31/01/24

Mais um Paulinho Gogó
















Sabe quando você tem praticamente certeza de que as coisas não vão melhorar?

Pois é, quando eu vejo algumas atitudes (ou falta delas) e discursos vazios ecoando dentro do Botafogo, bate essa sensação. Principalmente quando querem passar um "ar" de que está tudo dentro do planejado, mesmo que, para quem tem o mínimo de inteligência, fique claro e cristalino que não é bem assim que as coisas estão andando.

Dito isso, compartilho as palavras do Tiago Nunes, falando do esquema tático, após o vergonhoso empate de ontem:

"- Criamos uma equipe para termos ferramentas suficientes para irmos alternando. É mais complexo jogar com uma linha de cinco jogadores, são mais difíceis os mecanismos de cobertura. Tem um processo pedagógico, jogamos com uma linha de cinco que é uma transição para esse novo sistema. São sistemas conectados".

"Ferramentas", "mecanismos", "processo pedagógico", "sistemas conectados"...

Ah, bicho...não fode duas vezes!

E como ele explica um bando mal escalado e orientado dentro de campo. Como explica um time que não consegue jogar algo minimamente parecido com futebol contra adversários risíveis? 

Mais um professor com falas rebuscadas e péssimo conhecimento do esporte bretão em sua essência.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

14 comentários:

Anônimo disse...

Ricardo Alexander
É desanimador escutar isso.. Parece alguns fanáticos políticos.... O Botafogo continua uma Zorra Total.. E a culpa será da torcida.... PQP....

JorgeFs disse...

Tendi nada! E duvido que alguém tenha entendido, o conhecimento dele do futebol é essa explicação tosca

Rodrigo Federman disse...

Exatamente, Ricardo.

Jorge, impossível interpretar tal maluquice. rs

Abs e SA!!!

Salomon disse...

Fico tentando imaginar como são os treinos.

Marcio disse...

Ferramentas, processo pedagógico...
Ele deve ser um instrutor do curso de ferramenteiro no SENAI e que nas horas de folga treina o Botafogo...
E está pronto para trabalhar com o mecânico, inclusive.

E ainda tem essa situação, sobre as chances de gols, que ele tentou explicar:

"O que fiquei satisfeito hoje, o que um treinador busca de uma equipe, é que crie chances de gol e sofra poucas. A gente teve sete chances de gol e sofreu uma, que se converteu em gol. A gente tem que focar em melhorar o aproveitamento ofensivo. Não sofrer no detalhe. Momento pontual, dentro de uma mudança de sistema. Tudo tem uma adaptação. É um período de testes, adaptações para que a gente tenha uma amostragem ampla do grupo para nos momentos decisivos da temporada a gente ter ideia de como usar os jogadores."(...)"

Tentando entender qual a relação da mudança de sistema com os gols perdidos...
E o período de testes, adaptações... Qual a relação?

É muita filosofia que nada diz, que nada explica.
Não precisa ter curso de técnico para ver que esse time está jogando rigorosamente nada.

SA!!!

Anônimo disse...

Você é um guerreiro, meu amigo. Eu desisti. Assisti o jogo de ontem pela primeira vez esse ano e perdi completamente a paciência. Estou sem forças para pensar ou acompanhar essa corja que administra nosso clube do coração. Abs e sa Jorge

Rodrigo Federman disse...

Salomon, deve ser só brincadeira de bobinho!

Marcio, e essa explicação professoral foi para falar do desempenho diante da incrível Portuguesa, cara.

Jorge, confesso que tem sido difícil. Inclusive manter o blog ativo, porque são poucas coisas dignas de elogios. O Botafogo não muda.

Abs e SA!!!

Klaus disse...

TN não é culpado de nada... A culpa é de quem colocou esse técnico de apenas um trabalho positivo na posição em que se encontra. Se ele tivesse alguma capacidade, não teria terminado 2023 sem ao menos uma mísera vitória. E agora, com um elenco mais fraco que 2023, certamente ele não ficará muito tempo no cargo, até lá vai falar muita merda e fazer estrago.

Rodrigo Federman disse...

Fecho contigo, Klaus.
Abs e SA!!!

Ricardo disse...

