segunda-feira, 18 de março de 2019

Time de uma nota só





Estreante da noite (e principal esperança da torcida por dias melhores), o Diego Souza falou sobre o seu primeiro jogo com a camisa do Botafogo no empate de ontem:

"- Maravilhoso, acho que a expectativa era de um bom jogo, vitória. No primeiro tempo tivemos muitas dificuldades, mas no segundo estivemos bem mais próximos de ganhar o jogo. Contra-ataques, faltou um detalhezinho para ganhar o jogo. A equipe se portou bem, saindo atrás teve maturidade para busca o empate".

De fato, nas poucas vezes em que a bola chegou no Diego, ficou nítido que no nosso elenco, é aquele cara que se impõe perante os adversários e que pode fazer alguma diferença junto com o Erik. Mas uma das suas principais virtudes me deixa um pouco preocupado...

Ontem, o DS ganhou praticamente todas as bolas pelo alto. Até aí, ótimo. De vez em quando poderemos tirar vantagem das suas "casquinhas" com a cabeça. O meu receio é sobre o Zé Ricardo diante dessa "arma". Se hoje o Botafogo já vive na base dos chutões para frente, a tendência é que esse tipo de jogada seja ainda mais utilizada a partir de agora. É claro que o Diego vai ganhar algumas, mas nem todas. E corremos o risco de ficar cada vez mais manjados.

Para o Brasileirão é preocupante demais, afinal, temos uma boa dupla de frente...
...que também tem qualidade para jogar com a bola pelo chão.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

46 comentários:

Anônimo disse...

RODRIGO,essa é novidade:"o futebol é uma caixinha de surpresas,rsrsrs".
O iluminado ZRPM,dessa vez,escalou o time com apenas menos dois( LF e o MARCINHO).Por que caixinha de surpresas? Simples meu amigo,a avenida aberta e as flores ameaçando N vezes por ela e o gol sai pela esquerda.Algum tempo após,o patético MARCINHO quase empata com a única coisa que fez de bom,um chute da intermediária que o goleiro colocou na trave.
Certa vez,ouvi de um grande treinador o seguinte:"se eu tenho dois bons atacantes,sendo um veloz,eu os proíbo de se afastarem da linha do meio para a defesa,pois o adversário terá que manter no mínimo 3 ou 4 jogadores para marcá-los.Portanto,atacarão com 7 ou 6 e eu defenderei com oito.Ganhei vários títulos assim".
No nosso caso,porque o ERICK tem que voltar até a entrada da área para marcar?
Sei que o MARCINHO tem admiradores,mas eu o acho o pior LD dos últimos tempos,além de ser pura máscara depois que o TITE disse aquela bobagem sobre ele.Pode reparar que todos os nossos adversários forçam o jogo por lá.
Deve ser duro para certos jogadores como JP,LV e FERRAREIS,serem banco do inútil LF.Com o grupo que temos,creio que o melhor esquema seria o 4x4x2.Por que o ILUMINADO não tenta?
Boa semana para todos.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Jota. Concordo 99% com o amigo. Só não acho o Marcinho o pior lateral dos últimos tempos! hehehe
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
A verdade é que o ZR não sabe o que faz.Ele inventa e pode dar certo ou não.
Os comentaristas de ontem, tanto radio como televisão pensam igual a torcida, mas só o burro do ZR não vê.

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Ricardo.
Abs e SA!!!

Assimos disse...

Salve salve, amigos do CB!

Rodrigo, só uma pequena observação: nesse contexto musical, quando se conhece BEM sobre campo harmônico, uma nota é suficiente para fazer um ótimo improviso e este pode dar lugar a uma composição.

O elenco do Botafogo é essa única nota (é o que se tem para trabalhar e não é dos piores), mas nosso "maestro" não conhece nada da harmonia que poderia ser usada para compor uma boa melodia.

Abraços e SA!

Sergio Di Sabbato disse...

Gostei do DS, mas acho que o time do Botafogo bem treinado e bem escalado dá prá melhorar muito, pois tem bons jogadores dentro do cenário atual. Gatito, Marcelo, Gabriel, Jonathan, AS, DS, Cícero, JP, Carli são bons jogadores e, testaria o IC que me pareceu um jogador interessante, ontem seria um bom teste. Ou seja, com um técnico menos engessado e entendendo as características dos jogadores que tem, dá para pelo menos ter um ano sem sustos e quem sabe, até ir bem longe na CB e SA. Abs e SB!

