terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Não compartilho da opinião

















O zagueiro Joel Carli deu a sua opinião sobre a temporada de 2018 e o que podemos esperar em 2019 do Botafogo:

"- Acho que o balanço foi positivo. Temos um grupo bom, muito unido e trabalhador. Esse esforço foi premiado com o título carioca. Tivemos uma grande reta final de campeonato brasileiro".

"- A nossa diretoria trabalha muito e busca alternativas a todo momento. Muitos clubes do Brasil passam por esses problemas, não só o Botafogo. Tenho certeza que o ano de 2019 reservará melhorias em relação ao de 2018".

Positivo? Pelo visto, o Botafogo atual é isso aí mesmo: Um estadual a cada quatro ou cinco anos e a sensação de que o dever foi/está cumprido. Fora isso, uma "grande reta final de Brasileirão"...
...que não nos levou a lugar algum, exceto escapar do rebaixamento.

Por fim, e ainda mais gritante, desconsiderarem por completo o vexame histórico na Copa do Brasil.

Diante disso tudo, questiono: Só faltava o Carli falar que não dá para garantir um 2019 melhor.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

40 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo
Ele só comprova que os jogadores também pensam pequeno, claro que é reflexo dos dirigentes.Já entram em campo com único objetivo de não perder.Ainda mais vindo dele pos a zaga foi uma das mais vazadas no brasileirao.Mas ele deve achar isso normal.

Anônimo disse...

RODRIGO,ainda falo em futebol por respeito ao Blog do amigo.
CARLI fez parte do grupo das PV,que fizeram corpo mole em algumas partidas resultando em eliminações precoces,etc.
Queriam "bichos" por competição,aumentos e renovações de ex jogadores com salários fora da realidade do clube.E o pior,alguns contundidos e fora de forma que pouco entraram em campo,mas conheciam as podridões das internas e peitavam.
Os dirigentes não denunciavam a manobra,pois têm o rabo preso com empresários de vários jogadores,o que é público e notório.
Infelizmente,alguns torcedores por desconhecerem a realidade,ainda enaltecem A ou B.
Já houve uma "limpa",mas falta a principal,ou seja,colocar para fora os pilantras que dirigem o ex glorioso.JOTA

Rodrigo Federman disse...

É, Ricardo. Mentalidade pequena enraizada em GS.

Jota, o difícil é encontrar quem não tenha feito esse corpo mole. Até onde sei, foi 99% do elenco. rs

Abs e SA!!!

Enéias Teles Borges disse...

Enquanto não houver saneamento do caixa, o discurso sempre será o mesmo. 2019 será igual 2018. A menos que ocorra algum milagre.

Rodrigo Federman disse...

Enéias, saneamento do caixa só acontecerá com os Moreira Salles. De outro modo, nunca será pago. O valor é impagável. A questão é utilizar de maneira correta o pouco que entra.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,acontece que os mais jovens do time ficam receosos em contrariar os mais velhos,rsrsrs.
Lembro-me muito bem de um ex excelente jogador alvinegro,que estreou no Maraca contra o América e fez três gols.Chamava o canhota de "Seu Gerson" e levava esporro quando driblava demais.
Depois que despontou,passou para o grupo das PV antigas e virou até a mesa do presidente do clube,pois queria ir para a Europa.Era um grande jogador,mas um péssimo caráter quando virou craque.
Passei a ter consideração e até um certo respeito por ele,quando publicamente,em uma entrevista,disse aos jovens que perdeu toda a sua fortuna amealhada na França,com drogas e orgias.Aconselhou-os a fugirem da maldição que elas causam no ser humano e que só passou a viver novamente quando ficou "limpo".
Achei bacana o cara tão famoso no meio futebolístico admitir o seu erro e conclamar os jovens a não utilizarem drogas.
Não sei como anda atualmente,nem o que faz.
Desculpe fugir um pouco do tema,mas achei relevante lembrar o fato,pois foi um dos grandes craques alvinegros.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Sim, Jota. Até concordo em partes, mas também lembrando que os tempos são outros. O jovens de hoje já são tratados de maneira diferente, são ricos, paneleiros e não têm tanto respeito assim pelos mais experientes.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,concordo com a sua observação final.É o que acontece no futebol,nas famílias,nas escolas,etc,rsrsr.
O modo civilizado e educado escafedeu-se do mundo atual,particularmente em nosso Brasil dos últimos anos,onde a criança aprende desde cedo que É PROIBIDO PROIBIR.JOTA.

Anônimo disse...

