quarta-feira, 24 de março de 2021

Inofensivo e covarde










A diferença é enorme.

O Botafogo perdeu de 0 a 2 para um Flamengo com poucos reservas e basicamente formado por jovens. Ou seja, quase um terceiro time.

Pior: Sendo dominado do início ao fim pelo clube da Gávea. 

Em momento algum oferecemos perigo. Nem mesmo ímpeto. Principalmente depois de entrar o empate no clássico do domingo passado, eu pensei que ao menos entraríamos com raça e vontade de vencer à qualquer custo.

Que nada!

O Botafogo foi uma presa indefesa e desamparada. Viu os meninos do Flamengo fazerem o que bem quiseram. Sim, amigos, o time C dos caras é mais qualificado tecnicamente, melhor treinado, mais forte e aplicado.

Ah, e se não fosse o Douglas Borges, era para ser de cinco ou seis, hein?

Resumo da ópera: Depois de 5 rodadas, o GLORIOSO amarga a vergonhosa sétima posição no campeonato carioca, com uma única vitória, três empates e essa derrota. Além disso, dá a certeza absoluta de que a Série B (que é o que nos importa de verdade) será longa e dificílima. Com esse time, esqueçamos o retorno à elite. 

O ano de 2020 parece não ter terminado.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

25 comentários:

Christian disse...

Rodrigo, hora de adicionar o Benevenuto na lista de jogadores que vc não assiste hahaha..é rir pra não chorar.

Rodrigo Federman disse...

Christian, a lista é praticamente interminável.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Derrota vergonhosa!
Tudo começou com o Chamusca mandando a campo a mesma escalação inicial do último jogo, com o tal "tripé de volantes", Wellison, Rickson e Frizzo,, os dois últimos pouco ajudaram na organização e/ou na marcação.
Sobrou apenas o Zé Wellison, que não se omite... Mas a qualidade técnica....
Na frente o péssimo Marcinho e Babi anulado e o único que fez algo foi o Warley.
Sendo amplamente dominado, o gol saiu em uma bola que Wellison demorou a despachar a na sequencia Marcelo foi frouxo na disputa, gol do adversário.
No intervalo Chamusca sacou o péssimo Marcinho e o fraco Rickson e o time passou a disputar mais o jogo e até se aproximou mais da área adversária., principalmente com o Ronald;, o outro que entrou foi o Felipe Ferreira.. Depois ainda colocou Kayque no lugar do escondido Frizzo.
Só que aos 20 a expulsão do Kanu sepultou as remotas esperanças de conseguir um empate.
Entraram ainda Gilvan no lugar do Warley e Navarro no lugar do Babi.
Eu não sei o que é conversado nas preleções, entretanto não se pode aceitar tamanha passividade, falta de disposição em um time de futebol profissional.
Teve jogador que se escondeu do jogo e isso não é razoável!
Jogador não está obrigado a ser bom de bola, mas ao entrar em campo tem a obrigação de disputar o jogo, jogar firme... Que o adversário saia vencedor por fazer prevalecer a melhor qualidade técnica se houver.
Não pode empatar um jogo da forma que foi contra o Vasco e não pode perder porque deixou de jogar por 45 minutos.
De bom, o goleiro, que está aproveitando as oportunidades e hoje é o titular absoluto, os outros ainda não se atentaram que têm uma chance importante de crescimento profissional. Não se atentaram e pelo visto não estão sendo alertados para tal.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Perfeito, Marcio. Foi vergonhoso mesmo. Cara, de todos esses contratados, parece que só o goleiro realmente é bom. O restante é tudo tapa buraco terceiros reservas em times de nível apenas mediano para baixo. Essa sucursal do Cuiabá me preocupa demais.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, a questão é saber quantos jogos os dirigentes assistiram dos contratados.
A questão é saber quantos nomes o "setor de inteligência" disponibiliza ao técnico quando este diz precisar de um jogador para determinada posição.
Cara, certos comportamentos que o time do Botafogo apresenta em campo, não é de hoje, é extremamente irritante.
Corre ki-suco nas veias desses caras; só pode ser isso.
SA!!!

Marcio disse...

Felipe Ferreira:

"Voltamos com outra atitude. Uma coisa é você perder com mérito do adversário, outra coisa é você não ter atitude. Pode estar faltando um monte de coisa, mas tem que ter atitude, ainda mais nesse momento que o Botafogo passa. Então precisa disso um pouquinho mais, espírito. Isso não é treinamento nenhum, é um pouquinho mais de brio mesmo que a gente vai se cobrar para não acontecer mais nos próximos jogos ."

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/felipe-ferreira-do-botafogo-diz-pode-estar-faltando-um-monte-de-coisa-mas-tem-que-ter-atitude.ghtml

SA!!!

