segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Futebol e discursos medíocres


 















Palavras do zagueiro Rafael Forster, após outro ridículo empate do Botafogo

"- No primeiro tempo conseguimos fazer um bom jogo, no segundo tempo também. Foi um detalhezinho que acabamos errando, uma saída, uma bola difícil ali no meio, estávamos sem jogadores ali, aconteceu e tomamos o gol. Ficamos tristes por mais um empate, mas é fora de casa, contra um adversário difícil".

Detalhezinho, ficaram tristes, adversário de respeito, trabalhar para recuperar no próximo jogo...

Discurso medíocre de um grupo que não parece ter gana ou sentir raiva da situação do time. A cara da sua diretoria (principalmente) e comissão técnica. 

Cada vez mais difícil acreditar na recuperação.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

17 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo
E assim, de grão em grão, vamos afundando no Z4...
Haja desculpas.

Sergio Di Sabbato disse...

Detalhesinho????? Foi uma cagada do PR que se acha craque e quer dar sempre um driblinho a mais e perde a bola, com o time saindo para o ataque e completamente desguarnecido e o técnico fala de detalhesinho! Contra o Coríntinas também? o PR no ataque a mesma coisa, sempre tenta um drible a mais e nunca faz a jogada certa, uma grande decepção esse jogador.
O esquema do Botafogo sacrifica a característica dos jogadores. Já repararam que os jogadores parecem guardar posições fixas? O Babi, fixo numa extrema, quando é claramente finalizador e não tem habilidade para dar passes objetivos, ontem matou uns 3 ou 4 contra ataques. O Nazário fixo, mas quando se movimenta cria boas jogadas. O Kalou além de estar fisicamente um horror foi encostado na extrema e tem sempre dois ou três jogadores marcando ele e ninguém para jogar com ele. Aliás, nesse time do Botafogo ninguém da opção de passe, sem contar o espaçamento e a lentidão do time em sair jogando, parece que espera o adversário se recompor.
Na defesa os laterais ficam sempre contra 2 ou 3 adversários. Ontem o VL no primeiro tempo tinha que marcar 3, todas as jogadas eram em cima dele e até os 25 minutos ninguém ajudando.
O JOTA falou que o Kalou veio fazer turismo, pode até ser, mas não foi ele quem pediu para vir jogar no clube, então quem contratou é que deveria saber as verdadeiras condições do jogador, que não jogava há quase 1 ano. O curioso é que quando chegou foi elogiado pela forma física, dois jogos depois o cara tá se arrastando. Belo preparador tem o Botafogo. Isso me lembra o Erik, que quando chegou do Palmeiras tava voando, em 2 meses de Botafogo ele, cuja característica principal é a velocidade não ganhava uma na corrida, coincidência?
Esses discursos que fazem no clube parecem querer isentar quem tem realmente responsabilidade, sempre é algo ligado a fatalidade, o detalhesinho.
Esse Botafogo é uma tristeza: contrata um treinador que não quer mais treinar, monta um elenco completamente irregular, vende os melhores e fica com as draga. Contrata desconhecidos e uns são privilegiados, outros não tem chance. Detalhesinho! A vai a M! Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Ricardo.
Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, onde assino? Disse tudo.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Na postagem de 16/9 aqui do Cantinho este mesmo R. Forster dizia, ao se referir ao excesso de gols bobos sofridos e falhas rotineiras do Botafogo nos últimos jogos:

"Isso serve de lição para os próximos jogos para a gente encurtar, diminuir os erros. Porque o que está acontecendo é justamente isso, são erros que vêm acontecendo e o adversário vem aproveitando. E a gente não tem espaço mais para erro, não podemos mais ter esses erros, porque a gente sabe que eles estão convertendo em gols".

E o Rodrigo escrevia: "Curioso que essa lição não vem de hoje e mesmo assim eles ainda não aprenderam, né?"

Agora foi "um detalhezinho", quase igual ao que ocorrera contra o Coríntians, mas os jogadores, esses coitados, ficaram " tristes por mais um empate, mas é fora de casa, contra um adversário difícil".

Haja saco para esse lixo ! Os caras não aprendem, ninguém aprende nessa merda de clube/time ?!?!

Já é uma dificuldade fazer gols, os caras arrumam um pênalti besta, em um chute que provavelmente não daria em nada, mas, para nossa sorte, bate na mão do defensor. Porra ! É tentar segurar a bola, não cometer erros, até pelo fato de ser muito difícil, quase impossível, esse lastimável bando do Botafogo ter alguma força para voltar à frente do placar. Mas, não ! Um detalhezinho...

Até o reino mineral sabe que PR e Babi, além de não terem a menor condição de jogarem juntos, não tem técnica nem habilidade para irem buscar jogo no meio de campo. O PR, quando muito, é pra ficar enfiado na área tentando empurrar uma bola para o fundo das redes. Idem o Babi. Fazendo isso, já está bom demais !

Não me lembro do André Lima, outro bonde, tentando criar jogadas ou sair jogando no meio de campo. A bola que o PR perde é na linha divisória do gramado. O Vitor Luiz, por sua vez, vê que a posse de bola foi perdida e volta trotando para a defesa. Onde, diga-se de passagem, há um corredor, uma avenida ! Então, por que diabos, jogar com 3 zagueiros ?!?!?

Complementando a lista do Sérgio, lembro que o Moisés quando chegou do Coríntians também estava voando. Rapidamente ficou no nível - baixo - da preparação física do restante do time.

Osso !
Abs.



Rodrigo Federman disse...

