segunda-feira, 19 de novembro de 2018

A grana faz diferença




Após a boa vitória de ontem, o técnico Zé Ricardo falou sobre o "efeito" dos salários em dia na subida de produção do time nas últimas rodadas:

"- Da mesma forma quando perguntavam pra mim a diferença se achava que volta do Gatito e Jefferson era responsável pelos resultados positivos, é difícil mensurar o quanto, mas certamente é importante. Falo com tranquilidade, não deixamos de trabalhar".

"- Não tenho pretensão de achar que foi um fator como pagamento, uma pessoa. Foi um conjunto de fatores que fizeram entender a responsabilidade de jogar em um grande clube. A gente se cobrava porque nosso elenco talvez não seja o mais valoroso, mas é bom".

Não dá para negar, né? Em vários momentos, discutimos aqui no CB que o elenco é tecnicamente fraco (isso é um fato), mas que também estava visível a "marcha lenta" de vários jogadores. Não tem jeito: Ok, é direito dos caras, mas eles no futebol brasileiro, todos seguem o famoso lema do Vampeta, no período em que ele defendeu o Flamengo.

Cabe aos dirigentes botafoguenses:

1- Montar um elenco mais forte.

2- Planejar com profissionalismo para que não passemos pela mesma situação em 2019.

Caso contrário, eles fingirão que estão jogando e só veremos apresentações como as recentes, com o dinheiro em conta.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

23 comentários:

alex disse...

Bom dia a todos !

Posso estar enganado , mas estava nitido demais , a má vontade dos jogadores com os salários atrasados...ou não ?

Anônimo disse...

Prefiro não citar nomes mas quem fez corpo mole (grande maioria) pra mim é mercenario mesmo. Independente do papo de que quem trabalha tem que receber em dia (nada mais lógico), temos que considerar que esse grupo passou até agora mais de 80% da temporada com os vencimentos em dia. Considerando que, na média, mais de 50% dos clubes têm seus compromissos em atraso, então, nem atacamos tão mal assim. Considerando que esses amebas recebem na pior hipótese mais de 40 salários minimos/mês significa dizer que o atraso (injusto) de 1/2 meses não tem o condão de colocar a qualidade de vida desses mercenarios em risco. Considerando que são milhões de torcedores que sofrem pelo seu clube centenário, não compreender o drama financeiro momentâneo do clube é de uma sordidez desmedida. Esses amebas só pensam em seus bolsos. Não pensam no clube e em seus milhões de torcedores apaixonados. Repito que não vou citar nomes mas que cada um esses amebas vistam suas carapuças. Não faço questão alguma de ter uma foto ao lado de MERCENÁRIOS.
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Alex. Esses últimos jogos só deixaram tudo mais claro.

Pai, mas aí se está no direito, não dá para falar que são mercenários. Não concordo que eles só joguem com dinheiro no bolso, mas é um fato. Mas ainda assim, também não caio nessa ladainha deles que também têm custos e tal. Se passam dificuldades com salários de 40, 50,100 mil, são uns energúmenos.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,quando alguns alvinegros afirmavam que a Z4 estava próxima,eu dizia que não era otimista,mas não tão pessimista e,vendo a fraqueza da maioria,não correríamos quaisquer riscos e até poderíamos beliscar uma LA.
Sei que o amigo levou em consideração os meus 75 anos no lombo e a nossa longa amizade para me poupar de vários adjetivos,rsrs.
Mas pode confessar que você e alguns devem ter pensado:"O JOTA ESTÁ ESCLEROSADO,FORA DA REALIDADE"
Meu dileto amigo,acompanhando futebol por mais de 60 anos,a gente consegue separar o joio do trigo e dá para saber quem é quem nas 4 linhas.Acerta-se muito mais do que se erra,pois analises apaixonadas e raivosas nos conduzem a erros.
Como você disse,A GRANA FAZ DIFERENÇA,e depois que soube de certos fatos nas internas,com as PV exigindo privilégios e renovações absurdas,realmente fiquei preocupado em sermos rebaixados e comentei aqui que ia jogar a toalha.
Enfim,BEOCUTAS,e já vejo torcedor enaltecendo jogadores que fizeram corpo mole,andando em campo e correndo para não chegar,desrespeitando o próprio torcedor que agora o aplaude.Essa eu não engulo,nem deles,nem dos dirigentes omi$$os.Livro a cara dos jovens atletas que sempre são forçados a seguirem os mais antigos.Depois falo sobre a partida.JOTA.