Rodrigo e amigos hoje eu ouvi um áudio muito interessante sobre SAF segundo o comentarista a tendência e que todos os grandes clubes virem SAF , no caso do Botafogo , Vasco , Cruzeiro , Bahia segundo ele todos que venderam mais de 50% do futebol do clube agora está nas maos de quem comprou , ele inclusive deu como exemplo o Flamengo que pretende vender só 20% para construir um estadio moderno , no caso do Botafogo o John comprou 90% e infelizmente o clube é dele e não temos o que fazer , teve um torcedor que contestou algumas açoes dele e o John simplesmente responde se eu não compro o Botafogo estariamos na série B , e ainda disse ao cara o Luis Henrique só veio para o Botafogo devido a SAF , é uma verdade tanto que ele quer vender os 45% que ele tem no Cristal Palace pois lá ele não tem autonomia pra nada , o John é empresário não é torcedor do Botafogo como a gente a salvação do Botafogo pode vir da base desde que se construa um ótimo CT e coloquem pessoas competentes para todo ano termos no time profissional 5 jogadores no mínimo como Igor Rabello , Doria , Vitinho a base do Botafogo em 2 anos de SAF não evoluiu em nada esse dinheiro gasto no Patrick de Paula fosse constrido um CT , estariamos colhendo os frutos como o Fluminense , Palmeiras , Flamengo o Botafogo hoje de todos os clubes da série A tem a pior base em todos os sentidos.

Ricardo

Ricardo disse...

Rodrigo em 2023 o Fluminense gastou em reforços 30.000.000,00 mais porque só gastou esse valor todo ano o Fluminense sobe em média 5 jogadores da base para serem titulares nos profissionais no Botafogo fala-se a anos no Matheus nascimento , no Cauan , eu não enxergo um garoto sequer para ser titular no time de cima e com o futebol qualquer jogador custa uma fortuna , tu acha que o John vai gastar tipo mais 500.000.000,00 em um lateral direito , um zaagueiro , um Lateral esquerdo , um primeiro volante , um segundo volante , um camisa 10 e um centroavante para ser titular , sem contar que o Fluminense recusou 30 milhoes de euros no Andre , o Palmeiras vendeu o Endrick por uma fábula , o Flamengo vendeu um refugo por 22 mihoes por 60% do passe, falaram que tinham uma proosta de 97 milhoes pelo Matheus nascimento porque não venderam .

Ricardo

Rodrigo Federman disse...

Possa crer, Ricardo.
Abs e SA!!!

Marcio disse...

Bom, se a lógica do Textor é apenas o lucro, não que esteja errado, mesmo que se construa um CT de primeira qualidade e forme um time inteiro de jovens jogadores ímpares, o Botafogo jamais será aquilo que o torcedor espera. Vencedor!
Os jovens poderão desembarcar no Lyon bem antes de qualquer retorno esportivo ao Botafogo, algo meio parecido com as saídas precoces dos jovens antes da SAF chegar; a diferença fica apenas nas causas.
Apenas em uma conta rasteira, em 2023 foram pagos ao campeão brasileiro o valor de 47,8 milhões de reais, ao campeão da Copa do Brasil 70 milhões de reais e ao da Sul-Americana mais ou menos 15 milhões de reais.
Está desembolsando hoje 106,6 milhões de reais pelo L. Henrique, claro que não coloco na conta outras despesas obrigatórias que o Botafogo assumirá.
No caso entra o chamado custo de oportunidade, quando deixou de contratar em um momento crucial da temporada anterior.
O fato é que há muito debate sobre SAF e superficial.
A grande questão da SAF do Botafogo, mais especificamente no projeto para ele, consiste nos seguintes questionamentos:
O que, porque, onde, quem, quando, como e quanto.

E para terminar, a resposta do Textor, que se não fosse a SAF estaria na série B, é digna dos orgulhosos amadores.
Isso talvez não tenha respondido aos questionamentos feitos pelo tal torcedor.
E ninguém o obrigou a afirmar que tinha mais dinheiro que o Barcelona, falar em Cavani, Suárez ou J. Rodriguez; que se houvesse chances de títulos iria reforçar e mudaria o nível de contratações...
Nesta SAF muita gente aparece com discursos grandiosos quando não é preciso e se encolhe quando é preciso aparecer.

SA!!!

Rodrigo Federman disse...

Marcio, esse é o problema do JT: Adora holofote em excesso. Muitas vezes fala mais do que a boca.
Abs e SA!!!