Ricardo
Antigamente não existia empresários. A negociação era entre clube e jogador.Hoje em dia qualquer perna de Pau tem empresério, pois sabe que mesmo o jogador sendo ruim, irá encontrar um clube para ele jogar.
Lógico que com influência sobre os dirigentes.

edison silva disse...

Mentalidade pequena não traz nada o m, Fernandes nem pensou em ficar, pq lá no porco pensam grande em titulos libertadores etc ,enq enqua não botafogo carioca triste realidade

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Jota.

Influencia demais, Ricardo.

Triste realidade, Edison.

Abs e SA!!!

Daniel Cananea disse...

Saíram:

Jefferson
Luís Ricardo
Yago
Matheus Fernandes
Dudu Cearense
Marcelo israelense
João Pedro
Renatinho
Brenner

Erik, Jean e Moisés ainda tem situação indefinida.

Das saidas já confirmadas, creio que apenas o MF tinha espaço no grupo, ainda sim como reserva (minha dupla titular seria Jean e João Paulo). Jefferson custava 380 mil por mês e pra um reserva esse salário era inviável (Cavalieri receberá 1/4 disso), e além disso se aposentou, ou seja não reforçará outro clube.
Então acho que as saídas estão muito boas, seria um crime, um sacrilégio, renovar com algum deles.

Chegaram:

Cavalieri
Alan Santos
Gustavo Ferrareis

Apesar de não terem sido anunciados oficialmente, os 3 já estão acertados.
Francamente nenhum deles empolga. Goleiro ok, experiente e com salário dentro do padrão. Alguns queriam João Ricardo, outros Sidão, mas acho que está de bom tamanho.
Os meias são apostas, assim como eram Marcelo israelense e Renatinho por exemplo, e minha opinião como já expus várias vezes aqui é, aposta por aposta, eu aposto SEMPRE na base.
Esse Alan Santos por exemplo, surgiu no Santos depois foi pra um time de segunda divisão, depois pro México onde foi repassado pra um clube pequeno, e depois pro Oriente médio, onde não estão fazendo a menor questão de mantê-lo.. Vai apenas tirar o espaço dos jovens Wenderson e Rickson, que subiram pro profissional. Exatamente como a renovação de Dudu e contratação de Marcelo israelense tiraram o espaço que seria do Bochecha, que só jogou graças as lesões dos dois.
Contratações apenas de REFORÇOS de verdade, que venham para serem titulares absolutos! Melhor que 10 jogadores de 100 mil, são 2 de 500 mil mas que sejam decisivos. Os outros 8 completa com a BASE.

SA!

Rodrigo Federman disse...

Daniel, penso o mesmo. Apostar por apostar, melhor fazer na base e juntar um ou dois "dinheiros" para tentar trazer jogador que chegue e resolva. Mais uma vez não teremos.
Abs e SA!!!

edison silva disse...

Todo ano a mesma coisa botafogo e vetrine para jogadores aparecerem Erik,v Luís ,d Barbosa, vergonha quando o jogador se destaca vende pois ou demora renovar ou a muita é preço de pinga

Marcio disse...

Mais uma demonstração de como a cultura do BOTAFOGO não está voltada para as conquistas.
Não se pode desconsiderar o vexame na Copa do Brasil, que no Campeonato Brasileiro a arrancada foi para fugir do rebaixamento e não por briga entre os líderes e na Sul-Americana fomos eliminados em casa para um adversário que também brigava na parte baixa da tabela do brasileiro.
A conquista do Campeonato Carioca, é bom lembrar que o BOTAFOGO foi para final por causa do mais do que esdrúxulo regulamento, embora seja verdade que não todos o aprovaram.
Há uma sincronia entre as falas da diretoria, comissão técnica e jogadores; são uníssonos em querer transformar a mediocridade em excelência.
Lamentável, para dizer o mínimo.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Edison, o Botafogo deixou de ser visto e se portar como grande que sempre foi. O resultado é isso.

Marcio, e por comentários como o do tal Charles, a cultura da mediocridade, pelo visto, anda dando resultado entre vários torcedores. Uma pena.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, todas as vezes que as críticas às diretorias do BOTAFOGO se intensificam, sempre surgem vozes de defesa; só que não utilizam argumentos e simplesmente atacam a quem critica.
SA!!!

Marcio disse...

Sem relação com o BOTAFOGO:

O Al Ain acaba de fazer história; eliminou o River Plate e está na decisão do Mundial de Clubes.
E não se pode dizer que foi zebra, fez 1 a zero, sofreu a virada e foi buscar o empate.
Dentro das suas possibilidades fez um jogo muito bom.
O River perdeu uma penalidade, pode dizer alguns... Isso também é do jogo e penalidade não é loteria.
Em competições eliminatórias é possível eliminar equipes consideradas, inicialmente, favoritas; só que é necessário que haja um trabalho sério.
SA!!!

