sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Sorte nossa

















Notícia retirada do site Lancenet:

"Alan Santos sofre edema e pode ser desfalque contra o Corinthians.

Meio-campista sofreu lesão no treino do Botafogo na última terça-feira, não voltou a participar de nenhuma atividade desde então e pode ficar fora de duelo do Brasileirão".

Meu comentário: Já temos um reforço!

Ah, mas sem Alex Santana e João Paulo...e agora?

Resposta: Qualquer um. Até mesmo o Cavalieri improvisado, se for o caso. 


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

13 comentários:

Marcio disse...

Alan Santos, indicação do Zé Ricardo...
São 8 jogos e 312 minutos em campo em 2019; os minutos em campo representam 3,47 jogos completos.
O pior é que não se pode achar que isso é um acaso; pois fez em 2018 apenas 10 jogos e 734 minutos. Em qual performance o BOTAFOGO baseou-se para efetivar essa contratação?

Em 20/07/2019

"Contratado no início da temporada por Zé Ricardo, Alan Santos conviveu com lesões desde a assinatura e, por isto, ainda não conseguiu desenvolver uma sequência de jogos dentro do Botafogo. Apesar disso, o meio-campista foi elogiado por Eduardo Barroca antes da realização da Copa América."

(https://www.lance.com.br/botafogo/alan-santos-recebe-sondagens-mas-desejo-ficar-botafogo-prevalece.html)

Alegam que diante da crise financeira o BOTAFOGO está obrigado a fazer apostas. Que seja!
Entretanto, essa mesma condição financeira obriga que todos estejam quase sempre prontos para jogar.

SA!!!

Anônimo disse...

Nesse caso eu já penso de uma maneira diferente.
Gostaria de ver o Alan Santos jogar uma partida completa. Fez uma temporada muito boa no Coritiba, na ocasião mostrou qualidade na marcação e com a bola nos pés.

Para o jogo contra Corinthians o Rickson deve pegar a vaga.

Resende

Rodrigo Federman disse...

Marcio, haja dinheiro (já escasso) mal gasto pelo Botafogo!

Resende, eu nunca vi nada demais no rapaz. E no Botafogo, ídem.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

O problema é que ele esteve no Coritiba em 2017... Também não me lembro dele no clube paranaense, mas considerando ser verdadeira a afirmativa de que foi bem por lá, mesmo não desconsiderando uma recuperação, parece que está em uma curva descendente.
A coincidência é que quando da contratação do Anderson Aquino com 29 anos em 2016, a argumentação era a boa temporada em 2014 pelo Coritiba.
O lapso de tempo entre as boas temporadas e a contratação pelo BOTAFOGO são semelhantes.
Repito que não duvido da palavra de quem acompanhou o A. Santos em algum momento, mas desconfio que possa trazer resultados.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, convenhamos que se fosse bom, já teria mostrado algo. Ao menos nos treinos.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

O Marcio tem uma paciência franciscana, pois se dá ao trabalho de realizar pesquisas minuciosas para tecer os comentários os mais fundamentados e com conclusões lógicas, realizando análises precisas, que são sempre muito bem-vindas.
Claro que considero tal postura uma virtude. Do meu lado, não tenho a menor disposição para tal mister. Os palpites que costumo lançar aqui na área de comentários se prendem a elucubrações de caráter mais geral.
Trago na paisagem da minha memória somente os jogadores que fizeram história no Botafogo, seja pela excepcional qualidade, ainda que não tenham sido campeões pelo Alvinegro, seja pelo folclore que os caracteriza. De um lado, os eternos ídolos (Nilton Santos, Garrincha, Gerson e outros tantos; de outro, os Cremílsons e os Perivaldos da vida ou mesmo o time do camburão, do qual sempre fui fã.
Acima, o Marcio trouxe à tona o nome do Anderson Aquino...
Juro que não me lembro do indigitado vestindo qualquer camisa, menos ainda a do Botafogo. Aliás, a serem considerados os últimos anos - ou mesmo décadas -, o número de jogadores inexpressivos que ousaram vestir o nossa manto é tão elevado que não me lembro de quem jogou pelo Botafogo há, sei lá, três temporadas...É a esse bando de cabeças de bagre que costumo chamar “ralé vestida de nobreza”.
A propósito, como se chama mesmo um menino com cara e corpo...de menino, que atuou, não faz muito tempo, ao lado do Seedorf? Não sei. Não sei se ainda é jogador e por onde anda. Um com diminutivo no nome. Até que tinha algum talento, mas franzino de dar pena.
Mas falava do Anderson Aquino e o que a presença dele no Botafogo quis e quer dizer quando se fala na administração levada a efeito pelas últimas diretorias. A pura verdade é que os dirigentes se acostumaram a contratar - oh!, surpresa! -, ao longo dos anos, nulidades a granel. O exemplo mais acabado do que falo é este jogador trazido à tona pela postagem. Não joga nada, não acresce nada, é jogador de time pequeno.
Tocado pela curiosidade, fui dar uma espiada na internet para me inteirar de alguma coisa a respeito do Anderson Aquino e é tão somente por ter digitado o nome dele na janela de buscas que acabei por ver a cara do sujeito, mas, insisto, não me lembro do dele no Botafogo.
Nas informações básicas a respeito do craque, vi a lista dos times em que jogou/joga o possante. À exceção do Atlético-PR, o homem só atuou em time grande, conforme a lista que segue:
Atlético-PR
Sport (emp.)
Goiás (emp.)
Olimpi Rustavi (emp.)
Paraná (emp.)
Coritiba
Santa Cruz (emp.)
Linense
Botafogo
Figueirense
Londrina
Ituano
Aí é que emerge a afirmação da qual não abro mão, até que a realidade se transmude em algo melhor: O BOTAFOGO ESTÁ SE ACOSTUMANDO A SER PEQUENO, A SE OMBREAR COM OS LINESES, ITUANOS E OLIMPI RUSTAVI DA VIDA.
Não sei de onde é o Linense. O Ituano, o nome indica, deve ser de Itu.
Já o Olimpi Rustavi é um time da República da Georgia, por onde andou Anderson Aquino, este titã!
Fico aqui a imaginar como deve estar "pegando fogo" o campeonato Georgiano de futebol. Deve ser tão interessante quanto o é aquele torneio estadual de basquete a ser disputado por três clubes, dentre os quais, o Botafogo do Anderson Aquino.
Enquanto isso, o Marcos Vinícius deve estar flanando por aí.
Levi

Rodrigo Federman disse...

Hahahah! Levi, o Linense é da pequena Lins (em SP). O Botafogo é mestre na arte de garimpar esses craques incompreendidos! hahaha
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

A que ponto chegamos: comemorar a ausência de jogadores fracos. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

É o que temos para hoje, Sérgio. Rs
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Levi, o pior é que o Aquino em 2013 foi reprovado nos exames médicos e não ficou no BOTAFOGO.
E o nome do jogador, franzino, é Cidinho; a última noticia que li a respeito dava conta de que estava no futebol francês.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, isso mesmo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Parece que o M. Vinicius foi relacionado para o jogo frente ao Corinthians...
Finalmente!
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, agora a minha confiança aumentou! rs
Abs e SA!!!