quinta-feira, 21 de março de 2019

Goleada sem graça (isso é incrível)





As chances continuam mínimas, mas o Botafogo ainda vai para a última rodada do campeonato carioca podendo se classificar para a semifinal da Taça Rio.

O problema é que para isso, além de golear o Americano, precisará torcer contra Flamengo e Cabofriense. E é aí que mora o maior problema, pois não vejo tanta dificuldade em vencer o time de Campos com boa margem de gols, afinal, eles são tão fracos como a Portuguesa, que nesta noite levou 4 a 1 do GLORIOSO.

Ah, mas nada de empolgação! 

Por incrível que pareça, o resultado não mostrou o que foram os 90 minutos. Quer dizer, o Botafogo até mereceu a vitória. Mas por conta da fragilidade absurda da Lusa, nem dá para avaliar muita coisa positiva.

Já os pontos negativos, acreditem, mesmo com a goleada, consigo enumerar mais preocupações do que boas observações por parte do Botafogo.

Continuamos com um time mal organizado, escalado, espaçado, sem qualquer jogada ensaiada, etc... 

E amigos, repito: Contra o pior do time da primeira divisão do Rio de Janeiro!

Algo precisa ser feito em General Severiano! Para ontem! Por mim, mesmo após a vitória, não dá mais para o Zé Ricardo. Não mesmo!

Só a gente para reclamar em uma noite vitoriosa, né?

Pois é...eu prefiro ser realista ao invés de tapar o sol com peneira.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 4 x 1 Portuguesa

1- Cavalieri: Não parece fora de ritmo - 5,0

2- Marcinho: Dispersivo a beça - 4,5

3- Marcelo: Quem mais demonstrou vontade - 5,5

4- Gabriel: Seguro - 5,0

5- Cícero: Muito lento - 4,5

6- Jonathan: Errou alguns domínios fáceis - 4,5

7- Rodrigo Pimpão: Uma boa jogada em todo jogo - 4,5

8- Alex Santana: Em alguns lances segura demais a bola porque não tem companheiros no meio de campo - 5,5

9- Diego Souza: Melhorou no segundo tempo, quando se apresentou mais - 5,0

10- Ferrareis: Para quem busca uma vaga, ficou devendo - 4,5

11- Erik: Por incrível que pareça, foi o pior do time - 4,5

12- Luiz Fernando: Nada agregou - 4,5

13- Wenderson: Fez o básico - 5,0

14- João Paulo: Dá mais mobilidade ao setor - 5,0

Zé Ricardo: Perdido...e ainda engessado nas ideias e convicções - 4,0

25 comentários:

Eduardo Samico disse...

#ForaZeRicardo !
Não dá, não é possível. Irão esperar o quê ? Eliminações prematuras nas duas copas em disputa ?

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, é impressionante. O que ele escala e monta é um arremedo de time. Tanto é verdade, que estamos aqui (pelo menos você e eu até agora) reclamando do futebol do Botafogo mesmo após uma goleada, né?
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Simplesmente ridículo!
Tudo bem que no futebol o que vale é bola na rede, mas isso não pode valer para todo e qualquer partida disputada; é preciso apresentar um jogo organizado na maioria delas.
Em resumo, esse Time nada apresentou até o momento e isso deveria ser motivo para cobranças extremas e não afagos e proteção.
Uma completa e absoluta vergonha o que o BOTAFOGO tem apresentado.
O Zé Ricardo não tem condições de permanecer, mas não podemos permitir que outros com responsabilidade maiores se escondam.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exato, Marcio. Eu espero que a torcida não se iluda com o placar, pois isso pode nos custar muito caro lá na frente (já que o estadual praticamente já era).
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo.
É incrível como um time que precisa de uma goleada pra continuar esperando um milagre, consegue jogar tão lateralmente e pra trás.
Eu contei uma penca de vezes em que a bola estava na grande área da Portuguesa e derrepente com algumas atrasadas já estava nas mãos do Cavalieri.
Por falar em atrasar bola, vc já reparou nesse lateralzinho esquerdo ? Tem o mesmo estilo de jogo do Júlio Cesar, recebe e toca pra trás no zagueiro.
Vc tem razão, até na vitória nós reclamamos, mas fazer o quê ? Jogo amarrado, sem velocidade, sem esquema tático, sem ambição. Jogamos 45 minutos fora, e no segundo tivemos alguma sorte e fizemos esse placar. Que não foi ruim, mas poderia ser bem melhor.
Mas, cadê a vontade, cadê a ambição ?
Além dos 3 pontos, só duas coisas me agradaram. O bonito gol do Santana e uma saída de bola do Cavalieri que quase deixa o L. Fernando na cara do gol.
Ganhamos, mas não convencemos.

Patinhas.

Anônimo disse...