Eduardo Samico disse...

Complementando o comentário do Márcio, a respeito da conquista do carioquinha, lembro que vencemos o Vasco desfalcado de seu melhor jogador (Paulinho) e tenho para mim que dificilmente teríamos vencido se ele estivesse em campo. Mas, tudo bem, o se não entra em campo. E mais, o adversário jogou quase metade do jogo, se não me engano (acho que me engano), com um a menos. E nós, com a habitual falta de capacidade de armar uma jogada decente de ataque. O gol que nos levou à decisão por pênaltis foi digno de pelada, no fim do jogo, em lance de raça e presença do Carli. Tudo bem, vencemos. Eu vibrei muito. Mas eu não me iludo.

Para encerrar, bastaria um levantamento das partidas disputadas, os resultados, gols a favor e contra. Creio que no fim das contas nosso saldo de gols é negativo.

Mas se desta forma está bom... e divirjo !

Abs.

Anônimo disse...

Ricardo
Segundo fogãonet o Botafogo vai trocar uma promessa da sub 20 pelo medíocre Moisés e o veterano Jean.
Mais um crime contra o Bota fogo.
Enquanto não houver protestos vão continuar saqueando o clube.

Rodrigo Federman disse...

Marcio, são os bobalhões virtuais.

Sim, Eduardo. Ainda tem esse detalhe. Conquistamos o carioca graças a uma grande sorte.

Possa crer, Ricardo.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Ricardo o Jean tem 23 anos e o Moisés 24 anos, ainda não são veteranos, como você escreveu.
Você pode ter sua opinião, a minha Moisés é um bom lateral e o Jean um ótimo volante.

Mamá

Sergio disse...

Pelo que tenho lido e pelos reforfugos que é só o que o Botafogo atual faz, 2019 sera a mesma M ou pior que este ano. ABS e SB!

Adelson disse...

Foi positivo porque o clube já se comporta como médio. Se nada acontecer de extraordinário, em breve o clube estará pensando como um time pequeno.
O Atlético-PR está pleiteando ser reconhecido como grande, e, pela estrutura que tem, já é um time grande. O Botafogo parece querer abandonar o status que possui. E está conseguindo.

Rodrigo Federman disse...

Mamá, e o tal do Caio, ativo do clube, dizem que é muito bom. Eu acho um absurdo se acontecer o que estão falando.

Pois é, Sérgio.

Exatamente, Adelson.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Samico, essa foi a campanha do BOTAFOGO em 2018.

Campeonato Carioca: 17 jogos, 8 vitórias, 4 empates e 5 derrotas, 20 gols feitos e 20 sofridos;
Campeonato Brasileiro: 38 jogos, 13 vitórias, 12 empates e 13 derrotas, 38 gols feitos e 46 gols sofridos;
Copa do Brasil: 1 jogo, 1 derrota, 1 gols feito e 2 sofridos;
Copa Sul-Americana: 6 jogos, 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas, 9 gols feitos e 7 sofridos.

Total de 62 jogos, 24 vitórias, 17 empates e 21 derrotas, 68 gols feitos e 75 gols sofridos.
Dos 186 pontos disputados, ficamos com 89; o que dá 47,8% de aproveitamento...
No Carioca, onde fomos campeões, pasmem, o saldo de gols foi zero, onde apenas temos, em tese, 3 adversários de melhor potencial.
Para terminar, sou muito critico aos atacantes do BOTAFOGO, só que mesmo considerando que defesa boa é defesa bem protegida, esta não pode passar imune às críticas.
O ataque, bem ou mal, tem média de 1,1 gol/jogo; a defesa sofreu uma média de 1,21 gol/jogo.
Repito que defesa boa é defesa bem protegida e muito do que sofreu se relaciona ao "aramelisismo" do meio de campo no que diz respeito à marcação, mas a defesa tem a sua parcela de culpa e isso tem de ser corrigido.


Sobre essa possibilidade de troca com o Corinthians, Caio Alexandre por Jean e Moisés, tenho sérias dúvidas e sou inicialmente contra. E, pior, há noticias dando conta de que o Corinthians ainda receberá uma compensação financeira.
De quanto será essa compensação?
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, essa compensação...se houver, jamais saberemos a verdade.
Abs e SA!!!

Tiago Almeida disse...

Acontece que nos torcedores so criticamos nas redes sociais enquanto a torcida não for na sede e fazer protesto de vdd e cobrar essa diretoria vai continuar fazendo o botafogo passar vergonha e a oposição também simplesmente não existe.

