,o AV foi até muito paciente com o garoto...esse ano so fez merda,nada de produtivo,deixa ele um pouco na geladeira para refletir...a situação do AV também é dose, já nao tinha Leandrinho, e perde JP, Moisés,LF,Renatinho ..fica difícil com um elenco medíocre como esse do Botafogo... Com esse time em campo que terminou o jogo fica difícil exigir futebol bonito e organizado... ganhamos fora, está bom demais.Quando o AV estiver com o elenco completo vamos cobrar um futebol melhor se possível com esse elenco .

turco e Doido disse...

Professor Louquinho cheirou criptonita, virou professor pardal e pariu o Matheus Fernandes! Porque eles sempre inventam?

Rodrigo Federman disse...

Leonardo, só fez merda como a grande maioria. Por que só ele merece a geladeira? São essas coisas que não entendo.

Turco, não entendi. Para mim, o MF deveria ser titular indiscutível nesse meio de campo. Principalmente quando comparado com Marcelo e Lindoso.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo.

Cheguei da rua quando faltavam cerca de minutos para o término do jogo. Verifiquei que estava 1 a 1 quando do nada aparece o "Caneludo Embusteiro" discutindo com o juiz. Fiquei apavorado e pensei, só falta o gol deles ter ser desse caneludo. rsrsrsrs.

Patinhas.

Anônimo disse...

VEJA COMO O FUTEBOL É INCRÍVEL.(COMENTÁRIO DO MACAU NO BLOG CANAL BOTAFOGO)

Melhor em campo: Gilson

Como jogaram:

Gatito (6) pouco apareceu. Não teve culpa no gol.
Macinho (5) Teve problema pra marcar e dificuldade no passe ofensivamente. Brigou com Leandro Carvalho pra ver quem era mais fominha.Perdeu
Carli e Rabello (7,7) Zaga segura, sem ter muito trabalho.
Gilson (7,5) Fraco na marcação, muito bom ofensivamente. Fez bons cruzamentos na área do audax, especialmente o do gol da vitória. Precisa ter uma cobertura pelo seu setor.
Marcelo (2) Muito ruim. Apanhou da bola. Precisamos de um bom volante.
Lindoso (7) Bom na ligação do jogo, fez ótimo passe pro Gilson no segundo gol.
Valencia (1) Não pode jogar. É lento, ruim de bola e marca pouco. Enfim, já deu né?
Leandro Carvalho (6) Não teve mau desempenho, mas precisa saber que não joga sozinho. Foi substituído por Pimpão (7) que mostrou oportunismo e boa movimentação no gol da vitória.
Renatinho (sem nota) Lesionou-se no primeiro lance. Matheus Fernandes (3) entrou e piorou o time. Marcos Vinícius (5) entrou no lugar de Matheus Fernandes e deu mais força ofensiva.
Brenner (4) Esforçado. Até o gol que marcou foi uma correção de um erro, uma cabeçada mal feita quando estava diante do goleiro.

Valentim (5) Errou ao colocar Matheus Fernandes em campo no lugar de Renatinho. Mas mostrou que sabe corrigir o erro. Viu que jogar com três volantes não dá certo.


TIQUINHO

Rodrigo Federman disse...

Hahaha. Patinhas, eu juro que pensei que hoje você acompanharia até mesmo o pré-jogo por causa dele. Rs

Pois é, Tiquinho. Eu vi, respeito, mas discordo muito das avaliações que ele fez.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo e turma.
As melhores perspectivas do Botafogo, em termos de jogadores são, pela ordem posicional, Gatito, Carli, Rabelo, Moises, JP, Renatinho e LF. Com esperança de um golzinho ou outro do Brenner. Pro Brasileiro ficamos sem 4 desses, sabe-se lá por quanto tempo. Então, entendo que a situação ficou alarmante. Creio que, pra início de conversa, com os desfalques citados, somos um dos mais sérios candidatos ao rebaixamento. O campeonato carioca não me fez cócegas. A produção ridícula em quase todas as partidas e a ruindade (mais do que mediocridade) de 80% do plantel é assustadora (faz muito que não vejo um plantel tão deficiente). Com essas peças, a opção é "fechar a casinha" e jogar por uma bola (escanteio ou bola parada). Se não fizer isso, contra o Palmeiras já começaremos no Z4 pelo saldo.
Saudações assustadas.
Paulo de POA

VinnyMarques disse...

