segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Vale insistir


















Na eliminação da Sul-Americana, eu critiquei bastante o fato do Barroca não mostrar que pensa fora da caixa.

Naquele jogo contra o Atlético/MG, nós precisávamos marcar gols (e não tínhamos jogadas pelos flancos) e ele fez uma troca horrível de volantes que não agregou em nada...
...e só piorou o time.

Pois bem...ontem, na vitória sobre o Avaí, em um determinado momento ele fez a troca que eu tanto pedi na quarta-feira passada: Fernando na lateral direita e o Marcinho adiantado. Foram poucos minutos, mas houve duas jogadas pelo lado direito, intercalando lateral e "meia". 

Vale lembrar que o Marcinho começou a sua carreira como um ponta. Ou seja, nunca teve o forte na marcação (diferente do Fernando). Além disso, ele é - no elenco botafoguense - dos poucos que arrisca uma jogada de mais efeito, dribles e chutes. Sem contar que, se for para sair Pimpão e/ou Luiz Fernando, toda tentativa de mudança é mais do que válida.

Os amigos concordam?


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

22 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo
Plenamente de acordo.Agora pra que gastar dinheiro com Pimpão?
Só burrice ou má fé mesmo.

Rodrigo Federman disse...

É verdade, Ricardo.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

RODRIGO,ontem quando assisti aos melhores momentos,pude constatar que certos jogadores são ruins até no resumo da ópera,rsrsrsrs.
GILSON,PIMPÃO e LF são fracos tecnicamente,mas não me irritam tanto,pois pelo menos correm em campo.
Para mim,o mais irritante é ver um cara como o DIEGO SONO,marrento,metido a ser o que não é nem nunca foi,se arrastar em campo.Um amigo o define bem quando diz:"o DS entra em campo com cara de sono e como se tivesse bebido alguns drinques antes,é realmente irritante".Ontem,pelo que soube,nem o TDM o aguentou e substituiu o dorminhoco.
Sobre o seu questionamento,qualquer tentativa é válida e deve ser testada para melhorar o time,mas será que o BARROCA BOL poderá fazer mudanças ou lhe falta perspicácia para ver o que está errado?
Até nos MM,com menos um,o adversário nos pressionou.
Com essa escalação e substituições mequetrefes de sempre,estou começando a me preocupar com o futuro próximo.JOTA.

Rodrigo Federman disse...

Jota, coloco todos no mesmo balaio. Livrando, porém, uns 3 ou 4 no máximo. E com boa vontade.
Abs e SA!!!

Anônimo disse...

Sempre quis ver o Marcinho como atacante. Ele tem mto mais qualificações no ataque: tenta partir pra cima, tenta driblar, tenta arriscar etc...
Jacob

Rodrigo Federman disse...

Também acho, Pai.
Abs e SA!!!

Assimos disse...

Salve Salve, amigos do CB!

Fecho contigo, Rodrigo.

Jota, eu acho que o DS está sendo mal aproveitado, mas também concordo que em alguns jogos ele parece ter vindo direto da balada.

Abraços e SA!

Anônimo disse...

Meu caro ASSIMOS,o que me deixa irritado com um jogador é quando ele parece "cagar e andar"para a partida,demonstrando total falta de respeito pelo clube e por quem paga o ingresso.
Respeito a sua opinião,mas com essa disposição não consigo vislumbrar que ele é mal aproveitado.
Já comentei com o RODRIGO que gostaria de escrever,após algumas boas partidas do DS,que eu havia errado em minha avaliação quando fui contra a sua contratação.
Mas,pelo andar da carruagem,estou achando muito difícil que aconteça algum milagre.JOTA.

Marcio disse...

Essa é uma situação, Fernando e Marcinho no mesmo Time, que citamos 837 vezes por aqui; a outra possibilidade é o aproveitamento do Marcelo para permitir jogar com 3 zagueiros.
Não custa absolutamente nada, dentro de uma lógica, o Barroca ser inventivo.
E que Pimpão e L. Fernando caiam das "beiradas" do campo para fora do mesmo; sem esquecer do D. Souza.
SA!!!

