sexta-feira, 23 de março de 2018

Tranquilidade (com os dois)




Do lado botafoguense, apenas uma certeza para a final da Taça Rio no domingo: Jefferson no gol, em substituição ao Gatito, na seleção paraguaia.

Demais mudanças - se houver -, acho que só saberemos no dia mesmo. Particularmente, não acredito. Talvez, apenas o Kieza (se estiver liberado pelo DM) no comando de ataque. 

Mas incrivelmente, li muitos comentários (nas redes sociais) de torcedores preocupados com o Jefferson no gol. Até críticas pesadas cheguei a ver. 

É sério?

Tudo bem... eu, por exemplo, sou fã incondicional do Jeff, mas reconheço que hoje o titular do gol alvinegro é o Gatito. Mas daí a criticarem o cara como se entrássemos enfraquecidos no domingo? 

Amigos, quem dera o Botafogo tivesse no gol, o maior dos problemas/preocupações do elenco.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

19 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo
Uma coisa é certa: se jogarmos contra o Fluminense como jogamos contra o Vasco, chance nula.
O Fluminense tbm não tem time mas
tem organização e vontade.E olha que o Fluminense mudou quase o time todo.
Conclusao; Técnico faz a Diferenca

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, mas os outros jogos deles não mostraram nada também. Não temo o ECTD.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Concordo.Mas já vimos o Botafogo jogar, nessa temporada, como o Fluminense jogou ontem ?

Rodrigo Federman disse...

Ricardo, acho que nossa derrota para o Flamengo por 1 a 0 foi uma partida bem jogada.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Lembro aos amigos que Abel está há mais de uma ano no Flu. Valentim mal completou um mês. É uma obrigação do técnico adversário conhecer seu time e até mesmo de padronizar a forma de jogar,independentemente dos jogadores.
Chegaremos lá com o Valentim (assim espero...).

Rodrigo Federman disse...

Sim, Celso. Com Jefferson ou Gatito, inclusive (para não desvirtuar de vez do tema proposto...hehehehe).
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo
Caro Celso, me desculpe.Mas por esses pensamentos que o Botafogo está se tornando um time pequeno.

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Ricardo.
Abs e SA!!!

Celso Ricardo disse...

Qual pensamento? De que o técnico precisa de tempo mínimo pra trabalhar? Entendo a sua preocupação com o nosso Botafogo, mas o Valentim está apenas começando e ele não é o problema. Abraços e desculpe por discordar.

Rodrigo Federman disse...

Tô contigo, Celso.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Se o BOTAFOGO pensa em ter possibilidades boas nos campeonatos que disputa, obrigatoriamente precisa de um goleiro reserva em condições de ser o titular.
E essa uma é posição que felizmente o BOTAFOGO não precisa invejar clube brasileiro algum, pois não vejo melhores do que eles; claro que tem gente por aí que conta com a preferência da mídia... Fazer o quê?
Quando o Fernández chegou, confesso que fiquei meio desconfiado; hoje o vejo acima do Jéfferson e por isso, obviamente, titular.
Quanto ao jogo, a preocupação maior não está no goleiro e sim na organização minima do Time e a principal é evitar essa quantidade de gols sofridos. São 16 gols sofridos em 14 jogos, média de 1,14 gol/jogo. Não se chega longe com uma média dessa e principalmente se considerarmos os adversários enfrentados até o momento.
Não por acaso, o BOTAFOGO venceu por um a zero somente três equipes, Boavista, Cabofriense e Bangu; teve um empate sem gols com o Fluminense. Nos outros jogos, conforme a média de gols sofridos mostra, se não fizer dois gols, fica difícil vencer um jogo.
Já o ataque, dentro das possibilidades, tem dado conta do recado, fez 17 gols, média de 1,21 gol/jogo.
Mesmo que o Valentim não abra mão de sua "convicção" de estilo de jogo, não custa em alguns momentos, em nome de um resultado positivo que lhe dará tranquilidade para trabalhar, retroceder um pouco e ser mais conservador.
Voltando aos goleiros, não é a maior preocupação de momento, repito.
SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

O Valentim não montou o elenco, não conhece ninguém praticamente, aí équerer milagre de um cara com pouco tempo no comando da equipe. Só lembrando que com toda a experiência do Abel, o ectd foi eliminado na CB pelo poderoso Avaí da segundona. Cada jogo é uma estória diferente. Esse time dos mulambos que a imprensa tece loas é uma merda com uma pseudo grife, parafraseando o Tim: "tirando 2 ou 3 times medianos nesse país, o resto é tudo japonês".
Sobre o Jeferson, tenho total confiança nele. Meu medo é essa zaga alta que se posiciona mal e não atrapalha ninguém. Abs e SB!

Ezaú disse...

Cabe ao preparador de goleiros, Flavio Tenius, aperfeiçoá-los na saída do gol em bolas vindas do escanteio. Já que o goleiro pode usar as mãos,não pode ficar embaixo dos paus e tomar gols de cabeça da pequena área.
SB

Lorismario disse...

Debaixo das traves o Jeff é melhor que o Gatito. O Fluminense só fará gol pelo alto se for em escanteio. Não vejo o Fluminense como superior ao Botafogo. Além do que eles tem o Julio Chester. Lembram-se?

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Marcio. Me arrisco a dizer que no gol, o Botafogo é o time melhor servido do Brasil.

Sérgio, e antes da zaga, esse dupla de volantes que não marca nada.

Sim, Ezaú.

Fecho contigo, Loris.

Abs e SA!!!

leotozi disse...

Estamos muito bem servidos de goleiro.
Não consigo entender essa implicância de grande parte da torcida com o Jefferson. Impressionante o número de comentários q leio de torcedores metendo o pau no nele, pra mim um absurdo.
O Gatito é um ótimo goleiro e q ainda vai evoluir muito mas pra mim o Jefferson ainda eh mais goleiro q ele. Sinceramente daria uma sequência pro Jefferson e deixaria o gatito no banco.
Ninguém comentou nada mas no primeiro gol do Vasco ele falhou no lance q deu origem ao escanteio ao não conseguir cortar a bola cruzada na cara dele e no gol tb pois aquela na pequena aérea tem q ser do goleiro! Ele tinha q ter saído do gol!
Ainda tenho mais confiança no Jeff
SA
Leo

Rodrigo Federman disse...

Leotozi, eu também acho o Jefferson mais goleiro, mas reconheço que a fase do Gatito é muito boa desde o ano passado. Por justiça, concordo com a titularidade do paraguaio.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Olá Rodrigo. Tá na hora do AV acordar e parar de achar normal tomar 5 gols em duas partidas. Ou faz um rodízio com Carli,Rabelo e Marcelo ou entra com os três testando um falso 3-5-2. Assim: Jefferson, Rabello, Carli e Marcelo. Marcinho, Buchecha,RL,LV e Moisés. LF e Brenner (kieza). Pq falso pq o Marcelo ficaria na cobertura da zaga e com mais liberdade. O que vc acha? SA e ABS. Luciano_Ce

Rodrigo Federman disse...

Concordo, Luciano.
Abs e SA!!!