quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Boi de piranha





Marcos Paquetá demitido ontem, logo após a derrota para o fraquíssimo Nacional (Paraguai).

Cinco jogos disputados, quatro derrotas, uma vitória...nove gols sofridos e dois marcados.

Ok, demissão justa e esperada. Os números são incontestáveis. E o péssimo futebol apresentado, ídem. 

Mas convenhamos que esse senhor nem deveria ter sido contratado, né? Um cara experiente, porém, com um currículo inexpressivo aqui no futebol brasileiro. Não custa lembrar que ele estava acertando a sua ida para o futebol da Índia (???), quando o Botafogo entrou no circuito e o trouxe para o Rio de Janeiro.

E diante de todas as dificuldades conhecidas, o Botafogo conseguiu desperdiçar trinta dias que tinha para trabalhar durante a pausa da Copa do Mundo, além de gastar alguns milhares de reais com o salário do Paquetá.

Agora, em agosto, vamos recomeçar do zero. E com a situação afunilando e se desenhando para um final bem parecido com o de 2014.
o
Demitiram o Paquetá, que em momento algum pediu para ser contratado. Mas o que o presidente Nelson Mufarrej fará com os dois homens que comandam o futebol profissional do clube? Os dois caras que queimaram milhares de reais de um cofre já vazio e ainda jogaram trinta dias de trabalho no lixo? Os dois caras que montaram um péssimo elenco?

Presidente Mufarrej, o que o senhor pretende fazer com Gustavo Noronha e Anderson Barros?

Por enquanto, a demissão do Marcos Paquetá é idêntica a do Felipe Conceição: Cortina de fumaça.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

58 comentários:

Ronald Carvalhosa disse...

Bom dia, Rodrigo! Concordo plenamente. Venho dizendo a mesma coisa aos meus amigos botafoguenses, já faz algum tempo. Não podemos aceitar que os responsáveia por essa contratação exdrúxula fiquem impunes. Ainda é possível salvar o ano, mas é preciso ter, no comdando do futebol, gente competente e comprometida com o Botafogo.

Anônimo disse...

Eu contrataria um técnico cascudo e colocaria a molecada pra jogar no seja o que Deus quiser. Pelo menos acho que raça não faltaria. É obrigação imediata tirar os tumores do time como Luís Ricardo, Gilson, Igor banana Ribeiro, lindoso, valencia, Kieza e Renatinho. No time titular seria Carli, Moisés, Jean e Luís Fernando, o resto de juniores com fome de bola. É isso! Abs Antonio

Anônimo disse...

Tudo é idêntico os erros sempre são os mesmos.
Paquetá de hoje já foi o Tigrão de ontem.
Anderson Barros e Noronha de hoje, já foram Antonio Lopes e Cacá de ontem.

O mesmo acontece com os jogadores...
Quando Pimpão joga pedimos pra ele sair do time, quando ele fica fora falamos que ele tem que ser titular. Com Valência em campo o time fica irritante, sem Valência complica mais ainda. Tira o Marcinho, coloca o Luis Ricardo, tira o Luis Ricardo, coloca o Marcinho.

E as lesões...
Renatinho joga 30 minutos e sente qualquer coisa. Luis fernando fica 03 jogos fora e quando volta tem fadiga muscular e morre no segundo tempo, João Pedro faz vômitos no treinamento pois em Curitiba não fazia tanto calor igual no Rio de Janeiro, Marcos Vinícius faz fisioterapia no joelho esquerdo e quando desce da maca, na própria sala de fisioterapia, machuca o direito.

Esses são algumas partes do ciclo vicioso que não conseguimos sair.

É desesperador nossa situação.
Resende

Rodrigo Federman disse...

Isso aí, Ronald.

Antonio, acho que um nome ideal seria o Abel. Com ele não tem corpo mole. O problema é o lado financeiro. Principalmente porque o que poderia ser pago a ele, gastam com Dudu Cearense, Gilson, LR, etc...

Perfeito, Resende. É exatamente isso, Um ciclo vicioso.

Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Os erros de sempre e os desastres de sempre. Tudo bem que saísse Antônio Lopes, desde que tivéssemos algo melhor para o lugar dele. Tudo bem que saísse JV, desde que tivéssemos algo melhor para o lugar dele.
Mas, trocamos tudo por algo pior... Perdemos jogadores medianos a sofríveis para por no lugar um elenco de genuínas merdas.
Salvo um milagre, não há esperança para o time. Estamos na receita do caos. Não acredito que Zé Ricardo possa fazer esse elenco horroroso jogar futebol. Mas, a esperança é a última que morre... temos 22 jogos para fazer 27 pontos (40% de aproveitamento)... difícil...

Rodrigo Federman disse...

Abel, mas que fique claro: JV não foi mandado embora. AV também não. Mas claro, isso não alivia o péssimo trabalho dessa diretoria de futebol tão aclamada pelo presidente banana NM.
Abs e SA!!!

Fabio Lucas disse...

Traz o Lopes de volta fazendo favor

Rodrigo Federman disse...

Putz, Fabio...
Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Fabiano Soares, Jair Ventura, Fernando Diniz e Zé Ricardo. Ao que tudo indica, será um destes.

SA

Ivan disse...

Rodrigo, estava lendo hoje que estão atrás de Zé Ricardo e Jair Everest, Fabiano Soares e Fernando Diniz. São sempre as mesmas pessoas. Parece que os caras que comandam o futebol sotem uns bomes específicos, tanto para jogadores como técnicos. Sempre a mesma insistência com determinados jogadores e técnicos, como é o caso do Zé Ricardo, que já foi especulado antes do MP e não quis negociar.
Duvido muito se eles realmente acompanham futebol.

Fabio Lucas disse...

4 nomes citados para ser nosso tecnico Fabiano Soares, Fernando Diniz, Jair Everest e Ze Ricardo qual vocês preferem ?
Minha opinião Ze Ricardo

Abel Santos disse...

Rodrigo, eles não foram mandados embora, mas parte da torcida queria isso. Eu não vejo problema em troca de comando, mas desde que tenhamos algo que seguramente vai agregar qualidade.
Chamavam JV de aprendiz, colocaram um aprendiz dele no lugar. Chamavam Antonio Lopes de vascaíno, colocaram um flamenguista no lugar dele. E por aí vai.
Se você ler meus posts em 2017, verá que sempre escrevi minha preocupação com o desmantelamento de uma estrutura que foi muito bem entre ago/2016 e set/2017... e que, por vários motivos de campo e extra-campo, derrapou no final da temporada.
Sabia que aquilo que não era bom, iria piorar muito. Mas vi botafoguenses comemorando o desmantelamento de toda a estrutura, como se o clube tivesse recursos para algo melhor.

Rodrigo Federman disse...

Ok, Enéias.

Ivan, nada muda. O Botafogo vive colando figurinha repetida sobre as outras.

Fabio, me parece ser o menos pior.

Possa crer, Abel.

Abs e SA!!!

jorgeFS disse...

Papai "Joel"! Será que tô louco?

Rodrigo Federman disse...

Jorge, nem brincando.
Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Rodrigo.. claro que Joel Santana seria loucura.. mas ele seria melhor técnico que todos os que estiveram em 2018. Disto eu tenho certeza. Talvez Alberto Valentim seja uma exceção... talvez.

Rodrigo Federman disse...

Abel, eu sequer tenho essa certeza.
Abs e SA!!!

Eziel Junior disse...

Por falta de opção Zé Ricardo parece ser o maia viável mais longe de ser o ideal. Mais acredito que faça melhor que Paquetá.

Anônimo disse...

Primeira coisa a ser feita no Botafogo é uma reformulação no elenco, dispensar alguns jogadores que não tem correspondido, empresta outros, manda treinar outros separado e fazer novas contratações, que venham para serem titulares.
A maioria dos jogadores do elenco, além de não terem futebol,não tem tezão para jogar mais no clube, só receber dinheiro.
Eu preferia o Abel Braga, treinador que venha para bater de frente com os tal líderes do elenco e todos nós já sabemos quem são e quem foi os causadores o ano passado, da não ida para a libertadores. e receberam de prêmio uma renovação de contrato.