Marcio disse...

Alex Santana fez seu 9° gol em 29 partidas pelo BOTAFOGO, um bom número para quem joga distante da área.
Entretanto em uma matéria sobre o assunto, me chamou a atenção uma declaração do Barroca:

"Não importa quem vai fazer o gol. O importante era quebrar a sequência, voltar a dar confiança, bom ambiente. A falta de vitória te desgasta, mas os jogadores foram sempre muito corretos, sérios. Por isso minha opção de manter a linearidade das escolhas. Tenho muita confiança nesse grupo, muita coisa a melhorar"

Na minha modestíssima opinião, essa declaração demonstra o quanto esses técnicos tratam equivocadamente o gol como um mero detalhe. Quem faz os gols importa muito.
Se determinado zagueiro tem um excelente aproveitamento nas bolas aéreas ofensivas, cabe ao técnico encontrar aqueles que melhor batem na bola em escanteios e faltas e assim "encontrar" o tal zagueiro dentro da área;
Se no Time tem um jogador de excelente arremates de médias e longas distâncias, com a bola rolando, cabe ao técnico posicioná-lo de forma a aproveitar melhor essa característica.
Se essa afirmativa fosse verdadeira, não teria a Juventus contratado o CR7, pois "não importa quem faz o gol" ou até mesmo o técnico o escalaria mais distante da zona de finalização.
Nesse sentido, anda o BOTAFOGO desperdiçando a melhor virtude do A. Santana, quando em várias oportunidades o escala do lado esquerdo com obrigações de ajudar o lateral a marcar.
Pimpão, L. Fernando, J. Paulo, Bochecha e até mesmo o D. Souza, qualquer um deles não tem a capacidade de finalização do A. Santana, logo, melhor seria deixá-lo em uma posição que potencialize essa característica.
Um exemplo:
Na copa de 94 a seleção da cbf precisou fazer 7 jogos até sagrar-se campeã e marcou 11 gols.
Destes 11 gols, 5 foram do Romário e 3 do Bebeto; eles somente não marcaram no jogo final contra a Itália, nos jogos anteriores teve gol de Bebeto, Romário ou dos dois.
Obviamente não se descarta a atuação dos demais, mas a seleção da cbf seria campeã sem esses atacantes?
Quem faz gol importa sim, mesmo que fiquem nesses declarações generalistas, de grupo, que gol é um detalhe...
Vence quem faz mais gols e fazer gol é uma arte.

https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2019/08/05/alex-santana-e-os-chutes-de-fora-da-area-uma-arma-fatal-do-botafogo.htm

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Jota, eu já acho que o DS deveria ser melhor aproveitado no meio de campo.

Isso mesmo, Marcio. Nós, que não somos treinadores e nem recebemos milhares de reais para isso - conseguimos pensar dessa forma...então por que ele (treinador) não consegue? Ou não quer?

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Rodrigo, e ele, Barroca, ainda fala sobre "linearidade nas escolhas", porque os jogadores foram "corretos, sérios", "confiança no grupo"...
Ser correto e sério são ou deveriam ser obrigações inerentes a todo e qualquer profissional...
Só que mesmo dentro da tal "correção e seriedade", há elementos que não apresentam um bom rendimento e por isso devem ser "afastados" para que outros em melhores condições sejam aproveitados e os resultados desejados alcançados.
Uma Equipe deve ser formadas pelos melhores do momento e não por aqueles que foram melhores "ontem".
Torço para que ele saia desse obviedade e busque as alternativas, mas eu não acredito.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, pronto...agora só falta enaltecer que os jogadores correm, como se isso não fosse apenas obrigação. Hehehe
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Pois é, Rodrigo.
Depois eles também falam em meritocracia...
Cara, sem brincadeira, me irrita muito esses técnicos enaltecendo coisas que deveriam ser primárias.
O elogio deve ser para situações fora da curva, o extraordinário, como o Messi fazer 51 gols em 50 jogos na última temporada... Ou no mundo do futebol não tem outro jogador que se dedica tanto quanto?
Não por acaso o CR7 soltou o "foi para isso que me contrataram", quando fez 3 no A. de Madrid.
Uma outra situação ocorre após as vitórias onde jogadores falam que "a vitória foi merecida porque o grupo se dedica muito". E o adversário não trabalha para vencer? Pelo menos deveria!
É cada coisa.
SA!!!


