segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Exemplo negativo





Palavras do Diego Souza, após a humilhante derrota de ontem:

"- O Botafogo teve chances, era para ter empatado ali no início, mas o Grêmio é uma equipe que tem muita intensidade, que joga junto há muito tempo… Tomamos o segundo gol quando estávamos bem na partida, tendo um pouco mais de volume, mas acontece. Não podemos baixar a cabeça por isso, perdemos de uma grande equipe e sabemos que temos que melhorar".

Os caras sequer se preocupam e chamam o torcedor de idiota na maior tranquilidade, né? Em qual momento que o Botafogo estava bem, porra? Pelo amor de Deus, se é para falar merda, diga que não quer conceder entrevista.

Agora, especificamente sobre o Diego, se ele disse que o time sabe que precisa melhorar, que comece por si. É inadmissível que um jogador profissional com salário de três dígitos pese algumas arrobas e tenha uma bunda maior do que baiana em ala de desfile do Carnaval.

Pior: Com essa preparação física risível de General Severiano, é mais fácil o Diego Souza continuar engordando do que perder peso e ganhar preparo.

O Botafogo não é um clube sério. Definitivamente não é.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

29 comentários:

Sergio disse...

O Botafogo deixou de ser um clube sério quando fez aquela negociata envolvendo a venda de GS. Se pesquisar a história verá o absurdo que foi. Nenhuma entidade nessa merda de pais paga as dividas, são roladas ou perdoadas, mas o Botafogo foi o único a querer saldar suas dívidas entregando o patrimônio. Foi nesse episódio que começou a decadência do clube, muito interessante para os inimigos de fora, e conveniente para os inimigos de dentro. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, o Botafogo é sempre o seu maior adversário. Impressionante.
Abs e SA!!!

Adelson disse...

Rodrigo, eu só vi um presidente sério e visionário no Botafogo: Bebeto de Freitas. Mas ele foi engolido pela máfia do futebol, da Globo, da CBF, dos canalhas... do mundo obscuro... estamos murchando. Essa entrebvista aí parece de drogado ou de bêbado.. .ou de quem só está de olho na conta bancária.

Marcio disse...

A questão é que no BOTAFOGO atual a sensação é que os componentes estão apenas fazendo um grande favor.
A desculpa preferida, a justificativa para os fracassos, sempre é a falta de dinheiro, só que com orçamento alto ou baixo, planejar bem é obrigação.
Se eu tivesse a oportunidade de questionar esses "dirigentes", perguntaria sobre as premissas que serviram de base para a montagem do futebol do CLUBE, do vice de futebol ao último reserva do Time.
O que vemos dentro das quatro linhas é reflexo do comando.
Quanto a fala do D. Souza, caminhou na direção do que disse o Valentim, que disse ter gostado de algumas coisas no primeiro tempo... É uma realidade absolutamente paralela; o que permite afirmar que esta visão distorcida não vai permitir mudanças e ao final de tudo, devem estar achando exageradas as críticas do Torcedor.
SA!!!

VinnyMarques disse...

Entra técnico, sai técnico, e esses merdas paneleiro continuam a mandar no falido clube. Esse gordo fdp, e os lixos Cícero e Luís Fernando não saem da porra do time. E o que explica Victor Rangel senão o dedo de empresário? Por isso me afasto cada vez mais desse clube. Não vou mais ao estádio nem sequer faço questão de assistir aos jogos. Essas diretorias já cuspiram muito na cara do torcedor. Eu cansei. Todo ano a mesma merda. Prefiro assistir VTs, os gols... Não quero perder meu dia com o Botafogo. Dói no coração dizer isso, mas tá foda... Ou muda ou fecha logo as portas.

Anônimo disse...

"Perdemos para uma Grande Equipe"
As palavras fazem sentido. O inverso delas também!
Eis aí a confissão, a contrario sensu, de que ele joga num time pequeno.
Ora, se o próprio atleta (pausa pra rir) Diego Soporífero diz que perdeu para uma Grande Equipe, está admitindo, por via inversa, que ele, Diego Zonzo, joga num time pequeno...
Ah, sim, pra não perder a viagem no campo da observação dos fenômenos, vi que o referido atleta (outra pausa pra rir mais um pouco) disse que a causa de o Grêmio ter humilhado o time pequeno para o qual o Seu Diego finge que joga, é o fato de os jogadores do adversário atuarem juntos há muito tempo.
Pego uma caroninha na sagaz observação do Diego Sono para afirmar, sem rodeio e sem aresta: a causa do Botafogo jogar tão mal nos últimos, sei lá, 40 jogos, é que os bufões atuam há tanto tempo juntos. Diego Gordo, Cícero, Luiz Fernando, Gilson, Pimpão e Vitor Rangel (quem?) atuando juntos?!?
Os resultados serão sempre os mesmos, a não ser que algo inteiramente fora do mundo real aconteça nos jogos que restam.
Alguns chamam a isso milagre. Eu dou o nome de bizarrice, de anomalia.
Levi

Rodrigo Federman disse...