Não tem como um time passar impune com Gilson, Marcelo Baiano e Leandro Carvalho na escalação. Ai ainda entram Marcos Vinícius e Pimpão. Demos sorte... nosso técnico errou na escalação, na substituição e corrigiu nas ultimas mexidas.
Mas vimos que não temos elenco... Oremos.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, talvez eu só mudasse algumas ordens. Mas concordo contigo.

Verdade, Vinny.

Abs e SA!!!

Uendel disse...

Podem gostar do Matheus, mas que ontem ele não jogou NADA e foi o pior dos 3 volantes é fato. Incrível como defendem o rapaz. Sei que é prata da casa mas paciência tem limite. Se esconde mais q o Lindoso, erra passes simples, passe em profundidade então nunca vi (e criticamos tanto o Lindoso), finalização a gol nunca vi, aliás, vi uma ontem pela primeira vez, e horrorosa!
Se Valentim teve algum erro ontem foi optar por ele na primeira mexida, mas como disseram acima, com Marcos sono Vinicius em campo seria jogar com menos um.

Anônimo disse...

Sou Botafogo não nego que gosto de ver meu time ganhar mas essa vitória de ontem eu não citaria a melhora do Botafogo mas sim a piora do adversário com a saída de Sergi Santos entrada de Loco o time adversário jogou com menos um e os outros que entraram não deram o mesmo rendimento ao Audax gosto de ser realista gosto que meu time ganhe mas esse time do Botafogo ainda não é de confiança e tem que trabalhar e melhorar muito para que alcance pelos menos 45 pontos para não cair qualquer time pequeno no Brasileirão não perderia esse jogo. Abraços Serjão Macaé RJ

Rodrigo Federman disse...

Uendel, quem jogou bem ontem? E desculpe, respeito, mas discordo de toda a sua avaliação sobre os três volantes ontem e do MF de esconder mais do que Lindoso. Impossível.

É, Serjão. Não podemos desconsiderar o péssimo nível do adversário. Muito fraco mesmo.

Abs e SA!!!

jorgeFS disse...

Pelo tamanho das notas nota-se que o jogo foi uma caca, e foi!
Só uma coisa a observar no gol da vitória, os três mais fracos jogadores da partida criaram a jogada até a conclusão em gol.
O sobrenatural de Almeida baixou, felizmente para uma noite de sono reparador, pois já estava com uma dor de cabeça da p......

Rodrigo Federman disse...

Jorge, e foi mesmo. Jogo muito fraco. Ruim a beça.
Abs e SA!!!

Yasser Carmo disse...

Ouvindo o jogo pelo radinho, fiquei muito impaciente. Logo vieram as lembranças do antigo treineiro JV. Os jogos passados não estão de jeito nenhum servindo de experiência para os próximos jogos, o time, como em alguns jogos de 2017, sofre de mais, não consegue matar o jogo nos minutos iniciais. Contra o CRV gol aos 49, ontem aos 45. Imagino a cabeça do Carli, com pensamentos "-Eu tenho que ir lá na frente resolver essa parada."
Não dá pra imaginar que essa diretoria pensa em colher frutos com jogadores como Gilson e Marcelo Baiano.
BRF e Palmeiras na segundona brava, em casa. Importantíssimo ter cautela, mas não dá mais para fazer experiências malucas. O AV conhece um pouco de nosso próximo rival, e no mínimo, sendo bem realista, acredito que tem o objetivo de sair com o empate. Hoje nosso Fogão não traz a confiança que merecemos, e a primeira meta, com esse time, é se manter longe do Z4 neste primeiro turno, depois, veremos o que conseguimos beliscar.

