domingo, 4 de agosto de 2019

Um breve alívio
















No atual momento, jogando bem ou mal, o importante era vencer. 

E foi o que o Botafogo fez na tarde deste domingo, marcando 2 a 0 no Avaí, em Florianópolis.

Três pontos vitais para continuarmos na parte do meio da tabela e subindo degraus para chegar logo aos 46 que tiram toda e qualquer chance de rebaixamento.

Quanto ao jogo, bom, do lado alvinegro, nada de novo. Inclusive na escalação inicial, os 11 de quase sempre, mesmo que as últimas apresentações não tenham sido convincentes. A insistência do Barroca com essa formação e determinados jogadores parece não ter fim.

Ah, mas hoje venceu! Nada de reclamações.

Sim...
...e não.

Satisfeito pela vitória, mas não dá para desconsiderar o fato de ter sido contra o pior time do campeonato até agora. E ainda assim, o Botafogo não soube se impor e viu o Avaí se jogar para cima até quando estava com um jogador a menos. 

Menos mal que o time catarinense é fraquíssimo.

Enfim, como nossa temporada já "acabou", confesso que as vitórias acabam não tendo tanta graça e/ou me dando satisfação. 

É o que falei: Contagem regressiva, apenas.

Agora faltam 27 pontos.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 2 x 0 Avaí

1- Gatito: Sem grande trabalho - 5,0

2- Marcinho: Partida correta - 5,5

3- Marcelo: Muito bem por baixo e por cima - 7,5

4- Gabriel: Um monstro. Ganhou todas - 7,5

5- Cícero: Apareceu mais e foi bem - 6,5

6- Gilson: Sem comprometer - 5,0

7- Rodrigo Pimpão: Matou todos os ataques - 4,0

8- João Paulo: Boa partida (até o fôlego acabar) - 6,0

9- Diego Souza: Pesado e isolado, tentou voltar para buscar algumas bolas - 4,5

10- Luiz Fernando: Como continua recebendo oportunidades? - 4,0

11- Alex Santana: O melhor na primeira etapa. Apagou na segunda - 6,0

12- Jean: Entrou para fechar o meio - 5,0

13- Fernando: Uma boa jogada no ataque - 5,0

14- Victor Rangel: Incapaz de dominar uma bola - 4,0

Eduardo Barroca: Insiste no mesmo time. Hoje poderia ter dado uma chance ao Rhuan no segundo tempo - 5,0

29 comentários:

Cleberson disse...

Importante foi voltar a vencer.
Não gostei mais uma vez das substituições do Barroca, poderia ter botado o garoto Rhuan, seria a estreia perfeita.
O Fogão chega a 19 pontos no Brasileirão #Botafogo #VamosFogão

Marcio disse...

Nesse momento, vencer é o que importa, mais três pontos importantíssimos na conta.
O BOTAFOGO fez uma partida morna no primeiro tempo e saiu em vantagem no placar porque o A. Santana, aquele que mais procurou jogo, fez diferente do que preconiza o manual, “quando no ataque, a prioridade é não dar o contra-ataque”, utilizou a sua melhor característica que é a finalização e clocou o Time em vantagem.
Ainda assim, o Time teve problemas na intermediária de defesa onde as bolas sempre caiam nos pés do adversário.
No mais, Pimpão, D. Souza, que perdeu um gol incrível, e L. Fernando estiveram completamente inoperantes, são uma tranquilidade para qualquer defesa.
No início do segundo tempo o BOTAFOGO ampliou o placar em um gol de cabeça, após uma boa falta cobrada pelo Marcinho, depois disso o BOTAFOGO limitou-se a fazer o tempo passar, “satisfeito” com o resultado parcial.
Um pouco mais de organização e força permitiriam um placar maior e melhor saldo na tabela.
Fernández- Não teve trabalho no jogo;
Marcinho- Ainda comete alguns erros, mas tem o mérito de não esconder-se do jogo. Não sei se anda treinando cobranças de faltas, mas acertou uma no travessão no jogo contra o A. Mineiro em Minas e na de hoje saiu o gol do Marcelo;
Marcelo- Uma boa partida, deveria ser melhor aproveitado nesse Time;
Gabriel- Mais uma boa partida;
Gilson- Não comprometeu, mas para jogar nesse (baixo) nível, preferia que fossem dadas chances para um jogador mais novo poder progredir;
Cícero- A partida de sempre, escondido;
J. Paulo- Poderia ser mais objetivo com a bola nos pés;
A. Santana- O único que procurou jogar de modo mais objetivo e foi premiado com o gol. Não pode jogar distante da intermediária adversária;
Pimpão- Uma completa e absurda inutilidade;
D. Souza- Notado apenas quando perdeu um gol que não se perde;
L. Fernando- Outra completa inutilidade.