Rodrigo Federman disse...

Marcio, não tenho mais saco para esses caras também. Cansei.
Abs e SA!!!

Sergio disse...

Realmente a entrada do Fernando e o Marcinho mais a frente foi interessante e dessa dupla saíram duas boas jogadas,numa que poderia ser o terceiro gol. Inclusive o Fernando me pareceu mais a vontade inclusive no apoio. ABS e SB!

Marcelo Botafogo disse...

Acho que pelo nível do campeonato e estando com salarios em dia, da pra tentar um G6, e vms ganhar do atlético aqui no Rj.

Marcio disse...

E sobre o Biro²

Estudo não encontra arritmia, e Biro Biro vai aguardar até dois meses resultado de novo exame.

Só para lembrar:

"...No ano passado, o jogador corrigiu problema de arritmia cardíaca, que sentiu durante sua passagem pelo futebol chinês. Passou por ablação - nome técnico do procedimento - com o cardiologista Eduardo Saad, no Rio de Janeiro, e voltou a se consultar em maio deste ano. O médico assinou laudo o liberando para jogar futebol. O procedimento é o mesmo pelo qual, recentemente, passaram os treinadores Abel Braga e Renato Gaúcho.
Na China, Biro Biro também sofreu com episódios de arritmias cardíacas e chegou a desmaiar numa partida, em 2016. O jogador retornou ao Brasil e foi diagnosticado com quadro de miocardite viral. No São Paulo, neste ano, houve diagnóstico de gastrite nervosa, que o afastou do grupo. O quadro provocava enjoo, tontura e mal-estar..."

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/botafogo/noticia/estudo-nao-encontra-arritmia-e-biro-biro-vai-aguardar-ate-dois-meses-resultado-de-novo-exame-no-coracao.ghtml

SA!!!

Assimos disse...

Jota, meu amigo, entendo perfeitamente sua colocação. Ele é um jogador pesado e às vezes parece que sem vontade de jogar, mas ainda acho que se houver uma cobrança mais incisiva da diretoria e do técnico, o DS pode deixar alguns caprichos de lado e, atuando em sua posição de origem, pode sim ajudar o time.

Abraços e SA!

Rodrigo Federman disse...

Sérgio, sim. O que não dá, é para continuar insistindo com Pimpão e LF.

Marcelo, para mim, G6, só com milagre.

Marcio, haja planejamento.

Tô contigo, Assimos. De nada também adianta um doido que corre o tempo todo, mas é incapaz de dominar uma única bola.

Abs e SA!!!

Marcio disse...

Pois é, Rodrigo,
E ninguém do BOTAFOGO se pronuncia em relação a essa contratação de risco acima do normal, considerando o histórico recente do jogador (problemas de saúde no clube chinês e no São Paulo, as somente 12 partidas disputadas em 2017 e 2018); mais a situação financeira crítica do BOTAFOGO.
E com contrato até o fim de 2020...
Claro que todos desejamos que o Biro Biro tenha as melhores condições de tratamento e volte a dar prosseguimento normal a sua vida, só que isso não impede que questionamentos sejam feitos.
SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, nessas horas eles se escondem. Além de sem vergonhas, são medrosos.
Abs e SA!!!