Rafaelias disse...

Fora, Benevenight!

Adelson disse...

É triste lembrar que em 1997 o time reserva do Botafogo venceu e eliminou um forte time do Flamengo, que precisava ganhar.
Agora o time C do Flamengo passeia em cima de um elenco de merda e inofensivo do Botafogo.

Jacob disse...

Jogo de um time só. Treino do time c deles contra o nosso a.
A diferença é absurda. Vasco e Botafogo terão imensos problemas na b.
É hora de cobrar, pois, não há tempo à perder.
A pasmaceira sem cobranças do ano passado não pode se repetir já agora.
A aceitação do ruim é péssimo.
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Marcio, eu tenho certeza absoluta que não assistiram jogo algum deles. Contrataram porque o Chamusca pediu.

Rafael, fora muita gente.

Possa crer, Adelson.

Concordo totalmente, Pai.

Abs e SA!!!

James disse...

Um banho de água fria nas ilusões do Botafogo. Escapamos de goleada.
Uma coisa é jogar contra Moto Clube, com todo respeito, mas nossos desafios pela frente são bem mais difíceis.
Continua faltando tudo: defesa, meio campo e ataque... pelo amor, não temos poder ofensivo, não existe uma jogada que cause perigo ao adversário.
E o Chamusca parece que fica guardando os menos piores pra colocar no fim do jogo. A saga das teorias imbecis dos treinadores continua..


Rodrigo Federman disse...

James, na verdade, esse banho eu não tomei, pois minhas expectativas com esse elenco são baixíssimas. E os resultados até o momento não me empolgaram em nada. heheheh
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Não se preocupem, agora vai. A diretoria acabou de contratar o lateral esquerdo Rafael Carioca, jogador fora dos planos do Vitoria, e com passagens por times de expressão como Vila Nova, Resende, Caxias, Paraná, CRB, Red Bull Brasil (SP) e Bragantino.

A diretoria continua no firme propósito de que o Botafogo apresente um futebol de nível série B.


AC

JorgeFS disse...

A torcida nem têm motivos mais nem pra se aborrecer!

Rodrigo Federman disse...

AC, sim. Além do possante Rafael Carioca (cujo a torcida do Vitória agradece a saída), chegou o tal Marco Antônio, reserva do reserva no Bahia!

Infelizmente é verdade, Jorge.

Abs e SA!!!

Fatos disse...

Finalizações – BOT 6 (1 no gol) x 25 (9) FLA

Marcio disse...

Chamusca sobre o Marcelo:

"Nós hoje tínhamos quatro opções para o setor, os dois que jogaram, o Gilvan e o Ewerton, que é um garoto da base. Com a ausência do Sousa e a não-regularização do Carli, a gente tem poucas opções para o setor(...)"

"Eu acho que o Marcelo, se eu não me engano é o sexto jogo dele comigo. Nos quatro anteriores, com exceção do Vasco. E eu não sei se é justo colocar na culpa do atleta um lance que originou o escanteio. Não estou querendo defender o Marcelo, mas querendo ser justo. Nos quatro primeiros jogos não teve qualquer tipo de problema. Conversamos bastante e vemos nele algumas qualidades interessantes, principalmente no perfil da competição que vamos disputar(...)"

"Eu vou analisar o gol que sofremos. Falei anteriormente, a função do treinador é analisar a perfomance do atleta, o contexto de cada jogo e cada situação. Analisar o que a gente entende o que é melhor para o Botafogo. Se a gente entender que é melhor para o Botafogo começar com outra formatação, sem problema nenhum(..)."

"(...)Conversamos bastante e vemos nele algumas qualidades interessantes, principalmente no perfil da competição que vamos disputar(...)"

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/apos-derrota-do-botafogo-para-o-flamengo-chamusca-alerta-vamos-precisar-evoluir.ghtml

