quinta-feira, 3 de abril de 2014

Avenida liberada



















No último domingo, em um programa noturno do canal Fox Sports, o comentarista Mário Sérgio (que eu considero horroroso) falou para o técnico Eduardo Hungaro (presente no estúdio) que o Botafogo precisava atentar às constantes bolas nas costas do Julio Cesar.

O treinador botafoguense discordou do comentário e teceu elogios ao seu lateral esquerdo.

Ontem, contra o Unión Española, perdemos a partida justamente nas costas do camisa 6. 

Independente do pênalti ter sido correto ou não (eu não achei), é inegável que o lateral alvinegro não estava bem posicionado. Aliás, uma rotina que vem de muito tempo e que constantemente comentamos aqui no Cantinho. Inclusive apelidamos aquele setor do campo de "Avenida Julio Cesar".

Será que a única pessoa que recebe para enxergar - e mudar - essas coisas ainda não percebeu?

Na semana passada discutimos sobre a queda de rendimento do Dória. Eu disse que atuando no lado do Julio, ninguém aguenta a barra sem passar por apuros.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

31 comentários:

alex disse...

É o erro de posicionamento que continua, mas eles tambem não treinam , fazer o que ?
E agora não podem cobrar nada aos jogadores, estão com o salarios atrasados...

Rodrigo Federman disse...

Alex, e que o EH pelo visto ainda não percebeu.
Abs e SA!!!

Unknown disse...

Qual a função do energúmeno, caro Rodrigo? Ser energúmeno.

Rodrigo Federman disse...

Bem explicado, Ronau! rs
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO nada de novo nas hostes alvinegras.Discutimos diversas vezes sobre o momento atual e as previsões eram sombrias.Sem jogar e treinando na moleza, não há entrosamento, ritmo de jogo,etc.
O Botafogo jogou ontem,como sempre tem jogado,em ritmo de treino,com poucos correndo o que deviam.
Torcida não ganha jogo, se ganhasse o Corinthians e o lixão não perdiam nada.O pior é que alguns inocentes acreditam que os jogadores estão irmanados com a torcida,jogarão por ela e para ela e outras baboseiras.Nem meus netos mais novos acreditam nisso.Eles querem é ver a cor do dindim, aliás uma obrigação de quem contrata.
Repare que pelo Brasil afora, vários times sem expressão estão incomodando.É claro, pois em um futebol nivelado por baixo, a garotada que subir de patamar e "caga sangue" em campo, bem diferente dos "merdalhões" que existem por aí e se julgam craques.
Sem uma mudança de rumo radical, ou seja,pagar os atrasados para poder exigir trabalho e responsabilidade,assistiremos a muitos vexames ao longo do ano.
JOTA.



Rodrigo Federman disse...

Jota, assino o seu comentário. É exatamente o que penso também.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Acho que jogadores que exercem funcoes defensivas de um time sofrem criticas com muita facilidade pois suas falhas sempre podem resultar em gol do time adversario. Entao acho injusta a critica somente ao JC, que de fato tem falhado seguidamente nesse aspecto, visto que o time nao tem um boa protecao defensiva do meio campo. E tb, principalmente pq os jogadores incumbidos de exercer as funcoes ofensivas nao tem conseguido exito algum. Soh que qnd esses erram, raramente seus erros se tornam gols do adversario, e acabam passando despercebido ou esquecido facilmente.

Daniel Victor

VinnyMarques disse...

Eu ainda quero saber o que o estagiário percebeu...
Vcs viram a entrevista pós jogo desse merda?
Que vontade de ir lá e entrar de voadora nesse filho de uma meretriz... E falando igual ao Oswiado então...

Rodrigo Federman disse...

Daniel, a questão não é criticar apenas o JC. Até porque, todo o time está mal (exceção feita ao Jefferson). O lance é reforçar que algo está sendo repetitivo. Neste caso, as constantes falhas e espaços deixados pelo JC. Passou da hora do Jr.C ter uma oportunidade de verdade.

Vinny, ainda bem que eu nem quis ver, pois sabia que também passaria raiva.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Sim, Rodrigo, concordo contigo. Apenas quero dizer que as falhas ofensivas tb estao sendo repetitivas e, pior, mais constantes. Soh que nao resultam em gols entao se tornam mais "aceitaveis".

Daniel Victor

Marcio disse...

Vejo alguns comentários de que nem um técnico renomado não daria jeito no time. Respeito as opiniões porém não concordo, pois esse time que perdemos ontem, independente do pênalti marcado, se classificou por antecipação e deve ter um orçamento muito menor que o nosso.
Time ruim eu aceito, mas sem um mínimo de coordenação dentro de campo é inadmissível. Mesmo na vitória contra o Del Valle, todos sem exceção vimos o que foi o jogo; friamente, se fosse lógica, não ganharíamos o jogo.
Esse problema na lateral esquerda é emblemático, pois o Júlio Cesar, que pouco apoia, está desde janeiro levando bolas nas costas e nada foi feito pelo técnico para mudar o quadro.
Está cada vez mais claro que faltou foi ter trabalhado mais e com afinco e com mais cobrança. Desde que a diretoria tivesse feito também a sua parte, que por óbvio não tem feito.
SA.