Marcio disse...

Eu não gosto muito de debater valores, pois cada um pede de salários o que bem entender e cabe ao clube aceitar ou não.
Entretanto, quem se sente incomodado com atrasos e não estiver disposto, que não entre em campo; se for para o jogo, a dedicação deve ser máxima.
Fora a crise, também é verdade que o BOTAFOGO está pagando por gente que produz rigorosamente nada... Os resultados dentro das quatro linhas não permitem que investimdores sejam atraídos...
Falaram tanto em ficar "dentro do orçamento" que tiveram de antecipar receitas, uma prova de que investiram mal os poucos recursos.
O problema é que fatalmente acreditam que o planejamento foi eexcelente naquilo que o cenário apresentou.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Jota, ok, entendo e você sempre falou isso, mas convenhamos que foram 4 vitórias seguidas e surpreendentes. E que o elenco é sim, fraco e o risco era mais do que real.

Marcio, aí eu concordo plenamente. Está insatisfeito, pede para sair ou não atuar.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,concordo que o clube tem que honrar seus compromissos.Então que se recusem a entrar em campo,simples assim como o amigo fala.
Chega a me dar nojo ver algumas PV pulando após vitórias e jogando para a galera,que há pouco tempo eles não se importavam se sofriam ou não com os vexames seguidos.
Sobre a partida,tenho tolerância com jogadores que ora vão bem,ora vão mal,pois é a realidade do futebol brasileiro e do nosso grupo.
Entretanto,quanto a esse tal de BRENNER,em 60 anos vendo os atacantes que passaram pelo clube,nunca vi um cara tão ruim e inútil quanto ele.Quase fez um gol contra,não fosse o GATITO e conseguiu a proeza de fazer o CARLI sangrar em campo,rsrs.Intimidade com a redonda é ZERO.A bola odeia esse cara.
O horrível KIEZA,em quinze minutos fez mais do que essa "coisa" que o treinador insiste em escalar.O empresário afirma ter N propostas do Brasil e do exterior e e periga os "amadore$" renovarem o seu contrato com um baita aumento pelos serviços prestados.
RODRIGO e amigos,COMO ESTÁ DIFÍCIL TORCER PELO EX GLORIOSO ATUALMENTE.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Jota. Como respondi ao Marcio, nisso eu concordo integralmente.
Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Rodrigo assim como salários devem esta em dia os dirigentes tem total direito de exercer suas funções com mais autoridade. Digo isso, por que o Botafogo ficou um bom tempo sem atrasos de salários, na verdade desde da gestão de Eduardo que não tínhamos esse problema, ou seja, a cobrança internamente tem que existir principalmente com os salários em dia.

Eu duvido que esse presidente seja presente no dia a dia do clube e se ele faz as devidas cobranças neste elenco...

Anônimo disse...

Pagar em dia os jogadores é dever do clube. Só assim ele pode exigir produtividade dos atletas. Como o Botafogo não estava pagando o devido, os dirigentes não tinham moral de cobrar empenho. Nenhum jogador atua hoje por amor a um clube. Se ainda existe isso, deve ser uma raridade. A relação clube-jogador deve ser a mais profissional possível. Dos fatos recentes, podemos concluir que o time não é o mais qualificado para ganhar o título, nem tão ruim que mereça cair para a segunda divisão. Para ser profissional, na essência, o clube deve se livrar das barangas que consomem os seus parcos recursos sem apresentar um rendimento minimamente aceitável como Dudu Cearense, Luís Ricardo, Marcos Vinicius, Aguirre e outros do mesmo naipe, além de aposentar o Jefferson. Não há como cobrar de quem não tem nada a oferecer. O clube fará uma economia enorme mandando embora ou aposentando essa turma e, com planejamento sério, poderá montar um time tecnicamente superior para a próxima temporada. Sem esquecer que os jogadores formados no próprio clube devem ser alvos de atenção especial quanto ao preparo técnico, físico e psicológico para que possam ascender ao time principal e depois serem negociados por valores que valham a pena. Nossos adversários do Rio (e não só do Rio) são mestres em fazer boas embalagens para produtos duvidosos repassados aos gringos e ganhar muito dinheiro com essa prática.

