domingo, 30 de setembro de 2018

Dois tempos bem distintos


















Aconteceu o que já era esperado: Contra adversários tecnicamente mais fortes, o Botafogo tem poucas chances de vencer. Para isso acontecer, precisa marcar gols e fazer de tudo para não levar de maneira boba. E hoje, contra o São Paulo, o 2 a 2 acabou saindo como dos males, o menor.

Para a questão de tabela - e por jogar no Nilton Santos -, era imprescindível que o GLORIOSO conquistasse os 3 pontos. Mas mesmo em um momento de pequena instabilidade no campeonato, o tricolor paulista tem muito mais time e briga lá na parte de cima. E assim continuará.

Já o Botafogo, continua - ainda respirando por aparelhos - a sua luta para permanência um pouco afastado do Z4.

Para nos livrarmos de vez, precisamos somar 13 pontos nas próximas rodadas. Não é fácil, mas também não está impossível. O problema é a inconstância, limitação do elenco e o futebol ruim que insiste em apresentar. 

Na tarde deste domingo, um primeiro tempo aceitável, mas uma segunda etapa catastrófica. Péssima mesmo! Tudo por conta da simples saída daquele que hoje é o nosso melhor jogador: Jean.

Ah, e para variar, vale lembrar e reforçar que o "açougue médico" botafoguense continua tirando pontos do próprio clube, afinal, outra vez tivemos falha do Saulo. Tudo bem, fez um milagre no final, mas o segundo gol são paulino foi após um erro. Vivemos aquela maldita sina de começarmos os jogos com preocupação redobrada pela falta de goleiros confiáveis enquanto não existe qualquer notícia sobre as voltas do Gatito e/ou Jefferson.

Agora, com ou sem Saulo, voltamos as atenções para a Sul-Americana. Na próxima quarta-feira precisamos vencer o Bahia para passar de fase. 

Ok, os baianos não são tão fortes quanto os paulistas, mas se o Botafogo atuar mal como no segundo tempo de hoje, não leva.

Fragilidade técnica a parte, não consigo admitir erros de fundamentos básicos de quem é profissional que vive única e exclusivamente do futebol. E nem mesmo cansaço físico e corpo mole. E hoje, repito, foi de doer.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 2 São Paulo

1- Saulo: Um milagre e uma falha. Não inspira a menor confiança - 4,5

2- Marcinho: Discreto demais. Pouco subiu - 4,5

3- Carli: Não esteve nos seus melhores dias - 4,5

4- Rabello: Um pouco mais calmo - 5,0

5- Rodrigo Lindoso: Sequer foi notado em campo. Burocrático ao extremo - 4,5

6- Moisés: Continua mal a beça. Uma falha crucial por jogo - 4,0

7- Erik: Não repetiu suas melhores partidas. Ainda assim, era a única válvula de escape. Em minha opinião, mal substituído - 4,5

8- Jean: De longe, quem mais se entrega em campo e merece aplausos . Pena que se machucou- 6,0

9- Kieza: Um bonito gol. Hoje, até que incomodou mais os zagueiros adversários - 5,0

10- Luiz Fernando: Apagadíssimo - 4,0

11- Bochecha: Iniciou discreto e terminou do mesmo jeito - 4,5

12- Matheus Fernandes: Está precisando de alguém dando esporro e cobrando energia - 4,5

13- Rodrigo Pimpão: Nada acrescentou - 4,5

14- Brenner: Se enrolou todo com a bola - 4,0

Zé Ricardo: Demorou demais para mexer. E mexeu mal - 4,5

38 comentários:

Anônimo disse...

Rodrigo.

Só um reparo nos seus comentários.

Lindoso não foi notado em campo. Como assim ? E aquela furada cinematográfica, não o fez ser notado ?

Outra coisa, eu tenho uma baita raiva do Kieza, mas quando ele sai e entra o Brenner a ai eu ficou perdido de vez.

Patinhas.

Sergio disse...

A saída do Jean foi crucial para a queda do time, que a partir da sua saída o time perdeu o meio campo e abdicou de jogar, em grande parte pela incrível limitação dos jogadores. Muito mal o MF e Moisés, que fez um falta desnecessária que resultou no gol de empate em falha dupla do Saulo: armou mal a barreira e falhou na defesa do chute. Menos mal que fez 2 milagres no final. De qualquer modo o empate não foi de todo ruim, pois o SP é mais time e o Botafogo é muito limitado, mas pelo menos lutou. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Hahhaa! Patinhas, bem lembrado. Cara a cara com o gol, né? Serviu para lembrar que eu não estava xingando esse embuste como de prática!
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, o Jean hoje é imprescindível, quem diria. É o único jogador que joga sério e sem corpo mole.
Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Parece que o time não acredita que pode fazer dois tempos iguais ou não tem pernas para o segundo tempo.

