quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Entrando no "ritmo"

















Notícia retirada do site Globoesporte:

"Análise: Botafogo cai de produção junto com Erik e desperdiça dever de casa para abrir distância do Z-4.

Em jogo de atuação apagada do atacante, Alvinegro tem baixo rendimento ofensivo e só empata contra concorrente direto".

Lembram o que eu comentei alguns dias atrás?

O Erik era reserva do reserva no Atlético/MG. Ainda assim, logo que chegou, estava voando - se comparado ao nível técnico e físico - mais que os novos companheiros no Botafogo (igual ao Moisés, logo que contratado). Bastou um tempo com a mesma carga, intensidade e convívio em General Severiano que o Erik teve uma sensível queda de rendimento. 

E não foi apenas contra o Vasco.

Será apenas coincidência? Será que o Erik é um jogador para compor elenco em time grande (com o mínimo de qualidade)? Ou será que realmente o Botafogo tem um péssimo condicionamento físico (além da já conhecida limitação técnica)?

Bom, eu fico com as duas últimas opções.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

22 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo
Coincidência não é com certeza.
E vamos continuar assim em 2019.

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Ricardo.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Só tem vagabundo no Botafogo. A começar pelo Presidente.
O Botafogo precisa de mudanças já.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Celso.
Abs e SA!!!

Sergio disse...

É que no Botafogo tem a formosa "despreparação física" assim como o DM e a "deficiência médica"=b a cara dessa turma que vem liquidando o clube ha décadas. ABS e SB.

Marcio disse...

Hoje o Eric, recentemente foi com o Moisés...
Em 2016 foi o Camilo, chegou, foi bem em alguns jogos e com o passar do tempo foi minguando...
Infelizmente a cultura do clube é ruim e esta, obviamente, influencia no clima.
Dos dirigentes ouvimos apenas que a situação é e está complicada, que não há dinheiro, entre outras dificuldades; todavia, quando observamos com maior atenção as falas dos que participam do clube, não se observa um objetivo claro a ser alcançado.
Não faz muito tempo o Mufarrej falava sobre as dificuldades financeiras, e me chamou a atenção o seguinte trecho:

"...Nós perdemos na primeira fase da Copa do Brasil, se até agora tivéssemos nos mantido, teríamos uma receita que estava prevista. Lamentavelmente nós saímos. Por outro lado, tem o título do Carioca, entrou uma receita que não estava prevista..."

O Titulo Carioca trouxe uma receita não prevista, ou seja, mesmo em um campeonato onde desde 1966 não há outro vencedor que não seja os 4 considerados grandes, o BOTAFOGO não imaginou a possibilidade de ser campeão.
Na Copa do Brasil, obviamente, a cada fase a cbf paga uma premiação, o que justifica a lamentação do presidente... Todavia, está claro que não se trabalha com títulos e/ou objetivos palpáveis.
Voltando ao Erik, mesmo que seja um jogador apenas para composição de elenco, veio de um clube que exige alta performance e conquistas.
Infelizmente o BOTAFOGO tem se mostrado um clube trampolim somente, quando muito, não é atrativo para quem deseja de fato vencer... Tanto que o Leandro Carvalho preferiu voltar ao Ceará a tentar se firmar no BOTAFOGO.
Estamos estruturalmente fracos e todo o resto é apenas consequência.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/mufarrej-explica-drama-financeiro-do-bota-ve-cnd-perto-e-garante-estamos-lutando.ghtml

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, é impressionante como a despreparação física sempre é rápida. Não demora nem um mês.

Marcio, infelizmente penso assim também. A cultura da mediocridade, os trabalhos leves, o excesso de mimo, a falta de cobrança...todo mundo que chega, logo é contaminado. E nada muda.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Mudança rápida de assunto.

Sobre o Gatito Fernández:

"Gatito chegou até o Dr. Ricardo Laranjeira através de Jefferson, que indicou o responsável por sua operação em 2016, Dr. Márcio Schiefer. Mas como ele é especialista em ombro e cotovelo, sugeriu um amigo expert em mão. O goleiro então o procurou no mês passado, em sua clínica na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e ouviu outro médico corroborar com o tratamento conservador escolhido pelo Botafogo, sem a necessidade de um procedimento invasivo como é a cirurgia.