Sim, Adelson. E que precisou brigar com muita gente lá dentro.

Marcio, eles vivem em um mundo de fantasias, mentiroso! E acham que enganam o torcedor.

Vinny, o Botafogo está refém de medíocres! Pesadelo sem fim.

Levi, fecho contigo. Anomalia!

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,soube através de um dos meus cunhados que a direção do Grêmio tentará contratar o GATITO e os dirigentes alvinegros aceitam negociar.
Sentiu o drama meu amigo? Fim de ano chegando,MIAMI,ORLANDO,EUROPA,etc,custa caro e os "amadores" fazem qualquer negócio por dindim.
Pode crer que venderão um dos melhores goleiros do país por qualquer merreca.
Esse é o atual ex glorioso,que em meus tempos de jovem,juntamente com o SANTOS, encantavam a Europa,dando baile de bola em REAL,BARÇA,etc,etc.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, sim, foi noticiado por alguns jornalistas do Sul. Resta-nos torcer para que o ano termine logo, continuemos na primeira divisão e o projeto da SA sirva para manter o Gatito.
Abs e SA!!!

Assimos disse...

Salve Salve, amigos do CB!

Repito: o Botafogo de uns anos para cá é "casa de puta governada por sacana".

Se faltasse elenco (por questões financeiras reais), mas sobrasse em profissionalismo e dedicação tanto por parte da diretoria quanto dos jogadores, eu não estaria tão indignado — o problema é que faltam os dois e todo mundo sabe disso.
Por exemplo: o time do Fluminense está mal, e se há desleixo, é bem disfarçado. Já no Botafogo esses 3 caras: Cícero, DS e LF não fazem nem questão de fingir, permanecem intactos e certamente continuarão fazendo hora com a nossa cara porque há quem os banque.

Quer saber? Agora prefiro que dê chance para quem ainda não teve e pagar para ver.

Abraços e SA!

Rodrigo Federman disse...

Assimos, é o que mais me irrita também. Mais do que limitação técnica, é a falta de vontade e entrega!
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Sobre a declaração do Diego Souza eu concordo com ele. Sei que gera polêmica, pois se analisar a partida toda, no geral, fizemos um jogo de merda, mas ele tem razão na análise sobre o segundo gol.

Durante os 15 min da segunda etapa, o botafogo esteve com a bola e estava povoando bem a intermediária do grêmio, claro, não foi nenhuma pressão, mas o gol só não saiu pois erravam o último passe em todos os ataques, então por isso dou razão a ele, pois realmente o botafogo estava mostrando que o gol podia aparecer a qualquer momento, pois estava um buraco no meio campo do Grêmio.

Depois que Valentim tirou LV, acabou o preenchimento do meio campo, pois Igor Cássio não tem vocação nenhuma para recompor e LF tbm não sabe fazer isso e levamos um baile.

Resende

Rodrigo Federman disse...

Resende, eu juro que não vi nada. Na verdade, vi mais do mesmo. Ou seja, outra partida sofrível e covarde do Botafogo.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Falou Morfeu Souza, líder desse elenco junto com Cícero, ambos ex-jogadores em inatividade. Daqui a uns 5 anos leremos que eles ganharam alguma ação judicial contra o Botafogo por não pagamento de alguma coisa.
Nunca acreditei que a vinda desse traste poderia ser benéfica para o Botafogo. Torci para que não se concretizasse. Infelizmente estava certo.
Abs.