Victor Rangel- Entrou em campo aos 19 do segundo tempo e nada mais. Acho que não vai apresentar rigorosamente nada.
Jean- Entrou para segurar o jogo e ainda perdeu um gol incrível;
Fernando- Deu um passe para Jean perder o gol.

Barroca- Finalmente sacou o D. Souza, agora precisa olhar quem pode fazer mais do que L. Fernando e Pimpão, desde que não escolha o V. Rangel.
Há margem para esse Time apresentar um futebol mais dinâmico, ter mais apetite pela vitória.
Também precisa aproveitar as qualidades de quem mais oferece à Equipe, A. Santana está nessa lista, pois é o melhor finalizador do elenco.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Cleberson, o Barroca continua mal nas mexidas. Hoje, mais uma vez, recuou e matou o time.

Marcio, concordo com muitas partes. Discordo, porém, do Cícero. Hoje eu gostei dele no jogo. rs

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, não gostei justamente pelo motivo que apresentei no meu comentário, os rebotes defensivos, na entrada da área, sempre sobravam para os jogadores do Avaí.
Não sei se foi ordem do Barroca, mas em alguns lances ele se colocava entre a dupla de zaga...
Talvez por isso falou gente para brigar na entrada da área.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Marcio.
Abs e SA!!!

Sergio Di Sabbato disse...

Tomei uma bronca da esposa exatamente porque em dado momento não aguentei mais ver o Botafogo ganhar um rebote defensivo, e aí gritei, coisa que tenho evitado, porém, o Pimpão e o LF me levam as raias da irritação. Sobre o rebote estou de pleno acordo com o com o Márcio.
Gostei da vitória, lógico, mas não do time e as substituições são sempre ruins. O Igor Cássio só entra quando a vaca está no pro brejo, e ter que atura VR é demais prá mim.
Alguém me explique como um time ganhando por dois gols e com um a mais fica um tempo enorme sem exercer domínio sobre o adversário e tomando um sufoquinho, sim porque fosse o Avaí um time menos ruim a coisa ia ficar preta.
Nunca entendo as substituições do Barroca e muito menos a insistência com os mesmos jogadores. Por que não tenta algo diferente?
Gostei do Marcelo e Gabriel, os laterais mais ou menos, AS bom, pelo menos tenta algo diferente. Cícero hoje, tirando os rebotes foi bem, assim como o JP. DS tá pesadão, mas prefiro ele ao inutilíssimo VR. Fernando foi bem, mas Pimpão e LF, tá danado. O Jean entrou para segurar, mas o gol que perdeu foi de doer. Agora é torcer pelos 27 pontos que faltam e esperar pelos Moreira Salles, porque com essa turma que está no comando nada vai prá frente. Abs e SB!

Rodrigo Federman disse...

É, Sergio. Vencemos porque era o pior time do campeonato no outro lado, pois o Botafogo mais uma vez não esteve bem e em momento algum se impôs. Nem mesmo quando ficou com a vitória garantida e com um jogador a mais em campo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

E matematicamente falando, tivéssemos vencido o Grêmio e o Goiás, estaríamos com 25 pontos e na 3ª colocação.
O Goiás era um adversário que o BOTAFOGO deveria ter procurado vencer e não fazer aquele jogo preguiçoso e o Grêmio veio nos enfrentar todo desfalcado e mal colocado na tabela.
Infelizmente não contamos com um planejamento minimo que seja para disputar as competições.
SA!!!

Fabio disse...

Essa Vitória máscara a chegada de reforços só que ainda a necessidade Brasilerao e longo

Unknown disse...

Ataque horrível, não mete medo m ninguém. Barroca medroso seria a estreia perfeita do garoto da base

Rodrigo Federman disse...

É, Marcio. Sempre deixamos pontos ridículos para trás.

Fábio, eu prefiro que não venham mais refugos para esse fim de ano e que venham reforços de fato já em 2020.

Sim, Unknown.

Abs e SA!!!

Anônimo disse...

E o Serrano perdeu por dois a um.
Sem chance de opinião sobre o jogo do Botafogo. Aliás, nem quero, não com esse time/elenco/treinador/diretores do Botafogo.
Vinte e sete pontos. É o que nos separa da sobrevivência. Nove vitorias em vinte e cinco jogos. Depois, que venha um novo tempo.
Levi

Rodrigo Federman disse...

Levi, que venha logo 2020.
Abs e SA!!!

Sergio disse...

Hoje há de se elogiar a arbitragem, bastante correta e imparcial. Coisa rara ultimamente. ABS e SB!

Rodrigo Federman disse...