Sergio Di Sabbato disse...

Também concordo 99% com o JOTA, pois não acho o Marcinho tão ruim assim e não o acho mascarado. Acho que o caso do Marcinho é birra de algumas pessoas, mas respeito a opinião de todos. Outro detalhe que acabei não escrevendo e que o JOTA falou com muita propriedade e essa de fazer o Erik voltar o tempo inteiro prá marcar e quando o time saia não tinha ninguém na frente e além disso o cara se desgasta numa função que não é sua característica e naquilo que deveria fazer que é atacar tá esgotado.
Bom, se teve treinero que em 58 barrou o Garrincha porque ele não ajudava na marcação e era muito individualista, que simplesmente nos deu duas copas, atualmente no nível em que estão as coisas, do "tal futebol moderno" e seus "professores", podemos esperar qualquer coisa. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Excelente analogia, Assimos.

Sim, Sergio. Principalmente se for bem treinado. O difícil no momento é esperar isso do ZR. A respeito do Marcinho, fecho totalmente contigo. É a minha opinião também.

Abs e SA!!!

Unknown disse...

O Marcinho não é um jogador ruim! Todavia, é visível que não é lateral direito de ofício...a marcação é seu ponto fraco e essa é uma qualidade indispensável para um lateral...resta, portanto, escala-lo em outra posição pois chuta bem e é promissor, além de ser bem jovem.

Rodrigo Federman disse...

Unknown, ou então treinar e instruir justamente para melhorar naquilo que tem como maior deficiência.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Com o Valentim, ate o Marcinho,Luiz Fernando e Valencia sabiam jogar futebol. O Ze Ricardo é fraquíssimo so sabe jogar no 4 3 3 ele acha que treina o barcelona e a diretorita inconpetente não contrata um camisa 10 e lateral direito não adianta jogar com 3 atacantes se a bola não chega absurdo pagar 300mil ao Cícero .
Fábio

Rodrigo Federman disse...

Fábio, o pior de só escalar o time no 433 é que ele não demonstra nada de diferente. Ou seja, o time não demonstra ser treinado.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
> Palavras do jornalista Mauro Cezar Pereira :
– Não dá para jogar assim. No Carioca, você não brigar nem sequer para classificar? Não tem Diego Souza que resolva, não tem como, nem se ele estivesse dez anos mais novo, mais magrinho, motivado… Não tem condição. É um problema que tem o Botafogo. O trabalho do Zé Ricardo nesse momento é fraco, não sei se tem jeito, é uma questão que eles vão ter que resolver. A torcida está bem irritada, bem incomodada. Para o Fluminense o empate foi derrota – acrescentou.

Alguém discorda ??

fabio lucas disse...

Jogar com Diego Souza de camisa de 9 e para os fracos a gente tem que escalar ele na sua posiçao de origem meio campo e contrata um Centroavante de verdade

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, penso igual ao MCP.

Fabio, esquece...não contratarão o centroavante "de verdade". Logo, melhor o DS por lá.

Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

O José Ricardo é uma lástima como "treinador de futebol". Com ele no comando de nada adiantaria um plantel do quilate de um Barcelona, Liverpool, Bayern München. Ele iria insistir nas suas conviccções, no seu 4-2-3-1 de uma nota (chutão e vâmu vê o que rola ) só, nas suas estúpidas substituições de pouca ou nenhuma serventia.

https://www.fogaonet.com/boletim-do-c-e/jornalista-trabalho-ze-ricardo-botafogo-desgraca/?fbclid=IwAR0nXvKc3l_dCJxC3Ivhd82wOKzOf6GkMSpizLMihPN_elQMmPES9s3eKAw

Fora José Ricardo !!

Abs.

Eduardo Samico disse...

Em tempo, fecho com a opinião do Sergio di Sabbato, acho que foi na postagem de ontem, com relação às substituições que, se tivéssemos técnico de futebol no banco, poderiam ter sido tentadas: Cícero era uma nulidade, então tira o cara e recua o DS ou entra com o JP. LF errou, como bem observou o Paulo, TUDO que tentou; tira o infeliz e entra com JP ou Bochecha. Jean, que criou fama como pit-bull, parecia um poodle, de longe, a ver o Ganso entrar sozinho para fazer o gol. E com aquela catchiguria nos passes. Então prá quê, Jean ? Melhor o Bochecha ou o JP.
Resumindo, e como dito por vários dos amigos aqui, nosso plantel tem falhas gritantes em sua composição (a lateral direita por exemplo), mas está longe de ser um horror. Dá para, na indigência técnica que temos no Brasil, fazer frente mesmo com os elencos milionários de outros clubes. Mas pra isso é preciso ter TÉCNICO de futebol.

