sexta-feira, 25 de maio de 2018

Que demora!




Pergunta do dia: Passados quase trinta dias do planejamento inicial (ter estreado contra o Grêmio), o Aguirre ainda não tem condições de iniciar uma partida entre os titulares do Botafogo?

Ou vai continuar entrando sempre faltando 20 ou 25 minutos da segunda etapa?

O tempo está passando, Botafogo...


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

15 comentários:

Marcio disse...

Depois que o resultado estiver desfavorável, coloca-se o uruguaio em campo para que reverta a situação; como se ele fosse um quase Messi ou CR7.
Sou sempre favorável iniciar o jogo com a melhor Equipe, até porque o Aguirre não é um novato para não saber dosar a energia e jogar, digamos, somente na boa.
Todavia, o pensamento de colocá-lo somente 20, 25 minutos deve ser pelo fato de ter de marcar o lateral, acompanhar o volante, essas coisas desse futebol moderno.
Se está liberado, não pode ser crível não poder ficar em campo por 45 minutos; o fato é que até o momento a contratação do Aguirre não significou rigorosamente nada para o BOTAFOGO, apenas está sendo mais uma contratação.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, e outra: Um mês não é tempo suficiente para melhorar condicionamento físico?
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Eles não explicam e também ninguém cobra.Parece que o Botafogo está com o melhor ataque da competição.Já vi não mudar o que está bom mas não tentar mudar o que está péssimo, primeira vez.

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, os caras fazem o maior esforço para trazer o jogador e agora ficam extremamente pacientes para ir entrando aos poucos, sem pressa alguma. Devem estar satisfeitos com Brenner, Kieza, Pimpão, Valencia, LF, Ezequiel, Pachu e Renatinho...
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Da série perguntinhas retóricas: alguém sabe dizer alguma coisa sobre a contratação de impacto endossada pelo Montenegro há alguns meses? Ou ele estava se referindo mesmo ao Aguirre? Se for assim, podiam me contratar também. Se for para não entrar em campo e ficar encostado sabe-se lá em qual canto, eu sei fazer isso muito bem, e pela metade do salário que estão pagando ao Uruguaio. Mas a pergunta retórica persiste: era mesmo o Aguirre?
Levi

Rodrigo Federman disse...

Hahaha. Levi, eu continuo certo de que era mais uma bravata, falácia vinda dele. Mas se hoje alguém o confrontar, ele certamente dirá que foi o Aguirre, com certeza.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

E o Valentim confirmou a escalação do Yago.
Ou seja, o Marcelo que foi titular absoluto do mesmo Valentim não faz muito tempo pode estar se transformando no terceiro reserva da zaga, já que o Yago, segundo dizem, joga nos dois lados da defesa.
Não custa lembrar que o Yago ficará no BOTAFOGO até dezembro de 2018; claro que a necessidade imediata é o próximo jogo, mas quando chegar a temporada 2019, os responsáveis pelo futebol do BOTAFOGO dirão que estão procurando um zagueiro porque o Marcelo é "inexperiente".
Os casos dos goleiros Helton Leite e Saulo e do lateral Diego me fazem pensar deste modo.
E que o Yago faça um grande jogo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, incoerência demais. Mas falarei sobre a coletiva do Valentim no post de amanhã, pois senão ficamos sem assuntos por aqui. Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

O volante Caio Alexandre, sub-20, foi convidado e participou do treinamento da seleção da cbf...
O fato é que não importa se foi lá em Teresópolis para treinar e sim que me pareceu um bom jogador, quando no confronto com o Corinthians pela semifinal da Copa do Brasil sub-20.


Mufarrej sobre propostas pelo Igor Rabello:

" A proposta veio, mas não ainda confirmada. Evidentemente o Igor é um ativo que hoje não só a Rússia, mas toda a Europa está de olho, como também em outros jogadores nossos. A comissão técnica, o vice de futebol e o Anderson Barros estão monitorando bem isso. Quando tiver uma proposta que realmente interesse ao Botafogo e ao jogador é que ela será concretizada. Vamos aguardar, não há nada efetivo, mas existe hoje uma procura interessante da Europa. Isso demonstra que temos que investir muito na base, o que estamos fazendo."

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/mufarrej-ve-acerto-perto-com-carli-ate-semana-que-vem-teremos-a-renovacao.ghtml

Ou seja, está desesperado para que chegue a proposta;
E pensei que o investimento na base fosse para fornecer jogadores para o Time principal. Obviamente que é dificil segurar um jogador que se destaque, mas, repito, o foco deveria fornecer jogadores para a Equipe principal e conquistar títulos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Marcio. Vai aceitar qualquer oferta.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Uma coisa começa a ficar evidente: não é o AV o único a escalar o time. Tem influência externa. A outra é que,para a diretoria,o Botafogo é um balcão de negócios,uma OLX,um Mercado Livre. Título de expressão? Pra que???

Rodrigo Federman disse...

Celso, é verdade.
Abs e SA!!!

LEVI PEREIRA disse...

O Celso foi ao ponto. O treinador do Botafogo não dispõe de autonomia para escalar o time. E o Márcio lembrou bem, como que a corroborar ardrede o que o Celso disse: não faz horas em que o Marcelo era titular absoluto do AV. Foi por isso, e quase que exclusivamente por isso que optei, num comentário anterior, pelo Marcelo em vez do tal de Yago no lugar do Carli, como que apoiar a coerência do treinador, que manteve a opção pelo Marcelo no lugar do Carli (aquele que, praticamente, deu o título do estadual ao Botafogo). O que houve com a coerência do Valentim, que, de inopino, resolveu escalar Yago fulano de tal?

LEVI PEREIRA disse...

Trata-se de mais uma perguntinha da série retórica .

Rodrigo Federman disse...

Levi, a coerência (se é que existiu algum dia) picou a mula, deu linha...
Abs e SA!!!