Marcos Antonio

Fabio Lucas disse...

PRECISAMOS MANDAR 13 JOGADORES PICAR A MULA E CONTRATAR PELO MENOS 5 BONS PARA OS SUBSTITUIR NA SERIE b TEM JOGADORES MELHORES QUE OS NOSSOS

Rodrigo Federman disse...

Eziel, pior não tem como. Até pelos números.

Marcos Antonio, a primeira coisa deveria ser reformulação total no quadro diretivo.

Fabio, se continuarmos aceitando "destaques de Série B" para sempre, nunca sairemos do lugar.

Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

- Dudu Cearense, 2 anos de clube. Se tem 10 jogos é muito. Famoso no clube como "Animador de Vestiário";
- Marcus Vinicius: 1 ano de clube, 9 meses no DM. Famoso no clube como "Marcus Balada";
- Rodrigo Lindoso: 2 anos de clube, talvez o que mais jogou esse tempo. Ex-Madureira é conhecido como "Craque de Clube Pequeno".
- Léo Valencia: 1 ano de clube, jogador da seleção Chilena. Conhecido como "Vaca Holandesa".
Os 4 juntos custam aproximadamente R$ 700 mil por mês.
Rodrigo, você não trocaria os 4 por algum jogador da elite do Brasil?
3 centro avantes: BRENNER, KIEZA, AGUIRRE - 16 gols na temporada de 8 meses, média de 2 gols por mês. É isso que entregam ao Botafogo? Juntos custam aproximadamente R$ 500 mil. Você não trocaria os 3 por 1 artilheiro de ponta???
Ou seja, 7 jogadores que juntos devem custar R$ 1,2 M de salário/mês e certamente entregam menos que 2 grandes jogadores do mercado. Mas essa diretoria de bosta, cujo expoente máximo é o Sr. ANDERSON BARROS (não pela patente, mas pelos anos de rodagem), consegue nos entregar essas dragas!

Rodrigo Federman disse...

Pois é, Paulo! E depois eles aparecem com as velhas muletas da falta de dinheiro. Porra, gastam mal a beça. Inclusive na intenção, pois nada me faz acreditar que o tanto que queimam de dinheiro com esses citados (e vários outros) é realmente planejado.
Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

Faltou incluir em todas as listas o MARCELO (ex vitória) outra grande bosta.

Rodrigo Federman disse...

Bem lembrado, Paulo. rs
Abs e SA!!!

Fabio Lucas disse...

Paulo Fernando tirando Marcos Vinicius e o Leo Valencia os outros todos são lixos incluindo Luis Ricardo, Gilson, Marcelo Santos, Renatinho e João Pedro.

Rodrigo Federman disse...

Fabio, incluindo MV e LV.
Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Não sei o porquê de alguns aqui falar em contratações... Voltem à realidade...
Os destroços contratados ninguém quer, o clube tem que pagar os salários deles até o fim de seus contratos... e nem dinheiro para isso tem.
O clube está de pires na mão tentando vender 2 jogadores para, segundo a diretoria incompetente, fechar as contas.
De onde virá alguma contratação? Tem algum jogador de bom nível disposto a vir de graça?

Sergio Di Sabbato disse...

Como escrevi várias vezes, depois da copa tirei férias do Botafogo, por dois motivos: o time é ruim e eu não aguento mais ver tanta mediocridade, e segundo, a equivocada contratação do Marcos Paquetá, aí eu desisti de vez, pois essa diretoria de MERDA não faz coisa com coisa. Não vi nenhum jogo do Botafogo depois da copa, mas não deixo de acompanhar os noticiários e ler os comentários no Cantinho, e sinceramente, essa situação do Botafogo me incomoda e muito.
Porém, algo ocorre em GS além da ruindade dos jogadores, pois mesmo com essa draga de time, com o AV apesar de não ser grandes coisas, apresentava aqui e ali partidas razoáveis, time irregular, mas não era essa coisa medonha de um time no momento completamente sem padrão, sem garra, sem nada na verdade. Alguma coisa muito séria ocorre entre time, diretoria e comissão técnica e DF, que aliás foi outro erro trazer essa baleia incompetente do AB, sem querer ofender as baleias.
É preciso fazer algo urgente, urgentíssimo, pois o prejuízo de uma queda para a segundona pode decretar um caos ainda maior ao já combalido Botafogo. Quanto a demissão do MP, foi necessária, mas fosse essa diretoria menos estúpida e mais centrada no clube, esse técnico nunca deveria ser contratado.
No momento só nos resta torcer para que o novo treinador consiga mexer com os brios dos jogadores e dê um padrão mínimo de joga a essa turma. Abs e SB!