Rodrigo Federman disse...

Tiago, cada um faz o que está ao seu alcance, né?
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Oi, pessoal
Alguém já viu esse Caio Alexandre jogar? É uma jóia mesmo? No Fogão.net alguns comentários dizem que ele tem tudo para ser um craque, outros dizem que é normal. Assim fica difícil avaliar a troca pelo Moisés e Jean.....embora dos 2 só vale a pena o Jean mesmo.
AC

Rodrigo Federman disse...

AC, eu nunca vi, mas até hoje só li coisas boas a respeito do rapaz.
Abs e SA!!!

Tiago Almeida disse...

Vdd rs

Rodrigo Federman disse...

Valeu, Tiago.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

"NUNCA MAIS DEFENDO PROMESSA DO BOTAFOGO".
Já defendi Vinicius Tanque, Caio Talismã, Luís Henrique, Daniel, Cidinho, Gegê,Emerson Santos, Ribamar,Vitinho.
E todos nunca se firmaram em time nenhum, tirando Ribamar e Vitinho que deram dinheiro.
Minha opinião,negocie enquanto dá tempo.
"uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa",promessa não é jogador profissional.

Antonio

PAULO FERNANDO disse...

Rodrigo, sinceramente já pensei em ver um Botafogo mais ousado e com mais resultado, mas nas últimas décadas o que vi foram lapsos de times médios mas esforçados que conseguiam conquistar alguns poucos títulos (anos 90 foram bem legais, com Conmebol 93, CB 95, alguns carioquinhas). A questão é que nossa paixão nos cega em relação ao que o Botafogo é na realidade: um clube desesperado que não consegue planejar nada, pois quando fazem um mínimo vêm uma penhora, um falta de renda, um diretor que não performa, um gerente que tem outros "interesses". Quando um cara faz uma "loucura" de contratar um Seedorf e montar um time bom, a conta sempre chega depois com juros e correção e se juntar um pouco de desonestidade sempre vem bomba. Enfim, a situação é bem difícil. Eu critico bastante, mas entendo a falta de $$$ para realizar qualquer planejamento. A solução ou passa por algo relacionado ao que desejam os Moreira Salles ou algum modelo semelhante que concentre menos neles e mais em um grupo de empresários, mas disso não podemos mais fugir: Botafogo S.A.
Até acho que diante dessa realidade, as últimas diretorias melhoraram a gestão financeira, mas o buraco é muito grande e patrocínio bom depende de time bom. Mesmo com dedicação, ainda falta planejamento estratégico, falta mais gestão e menos paixão, falta errar menos no básico (Anderson Barros na minha opinião é erro básico, parte do elenco de Lindoso, Gilson, Renatinho, Dudu, Marcelo, etc...custavam mais de R$ 1M/mês), falta mais informação e o principal $$$.

Rodrigo Federman disse...

Antonio, mas promessa por dois jogadores comuns? E voltando dinheiro? Tem algo errado aí.

Paulo, infelizmente não espero mais esse Botafogo. Infelizmente.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Paulo, seus olhos são a realidade, nós torcedores somos a paixão, aí ficar difícil a conta fechar.
Os Moreira Sales, no balanço do clube tem quase 50 milhões,fora o dinheiro do centro de treinamento, ajudar mais que isso, só o Botafogo sendo repassado para eles.

Panda

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Panda.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Apesar de reconhecer algumas renovações de contrato equivocadas e alguns erros,essa diretoria desde do CEP ATÉ HOJE,mesmo com nossas criticas, ainda não apareceu nenhum calote criado por essa diretoria.
Eu já administrei empresa falida é difícil pra cacete o cara funciona mais como bombeiro para apagar incêndio do que propriamente administração.
Tá certo, que alguns da diretoria, participaram de administrações passadas, mais o estatuto do clube antigo, corrigido na administração do CEP dava plenos poderes ao presidente.
Quem não recorda do Assunção, que peitou quem foi contra e assumiu o risco do rebaixamento, depois das dispensas do Sheik,Edílson,Bolivar e Júlio Cesar o estatuto o cobria.
Outro tema sempre recorrente por aqui é o Remo, alguns torcedores talvez não saiba, que o Remo é um esporte que o clube nunca pode deixar de investir, quando houve a fusão do Botafogo, ficou acordado isso em estatuto.

Teté

Rodrigo Federman disse...

Teté, o que não pode é o futebol sustentar remo. Que criem alternativas. Eles entraram lá por vontade própria.
Abs e SA!!!