Rodrigo Federman disse...

Concordo também, Daniel. Mas o que eu quero dizer no caso do JC, é que ele tem um reserva que pode ser testado. No ataque não tem jeito. Considerando o Ferreyra titular absoluto, as opções de apoiadores e atacantes são ainda mais fracas do que os titulares.

Marcio, há muito tempo eu não vejo um Botafogo tão mal treinado. E esse nem é engessado como o do ano passado. É mal treinado mesmo.

Abs e SA!!!

Unknown disse...

Rodrigo, o Julio caiu muito na travessia do ano, já é a terceira vez nessa Libertadores que ele leva uma bola nas costas e acaba sendo decisivo negativamente para a equipe. A primeira foi na Pré-Libertadores contra o Deportivo Quito, a segunda foi contra o Unión Española, no Chile, e outra contra o mesmo aqui no Maracanã. Não acho que o lance tenha sido pênalti, mas ele não pode levar bola nas costas da maneira que está acontecendo. Vendo a maneira que ele está atuando, prefiro o Julio com o futebol ''arroz com feijão'' que apresentou no ano passado, ele ano além de ele não estar apoiando tão bem, está mal defensivamente. Eu já era a favor, desde que o Junior Cesar foi contratado, que ele fosse o titular, pois para mim, é mais jogador que o Julio Cesar.
Rodrigo, nem me lembro qual a ultima vez que o Botafogo teve um técnico competente. Desde o Cuca em 2008, ou talvez até o Ney Franco, que no mesmo ano foi o técnico, não temos um treinador que fez essa equipe engrenar. Passaram Estevam Soares, que também não deixou saudade, o retranqueiro Joel Santana, o Caio Junior, que tem a fama de professor pardal, mas para mim é um treinador promissor, o Oswaldinho que ficou dois anos aqui, e por fim o Eduardo Húngaro. E vou te falar, embora ele não tenha o elenco mais forte entre o período de 2007 e 2014, ele também não tem o mais fraco. O elenco de hoje é inferior ao de 2007, 2011 e 2013, mas o que me deixa com os dois pés atrás com o Húngaro é que o time não tem nenhum padrão tático, até o time do papai Joel tinha um padrão, um padrão feio, mas era um padrão, e nem isso eu vejo no Botafogo desse ano. Eu vejo um time desorganizado, sem comandante, e limitado em posições importantes como o meio e o ataque. Por mim, ele já estaria fora. Tem o Wagner Mancini que está desempregado, e poderia ser uma boa opção.
E o que tem me deixado ainda mais revoltado é esse interesse do Botafogo no afeminado, mau caráter e quase aposentado Emerson Sheik, esse cara ganha 500 mil por mês, os times dividiriam o salario, mas não acho uma boa. O clube está com dificuldades de pagar em dia diante da penhora de 100% das nossas rendas. Se for assim, tragam o Jobson de volta. Desde que o clube dele o dispensou pois disse que não tinha condições de honrar com os salários do jogador, ele está sem clube. Mal caráter por mal caráter, é melhor traze-lo, pois é mais barato e pode dar um retorno muito maior do que o Emerson. Mas pelo o que fiquei sabendo do Jobson lá nos Emirados Árabes, parece que tomou jeito, o tempo que esteve lá não se envolveu em confusão, e foi pivô de um lance de fair-play que mereceu destaque em vários lugares. Para mim, podia voltar.

Marcio disse...

Tem um depoimento do Espinoza sobre o time de 89, onde diz que Emil comprou 22 camisas, 11 de cada cor, 2 bolas, 1 apito e o mandou começar a trabalhar. Nem os jogadores acreditavam, porém o Emil acreditava e o fez acreditar. O resultado veio em 21/06/1989.
Lembrando que muitos dos heróis de 89 acumularam maus resultados em 88.
Aquele time reverteu todos os prognósticos negativos e mesmo com toda falta de condições, triunfou perante o rival, muito mais "forte" tecnicamente à época, além de um gol mal anulado contra o mesmo na Taça GB. Fora os TRÊS anos sem vencer um único clássico.
Portanto, é inadmissível com todas as melhorias estruturais que se tem hoje, apresentar algo tão pobre. Não tenho dúvida alguma que pode-se muito mais, o problema é que quem comanda não acredita e não faz por onde.
Para quem quiser conferir, o vídeo está aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=uhSsfw83lAU

SA.

Ricardo disse...

Alguém saberia dizer como ficou a reunião em Brasília que poderia colocar o Botafogo de volta ao ato ,
pergunto porque em caso de não se achar uma solução rápida acredito que com 3 meses de salários atrasados
os jogadores poderiam solícitar na justiça do trabalho os seus passes e ai e que a coisa vai ficar braba , o presidente e a diretoria não fala nada eu pelo menos não li nada em nenhum jornal.

