sábado, 19 de maio de 2018

Insanidade




A torcida botafoguense ficou feliz com a presença do Moisés no banco de reservas contra o ECTD. É sinal de que está liberado pelo DM e pode novamente ser escalado.

Mas pelas palavras do técnico Alberto Valentim na entrevista coletiva de ontem, o lateral pode ter perdido de vez a titularidade por causa do período afastado:

"- Tenho que ser transparente com eles. Moisés vinha em um grande momento, mas o Gilson correspondeu. Tenho que pensar jogo a jogo e ver quem estará melhor fisicamente, como o adversário joga".

Espero que tenha sido um discurso da boca para fora e sem qualquer possibilidade de acontecer.

Gilson continuar na lateral esquerdo com o Moisés liberado é querer prejudicar o próprio Botafogo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

27 comentários:

Marcio disse...

Não sou daqueles que acreditam que um jogador que sai por motivos de contusão deve, obrigatoriamente, ser titular ao retornar; só que no caso em debate, o Moisés se mostrou infinitamente superior ao Gilson.
Não custa lembrar que embora tenha feito um belo gol frente ao Grêmio, o Gilson levou um baile no jogo frente ao Fluminense... E a possibilidade de utilizar a desculpa do Kieza não "acompanhar" na marcação e por isso o lateral foi mal, não me convence. Quem tem a obrigação de marcar, Gilson ou Kieza?
Ele sempre marcou mal, mesmo quando o verdadeiro auxiliar de lateral, Pimpão, estava jogando pelo lado esquerdo.
E mais uma coisa, o Valentim diz que tem de pensar jogo a jogo, ver quem está melhor fisicamente, como o adversário joga... Se o Moisés não tivesse se contundido ele iria basear a escalação ou não na forma do adversário jogar?
E, sinceramente, não sei se é um discurso para o mercado externo, já que o próprio Gilson já disse estar vivendo a melhor fase...
O perigo de ter jogador ruim no elenco é que em algum momento ele jogará e até poderá se tornar titular.
SA!!!

Marcos Antonio Oliveira disse...

Bom dia Rodrigo, também acho absurdo a ausência do Moisés no time titular. Se o Moisés está bem fisicamente, ele está a anos luz à frente do Gilson é deveria iniciar o jogo. Penso que ele tem muito mais potencial que o esforçado, mas limitado Gilso que o Moisés não suporte os 90 minutos.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, no caso do Gilson, nem deveria ser assunto a discutir. Espero que seja um blefe do AV.

É isso aí, Marcos.

Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Hoje é o mundo do politicamente correto.... todo mundo se ofende com qualquer coisa... é a geração mi-mi-mi.
O que ele diz pode ser real ou pode ser mais um chavão para não machucar "pobres corações indefesos".
Eu estou farto de ouvir essas entrevistas, sei que ele faz o papel dele (ganha para isso), mas eu tenho o direito de não suportar.
E a saída dos poucos valores que temos será trágico... não duvido até que, se o o time ganhar 3 jogos seguidos, o próprio Valentim vá embora.

Eziel Junior disse...

Acho que todos nós concordamos que gilson não pode ser titular neste time. Moises com uma perna e anos luz melhor que esse medíocre. Pensando cono técnico acho que ele deve ter falado isso pra blindar o jogador e ter um clima bom no vestiario, pois sacar o cara que teoricamente vem sendo regular é complicado... Mais Valentim tem que pensar no que é melhor pro time e melhor pro time e Moisés titular.

Eziel Junior disse...

Rabelo esta quase sendo vendido... Será que vinga a dupla Carli e Marcelo? Levou tanto tempo pra encontra uma dupla de zaga consistente... Me preocupa a saída do general.

Anônimo disse...

Bom dia Rodrigo. Uma péssima mania desses treinadores da nova geração é justamente essa Um titular sai machucado, porém quando volta da contusão não recupera imediatamente sua vaga no time. Só volta depois que o novo titular ou se machuca ou faz uma cagada mt grande. Foi assim com o JV, agora com o AV, o Zé Ricardo do Vasco tem as mesmas teimosias tb. Quem sofre claro é a torcida, já que precisa ver seu time passar a jogar mal pra poder ver acontecer as mudanças óbvias no time titular.
Sds,
Mário

Tiago Almeida disse...

Rodrigo fugindo um pouco desse assunto esses dias foi o aniversário do Newton Santos e eu não vi ninguém da imprensa esportiva se quer fazer uma homenagem nem lembraram, uma falta de respeito com quem ajudou a construir a história do futebol brasileiro

Celso Ricardo disse...

O Botafogo é um Clube sem comando.

Ivan disse...

Fiquei preocupado com a fala do Valentim. Tomara que ele nao tenha a intenção de manter o Gilson. Moisés é muito mais jogador. Fora que corre muito.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Abel.

Eziel, o Moisés é melhor que o Gilson até sem as duas pernas. Rs

Mário, é a babaquice de ter o "grupo nas mãos".

Tiago, no twitter teve muitas lembranças.

Pois é, Celso.

Tomara mesmo, Ivan.

Abs e SA!!!

jorgeFS disse...

