domingo, 23 de julho de 2023

Pontinho importante
















Ok, melhor empatar do que perder.

E foi o que o Botafogo fez hoje, ao sair perdendo de 2 a 0 e conseguir terminar em igualdade no placar contra o Santos, na Vila Belmiro.

Só que eu não consigo comemorar o empate. Principalmente após uma partida apática do Botafogo diante de um adversário muito fraco e sem a presença da sua torcida.

Repito: Melhor um ponto do que nenhum. Mas também repito: Desperdiçamos 45 minutos com uma escalação inicial errada e uma postura ridícula, sem criação, inteligência, postura e parecendo não querer vencer. Um futebol burocrático ao extremo.

No segundo tempo, com algumas mudanças (apesar da bagunça tática), bastou um pouco para mostrar a superioridade técnica. Ou seja, empatamos quando a derrota parecia certa e por pouco não conseguimos virar.

Aí, pergunto: Por que mudar a postura tão tarde?

É o segundo jogo seguido com a mesma apatia e desinteresse. 

O digníssimo Bruno Lage vai ter trabalho para não deixar a peteca cair. E para isso, também precisará não cometer erros técnicos, táticos e permitindo que o time ficasse insosso durante pelo menos 70 minutos do confronto.

Enfim, valeu pelo pontinho...já que terminaríamos o domingo sem nada.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

24 comentários:

João disse...

Sampaio é horrível! Além de sempre dar condição aos jogadores do Santos, ainda perdeu o gol da virada. Empate ok porém a primeira impressão desse treinador é péssima. O time me parece desorganizado e o cara tem o ânimo de uma porta.

Rodrigo Federman disse...

João, o Sampaio é muito fraco mesmo! Também não gostei dessa primeira experiência do BL. Permitiu o time apático, escalou mal e depois fez uma bagunça danada.
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Cheguei em casa e o Santos fez 2x0. Tive 20 minutos de loucura. A rodada nos ajudou e na próxima a tendência é abrir mais um pouco. A apatia me surpreendeu. Fica claro que sem Custa e Eduardo o nível cai muito. O jogo de hoje é jogo de campeão. Joga mal, mas não perde.

Marcio disse...

Em um jogo frente ao Santos lá na Vila Belimiro, saindo de uma derrota parcial por dois a zero para o empate, em tese é um bom resultado.
Entretanto, quando se observa atuação do Botafogo, a conclusão é de que faltou encarar o jogo como ele merecia.
No 1º tempo o Botafogo foi muito preguiçoso e entrou no jogo que o adversário desejava, já que desejavam fazer uma vantagem e fazer o tempo passar.
E foi assim que o Botafogo ficou em desvantagem no placar.
No 2º tempo o Botafogo não voltou diferente e aos 35 minutos sofreu o 2 a zero.
A partir deste momento resolveram se dedicar mais um pouco ao jogo e foram buscar o empate, T. Soares e Adryelson, e poderia até ter virado o placar.
Observações:
Frente ao Patronato, outras circunstâncias podem explicar a apatia do time; hoje não há explicações para tal.
O B. Lage precisa chamar o elenco e corrigir um eventual relaxamento, pois esse time não vence jogos sem dedicação extrema.
Um outro ponto é a postura nem tão recente do Marçal; está se achando o NILTON SANTOS, sempre toquinhos de efeito para mostrar uma qualidade que não tem. Se tivesse sido firme no lance do 2º gol do Santos, poderia tê-lo evitado. E estava completamente fora de sua posição. E se fosse o Hugo?
Para terminar, o problema não está no empate e sim na postura..
Ainda assim, mais um ponto e menos uma rodada a ser disputada, mas não pode reapresentar essa postura.
SA!!!

Anônimo disse...

Acho que não foi tão incisivo e vertical como nos melhores jogos. Mas não acho que tenha jogado mal nem mesmo no 1° tempo. Não acho que houve pouca pegada ou mesmo "desinteresse". Acho sim que poderia ter buscado com maus intensidade aqueles jogadas rápidas e verticais em direção ao gol. Então ficou aquele toque de bola meio que redundante. Até pensei que perderíamos no 1x0, qdo houve o 2° já acreditei que hoje seria aquele dia de derrota. Mas buscar o empate foi brioso. Não acompanhei as trocas durante o 2° tempo mas entendi que ele buscou colocar jogadores novos pra buscar resultado. Então, nesse aspecto creio que fez o que se esperava. Mas não penso que houve mudança tática. Penso que mostrou a mesma disposição em campo e o resultado foi fruto de um escanteio e, aí sim, dá categoria e calma de sempre do Soares além do belo toque do Janderson. Valeu pelo 1 ponto que poderia ser 3, é verdade.
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Enéias, esta cada vez mais evidente que alguns jogadores não têm reservas.

Isso mesmo, Marcio. Mais uma vez, deixamos para entrar em campo no segundo tempo, abrindo mão de 45 minutos iniciais. É imperdoável quando lembramos quem é o líder e a qualidade duvidosa do adversário.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Pai, para mim atuou mal, sem intensidade e parecendo que venceria quando bem quisesse. E isso tudo por conta de uma escalação inicial errada (minha opinião) e deixando a apatia dominar durante o primeiro tempo inteiro.
Abs e SA!!!

Marcelo Lopes disse...