Fabio Lucas disse...

Rodrigo respeito sua opinião mas gosto tanto do Valencia quanto do Marcos... do Pimpão e do Luis Fernando tambem o que falta nosso elenco e um Nikao,Dodo ex chape, Rossi,Arthur ou erik atl-mg

Unknown disse...

Não adianta contratar um Guardiola,se não temos jogadores de alto nível.. precisamos de um bom treinador,e no mínimo três jogadores descendentes!

Eziel Junior disse...

Caros colega vi um primeiro semestre razoável de um elenco fraco como nosso. É logico que o problema também esta no elenco mais vejo uma culpa muito maior no treinador. Veja bem Alberto Valentim conseguiu se virar com esse elenco e pelo menos ate antes da copa começar o time tinha padrão de jogo e jogava com raça buscando sempre ganhar os jogos, ou seja, os jogadores jogavam pelo tecnico que ficava a beira do campo gritando a todo momento. Com Paquetá víamos apenas um bando sem nenhum padrão de jogo. Na minha opinião a culpa maior é do treinador amador.

Rodrigo Federman disse...

Verdade, Abel. Gastaram mal o pouco que tínhamos. Agora já era.

Pois é, Sérgio. O que já era ruim, incrivelmente ficou pior.

Ok, Fábio. Discordo.

Isso mesmo, Unknown.

Eziel, eu não vi razoável. Juro. Achei um primeiro semestre com a maior parte de jogos horríveis. Mesmo com título estadual.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Rodrigo e turma
Plantel pra somente armar sistema defensivo. Fechar a casinha e especular em erros de adversários. Entregar a bola, e ver o que os adversários fazem batendo em um muro. Consequentemente, treinador que saiba trabalhar nesse esquema. Zé Ricardo sabe. Fernando Diniz (de quem gosto muito) prefere times propositivos. Morreu tentando fazer isso no Atlético PR, que é umas 4 vezes melhor do que nós em opções do meio pra frente. Logo...
O Zé Ricardo é o melhor dos que estão no mercado. Duvido que aceite, porque sabe que a barra tá pesada e pode sacrificar a carreira. Enfim...
Estamos mais pra Lisca Doido do que pra outra coisa qualquer. Mas esse já foi tentar um milagre no Ceará hehehehehe
Sds
Paulo de POA

Rodrigo Federman disse...

Paulo, e mesmo assim tenho dúvidas se jogar fechado o time aguentaria. O elenco é sofrível no todo.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Rodrigo e amigos do Cantinho, realmente, após a desastrada contratação do Patati-Patatá e de sua demissão depois de 5 jogos, era para o "presidente" agradecer os bons préstimos do VP de futebol e exonerá-lo. Como são amadores, não há custo para o clube. O Anderson Barros também deveria ir junto. Resgatar o indigitado cidadão dos confins da Ásia e trazer Marcelo Israelense já deveria ser o suficiente para defenestrá-lo.

Mas bem sabemos que nada disso acontecerá.

Sou dos que gostariam de ver gente como Gonçalves, Sandro, Valdir Espinosa compondo a comissão técnica do Botafogo. Se daria certo, eu não sei. Mas me lembro da dupla André Silva/Anderson Barros nos tempos da gestão moderno-praiana (copyright Márcio) e já àquela época muitos de nós não gostávamos deles. Até prefiro Cacá/Antonio Lopes.