E ainda diziam que a anta era outra pessoa! Será que vai repetir o Carli? Que só retornou por livre e espontânea pressão?

Rodrigo Federman disse...

Não entendi, Jorge.
Abs e SA!!!

jorgeFS disse...

Deixo o Carli no banco até a torcida se posicionar contra, será que esta pensando fazer o mesmo com o Moisés? Não há como comparar Moisés cpm o Gilson, se optar por Gilson tem alguma coisa que só o AV enxerga.

Sergio Di Sabbato disse...

A única coisa que o Gílson fez de bom no tempo em que esteve em campo foi aquele gol contra o Grêmio. Teve também o o cruzamento para o gol do Pimpão contra o poderoso Audax, no mais, marca mal e a saída de jogo é péssima. E esse papo de que tomou um baile contra o ectd foi porque o Kieza não ajudou na marcação é papo prá boi dormir. Se contar o número de erros de marcação do Gílson, e ano passado foram muitos, veremos que ele é muito fraco. É só lembrar contra o próprio Audax que atacou pelo seu lado e dali saiu o cruzamento para o gol deles, e por ali eles deitaram e rolaram. Nada justifica a efetivação dele. Absurda essa barração do Moisés. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Jorge, ou forças maiores.

Fecho total contigo, Sérgio.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

O grande problema é que a diretoria poderá se "contentar" em fechar o ano no azul, com a venda de algum jogador, nem cogitam, talvez, a possibilidade que um título da Sul-Americana poderá render aos cofres, como me dei ao trabalho de fazer e sem ser remunerado para tal.

E se o Rabello de fato for vendido, não saberemos como o Marcelo renderá; isso caso seja o escolhido, já que podem resolver contratar um experiente da série z-35 do paulista...
E não podemos nos esquecer que jamais testaram de maneira efetiva o Marcelo pelo lado direito da zaga; não sei o que se passa na cabeça daqueles que comandam o futebol do BOTAFOGO, pois é melhor testar alguém em uma outra posição quando se tem um "especialista", do que tomar tal iniciativa sem que se possa errar.

E sobre o Nilton Santos, não vou debater a força das mídias sociais, mas não lembro de ter visto um único comentarista fazer alguma referência ao ENCICLOPÉDIA nesses canais de esportes.
E se hoje muitos têm a oportunidade de ser bem remunerado para falar sobre futebol, agradeçam ao NILTON SANTOS e outros tantos mais que escreveram a história do futebol nacional quando este não era rigorosamente nada.
E agora, ano de copa do mundo, chamam campeões recentes para falar sobre a disputa e as chances do Brasil e até quem jamais chegou em uma única final...
E há um jogador que está vivo e foi importantíssimo para o Brasil em 1962 e também está "esquecido"; Amarildo.
E quando lembram, o fazem como se as seleções fossem reuniões de pernas de pau e tivessem somente o Pelé; isso é simplesmente inadmissível.
Por enquanto, quando se trata de BOTAFOGO, sigo assistindo aos jogos com o volume zerado.
SA!!!


Rodrigo Federman disse...

Marcio, pior que chegamos a essa urgência de vender jogadores também pela vergonhosa eliminação na CB, né? Simplesmente abriram mão da competição que melhor paga os clubes.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, devem tratar a eliminação como acidente.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Não tenho dúvida disso, Marcio.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sobre a possibilidade da venda do Rabello, me chamou a atenção o seguinte:

"...Apesar de no portal de transparência do clube informar que o zagueiro pertence 100% ao Alvinegro, o GloboEsporte.com apurou que 40% de seus direitos econômicos estão divididos entre a família e o empresário, Anselmo Paiva...."

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/botafogo-recebe-oferta-de-r-25-milhoes-do-futebol-da-russia-e-igor-rabello-deve-sair.ghtml

Como assim 40% pertencem ao empresário/familia do jogador e no Portal de transparência diz que tem 100%?
Considerando que a fifa proíbe a participação de terceiros nos direitos econômicos do de jogador, fica muito estranha essa situação.
Qual a verdade?
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, bota estranho nisso. Informações que não batem. E para variar, jamais saberemos a verdade.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Marcio,meu nobre, considerando que o Botafogo é "administrado" pelos mesmos que há mais de 30 anos esvaziam os cofres do Clube,nada me surpreende.

Rodrigo Federman disse...

A mim também não, Celso.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

E parece que não darão explicação alguma sobre o que foi publicado.
Quem pede ao Torcedor para colaborar não pode permitir que existam dúvidas sobre as coisas do CLUBE.
Infelizmente os dirigentes apenas querem do Torcedor o apoio incondicional.
SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO e CELSO,vocês estão cobertos de razão,30 anos jogados fora em todos o aspectos,não só no futebol.
Atualmente apenas vejo as partidas e comento um pouco,pois sobre as internas,compra,venda,etc,caso fale o que sei periga um FDP desses tentar me processar por calúnia,infâmia,etc.Vejo muitos que não trabalham ficarem milionários da noite para o dia apenas se dedicando ao clube que amam,rsrsrsrs.É MUITA CARA DE PAU.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, até porque, é um portal da transparência.

Jota, é isso mesmo.

Abs e SA!!!