Acho que ainda é cedo pra analisar o trabalho do BL, mas ele poderia já ter entrado com o Segovinha no lugar do insosso Jr.Santos e um meia armador, pra quê dois volantes. Levamos o gol nas costas do Di Plácido, o que evidência a necessidade de contratações, o argentino é bom no apoio, porém muito fraco defensivamente. Agora o Santos jogou melhor o primeiro tempo, isso eu não posso negar, mas no segundo tempo os caras não queriam jogar. Só ficou na catimba, só cai cai, querendo irritar o adversário, foi chato. Faz parte. Uma semana inteira livre pra treinar e mudanças devem acontecer. Ele gosta do esquema com dois atacantes. Vamos ver.

Rodrigo Federman disse...

Marcelo, sim, é cedo. Mas eu torço para que ele ouça o LF igual o Caçapa fez. Foi o golpe de mestre do Caçapa desde o primeiro jogo. Encostou no LF (que o grupo gosta), que conhece o clube e jogadores. O trabalho do BL é só manter sem inventar.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

É o tal do empate épico, com quase vitória!
Ô joguinho ruim que o Botafogo fez hoje…
Um bote errado no primeiro gol deles.
O segundo dos caras resultou diretamente de uma perda de bola dividida no meio da cancha… injustificável.
Vamos lá.
Sigamos.
Levi

Rodrigo Federman disse...

Sim, Levi. Duas disputas frouxas do Marçal no segundo gol. Para variar, uma máscara que por vezes fica maior do que a cara dele. Isso é reflexo de um elenco sem reserva. O cara sabe que é único ali e jamais perderá a posição.
Abs e SA!!!

JorgeFs disse...

Ou encontramos reserva de qualidade para Cuesta Adryelson e Tiquinho ou teremos um segundo turno com sérios problemas

Rodrigo Federman disse...

Jorge, e para o Eduardo também! Não dá para atuar sem reservas confiáveis para esses caras.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo, na minha opinião, o Hugo seria titular.
Palmas e apupos para o Adrielson. Falhou feio no primeiro gol dos caras, mesmo com o erro do Marçal, mas meteu o go do empate..
Levi

Rodrigo Federman disse...

Levi, nessa eu discordo do amigo. Acho o Marçal mascarado e que acha que joga mais do que realmente joga, mas Hugo não me desce em hipótese alguma.
Abs e SA!!!

Klaus disse...

Independente do péssimo jogo, merecíamos a vitória. Os gols perdidos no final foi pura falta de sorte. Mas, tudo bem. 1 ponto e a diferença para o segundo colocado continua em 12 pontos. Agora é vencer ou vencer o Coritiba.

Rodrigo Federman disse...

Klaus, um mix de falta de sorte e de qualidade também. A cabeçada do Sampaio, para um profissional, é imperdoável. A diferença está em 11, mas o Grêmio tem um jogo a menos. Pode cair para 8, 10 ou continuar 11.
Abs e SA!!!

Sergio disse...

Ate quando vamos aturar o Junior Santos começando uma partida pelo Amor de Deus empresta esse cara toda bola que chega nele , além de errar tudo ele arma contra ataques perigosos o time sentiu muito a falta do Cuesta e do Eduardo orque não deram uma oportunidade ao Diego Hernandes ou ao lucas Fernandes opção ´e que não falta , perdemos a chance de aumentar a vantagem ao entrarmos com o Junior Santos e 3 volantes o segundo turno e outro campeonato os times vão se reforçar os jogadores estão saíndo e houve um grande alivio na folha salarial temos que contratar pelo menos um lateral direito , um zagueiro , um segundo volante e umais um atacante.

Sérgio

Marcio disse...

Que precisa de contratações para algumas posições não se discute, mas a liderança foi conquistada porque o time sempre teve a máxima entrega.
E essa postura de entrega máxima precisa ser mantida, independente do resultado final de cada jogo.
De forma objetiva, o aproveitamento do Botafogo no campeonato é muito elevado e de difícil manutenção; só que é preciso aproveitar essa boa margem para quando esse aproveitamento baixar a um patamar padrão do campeonato.
Hoje o aproveitamento do 2º colocado, Grêmio, é de 64,4%; o do Botafogo é de 83,3%.
Essa margem é para trazer tranquilidade para trabalhar e jogar e não para relaxar.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, pior é saber que ele começará na próxima rodada também.

Sim, Marcio. Concordo. Se não atuar 100% com vontade, não dá.

Abs e SA!!!

Claúdio. disse...

Eu nem culpo o treinador que chegou agora o Lúcio Flávio está a bastante tempo no clube trabalhou com o Caçapa ´e obrigação dele ajudar o treinador a escalar a equipe todo jogo e esse sofrimento o time só joga no segundo tempo esse Junior Santos não pode nem ficar no banco deveria ser emprestado assim como o Kayque o Segovia Zagueiro quem sabe respirando novos ares ele não volta a jogar bem e alivia a folha salarial.

Claúdio

Rodrigo Federman disse...

Claudio, quem chega com comissão própria e precisa escutar o LF é o BL. E não o contrário.
Abs e SA!!!

Claúdio disse...

Bom dia Rodrigo eu acredito que você não entendeu o que quis dizer como o Lúcio Flávio está muito tempo no clube ele poderia chegar para o Bruno Lage e falar o Bruno começou o ano muito bem e chegou até a fazem um golaço contra o Bahia e deveria poupar o cara no meu entender nada impede do Lúcio Flávio auxiliar o Bruno Lage com dicas a respeito do elenco mesmo sabendo que p treinador e o BL.

Claúdio

Rodrigo Federman disse...

Sim, Cláudio...mas quem garante que, por exemplo, ele não tenha tentado?
Abs e SA!!!