terça-feira, 30 de junho de 2020

Jogar mais adiantado





O Honda mostrou toda a sua importância tática na vitória sobre a Cabofriense.

Mesmo sem tanto destaque individual e obviamente com o freio de mão puxado, o japonês só tocava de primeira, rodando para os dois lados do campo.

O curioso é que ele começou em uma função mais defensiva no primeiro tempo e após a mudança tática, foi adiantado (sempre pelo meio). 

Eu não sei vocês, mas prefiro o Honda um pouco na frente. Acho que acaba sendo um desperdício deixá-lo só tocando para os lados mais recuado.

Alguém discorda?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

19 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo
Pela carencia que o time tem no meio campo, qualquer posição que ele jogue ali será titular absoluto.
Mas com certeza é melhor te-lo criando na frente.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Ricardo. Também acho.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Concordo com você. Confesso que estava até ficando com raiva vendo ele tão recuado, porém tbm fiz essa leitura que era necessário ele jogar recuado, pois o Alex Santana é um cara que corre com bola e não tem característica de rodar o jogo, coisa que muita das vezes a torcida não compreende mas é muito importante. Se não me engano Honda foi quem roubou a bola no primeiro gol e lançou Luis Henrique. E no último gol foi ele quem tabelou com Lecaros, colocando o Peruano livre no campo de ataque.

Nos últimos 20 minutos quando Cícero(Luis Otávio) e Caio formaram a dupla de volante foi visível que ele começou a aumentar um pouco o ritmo puxando tabelas, dando piques e pisando na área do adversário, tendo oportunidade inclusive de fazer o gol no lance que Pedro Raul cabeceou errado.

Honda é muito inteligente, sabe fazer várias funções, importante destacar também que Honda não é aquele jogador que vai sair correndo, driblando geral e batendo pro gol. Honda é um jogador cadenciado, ótimo nos passes, preciso, e tem uma qualidade muito interessante que é o chute e por isso também acho que ele tem que jogar avançado.

Resende

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Resende. Concordo integralmente com seu comentário.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Penso que o maior entrave para o meio campo ofensivo e ataque do BOTAFOGO é a falta de liberdade de ação.
Fora o Pedro Raul no comando de ataque, Honda, L. Henrique e B. Nazário deveriam ter a total liberdade na troca de posições, pois criam jogadas e também as finalizam.
No segundo tempo o Honda poderia ter feito o seu gol se o Pedro Raul escorasse a bola para dentro da pequena área.
O fato é que sendo o Honda um jogador que atuou em várias posições, não pode ser limitado dentro de campo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

É, Marcio. Principalmente o LH, como já falamos várias vezes por aqui.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, tem um outro fator que "emperra" essa movimentação que é o auxiliar de lateral L. Fernando; aquele lado direito é dele, quase por usucapião.
Quem chega para jogar por ali, logo é deslocado para outro setor.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, já pensou se fecharem mesmo com o Kalou? Só falta sobrar para o LH por causa do LF. RS
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, se fossem da mesma geração, eu apostaria que o Guardiola deslocou o Messi para "falso nove" porque pensava em mandar contratar o L. Fernando.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Hahaha! Marcio, a possibilidade seria grande. hehehe
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,concordo e acrescento que no momento eu jogaria em um 4x4x2,com HONDA e BN mais a frente,sem grandes preocupações defensivas,e no ataque LH e PR.Nosso contra ataque seria bem forte e rápido.
Completando o meio de campo com o CA e contratar um bom marcador.
As necessidades defensivas sabemos de cor e salteado.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, de pleno acordo, meu amigo.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Não vi o jogo e nos melhores momentos dá prá ver pouco, mas o pouco que vi reparei que no 1º tempo o Honda estava mais recuado, seria um 1º volante? No segundo percebi ele mais a frente. Jogador inteligente que sabe jogar e dosar as energias. Lembrando para os antigos, em 70 no jogo Brasil 3X1 no Uruguai, o Gérson estava sendo marcado homem a homem, não podia nem ir ao banheiro que o uruguaio ia atrás. O Que fez o Canhota? Trocou de posição com o Clodoaldo e aí matou o time uruguaio. O Gérson na minha opinião foi o maestro daquela seleção.
Findo o varandão da saudade, voltemos aos tempos atuais. O Kalou é volante e disse que quer jogar no Botafogo, aí vai melhorar muito o meio. Só acho que nesse time do Botafogo os jogadores que não devem ser barrados na minha opinião são: Gatito, Marcelo, Caio Alexandre, Honda, Nazário, Pedro Raul, e Luís Henrique. Caso não apareça um bom zagueiro, prefiro o Kanu. LF, todos os laterais, esses gostaria de vê-los longe. Abs e SB!

Sergio Di Sabbato disse...

Confundi o Kalou com outro jogador, um marfinense que não quis ficar na Turquia e demonstrou interesse em jogar pelo Botafogo, recusando inclusive um time da Rússia. Não lembro o nome completo, apenas o primeiro John, mas li boas referências a respeito dele, e é volante. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, o volante é o nigeriano Mikel, que aliás, marcador forte que é, cairia como uma luva nesse time.
Abs e SA!!!

RICARDO SOUZA disse...

Discordo. Creio que Honda deve jogar de segundo volante, na posição que Alex Santana começou jogando, e com Caio Alexandre ao seu lado.
Bruno Nazário ficaria pelo meio, com dois atacantes abertos (LH e Kalou) e Pedro Raul no comando de ataque.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Ricardo. Eu não concordo não. Para mim, sem um volante marcador forte, será complicado encarar adversários melhores tecnicamente.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Não vamos nos esquecer que esse volante marcador forte também precisa saber o que é uma bola de futebol; se não for assim, ele será o maior recuperador de bolas dos campeonatos, já que sempre irá entregá-las aos adversários logo após recuperá-las.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Exato, Marcio.
Abs e SA!!!