Gostei também, Sérgio.
Abs e SA!!!

Jones disse...

Pimpão lixo Luiz Fernando merda burroca
Vagão estamos fudidos levando pressão do lanterna com um a mais.

Reinaldo disse...

Comparemos as entradas no Marcinho domingo passado e no pimpão hoje. Não deixa a certeza que o VAR, no Brasil, tem time? Eu não tenho dúvidas, aliás, nunca tive

Jonas disse...

Fala Rodrigo.

Acabei de chegar do jogo. Nos 15 iniciais o Botafogo nao conseguia sair; o rebote sempre deles, até que saiu o gol, que nem vi direito, pois estava do lado oposto.

Gostei do Marcinho; deixa uns vazios mas é muito rápido. DS tem técnica mas é lento e está gordo; só faz bem o pivô. Gabriel e Gatito, os melhores. Não temos ataque.

Mas São três pontos.

Abraço e SA.

Anônimo disse...

Não assisti, não ouvi. Agora, às 22h, leio aqui no Cantinho que vencemos. Ufa. Menos mal. Até quando vamos entrar em campo com menos de 11?

Miguel

Marcio disse...

Ainda sobre os pontos que poderíamos ter conquistado, vale dizer que enquanto mandantes somos o 15° colocado, 6 jogos com 3 vitórias e 3 derrotas.
Como visitantes somos o 4° colocado, 7 jogos, 3 vitórias, 1 empate e uma derrota.
Ou seja, o campeonato é quase que obrigatoriamente de resultados conquistados em casa, estamos pecando nesse quesito.

A próxima rodada, 14ª, tem confrontos interessantes.
Internacional (6°) recebe o Corinthians (7°) - Ambos com 20 pontos;
BOTAFOGO (9°) recebe o A. Paranaense (8°) - Ambos com 19 pontos.
Obs: O A. Paranaense teve o confronto contra o São Paulo pela 13ª rodada adiado por causa de uma viajem ao Japão para disputar a Levain Cup (antiga Copa Suruga).

Considerando não ser um absurdo Internacional e Corinthians empatarem o jogo, se o BOTAFOGO vencer chegará a 6ª posição ou a 5ª, dependendo do que ocorra no jogo entre São Paulo (5°) e Santos (1°). O São Paulo tem 21 pontos.

E o departamento de análises gerais Alvinegro já descobriu essa possibilidade?

SA!!!

Adelson disse...

Disse tudo Rodrigo... eu só quero 3 pontos... seja lá como for... e torcer para que o projeto dos MS seja efetivado e sonhar com um 2020 sem sustos.

Rodrigo Federman disse...

Jones, o Barroca vai morrer abraçado com esses caras.

Valeu, Reinaldo.

Fala, Jonas. De casa, fiquei com as mesmas impressões que você teve do estádio.

Miguel, foi uma mesmo! Hehehe

Marcio, já nos últimos anos, nosso mal foi justamente fora de casa. Nunca encontramos um equilíbrio.

Isso aí, Adelson.

Abs e SA!!!

Tiago Almeida disse...

Rodrigo vc acha o Cueva do Santos um bom reforço?

Anônimo disse...

Barroca ficou surpreso com gol no início, e disse, que quando o Botafogo faz o 1 gol, não costuma perder seus jogos, em outras palavras (depender de luiz Fernando pimpão e Diego Souza pra atacar uma defesa fechada não da pra vencer).
Fabim

Rodrigo Federman disse...

Tiago, ele sabe jogar. O problema, parece, é a cabeça e o fato de nem sempre ele querer jogar.

Possa crer, Fabim.

Abs e SA!!!

PAULO FERNANDO disse...

O jogo foi tranquilo, sem sustos e matamos cedo. Mas o que de melhor aconteceu no jogo mal comentamos: a entrada do Fernando junto com o Marcinho com a saída do Pimpão. Notaram que em seguida o time conseguiu fazer 2 ou 3 jogadas de gol por aquele lado? Para mim tá feita a alteração em definitivo.

Rodrigo Federman disse...

Paulo, foi uma das minhas maiores críticas ao Barroca na eliminação da Sul-Americana, quando ele resolveu inventar Alan Santos ao invés do que fez ontem.
Abs e SA!!!

Assimos disse...

Salve Salve, amigos do CB!

1) Era para “martelarmos” bem mais. Até contra um time que ainda não venceu, o Botafogo coloca limites. Pô, isso é ridículo!

2) Queria saber até quando EB vai insistir com DS isolado, o LF sem fazer nada e RP com sua aleatoriedade?

3) Vitória importante, mas nada convincente.

Abraços e SA!

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Assimos.
Abs e SA!!!