Fora ZéRicardo !

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, exato. Com ele, o Messi seria obrigado a voltar para ajudar na defesa e se sobrasse tempo, aí sim, se preocupar em atacar.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

E o Suarez seria importante por ajudar no jogo aéreo defensivo !

Abs

Rodrigo Federman disse...

Hahaha. Exato, Eduardo. Ele elogiaria o Suarez pela importância na bola aérea defensiva, afinal, atacante marcar gols? Pra quê, né? rs
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Eita vocação para protagonizar vexames !

https://blogdomaurocezar.blogosfera.uol.com.br/2019/03/18/atual-campeao-botafogo-esta-perto-da-eliminacao-no-carioca-um-vexame/

Só a profissionalização para nos salvar !

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Concordo total com o MCP, Eduardo.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Eu concordo 100% com o Jota. O Marcinho acha que joga mais do que de fato joga e nunca como lateral. Poderia até ser um razoável meia, mas esse complexo inserido na cabeça dele pelo "Pofessô" Tite deixou sua chuteira cada vez mais colorida (diga-se de passagem se eu fosse Presidente do Botafogo eu decretava que chuteiras tem que ser PRETAS, mas isso é papo pro futuro...).
Acho, como muitos, que o esquema tem que ser o 4x4x2 sem que os atacantes recuem tanto como bem disse o Sergio. É um atentado contra a bola colocar o Erick para ajudar o fraco Marcinho na marcação, isso mata o atacante talentoso e de fato tira dos adversários o trabalho de marcar o atacante do Botafogo, no caso ele e o Diego Souza. Dá só o primeiro combate e mesmo assim variando a pressão em alguns momentos do jogo. Deixa o Erick com folego pra matar os zagueiros adversários junto com o DS.

Renan Bernarde disse...

O Zé esta se mostrando um técnico fraco. O Defensor e o Cuiabá se mostraram muito mais organizados e treinados. O Botafogo não tem padrão de jogo e acho que continuará sem, se não trocar de técnico.SA

Rodrigo Federman disse...

Paulo, sim, o ZR está matando o Erik.

Concordo, Renan.

Abs e SA!!!

Silas Simas disse...

E aí, Rodrigo? Beleza? Há bastante tempo deixei de postar mensagens no blog, embora visualize as postagens e acompanhe os comentários todos os dias. Nunca deixarei de ser botafoguense, mas confesso que desistir de esperar por “dias melhores” ainda durante o período no qual o Felipe Tigrão esteve à frente da equipe de futebol. Por isso de lá para cá (antes de sermos eliminados pelo Aparecidense), não deixei mais comentários. Vejo você como um guerreiro em manter o blog atualizado diariamente há tantos anos. Talvez você seja mais botafoguense que eu, pois eu cansei. Nós, torcedores, somos movidos pela paixão pelo clube. Torço para o Botafogo não só no futebol, mas também em outros esportes. Chego ao ponto de torcer até pelo Botafogo – PB, na Paraíba e pelo Botafogo – DF, em Brasília. Mas para mim está mais do que claro que a preocupação de sucessivas direções do clube é outra. Definitivamente não há preocupação em criar um time realmente forte e que dispute cada campeonato entre os primeiros colocados. Vejo muita gente nas redes sociais falando em incompetência, quando na verdade o que há é muita competência daqueles que mandam no Botafogo, no sentido de fazerem do Botafogo o que eles desejam. O clube virou puro negócio para eles. Representantes da atual gestão e de outras passadas e conselheiros do clube GANHAM a cada temporada às custas do Botafogo. Eles são muito competentes dentro do que se propõem a fazer. As contratações obedecem critério de negociatas com os empresários amigos. Vejo torcedores se esforçando para mapear o mercado e dando boas e baratas opções de contratação. Eu também vivo pensando em quem poderia ser contratado, respeitando a atual realidade financeira do clube. E isso é papel dos dirigentes! Mas eles não estão preocupados com isso. Muita gente já deu ideias como, por exemplo, tentar o empréstimo de jogadores encostados no Palmeiras e que poderiam nos ser uteis assim como o Erick vem sendo. Mas sabemos que Guerra e um outro meio campista cujo nome não me recordo ou qualquer outro jogador, só viriam se houvesse “desenrolo”. Assim como os governantes dessa nação não têm a mínima intenção de “consertar o Brasil”, os dirigentes do nosso querido clube não têm a menor intenção de consertar o Botafogo. No presente momento não vejo meios do Botafogo voltar a fazer jus ao apelido de glorioso.