– Ele me procurou para pedir uma opinião, se precisava operar ou não, e eu disse que não precisava operar mesmo. É uma lesão comum, já tive vários pacientes com ela, e em último caso se faz uma artroscopia, mas não é o caso dele. Fez um processo inflamatório, e como fica tendo traumatismo acaba não melhorando mesmo, fica arrastado – explicou o médico por telefone ao GloboEsporte.com

Laranjeira é médico da Clínica da Mão e chefe do serviço de cirurgia da mão do Hospital Federal dos Servidores do Estado, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão e da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. Apesar de atestar o tratamento que já vem sendo realizado, o especialista em mão indicou uma infiltração para ajudar na recuperação:

– Eu teria feito o mesmo procedimento. Talvez só o tempo de retorno depois da fratura, um reforço muscular maior, mas acontece com atleta de alto nível. Eu o indiquei fazer uma infiltração de corticoide, que combate o processo inflamatório e elimina a dor. Só falei para comunicar antes pela questão de doping. Não que seja doping, mas pode pegar em algum teste se não tiver comunicado – revelou o médico, sem precisar o tempo de retorno após a infiltração:

– Essa resposta é individual, não dá para saber, mas normalmente acelera a recuperação.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/especialista-que-examinou-gatito-diz-que-recomendou-infiltracao-de-corticoide-ao-goleiro-do-botafogo.ghtml

SA!!!

Celso Ricardo disse...

"Remo: perto do hexa, Botafogo disputa a Última Regata do Estadual neste domingo"

Vamos fazer uma festa!
Pra ser sincero,não ligo a mínima...

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Marcio.

Possa crer, Celso.

Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Rodrigo, é apenas uma prova material do que falamos aqui.
O Botafogo está todo doente, do presidente ao roupeiro. É uma merda só.
O time morre no segundo tempo, tem muitas lesões e os afastamentos não tem fim.
Temos que escapar do rebaixamento e dar um reset no clube.
Se as duas coisas não acontecerem, teremos um 2019 ainda mais tenebroso.

Rodrigo Federman disse...

Abel, mais difícil do que escapar do rebaixamento, é esperar esse reset para 2019.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

MÁRCIO,comentei aqui o caso GATITO.Antes de criticar o que desconheço,procurei informações com parentes médicos.As respostas foram bem semelhantes ao que você citou.O caso JEFFERSON foi bem parecido.
Também comentei que um médico renomado do clube cometeu um "erro médico" e deixou um excelente jogador definitivamente fora dos campos.
Errar é humano em qualquer profissão,o DM do clube pode ter errado em vários casos,mas com os goleiros foram corretos e é uma tremenda injustiça denegrir a imagem dos profissionais que cuidaram desses casos específicos.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, o simples fato de procurarem outros profissionais, para mim já demonstra que não existe plena confiança. Mas enfim, nesta reportagem também foi dito que ele recomendaria um pouco mais de cautela na recuperação. Eu sou leigo, mas diante de todo o histórico e quadro de lesões (lentas e infinitas), considero esse DM um baita açougue. Principalmente quando lembramos que se trata de um clube enorme e de série A.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sim, Jota, acompanhei o seu comentário em relação à situação do Gatito Fernánde; aliás, sempre acompanho com atenção o que escreve aqui no Blog, embora,entendendo perdeitamente o seu famoso BEOCUTAS.

Jota e demais, em relação à reportagem, me chamou a atenção a seguinte fala do Dr. Laranjeira:

"Talvez só o tempo de retorno depois da fratura, um reforço muscular maior, mas acontece com atleta de alto nível. Eu o indiquei fazer uma infiltração de corticoide, que combate o processo inflamatório e elimina a dor..."

Como sou leigo no assunto, não posso me atrever a emitir comentários, mas já que a contusão é atípica, creio que mesmo o tratamento sendo o correto, a fala do Dr. Laranjeira também mostra que havia uma outra possibilidade dentro do mesmo caminho.