Miguel Batista - Belém/PA

Rodrigo Federman disse...

Miguel, até acho que é dever exigir independente dos salários em dia. Se o cara não está satisfeito, basta recusar entrar em campo. A partir do momento que entrou, não pode fazer corpo mole e merece toda cobrança possível.
Abs e SA!!!

Uendel disse...

Essa coisa de "quando estiver incomodado com atrasos não irem a campo" não existe.

Jogador nenhum vai admitir publicamente que não quer jogar pq não está recebendo.

Daniel Cananea disse...

"foi um conjunto de fatores que fizeram entender a responsabilidade de jogar em um grande clube"

Nessa frase Zé Ricardo deixou claro que os salários e premiações (!) atrasadas fazem diferença no rendimento dos atletas.

Nada que não soubéssemos.

Abel Santos disse...

Tudo ajudou, mas, decididamente, a volta de Gatito e a presença de Jefferson no banco mudou o panorama. A zaga ganhou liderança e confiança... o time cresceu junto.

Rodrigo Federman disse...

Com certeza, Daniel.

Também, Abel.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Uendel, já houve. Inclusive alguns que pediram desligamento na justiça. No próprio Botafogo até.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Em 12/11/2008.

"Com salários atrasados, Carlos Alberto deixa Botafogo
Ele já avisou que vai entrar na Justiça para buscar seus direitos como trabalhador"

"Infelizmente fui obrigado a tomar esta atitude para buscar na Justiça meus direitos como trabalhador. Tive paciência ao longo da temporada, procurei entender as dificuldades financeiras pelo qual o clube estava passando, tentei buscar um acordo, conversei com o presidente Bebeto de Freitas, mas não consegui uma solução”

https://www.tribunapr.com.br/esportes/com-salarios-atrasados-carlos-alberto-deixa-botafogo/

Em 05/07/2014

Após boicotar amistoso, jogadores não falam em treino do Botafogo

"Com a parada no Campeonato Brasileiro para a disputa do Campeonato Brasileiro, a diretoria do Botafogo marcou um amistoso contra o Botafogo-PB, que marcaria a reabertura do Estádio Almeidão, na capital paraibana. No entanto, na quarta-feira, data da viagem, os jogadores se recusaram a viajar para o jogo, que foi cancelado. A atitude marca um novo protesto do elenco contra os atrasos de salários"

http://estadiovip.com.br/73504/apos-boicotar-amistoso-jogadores-nao-falam-em-treino-do-botafogo

SA!!!

Marcio disse...

Em 30/01/2014

" Na Espanha, no duelo entre Racing Santander e Real Sociedad, pelas quartas de final da Copa do Rei, os jogadores do Racing se recusaram a disputar a partida, no próprio estádio, El Sardinero, em protesto contra os salários atrasados e a diretoria do clube. Por conta disso, o árbitro encerrou o jogo poucos minutos após o apito inicial"

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/2014/01/bom-senso-espanhol-jogadores-do-racing-se-recusam-disputar-partida.html

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Márcio. Já houve vários casos. Valeu.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,apenas para complementar o que você e o MÁRCIO disseram.
Contarei um fato com dois dos maiores "perebas" que jogaram no clube.
Insatisfeitos,devido ao pequeno "bicho" pago em uma partida anterior,GARRINCHA e DIDI,no maraca,em partida contra o MADUREIRA,lideraram o corpo mole e o time perdeu de 1x0.O mestre NS não jogou,por estar contundido,e entrou no vestiário soltando cobras e lagartos.No final,tudo se acertou internamente e fomos campeões.
Portanto,não é fato novo,rsrsrs.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Justamente, Jota!
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Sempre o inigualável NILTON SANTOS...
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Inigualável, Marcio.
Abs e SA!!!