Temos agora uma sequência nada fácil...
Vasco – Um jogo imprevisível
Ceará (fora) – Jogo complicado
Bahia (casa) – Jogo com obrigação de ganhar
Atlético-PR (fora) – Jogo muito complicado
Temos que continuar a torcer contra a turma que está abaixo de nós.

Anônimo disse...

O que aconteceu com Aguirre? Da maior contratação a reserva do horroroso Brenner. Não consigo entender. Não gosto do Kieza, mas hoje ele (Depois do Jean) foi o melhor da equipe. Abraço Renato

Rodrigo Federman disse...

Abel, falta, além de futebol, pernas. Impressionante como o Botafogo é mal preparado fisicamente.

Renato, o Aguirre não mostrou nada até agora. Isso é fato, mas ser reserva do reserva desse time realmente é caso de polícia (me referindo aqueles que o contrataram).

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Era jogo para vencer e deveria ter vencido com os dois gols que fez; o problema é o péssimo sistema defensivo, que já sofreu 38 gols em 27 jogos, média de 1,40 gol/jpgo. Não é pouco!
E o BOTAFOGO está ignorando essa triste realidade.
Além disso, faltou também um pouco mais de desejo pela vitória após o segundo gol, o Time pareceu querer cozinhar o jogo, esquecendo-se que não tem essa capacidade.
E essa falta de desejo, ímpeto no jogo, também ocorreu nas bolas divididas, onde perdemos a maioria; está comprovado que o Jean é imprescindível ao meio campo no quie diz respeito à marcação... Formá-lo com Lindoso, Bochecha e M. Fernandez é um convite à tragédia, já que são todos arames lisos.
Na parte individual, observei o Kieza mais participativo, Moisés em péssimo momento (não duvido que essa seja a sua realidade futebolistica) e o Luis Fernando que é uma grande enganação e deveria ter sido substituido ainda no intervalo.
E o Zé Ricardo hoje foi infeliz quando sacou do jogo o Erik deixou em campo o L Fernando.
É preciso melhorar o sistema defensivo e não permitir entrar no momento de tar de ganhar todos os jogos.
SA!!!

Lorismario disse...

Sem goleiro é foda.Cada jogo uma falha.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, você disse tudo. Concordo integralmente.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Loris.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Não vi o jogo.
Empate em casa, contra quem quer que seja, ficando duas vezes à frente no placar, para mim, não passa de uma derrota com redução de danos, posto que ganha, pelo menos, um ponto. Faltam, sei lá, uns 12/14 pontos para atingir o objetivo de não ser rebaixado.
Fosse nos anos 50/60, entraríamos em campo para ganhar do adversário de hoje, sem que isso fosse objeto de considerações nada mais do que corriqueiras. Mas o nosso objetivo, nos últimos anos, é fazer a estreia no campeonato brasileiro já pensando nos tais 45/47 pontos.
Cheguei há pouco. Vou dar uma espiada nos tais melhores momentos.
Assumindo o sentimento da diretoria de que devemos alcançar os pontos necessários ao não rebaixamento, torço, pra valer, para que siga em frente na Sulamericana e vamos ver o que o futuro nos reserva...
E que venha o Bahia.
Diretor fosse eu, tentaria obter, para NÃO DEIXAR DÚVIDAS, MAIS 17 (DEZESSETE), NÃO MAIS DO QUE 17 (DEZESSETE), MAS DEZESSETE PONTOS MESMO. SÉRIO!, MAIS UNS DEZESSETE (17) E NÃO MAIS DO QUE 17 (DEZESSETE PONTOS)...
Levi

J. Daniel disse...

O botafogo ficou no quase, mais uma vez, graças a péssima atuação do peladeiro Moisés e a insegurança do Saulo, que acabou garantindo o empate no final. A saída do Jean, machucado, desmantelou a proteção da zaga, que nenhum outro faz tão bem, quanto ele. Com a volta do Gatito, e a recuperação do Jean, espero que não seja longa, o time pode afastar de vez o fantasma do rebaixamento. Saudações Alvinegras!!!

Anônimo disse...