Sobre o que o Sergio comento acima -coisas estranhas ocorrendo no reino de GS- li em algum lugar hoje (li tanta coisa, de tanta gente, sobre o Botafogo que nem lembro mais) que os jogadores estariam insatisfeitos com os métodos do Patati-Patatá. Vai ver que estava querendo botar as vetustas senhoras para treinar forte, o que é inadmissível e desumano ! E como não há comando na zona que é o futebol profissional do Botafogo... É só lembrarmos o que ocorreu na reta final do Brasileiro 2017, a Copa do Mundo do prof. Everest. Derrotas para times na rabeira, viradas improváveis no apagar das luzes, isso com a torcida apoiando, cantando, empurrando os moleques. Não teve um indignado para dar um esporro e EXIGIR respeito e dignidade.

Eu não sei mais o que esperar desse bando de moleques, ruins de bola, sem liderança entre eles e, para piorar tudo, sem comando. Está tudo bem, tudo bom, tudo sob controle para gerente de futebol, VP de futebol, VP e presidente do clube.

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, exatamente. E o pior de tudo é a gente, no fundo, nem saber explicar o sentimento do torcedor. Estamos completamente anestesiados. Isso é horrível. E não temos qualquer perspectiva de melhora, evolução, etc. Muito pelo contrário...
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Ah, em tempo, uma outra coisa. Li em algum lugar (twitter ? Rádio Botafogo ? facebook ?) o CEP dizendo que devemos gramar uns anos (3 ? 5 ? sei lá) sem condições de formar equipes em condições de disputar títulos importantes (ou algo que o valha).

Até aí, tudo bem. Não há dinheiro, é notório.

É fato também que temos dívidas impagáveis, nossas receitas não se comparam aos mais agraciados pela rede esgoto de tv, etc e tal e coisa.

Então penso que seria de bom alvitre deixar isso bem claro e não ficarem os dirigentes a tentar iludir os torcedores com promessas vãs. E a nós cabe aceitar o fato de o Botafogo estar em um caminho de recuperação para, no futuro (espero estar vivo e com saúde para acompanhar, mas, com 58 anos, não me imagino daqui a 20 anos a pular e cantar em estádio algum), termos condições de montar times competitivos no cenário doméstico e continental.

A Libertadores, entra ano, sai ano, esfrega na nossa cara times com orçamentos pequenos, por vezes bem menores que de times brasileiros mas com desempenho infinitamente melhor. Logo, trata-se de ter, ou não, competência, capacidade, de bem usar os recursos disponíveis.

Agora, o mais importante de tudo: ok, não temos dinheiro, temos que pagar o Profut (o clube aqui do bairro e o Vasco estão encrencados, se excluídos, a coisa ficará ainda pior), indenizações diversas, pendências intermináveis. Logo, não podemos, em hipótese alguma, nos dar ao luxo de renovar contratos de trastes, lixos, párias como Dudu Cearense, L Ricardo ou Gilson. Não podemos contratar Canales, Anderson Aquino, Leo Demência, Marcelo Israelense ! Não podemos apostar em tigrões e patatis-patatás e deixar de ganhar rios de dinheiro. Temos que ser precisos, cirúrgicos, competentes.

E competência passa longe de General Severiano. Aí mora um dos problemas.

Abs

Abs.

Rodrigo Federman disse...