Time ridiculo, so melhorou com as entradas do wenderson e João Paulo, com isso a saida de bola ficou muito melhor o retardado colocou o alex santana de 1 volante e ciero tbm ou seja um idiota além disso começou com seu 4 3 3 sem pontas de qualidade e infiltração .
Rodrigo ao meu ver ,temos 3 vagas em aberto no time tiular
Porém, o ze ricardo tem que da padrão tatico na equipe, pois esta muito mal treinada.
Gatito
Lateral direito
Marcelo Carli
Gabriel
Jhonatan
1 volante pode ser o Wenderson ou Buchecha Jean em péssima fase Gostaria do Richard ex flu que está no Corinthians
Alex santana
João paulo ou Cicero
Camisa 10 tem que contratar urgente nenhum do elenco presta repito nenhum
Erick
Diego Souza
Reservas luiz Fernando Pimpão Jean Kieza
Fora Ze Ricardo mufarrej e Anderson Barros
Gleidson

Marcio disse...

Rodrigo, a alegação que o foco está na Sul-Americana e Copa do Brasil, "estamos bem", é bem relativo.
Os jogos contra o Cuiabá e Defensa y Justicia não permitem que hoje se pense na possibilidade de chegar longe.
O fato é que ao enfrentarmos equipes consideradas grandes, Flamengo, Fluminense e Vasco, acumulamos dois empates e uma derrota.
Achar que a vitória significa que está tudo certo, sem uma análise criteriosa, é o caminho para o fracasso
SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo.

O Zé Ruela já disse que se o Botafogo não se classificar, não dá pra ficar reclamando, pois em 2014 também aconteceu isso.
Moral da história. Ele não se norteia pelo melhor. Prefere se equiparar a mediocridade do Eduardo Húngaro. Vc lembra dessa íngua ?
Pra mim, com o Zé não vamos chegar a lugar nenhum.

Patinhas.

Felippe Gama disse...

Não estou nem aí pro Carioquinha...Na minha opinião deve servir de laboratório para a CB e Sula. Tenho impressão que nessas duas Copas, os jogadores têm mais interesse e rendem mais. Não gosto do Zé Ricardo mas não não tem técnico bom disponível no mercado que aceite o salário do Clube. Trazer o Jair Ventura e começar do zero?! Talvez...Mas penso que a postura e interesse dos jogadores têm sido mais determinantes que o trabalho do técnico fraco...

Assimos disse...

Salve salve, amigos do CB!

O que foi apresentado na etapa inicial contra o péssimo time da Portuguesa foi deplorável — nem amadores fazem isso.
Para minha felicidade, faltou energia durante toda a etapa final, mas poderia ser 10x1 que nada me faz mudar de opinião.

Rapidinhas sobre o 1º tempo:

• Gabriel e Marcelo firmes como sempre.
• Jonathan está começando a sentir o peso da responsabilidade.
• Não comento mais sobre o Marcinho.
• Quem é GF?
• Cícero parecia estar com a perna bamba — horroroso.
• AS não se esconde e movimenta o time; bom jogador.
• RP quando muito só serve para jogar os 10 min. finais de qualquer partida.
• A bola quase nem chegou em Erik e DS.

Abraços e SA!

Fatos disse...

Cavalieri: 5,0

Marcinho: 5,0

Marcelo: 6,0

Gabriel: 6,5

Cícero: 4,5

Jonathan: 5,0

Rodrigo Pimpão: 5,0

Alex Santana: 6,5

Diego Souza: 6,0

Ferrareis: 6,0

Erik: 4,5

Luiz Fernando: 4,5

Wenderson: 5,5

João Paulo: 5,5

Zé Ricardo: 4,0

Anônimo disse...

Minhas avaliações:

Cavalieri, bom
Marcinho, altos e baixos
Marcelo, falhou no gool da Portuguesa, regular
Gabriel, melhor que seu companheiro, bom
Jonathas, uma das suas piores partidas, regular
Cicero, um bom lançamento e mais nada, regular
Alex Santana é o nosso melhor jogador do meio campo, bom
Ferrareis, fez um gool, regular
Pimpão, regular
Diego Souza, perdeu um gool feito, muito longe, apesar do gool, regular
Erik, uma da piores apresentação no botafogo, péssimo.

Luis Fernando, Wenderson e João Paulo, sem nota; já que entraram no segundo tempo, não deu para mostrar muita coisa.

Zé Ricardo, primeiro tempo, péssimo dos péssimos, segundo tempo com a sorte ajudado o Marcinho foi cruzar e deu certo; tá devendo muito ainda como técnico do Botafogo, péssimo.

TétÉ

Rodrigo Federman disse...

Patinhas, pois é. No primeiro tempo então...um show de horrores. Parecia que estávamos classificados. E ainda fomos dominados pelo pior time do campeonato.

Gleidson, e mesmo assim, essa melhora também não empolgou em nada. Se deu mais pela queda do já fraco time da Portuguesa.

Marcio, e esquecem que foram jogos em que o Botafogo se apresentou mal a beça (talvez, exceto pela segunda etapa na Argentina). Ou seja, análises frias de resultados. Isso é preocupante demais.