E o Chamusca mais uma vez utiliza-se de explicações que não me convencem.
Dizer que tinha poucas opções para a zaga não convencem, já que entre os jogadores disponíveis é obrigação escalar os melhores. Qual a relação da citação ao jovem Ewerton para a manutenção do Marcelo?
Aliás essa explicação me lembra a utilizada, poucos volantes disponíveis, para justificar ter deixado o Kayque no banco de reservas no jogo contra o Vasco; depois na mesma entrevista ele disse que o Rickson proporcionava a ele ter também o tal "tripé de volantes", ou seja tinha 4 jogadores disponíveis para a função 3 jogando e um no banco,... Não convence a falta de volantes para o Kayque ser banco.
Voltando ao Marcelo, em outro momento ele disse que Marcelo fez com ele 6 jogos e que nos 4 anteriores não ocorreram problemas... Mas que tipo de técnico é ele que não considera os números da última temporada?
Marcelo vem participando diretamente nos lances de gols do adversário e não é pelo fato de ser zagueiro e sim por cometer muitas falhas bisonhas.
Voltando a alegação da falta de zagueiros utilizada pelo Chamusca, ela não procede pois o zagueiro Gilvan, 31 anos, fez 40 jogos na última temporada, 22 no brasileiro, estava atuando normalmente antes da chegada ao Botafogo, e "teria" todas as condições de começar jogando.
Como no problema dos volantes, parece que mais uma vez o Chamusca faz as piores escolhas e se utiliza de justificativas que não justificam.
"Entendo" que ele não tenha barrado jogadores logo ao assumir e tenha dado mais oportunidades, este é o padrão utilizado, mas se ele acredita no potencial do Marcelo, que tem o tal "perfil" da competição que vai disputar, melhor preservá-lo.
Mande o tal setor de inteligência fazer um levantamento com as falhas cometidas desde 2020 pelo jogador e reservadamente explique-o porque perderá a posição de titular.
Se ele tem condições, como afirma Chamusca, psicológicas não as têm, já que tem falhado muito, isso se fizer uma análise de suas próprias atuações.
Espero também que não estejam guardando a posição para o Carli, que desde 07/03/2020, data de sua última partida pelo Botafogo, foi a campo somente por duas vezes e por duas vezes e sofreu com contusões.
Da mesma forma que a partir de 2017, após a Libertadores, eu "pedi" a titularidade do Marcelo, hoje não o vejo em condições de permanecer titular; se voltar a jogar bem, que retorne à condição.
Chamusca, não complique!
SA!!!

keven disse...

Fala Rodrigo e galera alvinegra!
Só conseguir vê o primeiro tempo, porque eu estava completamente sem saco para vê o Botafogo jogar, que escalação horrível do chamusca, não dá pra levar a sério.
O Benevenuto esqueceu o futebol, o Kanu está com a cabeça em algum outro time.
E assim vamos ladeira abaixo.
Abs e SA!

Rodrigo Federman disse...

Ridículo demais, Fatos.

Marcio, esse Marcelo está me parecendo com a mesma arrogância que tinha/tem o seu irmão Péricles.

Keven, você fez bem, pois ontem, infelizmente, voltei a assistir um jogo inteiro do Botafogo. E me arrependi.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

No fraquíssimo campeonato Carioca com Flamengo e Fluminense jogando com equipe Sub 20 e Vasco jogando com os reservas o Botafogo não consegue ficar entre os 4 primeiros, você torcedor do Botafogo, assim como eu, acha mesmo que este time fraquíssimo do Botafogo vai conseguir ficar entre os 4 primeiros times da Série B, não vai não, está mais sujeito o meu Botafogo cair para a Série C, de tantas irresponsabilidades o Botafogo morreu, infelizmente.

Joao Braz

Rodrigo Federman disse...

João, com esse time, a Série B será perigosa demais.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, pode até ser que seja implicância minha com os técnicos brasileiros, mas não consigo aceitar as explicações que dão.
O cara praticamente relaciona a manutenção do Marcelo a falta de zagueiros, tanto que cita a ausência do Sousa e a não regularização do Carli, mais a utilização do Ewerton da base; entretanto, um dos zagueiros disponíveis, Gilvan, tem 31 anos e está em ritmo de jogo, já que atuou com frequência na última temporada.
Eu não vejo correlação.
Uma hipotética escalação do Gilvan não alteraria numericamente os disponíveis, mas poderia alterar o rumo do jogo, já que com todo o domínio do adversário, o gol saiu em mais uma falha absurda, que começou com o Zé Welison. A bola estava com o Botafogo, não foi uma jogada "construída" por eles.
O que seria do jogo no segundo tempo se o placar estivesse empatado?
E o fato do Douglas Borges ter feito umas excelentes defesas e evitado um placar maior eu não considero, pois ele está lá para isso.
O "se" não vai modificar o ocorrido, só que em determinadas circunstâncias ele nos coloca a pensar sobre como as escolhas passadas podem influenciar as futuras.
Seja lá qual adversário o Botafogo enfrente, não pode dar-se ao luxo de entregar tantos gols; isso fez desperdiçar 2 pontos contra o Vasco e facilitou o caminho para a perda de 3 pontos ontem.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, se é implicância, então eu também sou implicante com isso. Eles são péssimos.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Amigos, parece que toda vez que o Botafogo tem uma semana cheia para treinar, PIORA. Acho melhor jogar pelo menos duas vezes por dia. Pode ser que assim a gente consiga ver algum futebol, e olha que nunca gostei de criticar meu time.
Hugo Correia
Porto Velho -RO

Rodrigo Federman disse...

Hugo, é sempre assim!
Abs e SA!!!