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, eu gostei quando ele veio. Ainda hoje, reconheço que ele sabe jogar, mas infelizmente já não quer mais. Não faz esforço algum. E nesse Botafogo onde não há cobrança, ele deita e rola.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Poucos se lembrarão.
Segunda metade dos anos oitenta
No gol do Botafogo, um uruguaio, Alves, trajava negro, como convém a um goleiro.
Cortava cruzamentos com somente uma das mãos.
No ataque, outro uruguaio charrua, De Lima, horrível, mas corria atrás da bola como se fosse um faminto perseguindo um prato de comida. Fazia uns gols de quando em quando.
Pois, bem, no Brasileirão daquele ano, o então Botafogo (hoje é ex) foi enfrentar o Grêmio, no Olímpico, onde era mais difícil jogar contra eles do que na atual arena.
Resultado: dois a zero Botafogo, com De Lima tendo feito um dos gols.
Não me lembro do time que entrou em campo. Quase certo de que Éder Aleixo e Gotardo vestiam a camisa do ex-Botafogo.
Mas, àquela altura, o Botafogo era grande e tinha brios. Enfrentava qualquer um de igual para igual, sempre intimorato.
Hoje, um Seu Diego Gordo qualquer potencializa a nossa vergonha, quando diz, por via inversa, que o Botafogo é pequeno.
Reparem que o referido mal cabe na foto que ilustra a postagem, de tão obeso.
Por quê trago à tona aquele jogo dos anos oitenta?
Porque prefiro falar do De Lima a ter de dar luz à ribalta do bufão Seu Diego.
Prefiro me lembrar do Éder a ter de falar do Luiz Fernando e do Vitor Rangel.
Um time composto por Alves, Gotardo, Josimar, Éder, De Lima e mais somente dois venceria o atual time inteiro do ex-Botafogo.
Levi

Rodrigo Federman disse...

Levi, lembro dos dois citados. Aliás, eu gostava do Alves. Lembro de um Uruguai e Argentina que era falta de dois lances e ele deixou a bola entrar direto sem fazer qualquer esforço. Inteligentíssimo.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

O De Lima era um horror. Estava no Maraca quando fez o seu primeiro gol, na verdade a bola bateu na trave, bateu nele e entrou e o Emil ficou muito emocionado, pois gostava do seu "filho" como ele se referia aos jogadores: filhos.
Aliás, eu me lembro do lamento do Emil na final do brasileiro de 1992, com ele quase chorando dizendo que seus "filhos" não podiam ter feito aquilo com ele. Aquela final é um mistério até hoje. Tive amigos que pararam de assistir futebol depois daquele jogo.
Voltando ao De Lima, era muito ruim, tipo VR, mas corria e se esforçava,mas ao contrário desses sanguessugas que estão aí.
Eu não me lembro de um time do Botafogo tão ruim e tão sem sangue como esse atual. Nem o de 2002 era tão ruim e tão FDP omisso como esses. Torço para um final feliz, mas mesmo assim, vamos sofrer atá o fim do campeonato. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Sérgio. Esse time de 19 é o mais indolente dos últimos muitos anos.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...


Time marcha lenta.

Prisma

Anônimo disse...

E segue o baile!
Segue essa dança louca que "nenhuma Isadora dançou"!
Segue o Botafogo na barca de Caronte...
Levi
https://www.fogaonet.com/noticia-em-destaque/botafogo-perde-acao-e-tera-que-pagar-r-15-milhao-a-mario-bolatti/

Marcio disse...

Levi, o De Lima de fato tinha pouca intimidade com a bola, mas não custa lembrar que ele foi artilheiro da Libertadores de 1986, jogando pelo Deplorativo Quito, onde marcou 9 gols em 6 jogos. Isso à época, incentivou a sua contratação pelo BOTAFOGO.
Já o referido confronto com o Grêmio foi em 1987, vencido pelo BOTAFOGO com gols de De Lima e Éder, a escalação foi a seguinte: Alvez, Josimar, Wanderley,Gottardo e Vagner; Luisinho, Berg e Carlos Alberto Santos; Mauricio, De Lima e Éder. O Técnico era o Zé Carlos (Se não estiver errado, quando jogador atuava no meio campo e passou por Cruzeiro e Guarani).
O interessante é que muitos jogadores do Grêmio que participaram do jogo tem relação direta ou indireta com o BOTAFOGO. Casemiro é tio do João Paulo, Cuca foi técnico, Bonamigo foi jogador e técnico e Valdo foi jogador.
Vale dizer também que o técnico que "salvou" o BOTAFOGO do rebaixamento em 2004 foi o Bonamigo, tendo o Valdo como seu jogador (Nesse Time de 2004 tinha o zagueiro Scheidt, que também jogou no Grêmio).

https://www.gremiopedia.com/wiki/Ficha_T%C3%A9cnica:Gr%C3%AAmio_0_x_2_Botafogo_-_02/11/1987

SA!!!