Ricardo
E o Zé Ricardo falar que o Botafogo não piorou no segundo tempo mas o São Paulo que melhorou e dose pra mamute.
E o João Paulo ? Em qualquer outro clube já estaria jogando.
Alguém consegue calcular quanto já gastaram com jogadores encostados pelo DM ?

Anônimo disse...

Sem goleiro é foda, concordo, mas o Saulo evitou a derrota.
Foi pênalti em cima do Rabello. Estou me valendo dos highlights, pois não vi o jogo.Quem lê os meus palpites sabem que não costumo aliviar as derrotas do Botafogo, mesmo com dúvidas em relação às arbitragens, ainda que em nosso desfavor, mas , repito, foi pênalti no Igor Rabello.
Levi.

Rodrigo Federman disse...

Levi, pior é vir com gols de bobeiras ou falhas. Isso que mais incomoda. Sobre o lance no Rabello, pênalti, sem dúvida.

J.Daniel, o lance é: quando teremos tudo isso junto?

Ricardo, pioramos...e muito.

Abs e SA!!!

J PRATTI disse...

O futebol engana quem é cego será que alguém se iludiu com aquela defesa do peneira Saulo na segunda o cara chutou em cima .
Volta jeferson aposentado volta Gatito engesSado.
Sds.

Anônimo disse...

Jogo que eu assistir e observei que o Saulo falhou no segundo gool e fez 02 milagres no fim,Marcinho hoje até gostei e o Moisés é limitado e pensa que tem categoria e não joga o feijão com arroz.
Matheus Fernandes como finaliza mal,acho um jogador comum e o único jogador de pegada realmente é o Jean falando em Jean Rodrigo lembra aquele amigo torcedor vascaíno seu que criticou a contratação do Jean diga a ele que a melhor contratação até agora.
Erik não era para ter saído e sim o Luis Fernando.
Nosso meio campo não cria nada e acaba com os nossos esforçados atacantes, Kieza mesmo não sendo o centroavante do nossos sonhos é goleador e segundo Zé Ricardo pediu para sair mais o jogador para ter entrado seria o Aguirre nunca o Brener.
Que árbitro ruim a falta em Marcinho foi visível e ele inverteu, quase tomamos o terceiro gool e o primeiro gool deles, achei uma tremenda banheira do Diego Souza.
Com a entrada do Matheus Fernandes, perdemos completamente o meio campo e entre Matheus Fernandes,Lindoso e Bochecha, gosto muito do futebol do Bochecha e achei depois do Jean o melhor jogador do meio campo, esse sim, um jogador muito futuro; já o Matheus Fernandes não consigo enxergar tanta qualidade, que colocam.
Já o Lindoso é outro que não consigo enxergar o Gerson Canhotinha de ouro comentarista da rádio tupi achou o Lindoso o melhor jogador em campo será que o canhota assistiu outro jogo vir sim uma tremenda furada.

Mamá

Rodrigo Federman disse...

JPratti, desculpa a minha sinceridade, mas aí já é perseguição barata, chata e sem justificativa. O cara é fraco e falhou no segundo gol (concordo), mas as duas últimas defesas foram sensacionais e muito mérito do Saulo.

Mamá, não foi um amigo. Fui eu mesmo.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,não concordo com a constante perseguição ao SAULO e ao LINDOSO.
Daqui a pouco vão dizer que eles são homofóbicos,batem nas mulheres,odeiam gays,etc,rsrsrsrs.
O ridículo MOISÉS faz uma falta patética,o goleiro arruma a barreira e quando o cara bate,os dois da mesma saltam para o lado e o goleiro falha.É só ver na repetição.O LINDOSO fura em gol e por isso é péssimo,a boa partida não conta.O CARLI erra muito mais,falha nas bolas rasteiras,mas tem crédito,é raçudo,capitão,etc.
Realmente BEOCUTAS,mas como sou apenas torcedor,não entendo nada,prefiro concordar com alguns perebas como GERSON,EDMUNDO,ZINHO e JUNINHO PERNAMBUCANO,que acham o LINDOSO titular absoluto no atual elenco.Para alguns,eles realmente não devem entender nada de futebol.
Quanto ao goleiro,hoje pode ter sido enganado pelo erro da barreira,mas tudo bem consideremos falha,mas prefiro concordar com o grande FT,um dos melhores treinadores de goleiros,que o considera um jovem de futuro.
Assisto a todas as partidas,vejo melhores momentos,etc e não vi nenhum frango ou falha grotesca do jovem goleiro.Hoje,como em outras partidas,saiu MB do gol algumas vezes,o que o ídolo de alguns não sabe fazer.Tem muito a aprender ainda mas não consigo entender a perseguição implacável.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, eu concordo, desde que sejam justas ou apresentados argumentos. Também não acho que o fato de Juninho ou Gerson elogiarem Lindoso, têm mais peso do que quem critica sem nunca ter sido jogador. Eu mantenho minhas críticas ao burocrático Lindoso e insegurança extrema ao fraco Saulo.
Abs e SA!!!