Alguém sabe que destino teve o craque Vinícius Tanque? Ele voltou e já deu linha, ou teremos mais alguma surpresa.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Yasser, menos mal pelo rádio, pois não precisou ver. Sobre o Tanque, acho que voltou mas duvido que alguém se interesse tão cedo. Rs
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Também achei o jogo horroroso! Esse Gilson e o Marcelo Baiano são realmente 2 lástimas. Não dá pra entender a ausência do Bochecha no time: nada é pior que o Marcelo. O Valentim tem seus méritos, mas vendo todos os técnicos do Brasil tenho e certeza absoluta que não escalam os melhores, escalam os que melhor se relacionam com eles, o famoso network com o chefe. Esse Valencia é dose! Quando verificamos que o time está sem João Paulo, Moisés, Renatinho e Luis Fernando (esse último ainda acho que vai vingar), a coisa fica muito feia. São 4 titulares indiscutíveis. Depender de Valência e Marcos Vinicius para criação e de Lindoso e Marcelo baiano para começar as jogadas faz com que a nossa única jogada seja chutão pra dentro da área adversária para encontrar a cabeça do Brenner ou quem sabe uma canelada do Carli.

Marcio disse...

E terão de pagar os salários do V. Tanque até abril de 2020...
E isso porque não tem dinheiro disponível.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Paulo, fecho muito contigo. Só não tenho a certeza de que o LF hoje é titular indiscutível. Ainda está muito inconstante.

Marcio, planejamento!

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sobre notas para jogadores, penso que devem ser dadas considerando a posição exercida dentro de campo; e nesse contexto, julgo diferentes, por exemplo, as posições de goleiro e centroavante.
Se um goleiro tem uma defesa sólida que permite pouquíssimos chutes a sua meta e sofre um gol em uma bola "defensável", deve, a meu ver, levar uma nota menor do que um goleiro que joga em um time com zaga ruim, bombardeado por 90 minutos e que leva um gol em uma bola também defensável.
Assim é o centroavante, uma coisa é dar nota para quem recebe pouquíssimas bolas em condições de finalização e faz um gol e outra é dar nota para quem recebe várias oportunidades e aproveita somente uma.
E a zaga? No meu entendimento, zaga boa é zaga bem protegida, já que em pouquíssimos casos teremos um zagueiro com capacidade técnica suficiente para encarar individualmente um atacante, que tem todas as vantagens na jogada. Deste modo, como avaliar uma zaga e desconsiderar o trabalho do volante na proteção?
No BOTAFOGO de agora, amanhã eu não sei, o Brenner tem executado muito bem o seu papel, colocar a bola no fundo da rede; são quatro gols nos últimos sete jogos, três contra o Vasco, clássico, e um contra o Audax Italiano.
Como diria o Dadá Maravilha, "Não existe gol feio, feio é perder gol"; assim, não posso admitir que receba uma nota menor do que cinco, tendo feito um gol e jogando com um meio campo que todos reclamamos ser pouco criativo.
Ele não vai pegar a bola driblar três e mais o goleiro e fazer o gol, não é a dele... E isso não significa que eu ache o seu futebol uma maravilha, apenas reconheço que hoje cumpre o papel do camisa nove.
O gol marcado ontem pelo Brenner, quando errou o cabeceio e depois consertou tudo, vale o mesmo do que aquele de bicicleta do CR7.
De modo geral, no BOTAFOGO, o goleiro, a zaga e o Brenner, têm cumprido bem as obrigações primeiras.
SA!!!
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Concordo plenamente contigo, Marcio. E não sou nada fã do Brenner, mas justiça seja feita, ele marca um gol a cada três partidas. Para o padrão atual do futebol brasileiro, aceitável.
Abs e SA!!!