Eduardo, e se a lição nunca é aprendida pelo aluno, ou ele tem dificuldades e o professor tem a responsabilidade de ensinar ou então o professor precisa recriminar se o aluno estiver em malandragem. No Botafogo não acontece nada disso.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Nenhum centroavante, que não seja um virtuoso, produzirá alguma coisa nesse time tendo que vir buscar o jogo, já que os meias não armam, não criam (e tampouco defendem). Quando os laterais sobem, não há quem faça a devida cobertura pra eles. Isso é o ABC do futebol. A defesa se vira como pode, pois toda hora estão cara a cara com os atacantes adversários. O Botafogo pode embrulhar todos os estrangeiros de seu elenco e mandá-los de volta para os locais de onde vieram, pois uns não têm mínimas condições técnicas e outros já deixaram no passado o futebol que deu fama a eles. Aliás, faz tempo que o Botafogo só contrata gringo draga. Os últimos que mostraram serviço foram Seedorf e Carli, salvo engano.

Miguel

Eduardo Samico disse...

(PR e Babi) Não terem a menor condição de jogar juntos...

Foi um detalhezinho que errei. Mas serviu de lição e daqui pra frente vou encurtar, diminuir os erros. Agora é levantar a cabeça, ver o que o professor vai falar, virar a chave, performar bem no terço final, pois a intensidade da densidade aproxima-se do ponto de fluidez dos atletas. Mas antes, precisamos recobrar a homeostase do entendimento.

Abs.

Marcio disse...

Eles estão acreditando que esses empates não passam de acidentes, que daqui a pouco os resultados positivos, vitórias, irão acontecer.
Falam como se as dificuldades apenas se apresentassem para o BOTAFOGO, ou seja, desculpas e mais desculpas em um CLUBE que insiste em não firmar um compromisso pela vitória.
De forma geral as entrevistas no BOTAFOGO são lastimáveis, para dizer o mínimo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Miguel, não coloco todos na mesma mala não.

Eduardo, os dois (MB e PR) são postes fora da área. Limitadíssimos. E o PA utiliza os dois juntos e fazendo funções que não são de suas competências.

Marcio, daqui a pouco, quando eles olharem a situação, perceberão que não deu tempo de recuperar e procurarão culpados. Se bobear, sobrará para a Covid.

Abs e SA!!!

VinnyMarques disse...

E o detalhe dos 3 zagueiros era a alternância Forster/Souza na posição. Bizarro. Tanto que no gol dos caras o bisonho Forster errou e nem VL, nem Souza fora atrás do cara na linha de fundo e o Forster deu espaço. Tudo errado.
Do que adianta essa engenharia técnica para jogadores burros? Ele acha que treina a Holanda de 74? PelamordeDeus...
Escalou dois postes na frente e nem bola aérea esse time consegue fazer para dois atacantes aca dos 1,90m... Inacreditável.
Luis Otávio não é jogador. Estão pagando pro Cícero ficar em casa? Porra! E o filósofo lacrador sacando Nazário e colocando o ZUMBI Kalou sem tirar o agora ponta direita Babi, que é burro feito uma porta e tem zero habilidade com a redonda... Era colocar o Davi aberto e deixar o Kalou ou o Pedro de centro avante! Na direita, que ficasse o Nazário. Enfim, tudo errado nessa merda e ELES NÃO APRENDEM! Desisto...

Rodrigo Federman disse...

Vinny, e pelo visto não se esforçam para aprender.
Abs e SA!!!

keven disse...

É ridículo a atuação desse time , só escapa alguns o resto é só lixo, até o Marcelo que é o que mostra mais disposição está falando abrobinhas, é revoltante. Sei nem o que falar mais
Abs e SA!!!!

Marcio disse...

Ansu Fati do Barcelona, 17 anos, 1,78 m e 66 kg.
E o Lecaros é franzino... Vai entender.
SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Vinny, você citou que o PA pensa estar treinando a Holanda de 74, eu afirmo que se estivesse a Holanda não chegaria nem na copa da Alemanha. Explico: a Holanda só foi na copa em 74 classificada pela repescagem e só se tornou uma máquina de jogar futebol depois que o Rinus Michaels assumiu o comando técnico da seleção, curiosamente com o mesmo elenco. Técnico não ganha joga, mas ajuda a ganhar e principalmente sabe montar um time de acordo com os jogadores que tem à disposição. Lembrando que em 66 o Brasil montaria umas 4 ou 5 seleções com condições de ser campeã, e o que aconteceu? Um vexame. Um monte de craques que mais parecia um bando. Essa história que basta ter grandes jogadores para se conquistar títulos é meia verdade. Abs e SB!

J. Daniel disse...

Enquanto os novos contratados não chegam, o time tem que ser esse: Gatito, Kevin, Marcelo, Forster (que tem que jogar mais e falar menos besteira), Kanu e VL, Caio, Honda e Nazário, Guilherme e Babi. Kalou Ainda não está em "forma". Mas eu faço uma ressalva, o Caio é muito desequilibrado, em todos jogos leva cartão por jogada violenta. Um time com plantel curto e pouco qualificado, com desfalque, fica pior. SA

Rodrigo Federman disse...

Keven, os discursos são reflexos da gestão.

Marcio, nossos profissionais do futebol devem ser mais competentes que do Barcelona. Só pode ser isso.

Sergio, e convenhamos, ele jamais teria peso para tanto. Hehehe

J.Daniel, me preocupo muito quando GS passa a ser indiscutível.

Abs e SA!!!