Eduardo, essa é a questão: se esses caras fossem profissionais e utilizassem os poucos recursos de maneira inteligente e sem "interesses maiores", a torcida certamente entenderia. Mas não é o caso.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Se o responsável pelas contratações erra em duas em três,, fosse o BOTAFOGO um lugar sério, o presidente o demitiria de imediato.
Além do prejuizo por pagar a rescisão de dois destes que foram demitidos, a Instituição deixou de arrecadar com a eliminação precoce na Copa do Brasil e está mais fora do que dentro da Sul-Americana.
Além disso, desconfio que todos os que foram contratados não foram alertados para o problema defensivo, já que a média de gols sofridos é superior a 1 gol/jogo.
Em resumo, o Paquetá foi consequência e não causa, embora também esteja inserido em tudo de ruim que foi apresentado pelo Time..
O próximo técnico será mais um a ser o escudo dessa diretoria, se for mal... Demitir o técnico é sempre mais fácil.
O BOTAFOGO está atrasado para implementar uma Reengenharia e nem sei se um dia terá.
SA!!!
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, não dá para esperar atitude de um bom profissional vinda de um presidente que se diz orgulho por ter uma gestão amadora no clube.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Fala Rodrigo! Uma pequeno pitaco, pra te falar a verdade nem acho o elenco de todo ruim. Creio que temos condições de ficar no meio da tabela, se jogarem com disposição. Temos dois bons goleiros, bons zagueiros, volantes, e de razoável pra ruim laterias, meias e atacantes. Mas tudo isso se não for melhor trabalhado pode dar merda, como está dando. Talvez pudesse tentar mais um zagueiro (eu colocaria o Marcelo, por ser mais novo e poder fazer a função de volante). Podendo com isso, colocar o Jean e MF. O meu meia seria o Leandrinho, pra começar, mas tentaria trazer um meia de mais nome, talvez dependo das condições físicas o Conca?! O meu atacante seria o Aguirre.

Penso que o nome pra essa mudança seria o Abel. Cara com mais pulso. Mas acho que será o Zé Ricardo. Gosto do trabalho dele, pois ele tem noção de que 1x0 é um excelente resultado. Com o nosso time, temos que buscar sempre isso.

Alguém deu ideia, e ele até deu o aval no twitter. Pq não trazer o Espinosa pra uma função de coordenador do futebol ou alguém com mais identificação tipo o Sandro ou Gonçalves. Temos que nos modernizar. Quando esses safados da diretoria entenderem que a torcida não é a vilã e sim a solução. Essa torcida que e tão criticada e judiada joga junto quando tem algo em que acreditar. Acorda diretoria!

SA...André

Rodrigo Federman disse...

André, eu queria ter essa mesma impressão do elenco, mas nunca tive. Para mim, o elenco é mal montado, fraco mesmo. Quanto ao treinador, se não fosse caro, também iria no Abel sem pensar duas vezes.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Somente como informação, o Conca jogou a sua última partida, de um total de três no ano, no dia 30/082017.
Está com 35 anos, já foi.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Sim, Márcio.
Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Eduardo Samico...

Você quer dizer que a queda de rendimento do time a partir de setembro de 2017 foi tudo culpa de JV? Ouvi muito isso e veja onde estamos agora. Ali houve vários problemas:

1. Ele teve sua culpa...
2. Teve que lidar com desinteresse de vários jogadores que já estavam acertados com outros times para 2018;
3. Teve que lidar com atitudes de mau caráter de alguns nomes da equipe;
4. Teve que lidar com problemas de jogadores com a diretoria;
5. Teve que lidar com o desmantelamento da equipe, sem reposição de jogadores.
6. O elenco era fraco e pequeno para 3 competições de ponta.

Entre outros problemas. Não adianta culparmos um só por nada. Veja aí... todo mundo batia em Valentim... ele se foi... veja no que deu... e quem quer que seja que venha, não fará milagres com este elenco de merda.

Anônimo disse...

Mas o Conca foi um exemplo. Penso que no mercado sul americano tenha alguém que caiba no orçamento e seja um bom jogador.

Sa...andre

Rodrigo Federman disse...

Abel, ele teve de lidar com descontentamento de panelas formadas por ele mesmo também. Uma fonte me garantiu que isso acontecia bastante por lá.

Valeu, André.

Abs e SA!!!

Fabio Lucas disse...

Nicolas Gaitan

Rodrigo Federman disse...

Fabio, ok.
Abs e SA!!!

Eduardo Samico disse...

Caro Abel Santos, respondendo sua pergunta acima ("Você quer dizer que a queda de rendimento do time a partir de setembro de 2017 foi tudo culpa de JV?") digo não, não foi TUDO CULPA do mr. Everest.

O que escrevi, citando o Sérgio Di Sabbato que achou estranha a postura apática do time, foi que algo semelhante ocorreu em 2017. Pode ter sido a história da cirurgia daquele centroavante cujo nome não tenho interesse em lembrar, pode ter sido atraso em pagamento de bichos ou ainda qualquer coisa que possa ter contrariado as prima donnas daquele time.