A única coisa que eu gostaria de entender é se a contusão sentida pelo Gatito no mesmo punho direito em um treinamento antes do jogo frente ao Sport, mais opreciusamente em 18/04, se relaciona com a contusão sofrida no jogo frente ao referido clube pernambiucano no dia 23/04.
Jamais alguém questionou aos médicos do BOTAFOGO tal fato...
Obvimante tudo pode ter sido apenas uma triste coincidência, todavia, a comunicação do BOTAFOGO com o mercado externo é deficiente, pois deixa muitas dúvidas. Esta é a minnha.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/gatito-da-susto-sente-problema-no-punho-e-deixa-o-treino-mais-cedo-no-botafogo.ghtml

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/exame-aponta-lesao-no-punho-de-gatito-que-ficara-fora-por-ate-1-mes.ghtml

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, entendi exatamente igual a você.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, só para complementar esse assunto Gatito Fernández, em entrevista recente o médico do BOTAFOGO, Dr Ricardo Bastos, fez referência ao endosso dado pelos outros médicos incluindo o Dr. Laranjeira, ao tratamento fornecido ao Gatito,
Entretanto, ele não fez a referência ao fato do Dr. Laranjeira ter inndicado a utikização de corticoide, que poderia acelerar a recuperação.

"Quem foi o especialista que vocês procuraram?
– Levamos para o Rodrigo Berlink, que trabalha no Comitê de Medicina Esportiva do Rio comigo. Junto com sua equipe, ele avaliou o Gatito como um todo e optou pelo tratamento conservador: analgesia, uma especialista fazendo a parte de recuperação, fisioterapia... Isso em agosto. E ele vem nessa pegada. No mês passado, ele procurou outro especialista de mão, Dr. Ricardo Laranjeira, e as duas equipes corroboraram com a nossa no tratamento conservador, não cirúrgico."

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/medico-do-botafogo-diz-que-nao-houve-erro-com-gatito-tratamos-com-tudo-de-melhor-no-mercado.ghtml

Se ele tomou conhecimento do endosso do Dr. Laranjeira, por certo também tomou conhecimento da indicção que ele fez.
Foi uitilizado, não foi utilizado, por quê?

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Bem observado, Marcio.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

MÁRCIO e RODRIGO,sempre que tenho oportunidade,converso com médicos da área esportiva,pois sofri algumas contusões no volei,quando jovem,já que no futebol era pereba,rsrsrs.
Um dos meus genros é médico e dois dos filhos também são.
Brincam sempre comigo que medicina não é matemática.Lembrei-me que o meu genro,que gosta de tênis,sofreu uma contusão no cotovelo e falou-me que grandes jogadores mundiais,quando têm esse problema,gastam fortunas para tentar resolver,e alguns acabam parando.
A minha filha caçula nasceu em 84.Quando começou a comer a tal sopinha de legumes,começou a ficar cheia de alergia pelo corpo.Entramos em pânico,consultamos N pediatras no Rio,SP e PAlegre.As opiniões eram sempre diferentes.Então,minha mulher por conta própria,resolveu cortar uma série de alimentos.Nada de melhorar e o bebê cheio de feridas pelo corpo.Em desespero ela disse que só faltava tirar o chuchu da alimentação.Dois dias depois a criança estava curada sem qualquer erupção na pele.
Aprendi a lição,cada caso é um caso,os organismos reagem de forma diferente.Espalho esse fato para muitas pessoas,pois outros bebes podem ter essa rejeição pelo chuchu.
Quanto ao BEOCUTAS,sempre lembro quando emito opiniões,pois não sou o dono da verdade e não estou aqui para polemizar com ninguém que pense diferente.SA,JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Jota. Discussões saudáveis são sempre bem-vindas.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Jota, sempre que desejar opinar sobre o que comento por aqui, esteja à vontade; o mesmo vale aos demais Irmãos de CAMISA.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Boa, Marcio.
Abs e SA!!!