J PRATTI disse...

Tambem concordo o Marcinho de meia para frente nunca de lateral porque nao tem caracteristica e nem pegada de marcador. O Erick sacrificado por esse esquema ridiculo nao sei se marca melhor sendo atacante pelo menos entra e divide com mais vontade.
Nos vimos isso ontem o Erick se esforcando na marcacao logico que quando atacar vai sentir o desgaste e render abaixo do que se espera dele.
Do outro lado o Pimpao so entrou porque tambem se arrebenta marcando e por isso que nao entrou o Ferrareis.
A torcida querendo um 442 e esse cara insiste no 433 mentiroso porque os dois atacantes que jogam abertos ou pelas pontas sao auxiliares de laterais.
Esse ZR nao esta enganando mais ninguem.
Sds.

Marcio disse...

Alguém acha que tem como melhorar?
Eu não acredito nem um pouco no trabalho do técnico.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Fala, Silas. Quanto tempo! Cara, entendo perfeitamente. O Botafogo dos últimos anos nos cansa mais do que alegra. Eu mesmo já pensei em largar o CB algumas vezes, mas confesso que não o faço (ainda) por conta de vocês, seleto grupo de ilustres botafoguenses.

JPratti, o mais maluco é que quase a torcida toda entende como o time poderia render mais.. menos o ZR.

Eu também não, Marcio.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Eu não observei, mas um Torcedor me disse que o João Paulo foi para campo com uma CAMISA com o logo da Caixa...
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Está no FogãoNet, Marcio. Confesso que não reparei durante o jogo, mas se foi, é uma bizarrice sem igual. Mas nada que assuste em se tratando de uma diretoria que vangloria em ser amadora.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, simplesmente ridículo esse fato.... Imagine se já tivéssemos um outro patrocinador master, o constrangimento que seria.
E mesmo sem ter, é uma péssima demonstração ao mercado.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, e viva o amadorismo.
Abs e SA!!!

Silas Simas disse...

Pois é, Rodrigo. Quanto tempo! Rs. Me sinto honrado de ser colocado por você entre o "seleto grupo de ilustres botafoguenses", rs. Aliás, peço até desculpas pelo desabafo, pois acabei expondo algo que relação alguma tem com o tema por você proposto. Quanto ao Botafogo deste ano, ressalto que o esquema adotado (4-3-3) precisa ser modificado. Até aí, não é novidade nenhuma para toda a torcida. E por que será que todos já perceberam isso e o "Zé" não? Será que ele realmente não percebeu? Ele é um treinador profissional. Se é bom ou não é outra história. Mas o fato é que trata-se de um profissional. O responsável pela montagem desse esquema, na verdade, foi o Tigrão ou o Valentim (não lembro bem). O Zé apenas deu sequência. Desde o início fui contra por entender que o Botafogo não tinha qualidade técnica para isso. Mas o esquema foi adotado e visivelmente não seu certo. Ano passado cheguei a propor um 3-6-1 (considerando as peças disponíveis) e você um 3-5-2. Hoje, com o plantel atual, entendo que o 4-4-2 poderia ser a melhor opção. Enfim... Qualquer esquema seria melhor ou menos ruim que esse. Mas o Zé sequer tenta um diferente. Fico me perguntando em primeiro lugar se ele tem autonomia na escalação. Percebo que os dirigentes estão sedentos pela possibilidade de transferência do Luís Fernando e que por isso o Zé o mantém entre os titulares ou entrando sempre, embora este esteja jogando bem abaixo do aceitável para atuar em um clube tão tradicional e histórico como o Botafogo. Estamos disputando a primeira divisão (série A), mas o citado jogador nos revela um futebol ao menos de "segunda". E aí eu volto a pensar no insistente 4-3-3 e me pergunto se o esquema não é para poder manter o garoto no time. Se jogássemos no 4-4-2, teríamos inevitavelmente Erick e Diego Souza no ataque, sendo sacado o Luís Fernando. E no meio o mesmo não poderia atuar, pois tem se apresentado pior ainda. Será que o 4-3-3 é para poder manter Luís Fernando no time? O que o amigo pensa a respeito de tudo isso?