Jacaré disse...

Tá certo! O arbitro só deu aquele pênalty porque julgou no decorrer da partida que o Julio César tomava bola nas costa o tempo todo. Conclusão do árbitro: se toma bola nas costas o tempo todo e se posiciona errado a maior parte da partida, porque não faria um pênalty? Jogador perna-de-pau sempre faz penalty, isso é fato.

Rodrigo Federman disse...

Gabriel, e além das bolas nas costas, ele praticamente não sobe. Exagera no joguinho burocrático de toques para o lado sem se comprometer.

Márcio, o grande exemplo de superação daquele time foi o Carlos Alberto, odiado em 88 e ovacionado em 89.

Ricardo, eu não sei como ficou.

Abs e SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Hahahah. Boa conclusão, Jacaré. rs
Abs e SA!!!

Jacaré disse...

Ricardo, essa volta ao Ato trabalhista, se vier, somente em 2015. Até lá, vão tentar desbloquear verba para pagar salários, o que o juiz libera, mas somente salários em carteira... o jogadores ainda ficarão a ver navios pelo direito de imagem, por isso o David queria 100% na carteira.

Marcio disse...

O pior é o seguinte: Se o húngaro é assim, fico imaginando o seu auxiliar.
SA.

Marcio disse...

O S. Lorenzo está enfrentando nesse momento em seu estádio o Arsenal.
Dos que jogaram contra o BOTAFOGO, na primeira rodada, estão em campo os seguintes jogadores:
Gentiletti, Emanuel Más, Mercier, Kalinski, Romagnoli, Ángel Corrêa, Piatti e Matos.
Sendo que Romangnolli e Mattos entraram no segundo tempo aqui no Maracanã.
Será que estão ligados no Fox Sports 2 fazendo o dever de casa?
SA.

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Jacaré. Ou seja, o Nininho cagou tudo.

Márcio, prefiro nem imaginar. rs

Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Amigo, eu não consigo entender esses técnicos que treinam o Botafogo, afinal eles ganham prá fazer o que? Não sabem armar jogadas, não melhoram o posicionamento da equipe, não sabem substituir, não conseguem fazer a leitura do jogo, então eles ganham prá fazer o que? Dar entrevistas estúpidas e servir de escudo prá esses bando de safados que estão dilapidando o Botafogo. Hoje eu infelizmente cheguei a triste conclusão que o Botafogo está nos seus últimos suspiros. Explico: com todo o respeito, mas quando torcedores sentem saudades do Elias, do RM, é porque realmente a coisa tá feia. Eu sinto saudades de craques de verdade que tive a sorte e o privilégio de ver, sinto saudades de dirigentes que amem o Botafogo. Na verdade, eu sinto saudades do Botafogo, o verdadeiro Botafogo, não esse espectro que usa a gloriosa camisa preta e branca. Que saudades eu tenho do estádio de GS. Quem nunca viu um jogo naquele finado estádio, não sabe o que perdeu. Que saudades do Verdadeiro Botafogo. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

Sergio, eles só sabem dar recreativos e desculpas esfarrapadas para tudo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Vendo o jogo do Cruzeiro contra a La U. Rojas está em campo, outra coisa estranha que aconteceu na não contratação. O cara está firme e forte lá.
SA.

Rodrigo Federman disse...

Márcio, apenas mais uma história estranha e mal contada dessa gestão.
Abs e SA!!!

Newton disse...

Time mal treinado. Se o Júlio avança, tem que haver cobertura de um volante.

Vimos boas atuações do Júlio no Brasileiro e no carioca de 2013. Nesse aspecto, aquele treinador arrogante teve mérito. Mas atualmente ele caiu muito de produção.

Para piorar, com Walisson e Henrique no ataque não há santo que dê jeito, fica muito difícil.

O jogo de ontem foi o mais fácil entre todos os jogos que o Botafogo fez nesta libertadores.

Marcio disse...

Dois jogadores do BOTAFOGO entraram em contato com colegas do Bom Senso F.C. sugerindo uma paralisação do Campeonato Brasileiro logo em sua primeira rodada, no final de semana do dia 20 de abril, caso até lá continue o imbróglio da falta de pagamento de salários.
SA.

Rodrigo Federman disse...

Newton, acho que esse é o verdadeiro JC. Aquele lá foi um rompante, apenas! rs

Eu vi, Márcio. À conferir o desfecho.

Abs e SA!!!

Ailton disse...

Vejam novamente os 10 primeiros SEGUNDOS de jogo contra o Union. Saída de bola e lançamento imediato pro atacante que correu onde? Nas costas do Julio César! E pasmem! Recebeu a bola!!!! Até os adversários já sabem onde tem que colocar a bola. Só esse imbecil que não.

Rodrigo Federman disse...

Isso mesmo, Ailton.
Abs e SA!!!