Valter Grifo Grifo disse...

BOA NOITE ALVINEGROS ! NOTA 4,5 PRO NOSSO GOLEIRO ? HORRÍVEL ELE , AINDA TEM TORCEDOR QUE O DEFENDE , RESPEITO...MAS FICO COM MINHA OPINIÃO.... MÃO DE QUIABO SIM ..QUAL QUAL BOLA QUE CHUTAREM E NAN BATER NELE... É GOLLL .KIEZA MERECIA UMA NOTA MELHOR . SE FORMOS ATE O FINAL COM ESSES GOLEIROS...VAMOS PRO BURACO.....GATITO OU JEFFERSON COM O BRACB ENGESSADO É MELHOR...E VAMOS PARAR COM ESSE NEGÓCIO DE SÃO NOVOS , TEM FUTURO E NÃO VAMOS QUEIMA LOS ...LEVA PRA OUTRO TIME ENTAO....BOA NOITE...VALEU RODRIGO

LEVI PEREIRA disse...

O árbitro impediu a vitória - ou pelo menos um pênalti - em favor do Botafogo. O Saulo evitou a derrota. E, sim, ele pode melhorar. Pedir o Jefferson, a essa altura? Poupem-me! Garoto? Ele é muito bom, mas não entra mais em forma neste ano. Precisamos é de árbitros que não atrapalhem. Foi pênalti no Rabello, e o Saulo não tem nada a ver com isso. Cansei de entoar loas ao Jefferson aqui mesmo. Hoje, e ex-goleiro.Saulo se insere naquilo que chamo potencial bom goleiro. Se vier a cometer falhas grosseiras, meto o malho.

Anônimo disse...

Goleiro tem como função agarrar bolas difíceis. Não fosse assim, poderia colocar uma criança no gol. O Saulo é horrível. Não tem tempo de bola, não tem explosão, não tem reflexo, não sai debaixo da trave, enfim, confiança ZERO. Fico pensando como ficam as cabeças dos cabeças de bagre qdo imaginam uma bola na nossa área. Antes do jogo de hoje começar postei no tweet um pedido ao Saulo pra agarrar a primeira bola em direção ao nosso gol. Ele não deve ter lido meu tweet, como aliás, não agarra uma bola em direção ao gol. Os 2 gols, fosse um goleiro goleiro poderia ter feito a diferença. No 2° gol poderia ter saído dando soco na bola pro lado, sei lá. O Diego tem que ganhar essa vaga já até que o INSTITUTO MÉDICO LEGAL BOTAFOGO O COVEIRO DOS ATLETAS consiga ressuscitar o Gatito ou Jefferson .
Jacob

Anônimo disse...

Fui ao jogo e ele foi muito pegado, jogado em alta velocidade. A saída do Jean quebrou o nosso meio de campo.
O time está se acertando e esse esquema está dando resultado.
Moises está abaixo dos demais. Tem errado constantemente a mesma bola, tentar driblar e perde, e tem feito faltas em todos os jogos perto da nossa área. Hoje resultou no gol do São Paulo. Tem que melhorar.
O resto do time foi aguerrido e lutou até o fim. Estava um calor bastante acentuado, mais de 33 graus com grande umidade, o que dificulta.
Time do São Paulo muito sujo, matando nossos contra-ataques com faltas no meio de campo, e o juiz omisso não só não deu mais cartões amarelos como inverteu faltas. Faltas violentas que machucaram alguns jogadores nossos. Afora o pênalti no Rabello e o impedimento do Diego Souza no primeiro gol. Arbitragem lastimável.
O time está tomando corpo e vamos subir na tabela. Agora é ganhar do Bahia e ir para as quartas na sul-americana.
SAN
Lincoln.

Anônimo disse...

Adicionalmente. Saulo melhorou nessa partida. Saiu bem algumas vezes do gol e está mais confiante.
SAN
Lincoln

Fatos disse...

Além das duas defesas milagrosas no fim, achei o Saulo melhor hoje, saindo nas bolas alçadas na sua área. Pena que falhou no segundo gol.

Moisés e Carli mal hoje.