Felippe, o problema é que nem para experiências tem servido, pois o fraco ZR arma o Botafogo sempre com o mesmo esquema e alternância das mesmas peças.

Assimos, se a Portuguesa fosse uma equipe amadora, vencia ontem. O azar (deles) é que são piores do que equipes amadoras. hehehe

Fatos, concordo com algumas notas, discordo de outras.

Teté, valeu.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo, não acho que nosso time seja tão limitado assim. Temos Cicero, Alex Santana, Diego Souza e João Paulo no elenco, jogadores bem experientes e alguns bons jogadores da base. O problema e o técnico que não faz o time jogar. Se tivéssemos um técnico como o Cuca por exemplo, esse time voaria! Como alguém disse aqui alguns pôsteres atrás, ate Luís Fernando bem orientado seria um jogador fantástico.

Marcelo Lopes

Rodrigo Federman disse...

Marcelo, eu acho. Mas lógico, o ZR ainda dificulta as coisas, só para piorar um pouco! rs
Abs e SA!!!

Francelino Bouéres disse...

Rodrigo e amigos botafoguenses, bom dia!
Tendo como parâmetro o atual futebol brasileiro de baixíssimo nível, o nosso Botafogo está praticando um ainda pior, lamentavelmente! O Zé Ricardo é o principal responsável, pois o time não apresenta nenhum esquema de jogo, parece um bando de jogadores escolhidos que entram em campo e começam a praticar o jogo; essa profusão de erros de passes refletem essa falta de esquema tático, esses espaços entre defesa, meio de campo e ataque resultam na inoperância da equipe.
Parece-me urgente e necessário a Diretoria rever a permanência do treinador.
Sds botafoguenses.

Rico disse...

Lateral direito: Marcelo
Bochecha de primeiro volante nem pensar

Rodrigo Federman disse...

Francelino, concordo. O futebol praticado no Brasil é fraco. Isso é incontestável, mas o Botafogo do ZR tem conseguido ser ainda mais fraco. O time não mostra nada.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Rico, ontem, por exemplo, seria uma ótima oportunidade para testar o Fernando.
Abs e SA!!!

Assimos disse...

Rodrigo, se a Portuguesa é pior que um time amador e dominou o jogo, o Botafogo é o quê?

Abraços e SA!

Rodrigo Federman disse...

Assimos, isso que me preocupa bastante.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

O Felipe Gama comentou sobre a possibilidade de não haver técnico bom e disponível que aceite receber o salário que o BOTAFOGO pode pagar.
Não discordo do que disse o Felipé, pois sabemos que o futebol brasileiro é bastante inflacionado; entretanto o ZR é o 8º técnico mais bem pago, 250 mil reais/mês, segundo as notícias.
O que sei é que ele é muito caro considerando os trabalhos anteriores e o atual... Só como comparação, o A. Valentim que também tem no currículo a conquista de apenas um carioca, recebe 180 mil reais/mês.
Tiago Nunes do A. Paranaense que ganhou um campeonato paranaense e a Sul-Americana recebe 120 mil reais/mês.
ZR é caro pelos resultados apresentados.

Só como informação:

1º Renato Gaúcho (Grêmio): R$ 900 mil
​2º Felipão (Palmeiras): R$ 800 mil
​Mano Menezes (Cruzeiro): R$ 800 mil
​4º Fábio Carille (Corinthians): R$ 700 mil
​5º Jorge Sampaoli (Santos): R$ 610 mil
​6º Abel Braga (Flamengo): R$ 600 mil
​7º Levir Culpi (Atlético-MG): R$ 400 mil
​8º Zé Ricardo (Botafogo): R$ 250 mil
​Rogério Ceni (Fortaleza): R$ 250 mil
​10º Enderson Moreira (Bahia): R$ 230 mil
​11º Odair Hellmann (Inter): R$ 200 mil
​Lisca Doido (Ceará): R$ 200 mil
​13º Alberto Valentim (Vasco): R$ 180 mil
​Fernando Diniz (Fluminense): R$ 180 mil
​15º Marcelo Cabo (CSA): R$ 130 mil
​16º Tiago Nunes (Athletico Paranaense): R$ 120 mil
​17º Vagner Mancini** (São Paulo): R$ 100 mil

https://www.90min.com/pt-BR/posts/6300052-fortuna-confira-os-tecnicos-mais-bem-pagos-do-futebol-brasileiro

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Boa, Marcio. Fecho contigo: Para o pouco que apresenta ao time, o ZR custa muito caro.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, apenas para ilustrar, o Tiago Nunes foi campeão paranaense 2018 com o A. Paranaense sem jogar com a equipe principal, já que eles esticam ao máximo a pré-temporada.
Quando assumiu a equipe principal no lugar do Fernando Diniz, o clube paranaense estava na zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro 2018 e encerrou a competição na 7ª colocação, que valeria uma vaga na Sul-Americana 2019, caso não tivesse sido campeão na edição 2018 da própria Sul-Americana.
Na Copa do Brasil foi eliminado nas oitavas de final.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, valeu!
Abs e SA!!!