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Silas. O que mais assusta é que o ZR é profissional do esporte (e muito bem remunerado, por sinal) e incapaz de enxergar o óbvio. O que mostra ser um profissional bem fraco, isso sim.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Fala Rodrigo e amigos. Sobre o Zé, o acho sem culhão. Esse é o grande problema dele. Tem um time interessante hj com todas as peças disponíveis. Podendo fazer nome no mercado nacional e talvez internacional, com esse time. Mas fica aceitando ordem de dirigente.

Nem gosto do comentarista da espn que falou do trabalho do Zé, mas foi total verdade. O cara é muito fraquinho. Se saísse, quem poderia assumir essa direção? Alguma ideia Rodrigo e amigos?

Ele só irá sair quando for eliminado na sul americana e copa do Brasil. Depois de perder alguns milhões. Mas será que os dirigentes se importam com isso?! Já sei a resposta.

SA....André

jones lopez disse...

Rodrigo oque mais me deixa puto, e que não conseguimos ganhar de um time com salários atrasados e que nem treinou na semana isso so prova que o nosso "planejamento" é uma merd$@.

Rodrigo Federman disse...

André, sim, ele é sem sangue, nada vibrante. Fica até difícil ele ter moral para exigir isso dos atletas, né?

Exato, Jones.

Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Esse Zé beira o ridículo, deixando claro a todos os torcedores que é pau mandado de empresários da bola e se desmoraliza a cada jogo.
O André coloca uma boa questão: quem entra se ele sair? Aposto logo milão na resposta se isso acontecer (e acho que com o andar do Carioquinha isso rola): essa diretoria fdp vai recontratar o Mister Magoo, master blaster, rei das alturas JAIR VENTURA. Só tem uma chance de não acontecer, é que o Valentim também está sendo contestado na Colina e não duvido que os dirigentes resolvam destrocar de novo, o que seria a maior comédia do futebol carioca dos últimos anos. Mas não duvidem do que essa gente é capaz!

Rodrigo Federman disse...

Paulo, não sendo o JV, qualquer um! hehehe
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Se o ZR sair, periga os dirigentes "descobrirem" o Osmar Loss, demitido do Guarani e com passagem pelo Corinthians.
Outro nome que pode sair diretamente da cartola é o do Milton Cruz... Ou optarão por uma escolha mais próxima, Alfredo Sampaio, que está no Bangu e com passagem por vários clubes de menor investimento do Rio de Janeiro.

Se fosse para arriscar, pode parecer loucura, tentaria o Rogério Ceni. Não se pode negar o trabalho que fez/faz no Fortaleza e está acostumado a ser campeão.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Hahahaa. Marcio, é rir para não chorar. O pior é que isso tudo é bem possível, conhecendo a diretoria do Botafogo! rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Pois é, Rodrigo.
Agora, se for para arriscar, como escrevi acima, iria de Rogério Ceni.
Para um clube que arriscou com o F. Conceição e paquetá...
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sim, Marcio. Ao menos é um cara que nego respeita. E olha que eu não gosto da pessoa do RC.
Abs e SA!!!

Lorismario disse...

Rodrigo e amigos. Como os jogos contra a Portuguesa e Americano não valem mais nada pois é preciso vencer os dois e uma combinação de improváveis resultados entre outras equipes para ganhar a Taça Rio eu faria o seguinte: Cavalieri, Marcelo, Helerson, Gabriel e Jonatas. Jean,Marcinho, Gustavo e Diego Souza. Erik e Igor Cássio. Justificativas:1- O Cícero não joga mais futebol.2- O Marcinho pode ser um bom meio campista do meio para frente. 3- Escalei o Helerson pois o Joel Carli está machucado. Quando estiver bom, entrará. 4- O Diego vai para o meio de campo pois aí se resolve o problema do chutão. 5- O Erik não terá que voltar e poderá entrar pelo meio ou ponta.Jamais vi o Erik de ponta aqui no Goiás. E olha que vi muitos jogos do Goiás com ele. 6- O Gustavo é jovem e me agradou nos dois últimos jogos, principalmente no que jogou quase o tempo todo. 7- O Igor Cássio está bem fisicamente, encorpou e tecnicamente é bom jogador. 8-Quando o João Paulo estiver bem tecnicamente entra no lugar do Gustavo. 9- São testes pois se não ganhar da Portuguesa e Americano não ganhará de ninguém.

Rodrigo Federman disse...

Loris, que ao menos terminem o campeonato de maneira digna.
Abs e SA!!!