Zé Ricardo péssimo mais uma vez, complicando o simples, insistindo em erros. Errou ao tirar Erik, colocou o fraco Brenner

Precisamos de 4 vitórias pra escapar. Nos próximos 3 jogos se vencermos dois tá de bom tamanho

Rodrigo Federman disse...

Valter, eu achei merecedor de 4,5.

Boa, Levi.

Pai, o problema é que o Diego também não parece maduro.

Lincoln, não consigo sentir que o time está se acertando. Ainda não vejo evolução tática.

Fatos, o ZR tem sido uma decepção para mim. Demora demais para mexer e tem muitas manias e preferências chatas a beça.

Abs e SA!!!

Leonardo Valadao disse...

Rodrigo,ficamos sem JP,Gatito, Jeferson e agora Jean...pqp tá foda, só jogadores importantes e com esse departamento médico já era.
Como o futebol do MF caiu,ontem deu um passe totalmente displicente, não entrou no jogo.


Rodrigo Federman disse...

Leonardo, mas ainda não saiu a avaliação do Jean, né?
Abs e SA!!!

edison silva disse...

Rodrigo boa Saulo não dá mais muito fraco pegou aquela bola no último lance na sorte falhas atrás de falhas tirem ele pfv volta gatito

edison silva disse...

Os jogadores do Botafogo parecem que tem anemia o Mateus f.nao chuta faz nada vende ele logo

edison silva disse...

Sempre falei o Jean e muito bom jogador não tem preguiça

edison silva disse...

Fica para o botafogo troca o leandLe Carvalho pelo Juninho Quixadá do Ceará joga muito

edison silva disse...

Boladooooo contra o hahiB e obrigacao ganhar

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Edison.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Quem se dá ao trabalho de ler os achismos que escrevo aqui no Blog, sabe que sou sempre favorável a dar chances aos da base.
Entretanto, reconheço que há sempre um limite a ser respeitado.
E sobre os jovens, um que parece ter entrado no marasmo é o M. Fernandes, desde que inicou a sua caminhada no Time principal, não evoluiu nos requisitos de um bom jogador de meio campo; não melhorou o poder de marcação, pouco ajuda na organização do jogo, não tem forte chegada na entrada da área e nem dentro da área (deveria, pois tem 1,83 m) e finaliza pessimamente.

Sobre o Saulo, penso que precisa melhorar em alguns fundamentos, contudo, observo que uma boa qualidade que possui é a saída nas bolas cruzadas sobre a área, coisa que o veterano Jéfferson nunca foi muito de fazer.
Particularmente eu torço pela volta do Gatito Fernández e que seja em uma forma minimamente razoável...
Sobre o Jéffersom, penso que já foi... Desde que retornou fez apenas uma partida de bom nível, contra o Fluminense.
Reconheço a óbvia importância que o Jéfferson tem no BOTAFOGO, só que hoje, pelo que apresentou após a contusão, não sinto a sua falta.

Não custa observar a participação dos nossos goleiros na temporada:

Fernández:
12 jogos e 14 gols sofridos, média de 1,17 gol/jogo;

Jéfferson:
22 jogos e 28 gols sofridos, média de 1,27 gol/jogo;

Saulo:
15 jogos e 22 gols sofridos; média de 1,47 gol/jogo.

Claro que são apenas números e para uma melhor avaliação, uma análise de como os gols foram sofridos ajudaria.
Entretanto, está claro como a média de gols sofridos aumentou na mesma sequência cronológica das mudanças no gol ALVINEGRO.
Só que Fernández e Jéfferson já têm bagagem suficiente na carreira para ajudar um pouco na organização do sistema defensivo; atualmente temos com baixa rodagem o Marcinho e o Rabello na linha de defesa e, agora, o Saulo no gol...
O meu questionamentos vai na direção dos supostos lideres da Equipe, Carli, Lindoso, Moisés.... O que estão fazendo para melhorar a performance do setor?
Para terminar, repito que anseio pelo retorno (urgente!) do Gatito ao gol do BOTAFOGO, todavia, mesmo considerando que o Saulo preciusa melhorar, o problema nos gols sofridos não está somente nele.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, eu ainda não sei se o MF tem sido escalado corretamente. Na verdade, ainda não sei se ele joga de 1, 2 ou 3 volante. Mas ele tem talento. Só precisa de alguém dando choque e cobrando com mais veemência. Já o Saulo, infelizmente não sinto segurança e nem vejo potencial de muita evolução.
Abs e SA!!!