Marcio disse...

"Saiba como Alex Santana voltou a jogar na temporada 2019

Após oito rodadas fora da equipe, o volante Alex Santana voltou ao time neste domingo (27) contra o Grêmio, em Porto Alegre. Alex entrou em campo no segundo tempo da derrota por 3 a 0, na Arena do Grêmio. O departamento médico do Botafogo trabalhou de forma incansável para colocar o atleta novamente à disposição da comissão técnica.
Alex Santana sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo contra o Ceará. Após realizar um exame de ressonância magnética foi diagnosticada uma lesão extremamente Rara (luxação no tendão tibial posterior), sendo o jogador prontamente encaminhado pelos médicos do clube a um especialista em pé e tornozelo, Dr. Vítor Miranda, ficando definido que o tratamento a ser instituído a princípio seria conservador, uma vez que caso o tratamento cirúrgico fosse realizado o atleta teria que ficar pelo menos 8 semanas imobilizado e não poderia mais atuar na reta final do campeonato Brasileiro.
Ficou definido em comum acordo entre o departamento médico e o atleta, que seria tentado minimizar a dor para que o jogador pudesse retornar às atividades e ajudar o time na reta final do campeonato tendo em vista a sua importância no elenco do Botafogo."

https://www.tupi.fm/esportes/saiba-como-alex-santana-voltou-a-jogar-na-temporada-2019/

O interessante é que durante esse período não informaram rigorosamente nada ao Torcedor que reclamava a ausência de um dos seus melhores jogadores.
Por que deixaram para dizer que a lesão era rara somente após o retorno?
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sim, Prisma.

Só para variar, Levi. Rs

Marcio, eu duvido que soubessem de fato o que o AS tinha durante todo esse tempo.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Valeu, Marcio.
Mil vezes aquele Botafogo!
Ia lá no sul e se impunha como time grande, mesmo no tempo das vacas magras.
Era o embrião da equipe que iria quebrar o jejum.
Mil vezes o Emil Pinheiro a esses janotinhas babaqinhas de hoje.
A conta do Bolatti vai para o dentista.
Falar nisso, que fim levou aquele barulho todo feito pelos atuais diretores contra o dentista?
Pelo visto, mais um pergunta retórica da minha parte...
Levi

Rodrigo Federman disse...

Levi, mil vezes mesmo! Tempos em que ao menos nos dava muito orgulho do Botafogo. Hoje, só tristeza, vergonha e raiva.
Abs e SA!!!

Unknown disse...

O botafogo tem que arrumar no mínimo, 12 pontos nessa reta final do brasileiro, para escapar da degola. E não será tarefa fácil: o time além de fraco, está com o pagamento atrasado. Ninguém corre, ninguém se esforça. Mas, longe de apoiar esse plantel de bosta, os atletas também tem família, tem contas a pagar. O técnico, por melhor que seja, não pode fazer milagre, diante de tantos problemas. Vamos orar, orar e orar, se não o projeto S/A estará comprometido. A culpa é do amadorismo dessa diretoria. Saudações Alvinegras!!!

Marcio disse...

Rodrigo, o retorno do Arrazcaeta em poucos dias após a artroscopia gerou uma pressão maior nos departamentos médicos dos outros clubes. Claro que em medicina cada caso é um caso, mas conheço torcedores de outros clubes que passaram a questionar a demora no retorno dos contundidos.
É bom que se diga que muitas teorias nessa temporada tem sido destruída, uma delas é essa de poupar o time um jogo sim e o outro também.
O rol de desculpas acabou, não enganam mais.

Sobre o interesse do Grêmio no Fernández, penso o seguinte.
Da mesma forma que deixarão os contratos que terminam em dezembro/2019 para serem discutidos pelos investidores, pelo menos foi o noticiado, não podem dizer podem negociar o paraguaio, que tem contrato até 2021.
Claro que não há o que fazer se a multa rescisória for paga e o jogador desejar sair, mas a lógica manda toda e qualquer negociação ser deixada para os eventuais investidores.
Só que no BOTAFOGO deles não lógica.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Unknown, e esses 12 pontos serão difíceis a beça!

Marcio, o nosso DM é uma merda. Uma grande merda. E a preparação física também!

Abs e SA!!!