Logo, e para mim isso soa um tanto óbvio, a responsabilidade -naõ gosto desse papo de "culpa"- passa por toda uma cadeia de comando. Há o treinador, mas há também outros profissionais na estrutura do futebol de um clube que disputa mata-matas de uma LA ou de uma Copa do Brasil.

Onde estavam o gerente de futebol, o VP de futebol e, se ninguém resolve, onde estava o presidente ? O próprio treinador tem/tinha um assessor, com quem troca/trocava idéias durante os jogos e, quero crer, no dia-a-dia no clube.

Agora, o sr. Everest era quem escalava o time. Que barrasse quem ele identificava fazendo corpo mole. Os caras sabem quem corre para não chegar. Então ele tem parcela de responsabilidade, sim, e grande, na derrocada que foi aquela reta final de 2017.

Mas, sem dúvida, é mais fácil culpar a torcida

Para encerrar, discordo desse ponto de vista do tipo, vocês pediram a cabeça de fulano, ele caiu, olha só o que aconteceu.

Eu, e todos por aqui, sou apenas e tão somente um torcedor. Posso pedir a contratação do Messi, do Conca, ou sugerir jogarmos com a garotada sub 20. Mas eu não decido nada, logo não posso ser responsabilizado por nada. Afinal a diretoria faz o que entende certo e não me parece que se pautem pela torcida.

Eu me limito a torcer, a ficar alegre em cada vez mais raras ocasiões e a me emputecer e frustrar, o que infelizmente vem se tornando rotina.

Abs.


Rodrigo Federman disse...

Estou de pleno acordo, Eduardo. Fecho total contigo.
Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Rodrigo: Na lista de culpas, eu coloquei JV na número 1. Lá está incluso todos seus erros. Mas eu acompanhei de perto tudo, e vi que os nomes chaves do elenco havia perdido todo interesse no Botafogo, passaram a chantagear e a fazer corpo mole. E a diretoria incompetente ficou perdida.

Eduardo Samico: Eu fui contra o coro contra JV e também contra o coro de muitos contra Valentim. Estamos sem recursos para nada. Que adianta ficar pensando em Cuca etc, como vi tanto aqui. Valentim foi embora porque estava pressionado e sabia que seria demitido em pouco tempo. Olha aí o resultado.

Rodrigo Federman disse...

Abel, acho que ele (AV) foi mais embora por ter uma proposta irrecusável.
Abs e SA!!!

Abel Santos disse...

Rodrigo, com certeza houve isto. Mas também ele deve ter pensado com o que aconteceu com Zé Ricardo no Vasco, que recusou uma proposta excelente do exterior e foi demitido em poucas semanas. E parte da torcida estava pedindo sua cabeça.
E agora o Zé Ricardo deve estar com medo. Sabe da bomba que é este elenco e o risco de manchar seu nome com mais uma demissão ou um fracasso. Sinceramente, no lugar dele eu só viria se estivesse precisando de $$$.

Rodrigo Federman disse...

Abel, possa crer.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

O técnico da Croácia em plena copa do Miundo cortou o Kalinic.
Oficialmente o Dalic disse que o atacante tinha reclamado de espasmos nas costas por t^res vezes, no amistoso contra o Brasil, no jogo frente a Nigéria e depois em um treino.
"Não posso ter um jogador sem condição física, então o mandei para casa", disse o Dalic
O que se comentou nos bastidores é que o corte deveu-se ao fato do Kalinic ter se recusado a entrar no jogo contra a Nigéria. Terminou a copa com menos um jogador no elenco.

Não sou favorável a que o técnico tenha autonomia irrestrita, mas em determindas ocasiões cabe a ele tomar decisões firmes, já que em última análise, tudo arrebenta em suas mãos.
Se um jogador está desinteressado, seja lá por qual motivo, o técnico ou a diretoria não afastá-lo é permitir que um trabalhio seja jogado no ralo, além de um péssimo sinal emitido a todos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Penso igual, Márcio.
Abs e SA!!!