segunda-feira, 1 de julho de 2013

Adaptação


















Ainda sobre a saída do seu coringa, Fellype Gabriel, o técnico Oswaldo Oliveira já deixou claro que independente do substituto, o esquema tático não será alterado:

"- O esquema não vai mudar em virtude das características dos jogadores. Nós que vamos procurar em orientá-los e adaptá-los. Claro que temos que criar alternativas a tática, mas isso vai muito em questão da postura do adversário".

Isso dá uma discussão legal...

Você acha que o treinador deve montar um time baseado nas características dos seus atletas ou fazer com que eles se adaptem às suas ideias táticas?

Sem afirmar que é certo ou errado, eu fico com a primeira opção.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

6 comentários:

ari dias disse...

Pra mim os bons técnicos são aqueles que sabem trabalhar uma tática em cima das qualidades dos jogadores que tem. Tá certo que não dá pra fazer um esquema pra cada jogador, mas tem que adequar a tática ao perfil geral do grupo.
SALVE SEEDORF, ÍDOLO.

Rodrigo Federman disse...

Penso a mesma coisa, Ari.
Abs e SA!!!

Jacaré disse...

Tá certo que o Felipe Gabriel era importantíssimo no esquema do Oswaldo. Mas, daí dizer que é insubstituível, é exagero. Tamanha foi a babação de ovo do treinador, que ele mesmo saiu dizendo que não teria ninguém que pudesse fazer o que ele fazia. Não existe isso. Vão arrumar a casa de novo, diferente, mas o time vai continuar jogando. No início vamos sentir, da mesma forma que sentimos quando saiu o Loco, o Herrera e outros.
Quem não pode sair é o Seedorf, o Jeferson, o Dória, o Gabriel e o Lodeiro e o Vitinho. O resto, ajeita.

jorgeFS disse...

Se o Seedorf estiver por perto do O2, ficarei um pouco mais tranquilo.rsrsrsrsrrs

Anônimo disse...

RODRIGO, um abraço do JOTA.Os "treineiros" não fazem isso, pois a maioria é teimosa e cheia de si, são os chamados professores tão aclamados pela mídia.
Alguns tem na cabeça um esquema de jogo e querem somente jogadores que se encaixem no seu estilo.
Em minha longa peregrinação com o Glorioso, desde 1948 nos campos com meu falecido pai, só vi um treinador montar esquema de acordo com o estilo dos melhores do time,o saudoso Elba de Pádua Lima,o Tim.Como dizia o falecido mestre Didi,dentro de campo nós é que resolvemos como vamos jogar.
Repito para o amigo o que já disse várias vezes,um time só é ganhador quando possui uns dois ou três jogadores diferenciados que combinam como jogarão.
Um grande meia que jogou na década de 60 e com quem fiz amizade disse-me certa vez: "eles falam besteiras no vestiário e quando entramos em campo eu, fulano e beltrano acertamos como o time vai jogar".
Fique certo que não é a toa que o Seedorf,em campo, está sempre falando ou gesticulando com alguns jogadores.
Repito a minha máxima sobre os treinadores atuais.TODOS FARINHA DO MESMO SACO, MUITA SOBERBA E MUITA MARRA.A maioria é incompetente.


Rodrigo Federman disse...

Jacaré, eu sempre disse que achava o FG bom jogador (apenas isso) e cheguei a dizer que se tratava de refugo. Mas passei a ver um futebol de nível bastante aceitável nele e concordo que nesse elenco (com esse esquema), mão temos mesmo um substituto do mesmo nível.

Eu também, Jorge.

Concordo contigo, Jota.

Abs e SA!!!